quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Vox Populi faz pesquisa no Maranhão e

Contratado pela agência Jakarta Publicidade, o instituto Vox Populi realiza pesquisa eleitoral no Maranhão para medir a disputa ao Governo do Estado se a eleição, que será em 2018, fosse hoje. A apresentação dos números será feita em entrevista na segunda-feira, dia 4 de dezembro, mas agentes do governo comunista já adiantam que Flávio Dino virá com 36% contra 26% dados para Roseana Sarney e 14% para Eduardo Braide, para falar dos três primeiros colocados.

A divulgação da pesquisa vai ocorrer fora dos padrões normais. Os envelopes serão abertos durante a entrevista coletiva, que será concedida por Janderson Pereira Ladin (foto acima) e sua sócia Kátia Rodrigues dos Santos. Eles querem mostrar a transparência nos resultados, mas o fato de governistas alardearem números compromete o trabalho, se o cenário for o antecipado.
A Jakarta Publicidade nasceu em 2007, mas ganhou fama quando participou da campanha exitosa do prefeito João Dória Júnior, em São Paulo. No Maranhão também fez campanha vitoriosa, a de Luciano Genésio, em Pinheiro.
O publicitário Janderson Landim avalia que, conforme publicação no Blog do Roberto Lobato, é possível construir uma imagem que possa derrotar os que dominam o poder no Maranhão, no caso de um lado Flávio Dino e de outro Roseana Sarney.

Suzano inaugura produção de papéis sanitários em Imperatriz

“Depois da Belém-Brasília, a fábrica da Suzano tem sido a responsável pela evolução econômica de Imperatriz”, diz Assis Ramos
Acompanhado do vice-prefeito, Alex Rocha, e de todos os secretários, o prefeito Assis Ramos participou na manhã desta quarta-feira, 29, da inauguração da nova fábrica de papeis sanitários da Suzano Papel e Celulose S/A. A solenidade foi na unidade fabril da Estrada do Arroz e contou com as presenças do governador Flávio Dino, do ex-prefeito Sebastião Madeira e de toda a diretoria da empresa, que também oficializou o funcionamento da ‘Peróxidos Brasil’, na planta industrial de Imperatriz.


Durante a cerimônia, o presidente da Suzano, Walter Schalka, anunciou para o primeiro semestre de 2018 a operação da máquina de Tissue. “Já investimos mais de um bilhão de reais em 2016, mais de 500 milhões em 2017. Com capacidade inicial para 1,5 milhão; concluímos no último mês produção de um milhão 650 mil toneladas, uma das maiores produções individuais de celulose em nível mundial”, detalhou.


Em seu discurso, Assis enfatizou a importância do incentivo à produção industrial para a constante evolução econômica de Imperatriz: “Me enche de orgulho e honra participar desse momento de ampliação da fábrica da Suzano, do que conheço e já vivi na história de Imperatriz, dos vários estágios econômicos: arroz; madeira; agropecuária; e hoje o ciclo da industrialização, em que o carro-chefe é a Suzano. Se fôssemos escolher dois momentos mais importantes da cidade, sobretudo na questão econômica, eu elegeria a construção da Belém-Brasília, feita por Juscelino Kubitschek,que tirou Imperatriz do isolamento e lançou nossa cidade no cenário nacional, e agora, mais próximo de mim, foi justamente a implantação e ampliação da fábrica da Suzano, planta industrial de grande porte direcionada para cá pela então governadora Roseana Sarney”, observou, ao citar o papel decisivo do governo do Maranhão na instalação da fábrica em Imperatriz, em 2009:
“A Suzano trouxe números bons à nossa cidade, principalmente na geração de emprego e renda. Todos os cidadãos de Imperatriz sentem isso. A cara da cidade mudou nesses últimos anos. Como prefeito, devo reconhecer como a atuação da Suzano é imprescindível para manter o equilíbrio financeiro da gestão municipal. Com tudo que essa fábrica e seus parceiros têm contribuído com investimento nesta terra próspera. Em nome do povo de Imperatriz, parabenizo e agradeço à direção da empresa por trazer desenvolvimento e oportunidade”, finalizou.

Capacidade - Com 48 anos de história, a Peróxidos produzirá 12 mil toneladas de hidrogênio para suprir a demanda da Suzano em Imperatriz. Georges Crauser, presidente da multinacional, ressaltou a política de sustentabilidade econômica e ambiental que rege a atividade da empresa. "Nosso DNA é baseado em inovação e valores que permitam que nossos clientes criem produtos sustentáveis. São 12 milhões de toneladas de celulose produzidas com nossa colaboração só na América do Sul. O espírito de excelência envolve, acima de tudo, compromisso com a comunidade onde operamos com oferta de emprego, além da intensa colaboração com as demandas sociais".

Municípios do MA terão incremento de R$ 157 mi com aprovação de aumento do FPM


A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou, nesta quarta-feira (29), Proposta de Emenda à Constituição nº 29/17, que garante as prefeituras brasileiras aumento do valor do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).
A colocação da PEC na ordem do dia para votação foi um pedido feito pelo presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), prefeito Cleomar Tema, ao senador maranhense Edison Lobão, presidente da CCJ.
Tema e outros gestores públicos municipais estiveram reunidos com o parlamentar em Brasília na semana passada.
A PEC 29 garante as prefeituras o aumento em 1% do valor do FPM, passando dos atuais 24,5% para 25,5% a partir de setembro do ano que vem.
Este reajuste oferecerá aos 217 municípios do Maranhão, que enfrentam forte crise financeira ocasionada pela queda de recursos e de transferências constitucionais, um incremento de recursos superior a R$ 157 milhões.
A Proposta seguirá, agora, para apreciação dos plenários do Senado e Câmara, onde deverá ser aprovada sem maiores dificuldades.
Cleomar Tema embarcou nesta quarta-feira para a capital federal onde terá reuniões com a Bancada Maranhense e acompanhará a votação da matéria.
Mais conquistas – O presidente da FAMEM obteve outras conquistas para o movimento municipalista durante sua estadia na capital federal na semana passada.
O presidente Michel Temer garantiu o repasse de R$ 2 bilhões, oriundos do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM), para as prefeituras de todo o país.

No Maranhão, os municípios serão beneficiados com um aporte da ordem de mais de R$ 83 milhões, segundo levantamento divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), cuja transferência será feita neste próximo mês de dezembro.

Comissão de Ética da Presidência abre processo contra ministro Sarney Filho

A Comissão de Ética da Presidência (CEP) abriu processo contra o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho.
Sarney Filho tem dez dias para explicar à comissão se privilegiou o Maranhão em suas viagens oficiais, conforme matéria da “Folha de S. Paulo”.
Além do ministro do Meio Ambiente, outros novos ministros e o presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC)estão sendo processados pela Comissão de Ética da Presidência.
O Ministério do Meio Ambiente disse que não foi notificado da decisão e que não irá comentar o caso.


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

SECRETARIA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE PINHEIRO PARTICIPA DA CRIAÇÃO DO FÓRUM DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO MARANHÃO

 Municipal de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico de Pinheiro participa da criação do Fórum de Desenvolvimento Econômico do Maranhão
Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico, participou no dia 21 do mês de novembro de 2017, da criação do Fórum de Desenvolvimento Econômico do Maranhão com participação dos Secretários e Dirigentes Municipais, cujo objetivo é elaboração da agenda de desenvolvimento econômico local e regional, que integrara a Agenda Nacional de Desenvolvimento Econômico.
O fórum do Maranhão, trabalha em sintonia com o Fórum Nacional, articulado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e o Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequena Empresa (SEBRAE), tendo como objetivo primeiro o desenvolvimento econômico, basilar das transformações socioeconômicas como instrumento de evolução e aperfeiçoamento social, produzindo inclusão dos cidadãos nos processos de produção.
Das temáticas apresentadas foram evidenciadas a implantação da Lei Municipal da Micro e Pequena Empresa e do Microempreendedor Individual. Neste particular o Município de Pinheiro está em processo de elaboração a Nova Lei Geral da Microempresa (ME) da Pequena Empresa (PE) e do Microempreendedor Individual (MEI), este último como política de inclusão e regularização daqueles produtores e prestadores de serviço autônomos.
Outra abordagem deu-se no tocante a política do Prefeito Empreendedor, coordenado pelo SEBRAE, que tem como objetivo premiar os Prefeitos Municipais que se destacam em políticas inovadoras de desenvolvimento econômico.
Os outros assuntos discutidos constam da nova Lei Geral da Micro e Pequena Empresa das quais são evidenciados:
Políticas Públicas para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios;
Cooperação Intermunicipal para Desenvolvimento Econômico;
Compras Governamentais de Pequenos Negócios;
Pequenos Negócios no Campo;
Inovação e Sustentabilidade;
Empreendedorismos das Escolas;
Desburocratização e Implementação da Rede Simples;
Inclusão produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual (MEI)
O Município de Pinheiro, na atual administração Municipal com cooperação do SEBRAE, tem tomado iniciativas no sentido de dinamizar a economia local, buscando inicialmente a regularização de situação legal, que permita a atuação e eficaz na elaboração e implementação de políticas de desenvolvimento econômico e sustentável.

Vereador pede desculpas por ter tentado se enforcar no Maranhão

O Vereador Gentil Cantanhede, do município de Caxias,  depois de tentar o suicídio, na noite de ontem, pediu em nota desculpas à sociedade, amigos e eleitores. Ele diz que “realmente eu estava equivocado, confuso e sem a certeza do que eu queria”. Amigos mais próximos falam que o vereador teria ficado endividado após a campanha. 
O intento do vereador não foi consumado por causa de seus familiares que o encontraram em um cômodo da casa tentando o suicídio por enforcamento. Especialistas aconselham sempre os familiares a ficar atentos aos que já tentaram o suicídio. Nesse caso, requer tratamento e acompanhamento.
Gentil disse que “estou agradecido e peço desculpas a todos e não sei neste instante como retribuir o carinho e dedicação de todos”.

Deu na GloboNews: Sarney Filho não quer Roseana na chapa e sonha com Roberto Rocha

Comentário do jornalista Vandson Lima, do Valor Econômico, no programa Fatos e Versões (GloboNews), revelou que diante da dificuldade do clã em eleger duas crias a cargos majoritários em 2018, o ministro Sarney Filho (PV) trabalha para que o candidato da oligarquia ao governo seja o senador Roberto Rocha (PSDB).
Zequinha acredita que suas chances de conquistar uma das vagas no Senado são maiores em uma dobradinha com o famoso asa de avião do que com sua irmã Roseana, cuja a candidatura ainda não decolou e pode levar os dois para o buraco.
É só olhar para que lado aponta a biruta…

Márcio Jerry condena ataques e diz que mídia do grupo Sarney tenta direcionar o trabalho da Polícia Federal

Por Márcio Jerry
No facebook

Mídia de José Sarney coordena uma narrativa absurda tentando todos os dias atingir o governo que está mudando a história do MA. Nesse tiroteio, me elegeram como alvo. Mentiras atrás da outras, repetidas e em diferentes versões. Por que tanto ódio e perseguição da oligarquia?

Os ataques do esquema Sarney a mim se intensificam quanto mais se amplia o leque de forças políticas que se somam ao projeto de reeleição do governador Flávio Dino. Fatos deturpados se juntam a mentiras absurdas numa tentativa agressiva de me fazer acusado disso ou daquilo.

A mídia do grupo Sarney de forma agressiva e arrogante tenta direcionar o trabalho de instituições como a Polícia Federal, num desrespeito à instituição e extensivamente a todos que a fazem.

Nada devo, nada temo. Construí vida digna, honrada, honesta, alicerçada em convicções firmes. Turma do Sarney e do jornal O Estado do Maranhão pode continuar batendo, mentindo, especulando. Em vão...

O porta voz de Sarney, o jornal O Estado do Maranhão, dedica sua coluna Estado Maior todos os dias para me atacar. Vai e volta na mesma tecla acusatória infundada, mentirosa, torpe. É a cara desse poder que pilhou o Maranhão por décadas e se exaspera vendo nosso Estado no rumo certo.

Danou-se! Nem o irmão de Roseana Sarney apoia candidatura dela ao governo

JM Cunha Santos


“Em política, eu só ainda não vi boi voar”. Dizem que esta é uma das mais célebres frases de Vitorino Freire. No Maranhão, se não tá voando boi, tá voando a candidatura de Roseana Sarney. Pelo menos é o que se depreende de uma surpreendente informação do jornalista Vandson Lima, do jornal Valor Econômico, feita durante o programa Fatos e Versões, da Globo News.
Ele revelou que diante da dificuldade do clã em eleger duas crias a cargos majoritários em 2018, o ministro Sarney Filho trabalha para que o candidato da oligarquia ao governo seja Roberto Rocha.
Por aqui a gente sabe que, embora não sejam tucanos, Roseana e Zequinha são dois bicudos que nunca se beijaram. Vira e mexe surgem, na imprensa e fora dela, comentários sobre confrontos políticos e até familiares entre os dois.
E aí a chamada “Chapa Lava Jato” se complica cada vez mais. Roseana não quer Lobão em virtude do amontoado de denúncias de corrupção contra o senador da Refinaria Premium; Zequinha Sarney não quer Roseana porque acha que vai prejudicar sua candidatura ao Senado e o eleitor maranhense não quer nem ouvir falar de Roberto Rocha que encaçapou as pechas de traidor e mal pagador e não sai dessa sinuca nunca mais.

Assim, como eu ia dizendo antes de ser bruscamente interrompido, é taca, a taca vai ser feia, essa oligarquia não tem para onde ir nem sabe para onde vai.

Tentativa de assalto termina em morte em escola de qualificação profissional em São Luís

Um assalto frustrado a uma escola de qualificação profissional, localizada na Rua de Santaninha, em frente à Praça Deodoro, resultou na morte de um dos criminosos, na manhã desta terça-feira (28).
A identificação do assaltante morto não foi repassada pela polícia. O rapaz que aparentava ter 18 anos, segundo o cabo da Malha Metropolitana da Polícia Militar Itorlan Almeida, trocou tiros com  vigilante na recepção do estabelecimento, foi alvejado na cabeça e no abdômen; devido aos ferimentos ele morreu no local.
O cabo Itorlan Almeida afirmou que o bandido morto durante a tentativa de assalto estava na companhia de outro criminoso, que também teria sido baleado, mas fugiu em uma motocicleta, de placa não identificada.
Quando a polícia chegou à escola de cursos profissionalizantes, o vigilante do estabelecimento também tinha fugido, conforme o cabo. Até o final da tarde, a polícia não tinha o paradeiro do segundo assaltante fugitivo. Também durante o tiroteio os alunos e os funcionários ficaram em pânico dentro da escola.  “Lembro-me de ter ouvido dois tiros. Quando escutei o primeiro, eu deitei no chão, e vi os alunos correndo de um lado para o outro. Quando ocorreu o segundo disparo, me levantei e saí por uma porta que dá acesso a uma loja ao lado da escola, e que leva a outra porta em outra rua”, contou a estudante Paula Firmina.
O piso da recepção ficou todo ensanguentado. O cabo Itorlan Almeida declarou que a polícia, ao tomar conhecimento do fato, enviou as guarnições da corporação militar para o local. No entanto, a área não foi cercada, e por mais de uma vez houve tumulto provocado por populares e familiares de funcionários e do criminoso que queriam notícias; eles batiam no portão da escola, que dá  acesso à recepção, e onde estava o corpo e os policiais realizando as investigações iniciais.

GRUPO SARNEY PERDE SEUS PRINCIPAIS TÉCNICOS


Ex-ministroGastão Vieira assumiu a reeleição do governador Flávio Dino
Decepção com o período em que a oligarquia mandou e desmandou no Maranhão está provocando uma verdadeira revoada de políticos de peso que antes povoavam os palanques dos candidatos majoritários do grupo Sarney em direção a aliança que apoiará a reeleição do governador Flávio Dino em 2018.
Luís Fernando (PSDB), Gastão Vieira (PROS) e Pedro Fernandes (PTB), os três principais técnicos do grupo liderados por Roseana Sarney abandonaram a barca e declararam apoio ao governo transparente  que está mudando o Maranhão e acabando com práticas nocivas que levaram o Estado a ostentar os piores indicadores econômicos e sociais do país.
Atual prefeito de São José Ribamar, Luís Fernando é um político de perfil técnico, que chegou a ser pré-candidato ao governo em 2014, mas desistiu ao se decepcionar com o comportamento do grupo e acabou declarando apoio a Flávio Dino, ajudando a derrotar o candidato da oligarquia mais longeva do país, Edinho Lobão (PMDB).
Gastão Vieira possui capacidade técnica inquestionável. Deputado estadual por dois mandatos, deputado federal de vários mandatos, o ex-ministro do Turismo e atualmente presidente estadual do PROS, foi a mais nova perda do grupo Sarney. Na segunda-feira (27), Gastão declarou publicamente apoio ao Governo Flávio Dino.
O deputado Pedro Fernandes foi outra perda bastante sentida pela oligarquia. Técnico capacitado, o ex-secretário de Educação do Estado é pai do vereador Pedro Lucas (PTB), membro do primeiro escalão do governo e um dos principais entusiastas da reeleição de Flávio Dino.   Fernandes chegou para somar com sua liderança e experiência.
E diante de tantas perdas, ai incluindo Chico Coelho, Hildo Marques e Josimar de Maranhãozinho, Roseana já não tem tanta certeza de que pretende, de fato, ser candidata. Esta semana, por exemplo, a revista eletrônica Fatos e Versões revelou que o ministro Sarney Filho estaria trabalhando nos bastidores para o grupo apoiar a candidatura do senador Roberto Rocha, o “Asa de Avião”. Zequinha tem a convicção que a “chapa dois irmão” não vinga.

Justiça condena Hospital Santa Lúcia por morte de filho de Flávio Dino


Pedro Alves
Metrópole

O Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) condenou o Hospital Santa Lúcia a indenizar o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB-MA), e a ex-esposa dele, Deane Fonseca, pela morte do filho do casal, Marcelo Dino, em fevereiro de 2012. A indenização foi fixada em R$ 90 mil para cada um dos dois, com correção monetária e juros de 1% ao mês a partir da data do óbito. A decisão é de primeira instância e cabe recurso.

Marcelo Dino morreu aos 13 anos, na manhã de 14 de fevereiro de 2012, após uma série de crises asmáticas. No dia anterior, ele havia sido levado ao Hospital Santa Lúcia pela mãe, professora da Universidade de Brasília (UnB), para tratar da primeira crise. Em menos de 24 horas, no entanto, o quadro se agravou e ele não resistiu.

Os pais então entraram com uma ação judicial contra o hospital alegando uma série de erros que teriam sido cometidos por profissionais da unidade durante o atendimento. Entre os problemas citados pelos autores estavam imperícia na administração de remédios, demora no atendimento, realização de procedimentos inadequados, falta de médicos especialistas, entre outros.

Em contestação, o Hospital Santa Lúcia afirmou que Marcelo já possuía doença grave preexistente – asma – e não tinha acompanhamento médico. A instituição ainda atribuiu a morte do paciente ao estado de saúde anterior dele, negou a possibilidade de erro médico e afirmou que o clínico responsável pelo atendimento do adolescente era um profissional liberal e não tinha vínculo empregatício com o hospital.

Durante os quase seis anos que a ação tramitou na 22ª Vara Cível de Brasília, foram produzidos diversos laudos para atestar a causa da morte de Marcelo Dino. Baseada nesse material e nos depoimentos colhidos, a juíza substituta Clarissa Menezes Vaz Masili entendeu que o hospital teve responsabilidade, mas que a falta de tratamento prévio para asma também contribuiu para a morte do jovem. Por isso, julgou parcialmente procedente o pedido dos autores.

“Verifico, assim, ter havido três concausas concorrentes (broncoaspiração, atraso no uso do medicamento e falha no tratamento prévio), já que, embora não se possa asseverar que, isoladamente, a conduta de cada uma das partes seria capaz de gerar os danos ao paciente, somadas foram necessárias e suficientes para o desfecho lesivo”, afirma a magistrada na sentença.

Ainda de acordo com a juíza, “no tocante ao prejuízo extrapatrimonial, a gravidade da consequência dos fatos, isto é, o falecimento de um filho torna inequívoco o prejuízo ao bem estar físico e psíquico dos genitores, o que, em razão da violação aos seus direitos da personalidade, configura o dano indenizável”.

Além da indenização de R$ 90 mil a cada um dos pais, a juíza condenou o Hospital Santa Lúcia a arcar com os custos do processo e os honorários dos advogados. Nas redes sociais, o governador Flávio Dino afirmou que a Justiça “reconheceu os erros do hospital” e que pretende doar a indenização.

Ação penal
Além da ação cível movida contra o Hospital Santa Lúcia, o governador Flávio Dino e Deane Fonseca também ajuizaram uma ação penal privada contra Izaura Costa Rodrigues Emídio e Luzia Cristina dos Santos Rocha, respectivamente, a médica e a enfermeira que atenderam Marcelo Dino em 2012. O casal pede a condenação das profissionais por homicídio culposo.

Após a morte, os pais registraram ocorrência, mas o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) e o TJDFT se manifestaram pelo arquivamento do processo. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) também teve o mesmo entendimento e Flávio Dino levou o caso ao Supremo Tribunal Federal (STF), que reconheceu a inércia do MPDFT no caso e determinou a reabertura do processo. A ação ainda tramita na 2ª Vara Criminal de Brasília.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Desmascarado: Fabrica de mentira transvestida de jornalismo

Mais uma notícia veiculada, no blog do Vandoval Rodrigues mostra a falta de ética, do mal jornalismo e da falta de respeito com o leitor. Pego mais uma vez na mentira o noticioso informou sobre um acidente na Rua Tito Soares e que a vítima teria ficado mais de uma hora.
Fato esse prontamente contestado pela própria vitima horas depois já devidamente atendido no Antenor Abreu. Só o “jornalista” não percebe o seu amor ou ciúme doentio pelo prefeito, e fica inventando estórias na tentativa de atingir o “amor” não correspondido.

Recentemente o senhor O senhor Ronaldo da Conceição Ferreira, conhecido com “seu Belém” também foi vítima da irresponsabilidade dessa forma rasteira de se noticiar reveja aqui:
Mais uma mentira


BO calunia 

Olha o extrato,  mas de votos

extrato de votos

GloboNews compara banquetes de Sérgio Cabral e Roseana Sarney; veja

Camarão, bacalhau e queijo de cabra. A relação é de iguarias encontradas pelo Ministério Público na cadeia onde estão presos da Lava Jato no Rio- mas lembra uma outra lista: a de itens licitados que abastecem residências oficiais, com dinheiro público.
A similaridade dos quitutes mostra como os políticos que hoje estão presos têm dificuldade para se desapegar de uma espécie de “cultura dos palácios”, mas, agora, no cárcere.
Descolados da realidade, muitos políticos usam dinheiro público ou verba suspeita para custear suas mordomias – seja de deslocamento (como jatinhos e aviões da FAB), seja de alimentos.
Um dos mais emblemáticos é o caso da licitação milionária promovida pela então governadora do Maranhão Roseana Sarney em 2014, em meio ao caos nos presídios de São Luís, para comprar alimentos de “primeira qualidade”.
Como se estivesse alheia à barbárie na segurança pública, Roseana licitou em janeiro de 2014 itens para suntuosos banquetes: 80 kg de lagosta, 120 kg de bacalhau do porto de “primeira qualidade”, 750kg de patinha de caranguejo, uma tonelada de camarão e oito sabores de sorvete.
Tudo isso em meio ao caos nos presídios do Complexo de Pedrinhas. Na lista, entraram, entre outros, queijos finos, geleias, castanhas.
Ao todo, o Estado do Maranhão previa gastar R$ 1 milhão para alimentar a família da governadora e seus convidados naquele ano – tanto na sede do governo, como na casa de praia.
A licitação para o banquete só foi suspensa porque foi descoberta.
O episódio envolvendo o ex-governador Sergio Cabral e seus amigos na semana passada – revelado pela GloboNews – indica que a “cultura dos palácios” parece permanecer viva – agora, dentro dos presídios, ocupados por políticos que se locupletaram do dinheiro público. No caso específico, dinheiro que compra muito mais do que 80 kg de lagosta.

‘Esses médicos não são fantasmas, eles trabalham’ diz presidente do CRM MA

Em entrevista exclusiva ao Portal Página 2, o presidente do Conselho Regional de Medicina do Maranhão – CRM-MA, Abdon Murad Neto, falou sobre as reuniões que tem feito com os médicos vinculados ao ISMC (Instituto de Serviços Médicos e Consultoria Ltda), apontada como empresa fantasma na Saúde do Estado pela Polícia Federal.
Enfático, Abdon Murad declarou que “esses médicos não são fantasmas” e se mostrou preocupado com o que chamou de criminalização de profissionais da saúde que trabalham de forma regular e diária, pela PF na Operação Pegadores, a 5ª fase da Operação Sermão aos Peixes.
“Não tem para que um médico ser criminalizado. Médicos que estão trabalhando, me trouxeram seus registros e escalas de plantão, até prontuários de pacientes me mostraram”, contou Abdon Murad ao P2.
Em reunião realizada na sede do CRM na tarde desta segunda-feira (27), o Conselho, representado pelo presidente e pelo advogado Antônio José Garcia, conversou com 15, dos 43 médicos das cidades de Peritoró e Alto Alegre, ligados ao ISMC. “Esses que vieram aqui não estavam de plantão, mas os seus colegas ficaram trabalhando”, enfatizou Murad Neto.
Uma reunião posterior será realizada com os médicos das cidades de Morros e Lago dos Rodrigues. Juntos, somam 60 profissionais. “São médicos que trabalham e querem continuar trabalhando. Médico vive de atender paciente e acho muito difícil que eles recebam seus pagamentos depois disso (Operação Pegadores). Vamos dar apoio jurídico a todos eles, pois acho que vão demorar muito para receber”, apontou Abdon Murad Neto.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Argentina faz 'missão final' para tentar encontrar submarino

Ontem (26), o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi, informou que não há prazo para essa missão terminar.
Ontem (26), o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi, informou que não há prazo para essa missão terminar.
Foto: Jornal do Brasil
Um minissubmarino norte-americano, que consegue submergir a até 600 metros de profundidade, deve chegar na área de buscas, reduzida a apenas 74 quilômetros quadrados, nesta segunda-feira (27), informou o jornal argentino "El Clarín".
 cápsula pode resgatar 16 pessoas simultaneamente e leva 44 coletes salva-vidas enviados pela Marinha da Argentina. Apesar das chances remotas de encontrar alguém com vida no submarino, os oficiais argentinos fizeram questão de enviar um colete para cada tripulante que estava na embarcação.
Na área de buscas, que foram reduzidas após a confirmação da detecção de uma "explosão" na região onde o ARA San Juan desapareceu, há 14 navios e três aeronaves trabalhando para tentar localizar o equipamento. Além do minissubmarino norte-americano, a Rússia e o Brasil também disponibilizaram submarinos para ajudar nas buscas.
Ontem (26), o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi, informou que não há prazo para essa missão terminar. "O presidente, o ministro da Defesa e o chefe da Armada ordenaram que sigamos focados na busca, e não se fala de nenhum tempo definido, já que ainda não encontramos o submarino", destacou.

Investigação das causas
Além das investigações internas e de uma ação pública aberta por um juíza do país, o jornal "La Nación" revelou que a compra de baterias do submarino foi alvo de uma investigação em 2010.
Suspeita-se que as baterias tenham causado a explosão no submarino.
O jornal acusa que o serviço de manutenção do equipamento tenha sofrido com "a corrupção" de agentes públicos. De acordo com a publicação, a "empresa Hawker GMBH" foi contratada para fazer um serviço de reparação das baterias, em serviço que "custou 5,1 milhões de euros para o Estado argentino".
Nesta segunda, a mídia argentina também informou que o presidente do país, Mauricio Macri, vai demitir toda a cúpula das Forças Armadas por conta das falhas tanto nas operações de resgate como erros em relatórios internos sobre o desaparecimento do submarino.

Utilidade: Facebook agora detecta mensagens suicidas antes de serem denunciadas


Há algum tempo o Facebook vem trabalhando para identificar e ajudar usuários que tenham tendências suicidas. Agora, a inteligência artificial da plataforma é capaz de reconhecer mensagens e publicações suicidas antes mesmo que os amigos do usuário possam denunciar o post.
Conforme relata o Übergizmo, a tecnologia de “detecção proativa” verificará automaticamente todas a publicações da rede social para identificar os padrões de pensamentos suicidas. Quando achar necessidade, a inteligência artificial enviará informações sobre saúde mental para o usuário e pode até entrar em contato com primeiros socorros ou organizações, caso a pessoa tente transmitir um suicídio, por exemplo.
Segundo o Facebook, confiar na tecnologia para ajudar no reconhecimento de pensamentos suicidas, ao invés de esperar que outros usuários reportem possíveis tendências, ajudará a empresa a reduzir o tempo que leva para oferecer ajuda. A inteligência artificial também deverá ajudar os moderadores a saberem quem são os usuários que estão em mais situação de risco. 

Pagamento de servidores estaduais será efetuado nesta quinta-feira (30)

O Governo do Maranhão efetuará nesta quinta-feira (30) o pagamento do funcionalismo público referente ao mês de novembro. Pelo calendário, o pagamento seria realizado no dia 1º de dezembro, mas, devido à viabilidade financeira do Estado, será adiantado.
“Vamos pagar os servidores do Governo do Maranhão, folha de novembro de 2017, no dia 30”, anunciou o governador Flávio Dino.
Os servidores podem acessar a versão digital do contracheque disponibilizada por meio do site da Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep) ou através do aplicativo Portal do Servidor, disponível gratuitamente para sistemas operacionais Android e IOS.
Para isso é necessário apenas senha de acesso, que pode ser cadastrada presencialmente na sala do Portal do Servidor (localizada no Anexo IV do Centro Administrativo do Estado, no Calhau), ou pelos telefones (98) 3131-4191 ou 3131-4192.
(Secap)

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...