domingo, 21 de junho de 2009

NEM BITA SALVA...


Vejam só... o TSE, que teria as prerogativas de fazer valer o que diz o eleitor, que segundo o proprio TSE, é o patrão! Mas infelizmente “os patrões” não são respeitados pelos politicos na sua grande maioria, e muito menos pela “suprema corte eleitoral”.

O Maranhão e o estado da Paraiba são provas inconteste deste que se tornou o país do faz de conta. No caso do Maranhão que teve um governador eleito democraticamente pelo povo, cassado por supôstos ilicitos eleitorais, que qualquer criança deste estado sabe que foram armações de fora e de dentro do (tse), unicamente para satisfazer o ego e o prazer de ver a miseria deste estado, pelo grupo do senhor feudal e senador Imortal.

Cidadão maranhense que alcansou o posto mais alto na politica e na politicagem deste país , humilhou, enganou fez de tudo para que o Brasil e o mundo o reconhecesse como um cidadão de bem, estadista, democratico um imortal perfeito, mas tudo que sobe ...Deçe! E essa imagem vei o abaixo: com as inumeras denuncias e comprovação das mesma pela chamada “grande imprensa” fato esse noticiado pelo “Grande” Jornal Pequeno ha pelo menos 50 anos.

Veio a baixo o castelo de areia do Clã Sarney, onde o povo é ou seria o bobo da corte! Estou falando do Brasil e em especial do Maranhão, não do oculto castelo de Sintra (Portugal).

Vejam só! Por culpa de uma justiça omissa, ineficiente e imcompetente nos Tribunais superiores.O Maranhão foi entregue a esse grupo que diariamente aparece nas paginas dos grandes Jornais do país como verdadeiro saqueadores do herario publico. Não é mesmo, Zeros Graus? Por culpa de vocês o Maranhão voltou ao mar de lama, que nós conseguimos lavar com votos na eleição de 2006. Eu como eleitor havia dito que não votaria mais... O meu voto não tem Valor para o tse! Mas agora um dever moral de resgatar a dignidade do povo maranhense e tambem de humilhar os algozes deste povo, e tambem desses 5 (M), já estou na rua; brigando, para mostrar para o Brasil, que o Maranhão não se curva, não se rende e não passa procuração para que uns miséros togados escolham nossos destinos. E nos condenem novamente ao atrazo.

Xô didatura, Xõ oligarquia, Xô (in)justiça eleitoral. “Se não dão conta do pote, não segurem na rudilha” já dizia minha vó

sexta-feira, 19 de junho de 2009

REPERCUTIU NA ASSEMBLEIA


O SENHOR DEPUTADO PENALDON JORGE (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, Senhores Deputados, Senhoras Deputadas, galeria, imprensa, muito bom dia, Deputado Federal Pedro Fernandes, queria também dizer a V. Exª. que, para nós em particular, é uma honra recebê-lo nesta Casa e ter sempre este referencial que V. Exª. tem como Deputado Federal e que tão bem representa o Estado do Maranhão. E diria mais, não só o Estado do Maranhão, mas que também representa a Câmara dos Deputados, porque durante toda a sua vida parlamentar naquela Casa, as estatísticas da atuação de V. Exª. sempre nos orgulharam, sempre engrandeceram o nome do Maranhão e, certamente, o nome do Parlamento brasileiro que V. Exª. tão bem representa e a persistência com que V. Exª. tem tratado de temas naquela Casa nos dá a certeza de que o Maranhão, cada vez mais, precisa do trabalho de V. Exª. Não é tanto V.Exª. que precisa do Maranhão, sei que V. Exª. nessa relação de simbiose é muito necessária, mas o Maranhão precisa continuar tendo o Pedro Fernandes sempre como esse deputado federal como seu representante legítimo e que tem buscado tantos momentos, nós que percorremos as estradas do Maranhão e que encontramos em cada lugar deste Estado que passamos, a marca que V. Exª. tem conseguido imprimir. Nós não conseguimos passar no Estreito dos Mosquitos, não conseguimos nos deslocar pelas BRs 135, 222 e 316 sem lembrarmos do grande trabalho que V. Exª. sempre prestou, principalmente na área de infraestrutura do Estado do Maranhão. Então, parabéns a V.Exª. e sinta-se abraçado aqui por todos nós que temos um carinho muito grande, mas, acima de tudo, o respeito e uma admiração muito grande pelo trabalho que V. Exª. e que outros parlamentares do Maranhão têm feito na Câmara Federal. Muito obrigado pela sua presença e esperamos, no dia 06, contar com a presença de V. Exª. nesta Casa para que a gente possa debater temas tão importantes como da reforma política, das proposições políticas que o Congresso se propõe a discutir e a votar agora, tenho certeza, no próximo mês. Mas, Senhores Deputados, Senhoras Deputadas, também tenho aqui em mãos o Oficio n.º 064/2009, de autoria do Deputado Max Barros, Secretário de Infraestrutura do Estado do Maranhão, em que nos responde, através desse expediente, da impossibilidade de ter comparecido para a Sessão especial desta Casa, do dia 10 de junho de 2009, onde fizemos o convite e aprovamos matéria nossa, de nossa autoria em que convidávamos o Deputado Max Barros, Secretário do Estado de Infraestrutura, para discutir o Plano de Recuperação da Malha Viária do Estado do Maranhão após o período invernoso. Saber exatamente qual o propósito da Secretaria de Infraestrutura, o plano que o Deputado Max Barros e secretário tem para que possamos recuperar a Malha Viária do Estado, muito especial as MAs e as rodovias municipais, que precisam certamente de ter essa discussão, de ter um plano para que nesse período após o inverno possamos saber de que forma o Estado está planejando para recuperar as nossas estradas vicinais, as nossas estradas estudais, e assim, possamos dar um panorama geral para os municípios do Estado do Maranhão se planejarem com relação a essas ações. E nos coloca aqui o Deputado Max Barros no sentido de encontrarmos uma data, e vamos tentar fazer esse contato hoje com ele, para que possamos ter essa data definida e comunicar aos companheiros e companheiras deputados desta Casa a data da realização dessa Sessão especial, para que a gente possa trabalhar esta questão e discuti-la aqui nesta Casa. Também retorno hoje com o tema da visita da Comissão de Saúde ao município de Pinheiro e ontem aqui nós falamos rapidamente sobre essa visita e, aqui nos propusemos quando fizemos e aprovamos aqui nesta Casa aquela matéria. E volto a repetir a matéria ela tem uma única finalidade, nós não temos aqui nenhum objetivo de atingir nenhuma pessoa em termos políticos nem ao ex-prefeito nem ao atual prefeito e, respondendo a indagação dos membros da própria Comissão de Saúde, nosso objetivo mais uma vez aqui nós gostaríamos de esclarecer, é no sentido e no propósito de que nós possamos emitir um relatório e que a Comissão de Saúde possa emitir um relatório e que possa diagnosticar aquilo que efetivamente acontece com a saúde da regional sediada em Pinheiro, no qual o município de Pinheiro é pólo e que esta situação possa ser diagnosticada e oferecida a Secretaria de Saúde do Estado e a própria Prefeitura Municipal através da sua equipe, que nós possamos oferecer um diagnóstico. Quem fala aqui é um Pinheirense apaixonado pela sua terra e que gosta e tem obrigação de tentar melhorar a vida do seu povo, e não seria neste assunto diferente para nós enquanto deputado, que nós não viéssemos aqui a essa Casa trazer esse pleito tão importante da população da nossa região, que se sente de certa forma diminuída, desprestigiada, principalmente no sistema de saúde que tem sede no município de Pinheiro. E trago aqui o testemunho de quando prefeito do município de Presidente Sarney, é um dos municípios polarizados na regional de saúde de Pinheiro, que nós passamos por inúmeras dificuldades e, principalmente, naquilo que o sistema de saúde tem da referência e contra a referência. Nós temos situações extremamente delicadas, Deputada Gardênia, porque o município de Pinheiro que é o nosso pólo de saúde, nós temos exames especializados procedimentos de internações de AIH, de internações hospitalares, e muitos outros exames de referência no município de Pinheiro, e apenas 5% disto estão aqui na capital. Cada município da nossa região, aliás, como de quase todas as regiões eles tem 5% do seu recurso remanejado para a capital para a realização de procedimentos de alta complexidade e exames de alta complexidade, que também estão pactuados há algum tempo com o Governo do Estado. E dentro desta pactuação, nós sentimos algumas dificuldades na região da Baixada um procedimento que eu acredito que seja corriqueiro e acontece no Maranhão inteiro, e a gente precisa corrigir muitas dessas distorções, distorções que vão desde o mau gerenciamento do sistema, até interferência política de agentes, de pessoas, que na realidade não conseguem divorciar suas ações da esfera administrativa, de forma nenhuma consegue divorciar isso do aspecto político. E aqui nós trazemos como experiência própria o encaminhamento de pacientes da Secretaria de Saúde dos municípios polarizados para com o município pólo e que muitas das vezes não são recebidos e não são atendidos e que não são realizados exames de média complexidade por alegação de que a demanda daquele município que é polarizado já se esgotou, para com o município pólo e muitas vezes Deputado Chico Leitoa, não é esta a realidade o município, o prefeito do município A e vou colocar aqui vamos supor o município de Palmerândia, foi um dos municípios que mais teve reclamação lá conosco, o prefeito deste município, às vezes, quando manda um paciente para a Secretaria de Saúde, para um hospital de Pinheiro, quando ele chega lá para a realização de um exame especializado, ele já não pode mais realizar porque a demanda já se esgotou. E essa demanda que já se esgotou não foi a demanda referenciada pelo município dele, ela acabou sendo esgotada no referenciamento por outros caminhos que não aquele que deveria ser o encaminhamento à demanda da própria Secretaria, e isso se dá de várias formas. Não vamos discutir esta matéria aqui hoje na Casa, mas a partir do momento em que a comissão elaborar o seu relatório, nós iremos fazer. Gostaria apenas de registrar, os membros da Comissão de Saúde estão no plenário, apenas de registrar que a imprensa tem veiculado várias matérias com relação à Comissão de Saúde e a ida ao município de Pinheiro. Há matérias datadas do dia da visita, posterior ao dia, mas tem uma matéria aqui e tem vários encaminhados no site da Casa e gostaria que aqui ficasse registrada pela importância da matéria, cuja leitura vamos fazer rapidamente. Diz aqui a pessoa, Gustavo Urbano Lopes, que é um dos moradores de Pinheiro. Deputado Edivaldo Holanda, só mais dois minutos e eu completo aqui o tempo para que V.Exa. possa retornar. A matéria diz o seguinte: Patética é uma entrevista da Deputada Márcia Marinho (...). A deputada está presente, fiz questão de ler hoje porque ela está presente. Continuando: (...) da Deputada Márcia Marinho quando da visita a Pinheiro da Comissão de Saúde. Totalmente desinformada, querendo agradar o amigo Filuca, ela falou que a saúde daqui de Pinheiro está muito boa graças a ele. Será que se ela adoecer tem coragem de vir se internar aqui? Ou por que será que a biônica não veio fazer a cirurgia em Pinheiro? Na verdade, a saúde de Pinheiro está doente sim, ou melhor, a cidade de Pinheiro está um verdadeiro caos, não por culpa do atual prefeito, que assumiu uma cidade toda maquiada e, como maquiagem sai com água, foi só caírem as primeiras chuvas para que a população tomasse conhecimento do estrago deixado pelo Ex-Prefeito Filuca. As ruas estão intrafegáveis, esgoto a céu aberto e etc. Esse foi o governo Filuca que só existia no seu sistema de comunicação, igualzinho ao da biônica. Vale lembrar também que o ex-prefeito fechou, por perseguição política, três hospitais: a Policlínica Pinheirense, do José Genésio; o Hospital São Marcos, do Remi Trinta; e o Nossa Senhora das Mercês, que era do Doutor Pedro Lobato. Todos desafetos políticos do Prefeito Filuca. Faltou a comissão averiguar algumas clínicas de fisioterapia, por lá com certeza têm “coelhos” ou “ratazanas” mesmo. Gustavo Lopes, Pinheiro-MA. E, quando fala, Deputada Helena, com relação às clínicas de fisioterapia, com certeza a pessoa está querendo se referir a uma clínica de fisioterapia que também é conveniada com o município de Pinheiro, cujo titular é a filha do ex-prefeito de Pinheiro. E fica aqui o registro com as matérias...

A SENHORA DEPUTADA MÁRCIA MARINHO – Deputado, eu gostaria de lhe pedir um aparte até para fazer a minha defesa.

O SENHOR DEPUTADO PENALDON JORGE – Deputada, eu não tenho mais tempo para concessão do aparte. Se a Mesa me conceder, o nosso tempo já se expirou, mas V.Exa. tem o tempo do bloco. Eu estou utilizando o tempo do bloco.

O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO RUBENS PEREIRA JÚNIOR – Deputado Penaldon, a Mesa concede dois minutos.

O SENHOR DEPUTADO PENALDON JORGE – Então, obrigado pela concessão da Mesa e concedo os dois minutos, já lembrando à deputada que a matéria não é de minha autoria, a matéria está publicada no Jornal Pequeno e com o endereço eletrônico de quem a publicou. Aparte concedido.

A SENHORA DEPUTADA MÁRCIA MARINHO (aparte) – Deputado, em primeiro lugar, particularmente não leio esse jornal, até porque acho que se trata de um jornal que não tem credibilidade. O senhor mesmo é vítima desse jornal, o senhor sabe disso. Algum tempo atrás esse jornal também pegou pesado no momento em que disse inverdades a seu respeito, sobre um seqüestro de um vereador lá no seu município. Então eu acho que essa matéria, é uma matéria totalmente equivocada. Em primeiro lugar eu não sou biônica, eu atualmente sou deputada, sou suplente, tenho orgulho, não tenho vergonha de dizer que era suplente, sexta suplente da minha coligação, mas lhe digo: sou suplente com orgulho porque os quase 19 mil votos que tive o senhor pode ter certeza que nenhum foi comprado com dinheiro imundo e ilícito, foram votos das pessoas que me conheciam, sabiam da minha capacidade, da minha competência e isso me fez chegar até aqui. Tenho orgulho da votação que tive e não tenho vergonha de não ter sido eleita através de um esquema corrupto que todo Maranhão sabe. Em segundo lugar, quero dizer não sei, não conheço essa pessoa, mas foi veiculada a matéria como V. Ex.ª está dizendo que eu me informei, eu me preparei, eu busquei dados na Secretaria Estadual de Saúde, busquei dados na internet e quando fui com a comissão para Pinheiro eu sabia para que estava indo até aquele município, agora eu não posso ir a um município desse através da comissão e entrar em querelas políticas locais. A entrevista que eu dei, eu elogiei e repito aqui, elogiei mesmo um Centro de Saúde de Consultas Especializadas, achei a idéia fantástica, do Deputado Filuca, no momento em que ele criou, um Centro de Consultas Especializadas interligou com as unidades de saúde básicas da zona rural através de sistema de rádio onde o paciente se consultava na zona rural e o médico verificava se esse paciente precisaria de uma consulta especializada e de exames complementares, a consulta lá na zona rural era marcada... Mais um minuto por favor!

O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO RUBENS PEREIRA JÚNIOR – Deputada Márcia, infelizmente já extrapolou cinco minutos do tempo do Bloco, acredito que o Deputado Penaldon ainda irá precisar ainda de um minuto para concluir, infelizmente o aparte regimental é até dois minutos.

A SENHORA DEPUTADA MÁRCIA MARINHO – Tudo bem, eu continuo no tempo do bloco.

O SENHOR DEPUTADO PENALDON JORGE – Obrigado Deputada Márcia Marinho, mas volto só esclarecendo aos companheiros, mais uma vez porque a deputada falou muito direcionada a mim, a matéria não é minha, a matéria tem nome, endereço eletrônico de quem escreveu, está no Jornal Pequeno do dia seguinte a nossa visita ao município de Pinheiro, no Jornal Pequeno do dia 13 de junho V. Ex.ª pode ter todo o acesso, todas essas informações com relação a sua votação, V. Ex.ª pode pegar o endereço eletrônico dessa pessoa e passar para ele, porque para mim não interessa nem como a senhora conseguiu voto, nem quantos foram, e fazer duas correções. Primeiro: Filuca não é deputado, e em segundo lugar, quem publicou matéria contra mim de seqüestro de vereador foi o jornal O Estado do Maranhão não foi O Jornal Pequeno, eu quero fazer justiça a eles, porque não foi este o jornal que publicou a matéria, quem publicou em primeira capa a história de seqüestro de vereador foi o Jornal O Estado do Maranhão. E já que V. Ex.ª entrou no assunto, só para concluir, eu acho que qualquer comissão da Casa que vá a um município para verificar e fazer um diagnóstico deve ter os devidos cuidados, até porque no site da Assembleia, no site desta Casa tem muitas outras mensagens e todas se reportando a entrevista que a senhora deu, por sinal o prefeito de Pinheiro, o atual prefeito José Arlindo me disse por telefone que V. Ex.ª citou o nome do ex-prefeito Filuca quatro vezes, ele gravou o programa e nós estamos pedindo a cópia do DVD com a entrevista gravada e eu estou pedindo para que faça parte do processo da comissão e V. Ex.ª em nenhum minuto se referiu a ele como prefeito. Muito obrigado senhor Presidente.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

O BRASIL DESCOBRIU!!!!!!!


CASTIGO! Bota a sogra do Sarney no Senado!

Ciro Botelho

Tá no ar o blog do Colunático! O blog do Ciro Botelho Pinto!
Adorei o discurso do Sarney! Parecia mecânico explicando orçamento! E o meu vizinho me disse que tá desempregado. QUEM MANDOU NÃO SER PARENTE DO SARNEY?! E eu tô lançando uma enquete: "Qual a melhor punição pro Sarney?"
1-) Depila o bigode dele.
2-) Corta o pingolim dele!
3-) Obriga o Sarney a ler Marimbondos de Fogo.
4-) Bota a sogra do Sarney no Senado!
Esse seria o pior castigo: ter que trabalhar ao lado da sogra. Quer empregar parente? Então vai ter que trabalhar ao lado da jararaca! E o Brasil inteiro perdoa o Sarney, desde que ele não escreva mais nenhum livro. Aliás, vou mandar um email pro Sarney: "Sarney, você pode empregar quem quiser, mas pelo amor de Deus depila esse bigode e não escreve mais nada até 2020! E atenção, internautas! O Lula tá na Rússia!? Avisa pro Lula que a situação tá russa! A situação tá RUSSA e eu tô PUTIN da vida. E sabe como se fala LULA em russo? TOMANOV SMIRNOFF! O Lula devia adotar esse nome russo: "Tomanov Smirnoff." Mas a melhor do dia foi o Barack Obama matando uma mosca! Pá, pá! Bem que ele podia vir ao Brasil matar o mosquito da dengue! Já imaginou a manchete: "Obama mata mosquito da dengue." E continua a dúvida no Jornal Nacional: "Quem jogou bomba na Parada Gay?" Eu acho que foi o primo do Bin Laden, o Min Raben. Min Raben, a bicha-bomba de Bagdá! E por falar em bomba, o que o Serra foi fazer na Parada Gay? ASSUSTAR AS BIBAS! O Serra continua com aquele olhar de peixe morto e testa de bater bife! Vai ser feio assim lá na Parada Gay!Como comentou o Simão: "Era Dia das Bibas, não era Dia das Bruxas." E pra terminar, um poema em homenagem ao Lula da Silva, o nosso Tomanov Smirnoff. A CACHAÇA É UM SANTO REMÉDIO! Para curar uma paixão, beba pinga com limão! Para curar sua amargura, beba pinga sem mistura. Contra dor de cotovelo, beba cachaça com gelo! Contra falta de carinho, cachaça, cerveja e vinho! Quem dá amor e não recebe, mistura todas e bebe! E se a vida não tem graça, encha a cara de cachaça!!!!!!

UM ABSURDO


Senhor "feudal", imortal, estadista... Um ser acima do bem e do mal! É essa a imagem que insiste em mostrar, o senador do Amapá e presidente do senado o “Oligarca perfeito” .

Ele diz que a crise não é dele, e sim do Senado! Ora, quem é o presidente daquela casa? -Quem é o político que a mais de 50 anos continua em pleno gozo de suas prerrogativas e benesses.

Será que a aminésia presidencial é contagiosa e contagiou o presidente do senado? Parece que esqueceu... ou desconhecia do próprio neto, das sobrinhas, das filhas dos amigos próximos como Silas Rondeu, o que será quem vem pela frente?

O senador nega qualquer participação em atos irregulares e disse que “em 50 anos de Parlamento, não seria agora que praticaria tal absurdo”. Absurdo é ver a pobreza do estado do Maranhão e saber que ele não fez nada para amenizar o sofrimento dos seus conterrâneos quando foi presidente do Brasil. Pelo contrario, a sua filha e governadora biônica eleita no TSE, acaba de enviar mensagem para a assembléia pedindo autorização para mais um empréstimo de quase R$ 300 milhões, pouco menos do que ela seqüestrou das contas de 117 prefeituras; lembrando que a nossa divida é de mais de R$ 6 bilhões.

A justiça “cega” devolveu ao estado o Convento das Mercês onde seria ou estar contruido o mausoléu do senador imortal, falta devolver nosso voto e o governo a quem de fato foi eleito ou será que termos de cassar “eles” no voto novamente?

segunda-feira, 15 de junho de 2009

DE VOLTA AO POVO, O QUE É DO POVO!


Justiça Federal anula doação do Convento das Mercês à Fundação José Sarney
A justiça invalidou a legislação estadual que regulamentou o registro da propriedade e decidiu que o imóvel fosse reincorporado ao patrimônio público do estado

A pedido do Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA), a Justiça Federal anulou a doação do Convento das Mercês à Fundação José Sarney, tornando inválida a legislação estadual que regulamentou o registro da propriedade. Pela decisão o imóvel será reincorporado ao patrimônio público do estado.

O episódio da doação aconteceu em 1990, quando o governo editou uma lei que autorizava a incorporação do convento aos bens da fundação, conhecida à época por “Fundação da Memória Republicana”. Três anos depois, a Assembleia Legislativa do Maranhão aprovaria uma lei ratificando a doação.

Em agosto de 2004, o MPF entrou com ação contestando a doação do Convento das Mercês à Fundação José Sarney, e pedindo a reintegração do bem ao patrimônio do estado do Maranhão com base em um decreto-lei, assinado em 1937 - o decreto impede que bens tombados pela União sejam doados a qualquer entidade de direito privado.

Notificada, a fundação alegou que é uma entidade pública federal e que, por isso, seria válida a doação. No entanto, entre os objetivos da entidade, registrados em cartório, está o de “organizar e perpetuar a memória dos presidentes da República tendo por base o acervo privado do presidente José Sarney”, o que deixa evidente seu caráter de pessoa jurídica de direito privado.

Para a Justiça, é clara a incompatibilidade das leis sobre as quais aconteceu a doação do imóvel. “A lei estadual 5.007, de abril de 1990, ratificada pela lei 5.765, em 1993, pela assembleia legislativa, autoriza a doação tratada. Mas está em completa discordância com a lei federal vigente (decreto-lei 25/37) que proíbe a doação de bens tombados a entidades privadas”, afirmou o juiz Nelson Loureiro dos Santos.

De acordo com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a área do convento passou a pertencer ao Estado do Maranhão em 1905. Em 1974 ela foi tombada pelo Patrimônio Histórico da União. O Convento da Mercês, que tem mais de cinco mil metros quadrados de área construída e outros sete mil de área livre, é um dos principais pontos turísticos do
Centro Histórico de São Luís. Para o MPF, a anulação da doação significa respeitar e resguardar o patrimônio público e social.

FONTE:

O IMPARCIAL ON LINE

quinta-feira, 11 de junho de 2009

PARABENS CARETA E BANDA MIRAGEM

Nosso abraço especial, vai para o empresário da super Banda Miragem, nosso amigo Fernando Castro (Caretinha) que aniversaria hoje e estará recebendo os amigos em sua casa para os comes e bebes.

O Caretinha, que anda muito feliz com o sucesso da banda e que recentemente gravou seu novo DVD em um show beneficente aos desabrigados pelas enchentes em Santa Helena e Turilandia. Sucessos pra você e sua família, e a família Miragem.

Veja nestas fotos a maravilha como está a Miragem:










quarta-feira, 10 de junho de 2009

Comissão da Saúde da AL realiza fiscalização em hospitais de Pinheiro

Atendendo a um requerimento de autoria do deputado estadual Penaldon Jorge (PSC), a Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa esteve no muncípio de Pinheiro, na baixada maranhense, nessa quarta-feira, 10. O objetivo da visita foi verificar a atual situação do sistema de saúde do município, que segundo Penaldon, nao atende adequadamente á população. Os membros da Comissão que acompanharam a visita foram os deputados: Arnaldo Melo (PSDB), Cleide Coutinho (PSDB) e Márcia Marinho (PMDB) Durante todo o período da manhã uma comitiva formada pelo prefeito de Pinheiro, José Arlindo, pela Secretária de Saúde do Municipio e por alguns vereadores acompanharam os deputados que visitaram o Hospital Regional Dr. Antenor Abreu, o Hospital Municipal Nossa Senhora das Mercês Materno Infantil e a Central de Marcação da consultas do município. Onde constaram entre as principais precariedades, problemas na infra-estrutura e deficiencia de pessoal. A situação mais grave foi vista no Hospital Antenor Abreu, lá os deputados encontraram, também, várias ganbiarras no sistema de eletricidade e infiltrações nas paredes, ambiente propicio à infecções hospitares. Os parlamentares constataram também que a UTI - Unidade de Tratamento Intensivo, do hospital está totalmente desativada. Um outro fato verificado, foi a inutilização de um tomográfo, comprado recentemente pela prefeitura, mas que nao funciona, por nao dipor de estrutura suficiente para ser utilizado. Após a visita os deputados fizeram uma reunião na sede da prefeitura, onde enforcaram sobre tudo que foi visto, um ponto importante foi colocado pelo deputado Arnaldo Melo, presidente da comissão: " o pronto-socorro previsto para ser construido, nao é a solução. O que amenizaria a atual situação seria a total reforma e ampliação do Hospital Regional Anternor Abreu," frisou. O deputado Penaldon Jorge se disse satisfeito com a visita dos deputados e enfatizou "ter certeza que após essa visita medidas que melhorem o funcionamento do sistema de saúde de Pinheiro serão tomadas." O próximo passo a ser dado pela Comissão de Saúde, é a elaboração de um relatório sobre a visita, que será encaminhado á Secretaria de Saúde do Estado para que tome as medidas necessarias.
O BLOG:
A Saúde de Pinheiro esta doente sim, ou melhor, a cidade Pinheiro esta um verdadeiro caos, não por culpa do atual prefeito que assumiu uma cidade toda MAQUIADA, e como maquiagem sai com água foi só cair às primeiras chuvas para que a população tomasse conhecimento do estrago deixado pelo ex-prefeito Filuca. As ruas estão intrafegáveis, esgoto a céu aberto etc. Esse foi o governo Filuca que só existia no seu sistema de comunicação igualzinho o da Biônica.
Vale lembrar também que o ex-prefeito fechou por perseguição três hospitais, a policlínica pinheirense do Ze Genesio, o hospital São Markus do Remi Trinta e o Nossa Senhora da Mercês que era do Dr. Pedro Lobato. Todos desafetos do “prefeito Filuca”. Faltou a comissão averiguar algumas clinicas de fisioterapia que La com certeza tem “coelhos” ou ratazanas mesmo.

terça-feira, 9 de junho de 2009

PENALDON INCOMODA SEUS ADVERSARIOS


Com um discurso contundente, do deputado Penaldon Jorge (PSC) proferido  hoje pela manhã na Assembléia Legislativa, ele mostrou qual o seu papel na oposição, deixando claro, que vem incomodando seus adversários  mostrou também  a importância da união do grupo que hoje faz oposição a governadora do TSE.

VEJA NA INTEGRA SEU DISCURSO

O SENHOR DEPUTADO PENALDON JORGE (sem revisão do orador)

 – Senhor Presidente, Senhores e Senhoras Deputados e Deputadas imprensa, galeria muito bom dia mais uma vez. Deputado Marcelo Tavares V. Ex.ª retratou bem aqui o espírito da reunião que aconteceu ontem no município de Pinheiro e aqui não é nenhum segredo com relação as nossas posições políticas na nossa base as divergências que nós possuímos e já disse hoje nós temos que aprender a conviver com essas divergências, mas o que se discute, na realidade, é este momento por que passa o Estado do Maranhão, eu ainda há pouco quando me referia aqui na Tribuna desta Casa sobre algumas situações, é necessário que a gente possa entendê-las perfeitamente, em primeiro lugar há mais de um mês, a quase dois meses nós aprovamos aqui um pleito aqui nessa Casa para que a Comissão de Saúde fosse ao Município de Pinheiro, me parece que amanhã vai conseguir ir, não vou aqui atribuir a nenhum companheiro deputado ou deputada qualquer responsabilidade por isso, mas o Requerimento é do mês de março e desde essa época que nós procuramos viabilizar a ida dessa Comissão de Saúde, Deputada Cleide Coutinho que faz parte da Comissão que está presente e que da nossa parte não há nenhum sentimento de colocar defeitos ou qualidade em quem quer que seja, o único objetivo que nós temos com a viagem de Pinheiro e é bem anterior a posse da Senadora Roseana no comando do Governo do Maranhão é bom que se diga isso, o pleito foi feito bem antes disso, nós queremos na realidade que o Parlamento Estadual possa cumprir uma das suas funções, a exemplo do que aconteceu no Município de Bacabal em que a ANVISA, Vigilância Sanitária a Promotoria de Saúde Pública desta Capital e a Promotoria de Saúde da Comarca de Bacabal estiveram inspecionando, visitando os hospitais, todos os órgãos que cuidam da saúde pública no município de Bacabal fizeram o diagnóstico e eu tenho certeza de que deve ter produzido resultados, resultados satisfatórios tenho certeza de que a visita não piorou em nada o funcionamento daquelas unidades de saúde, e é isso que nós queremos que aconteça no município de Pinheiro, que a gente possa ir, possa verificar de que forma está acontecendo, que o Hospital Regional Dr. Antenor Abreu nas palavras de outros parlamentares que aqui já utilizaram que tenham sido realmente reformados, que não sejam depósitos de lixo e de material que nós temos recebido denúncias de que se transformou e que possa ser um grande hospital realmente e que possa desempenhar as suas funções, que não seja mais necessário o título de leitor do portador, do doente de Presidente Sarney, de Santa Helena, de Turilândia, de Palmeirândia e Perimirim, que já foi objeto e que continua sendo objeto de investigações por parte do Ministério Público, enfim que o sistema de saúde da nossa região possa ser um sistema de saúde bem melhor. Então é este o propósito que nós colocamos e essa visita está programa para amanhã, Deputada Gardênia, mas ontem nós estivemos com outro propósito, um propósito de discutir politicamente a situação da nossa região, quais as tendências, quais as manifestações das lideranças políticas dos mais diversos segmentos. Mas, entre ontem e amanhã, tem o hoje e o hoje, Deputado Chico Gomes, veio em tom de represália contra o Deputado Penaldon com uma matéria que está no blog, que aqui tantas vezes eu já denuncie, há uma pré-disposição do blogueiro travestido de jornalista, o Décio Sá, porque é pago para fazer isto, faz de forma voluntária, faz de forma direcional sabendo qual é o objeto. Tanto é assim, Deputado Chico Gomes, que hoje às 06h30min da manhã, no nosso município de Presidente Sarney, já havia três carros de som, Deputado Fábio Braga, com esta matéria que o blogueiro, travestido de jornalista, produziu a serviço do deputado que nos faz oposição e que tem esta posição antagônica politicamente e tem que ser respeitada a pedido de seu próprio pai, de seus veículos de comunicação. Então, 06h30min da manhã já tinham três veículos no município trazendo uma matéria que não tem nada de novo, Deputado Domingos Paz, é uma matéria que o Deputado Penaldon teve os seus bens bloqueados, e quem é o homem público que fez e que geriu finanças públicas de um município que nunca teve um dissabor, uma ação de improbidade administrativa? Eu dizia isso aqui ao Deputado Cutrim, isto é, que naquela época da questão de Presidente Juscelino, e parece que eu estava dizendo numa direção que parecia até que estava adivinhando o que ia acontecer e eu dizia e chamava a atenção dele naquele período para os discursos que ele fez aqui com relação àquelas matérias e, com menos de 15 dias depois, o próprio Ministério Público Federal fez uma ação de improbidade administrativa contra ele, contra o Ricardo Perez e contra outras pessoas, mas isso aqui não é fruto disto. Muito embora o blogueiro, travestido de jornalista, diga que é com relação à prestação de contas, ele deveria ler que bem aqui tem segredo de Justiça no processo e eu sei e já tenho, Deputada Graça Paz, mais ou menos a informação de onde se consegue o título porque ele montou a matéria, pegou o título na capa do processo onde há uma correspondência e que tem escrito aqui “Segredo de Justiça”. Matéria de improbidade administrativa não tramita em segredo de Justiça e só não sabe disso quem é analfabeto nesta linha, principalmente analfabeto jurídico, o Deputado Fábio Braga sabe bem disso. Improbidade administrativa não tramita em segredo de Justiça, esta matéria tramita em segredo de Justiça porque é uma briga antiga minha com a Receita Federal, é de 2002, Deputado Cabral, imposto de renda, nós temos uma briga imensa, já fomos ao Conselho Nacional do Contribuinte, ao Conselho de Fortaleza, ao Conselho Nacional de São Paulo, estamos com uma ação na Justiça Federal do Maranhão tentando desconstituir um auto de fração que, por conta ainda da CPMF, me multou com relação ao imposto de renda nas minhas declarações. Então por isso que é segredo de Justiça porque trata de questão fiscal. Ninguém pediu segredo de Justiça, quem pediu foi o próprio Ministério Público porque as informações que envolvem o Fisco Federal e que envolvem a situação fiscal de qualquer cidadão, não é de Penaldon, da Cleide, do Edivaldo, de nenhum, mas de qualquer cidadão brasileiro, são obrigadas a serem protegidas pelo segredo de Justiça. Então, vejam bem, uma matéria de 2002 que briga há muito tempo, nós temos, já tivemos muitas etapas. Há 90 dias, eles bloquearam duas contas minhas do Banco do Brasil e, quinta-feira passada, saiu a decisão em Brasília desbloqueando as duas contas, nós conseguimos em Brasília, e aí elas pegam uma matéria de sete anos atrás e requintam a matéria com a data de hoje para botar, por quê? Porque ontem nós estávamos em uma reunião em Pinheiro, que não agradamos a eles, e amanhã nós vamos estar com a Comissão de Saúde, então é preciso ofuscar o Penaldon dentro de Pinheiro, é preciso fazer isso. Hoje, às 06h30min da manhã, tenho certeza, a maioria dos jornalistas ainda não tinha conhecimento dessa matéria, mas os carros de som do deputado já estavam lá na nossa cidade em Presidente Sarney para distribuir a matéria que ele encomendou para o blogueiro dele com esta finalidade. Não é a primeira, não é a segunda, nem a terceira vez que ele tenta denegrir a minha imagem, agora tentar denegrir a minha imagem é um propósito, agora conseguir me acovardar, conseguir tirar de mim quem teve a oportunidade de sentar no banco de uma sala de aula, de frequentar uma universidade e, acima de tudo, de ter tido o dom que Deus me deu para que fosse sempre essa pessoa combativa que não se acovarda, que não se intimida. Então, essas tentativas podem funcionar perante a opinião pública, agora imaginar que isso funcione contra mim de alguma forma, está equivocado, está equivocado porque nós não temos nenhuma vocação para correr do embate, pelo contrário, eles têm, Deputado Edivaldo Holanda, quem primeiro inaugurou inquérito de Polícia Federal, CPI, foi o pai do Deputado desta Casa. Em 86, quando era senador, o Senhor Maurício Correa, que depois foi Ministro do Supremo Tribunal Federal, e o processo não sumiu, ele tramita aqui na 6ª Vara Criminal do Fórum Desembargador Sarney Costa, e o pai dele é indiciado pelo desvio de recurso do esgoto público do município de Pinheiro e por tantas outras condutas. Construiu empresas

O SENHOR DEPUTADO PENALDON JORGE – .... (ENCAIXE)..... Construiu empresas em 85 depois que o presidente Sarney assumiu a Presidência da República, 03 meses depois ele constituiu uma empresa na Junta Comercial chamada de Pericumã Engenharia, e foi ser a fiscal da Mendes Júnior, da Andrade Gutierrez e de todas as empresas da Consiste Engenharia e de todas, Deputado Cabral, que se instalaram no município de Pinheiro, eu tenho a cópia do processo completo não trago a essa Casa porque vou mexer com outras pessoas que não merecem, mas tem o prefeito da época,  ele que era o construtor foi indiciado pela Polícia Federal, tem Deputados Federais do mandato de hoje, tem pessoas importantes na república que estão todos lá relacionados, a CPI, Deputada Gardeninha, eu ainda era um jovem aspirante, de um dia ocupar um cargo público e ter este encaminhamento de questões, porque nasci e me criei ouvindo sempre uma família só mandando no município de Pinheiro.

O SENHOR DEPUTADO PENALDON JORGE -  Então essa ofuscação que eles tentam dar hoje Deputado Edivaldo Holanda, eu tenho certeza que tem incomodado bastante, disse aqui aquele dia, o discurso que o Deputado (Vitor) fez aqui nesta Casa com relação aos recursos da saúde ele não tem, e não teve nenhuma palavra de seriedade, ele na realidade foi fruto de uma reunião que aconteceu na noite anterior na casa da Senadora Roseana Sarney, em que ele e o pai bateram na Mesa para que um saísse candidato Federal e o outro Estadual, e o Deputado Ricardo Murad deu murro na mesa dizendo que não aceitava que isto era uma imoralidade, e que a Roseana não deveria permitir, por isso veio o discurso contra o Ricardo na manhã seguinte. Mas isso é roupa suja que eles têm que lavar na banheira deles, não é na minha. Eu continuo sendo aqui o advogado que me orgulho bastante, de assim ser e de assim exercer. Concedo o aparte ao Nobre Deputado Edivaldo Holanda.

O SENHOR DEPUTADO EDIVALDO HOLANDA (aparte) – Nobre Deputado Penaldon Jorge quer me solidarizar com V. Exª. e lamentar que essa é uma prática aqui no nosso Estado, isso o que estão fazendo com V. Exª. graças a Deus é pela atitude cristalina, é pela posição irretocável que V. Exª. tem diariamente na Tribuna desta Casa, e tendo escolhido o lado do povo e tendo se posicionado contra os desmandos do atual governo. V. Exª. então está sendo exposto nessa questão segundo soube, carros de som rodando na cidade de Pinheiro, para usar autos contrários a V. Exª. alardear esse fato, que é um fato que ocorre com V. Exª. que ocorre com qualquer outro cidadão que tenha relações com empresas e que temos problemas sempre com o imposto de renda, todos nós temos esses problemas a maioria dos brasileiros, problema com o imposto de renda e V. Exª. está sendo agora vítima disto, está sendo explorado na mídia, e nós lamentamos que infelizmente essa é uma maneira menor, essa é uma maneira pequena de se conduzir tanto na mídia quanto na vida pública. Eu me congratulo me solidarizo com o pronunciamento e a posição de V. Exª. neste momento.

O SENHOR DEPUTADO PENALDON JORGE – Obrigado! Deputado Edivaldo Holanda, e concluindo Senhor Presidente ..... (ENCAIXE)..... trazer para a imprensa em forma de denúncia e deixando aqui, mais uma vez, de forma muito cristalina, muito firme a minha posição, porque eu que para eles Deputado Edivaldo Holanda, já fui o melhor prefeito da região da Baixada, que os seus veículos de comunicação durante os tempos em que tiveram a receber os grossos cachês e os serviços pagos pela divulgação da mídia, que eles passaram 8 anos fazendo era um prefeito irretocável, conduta ilibada, elogiado todos os dias bastou ser candidato a deputado estadual, ou ter a pretensão de sair candidato a deputado estadual, para que nunca mais fosse a mesma pessoa, no entendimento deles. Mas graças a Deus continuo a ser a pessoa que sou, não no pensamento deles, mas no sentimento e no pensamento da população que me viu nascer, que me Viu crescer e que convive conosco no dia a dia. Muito obrigado, Senhor Presidente

 

DEPUTADO PENALDO É VITIMA DE ATAQUES


Em mais uma ação de perseguição aqueles que não comungam com aqueles que saquearam nosso estado nesses últimos quarenta anos, desde a ditadura militar ate os dias de hoje onde em um governo imposto pelo TSE presenteado a candidata derrotada nas urnas Roseana Sarney, voltou com sua trupe com fome de dinheiro e de maldade alem dos servidores públicos que estão sendo transferidos, até os deputados que não dão apoio a esse grupo derrotado nas urnas e usupador de votos, resolveram atacar o deputado estadual Penaldon Jorge através dos seus meios de comunicação e principalmente através do blog do Décio Sá. Talves porque Penaldon esta crescendo junto a opinião publica devido a sua atuação no parlamento em favor do povo sofrido do Maranhão.

ABAIXO TRANSCREVO UMA NOTA DO DEPUTADO A IMPRENSA

NOTA A IMPRENSA

A respeito de divulgação feita pelo blog do jornalista Décio Sá, no dia 09 de junho de 2009, de matéria sob o título Justiça Federal seqüestra bens de Penaldon, impõe-se o restabelecimento da verdade.

Antes de tudo é lamentável que o jornalista tenha violado o segredo de justiça que impera sobre os autos, beneficiado que foi do livre acesso aos órgãos públicos estaduais. A Polícia Federal já foi acionada e investigará o vazamento de documento sigiloso ocorrido no âmbito do DETRAN, objetivando denunciar à Justiça Federal quem criminosamente se usa do cargo para satisfazes interesses políticos mesquinhos.

É verdade que há um processo em tramitação na Justiça Federal, mas nada diz respeito à vida pública de Penaldon Jorge Ribeiro Moreira. Está em discussão nas vias administrativa e judicial, o lançamento de débitos com a Receita Federal, que em razão de longos anos de juros e correção monetária já alcança valores astronômicos. Estou recorrendo às instâncias permitidas em lei, comprovando que não devo os impostos que estão sendo cobrados, e em breve comprovarei a improcedência da cobrança. O sigilo imposto ao processo é porque se trata de questões fiscais, cujo segredo se impõe, mas que foi criminosamente quebrado por agentes públicos do governo biônico e pelo jornalista do império midiático. Entretanto, a Polícia Federal certamente alcançará os responsáveis pelo abuso, e buscará a sua responsabilização criminal.

Atenciosamente

PENALDON JORGE RIBEIRO MOREIRA

MDML EM PINHEIRO

Pinheiro (MA) – O descaso do governo Roseana Sarney com a região da Baixada Maranhense foi duramente criticado no 2º encontro das lideranças políticas, que formam o Movimento em Defesa do Maranhão Livre (MDML), no município de Pinheiro.

A reunião levou centenas de cidadãos e lideranças políticas – prefeitos, vereadores e ex-prefeitos da região, ao auditório do Colégio Pinheirense. As críticas ao governo dividiram os discursos com a defesa da unidade das oposições para vencer o pleito de 2010.

O ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) lamentou que a governadora Roseana Sarney (PMDB) tenha retirado mais de R$ 14 milhões do município de Pinheiro, destinados pelo governo Jackson para a construção do hospital de urgência e emergência, além da recuperação de barragens e de sistema de tratamento de esgotos. “Ações como esta demonstram o quanto esse grupo desrespeita o povo do Maranhão. Mas a população vai dar a resposta e vai cassá-la nas eleições de 2010”, disse.

“Não retiraram o dinheiro da prefeitura, mas do povo da região da Baixada. Não podemos aceitar temos que ir para as ruas e protestar”, discursou o deputado Penaldon Jorge (PSC).







O sequestro dos recursos destinados pelo governo do Estado para a construção do hospital foi condenado também pelo padre Domingos da paróquia do município. “Tentaram (governo Roseana Sarney) justificar a devolução dos recursos com a afirmativa de que tínhamos um hospital de qualidade o Antenor Abreu, que infelizmente está matando os cidadãos de Pinheiro e da região por falta de condições”, denunciou.

O presidente do PT, Domingos Dutra, criticou a decisão do TSE em cassar o mandato do governador Jackson Lago (PDT) e descartou aliança do PT com o PMDB no estado. “Jackson não foi cassado sozinho. Todos nós fomos cassados com ele. Agora vamos passar de cassado a caçadores e vamos cassá-los no voto em 2010”, Dutra.

O presidente do PSDB, Roberto Rocha, avaliou a conjuntura política estadual e enfatizou a necessidade do Maranhão eleger senadores comprometidos com a população do estado. "Tão importante quanto a eleição para governador é a eleição para o Senado. Temos que ter unidade na disputa pelas vagas de senador", disse.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Tavares (PSB), classificou de humilhação ao povo da Baixada Maranhense o ato do governo Roseana Sarney em suspender a construção do hospital de urgência e emergência, no município de Pinheiro.

“Quero manifestar minha indignação com este desrespeito a este povo. Mais grave ainda é o governo não dar nenhuma explicação oficial sobre a decisão de retirar da prefeitura os recursos destinados à construção do hospital. É humilhante deixar a população desta região à mercê da procissão de ambulâncias para buscar atendimento em São Luís”, disse.
 

Participaram do ato político o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB); os presidentes do PSDB, do PT e do PDT, deputados federais Roberto Rocha, Domingos Dutra e Julião Amin, respectivamente; os presidentes dos PSB e do PTC, José Antônio Almeida e Edivaldo Holanda, respectivamente; o presidente da Assembléia Legislativa, Marcelo Tavares (PSB); os deputados estaduais João Evangelista (PSDB), Chico Leitoa (PDT) e Penaldon Jorge (PSC); o deputado federal Carlos Brandão (PSDB); o ex-ministro do STJ e ex-candidato ao governo estadual Edson Vidigal. Leia mais, amanhã, na edição impressa do Jornal Pequeno. (Do JP Online

 


terça-feira, 2 de junho de 2009

PELO MARANHÃO LIVRE


Confirmada para esta segunda feira dia (08) a reunião do “Movimento em Defesa do Maranhão Livre”. Já foram confirmadas as presenças do ex-govenador Jose Reinaldo, do ex-ministro Edson Vidigal, deputado federal Carlos Brandão (PSDB), deputado Dutra (PT), alem de deputado estaduais e prefeitos da região.

O Movimento das oposições visa se organizar para as próximas eleições e pretende devolver o Maranhão ao povo, que teve esse direito cassado junto com o governador Jackson Lago eleito democraticamente nas urnas o direito de escolher seus representantes.

Os convites já estão sendo feitos pelo próprio Zé Reinaldo ex-governador “Superando todas as magoas estaremos juntos novamente” desabafou o ex-prefeito de Pinheiro Pedro Lobato quando recebia o convite do ex-governador.

MAIS UMA ZÉ????

TCU condena ex-prefeito do município de Pinheiro

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou José Genésio Mendes Soares, ex-prefeito de Pinheiro, a devolver R$ 297.464,75 por má aplicação de recursos públicos federais repassados ao município. A verba foi transferida por convênio pelo Ministério da Saúde, para a erradicação da dengue. A dívida deve ser paga aos cofres do Fundo Nacional de Saúde (FNS).

O ex-prefeito terá de pagar multa de R$ 7 mil em 15 dias. A cobrança judicial dívida foi autorizada. Cópia da documentação foi encaminhada à Procuradoria da República no Estado do Maranhão para ajuizamento das ações civis e penais cabíveis. O ministro Augusto Sherman Cavalcanti foi o relator do processo. Cabe recurso da decisão. (Da Ascom / TCU)

Jornais de hoje

JP

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...