segunda-feira, 27 de junho de 2011

Prefeito Zé Arlindo Inaugura mais uma escola


O prefeito Zé Arlindo Inaugura hoje mais uma escola modelo em nossa cidade, ele que inaugurou a maior, mais bela, mais moderna escola da baixada maranhense no povoado de Pacas com 14 salas e demais  dependências.
Hoje dando continuidade ao arraial itinerante o prefeito estará no Pólo São Caetano apartir das  16 horas e as 18 hs, estará inaugurando uma escola no bairro São Francisco antigo Bairro da Associação. A primeira escola em tempo integral será entregue oficialmente hoje e recebe o nome do Bispo Don Ricardo, a comunidade esta preparando uma grande festa. Parabéns!

Dino impõe primeira derrota ao Clã


Flávio Dino assume Embratur na quarta

FotoFLÁVIO DINO
A posse do novo presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, será na quarta (29), às 10h, no Ministério do Turismo. Sua nomeação somente foi possível após a presidenta Dilma pedir ao vice Michel Temer para convencer o senador José Sarney a retirar o veto. Dino é o principal adversário político da família Sarney no Maranhão, mas aceitou ser subordinado ao ministro Pedro Novais, que é ligado ao clã adversário. Conforme esta coluna já noticiou, o ex-deputado Flávio Dino (PCdoB) se demitiu do Instituto do Direito Público, faculdade do ministro Gilmar Mendes, onde tinha belo salário, hotel de luxo e carro com motorista. Dino tem 43 anos, é advogado, professor e ex-deputado federal. Juiz federal por 12 anos, exerceu os cargos de secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça, presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil e assessor da presidência do Supremo Tribunal Federal.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Pacas em Festa


Num dia de festa e muita alegria o prefeito Zé Arlindo entrega a toda comunidade de Pacas quatro obras de suma importância ao desenvolvimento do povoado e região. Pacas que pela proximidade da sede é considerada  um bairro de Pinheiro, recebeu do prefeito e da sua comitiva na tarde de ontem (22), um matadouro, duas praças, nova iluminação publica e a maior e mais moderna escola do Maranhão, é a prefeitura investindo em saúde, lazer, educação no bem estar social.
A nova escola Domingos Perdigão e a Rufino Fernandes ofereceram uma grande festa de agradecimento ao prefeito, mas quem ganhou na verdade foi o publico presente que assistiu varias brincadeiras juninas e se deliciou com as guloseimas tradicionais.
Na esfera política a festa foi muito concorrida, com as presenças de todo secretariado, lideranças políticas e dos vereadores. O vereador Enezio, Layanna, Stellio e Leonardo Sá agradeceram o carinho e parabenizaram o povo  de Pacas pelos grandes avanços do povoado a caminho virar um dos grandes bairros de Pinheiro.
Em seu pronunciamento o vereador Ezezio lembrou que não poderia falar de Pacas sem falar da ex-vereadora Dorinha e do ex-vereador Careca, usando também a palavra Careca disse que desde 1963 quando chegou a Pacas e ingressou na vida política esteve sempre ao lado dos prefeitos sem querer citar nomes, mas falou que Zé Arlindo foi o único que teve coragem de trazer obras de grande magnitude para o povoado e finalizou “hoje, mesmo doente e sem poder andar quero pedir aos companheiros vereadores aprovem projetos em beneficio de Pacas, prefeito execute-os que estarei aqui para agradecer com votos”, Tuzinho que disse não fazer parte da equipe de governo, garantiu que é um entusiasta dessa administração cheia de realizações, grandes realizações. 
O prefeito alegre com a certeza do dever cumprido entregou as obras lembrando como bem disse Careca, que ele em apenas dois anos e meio já fez mais que os outros prefeitos em quarenta anos, “enquanto eles me jogam pedras, bombardeado minha administração com denuncias mentirosas, eu estou ajuntando as pedras e construindo para o Bem estar do povo de Pinheiro” afirmou. Deixando claro que apesar da forte onda de perseguição ele só para de trabalhar por Pinheiro se eles mudarem a artilharia.











terça-feira, 21 de junho de 2011

PACAS MERECE RESPEITO

Amanhã o povoado de Pacas, hoje  considerado um bairro de Pinheiro estará recebendo oficialmente o maior colégio da rede municipal, duas praças  e um matadouro e principalmente o respeito do prefeito que em apenas dois anos de mandato já fez muito mais do que os que passaram e também deixaram sua marca no povoado, como a construção de um ginásio que veio abaixo e hoje leva risco aos desportistas que ali freqüentam pois o prédio ficou com o prédio amarrado com cabos de aço.
Hoje a historia é diferente com essas inaugurações, o colégio Domingos Perdigão enche de orgulho os estudantes e principalmente a comunidade, os jovens terão um ponto de encontro nas praças Januario Dias e a nova Praça Nossa Senhora da Conceição.
Em retribuição a tanta atenção do prefeito com o nosso bairro, a comunidade esta organizando uma grande festa para  agradecer a ao prefeito Zé Arlindo, em especial a comunidade estudantil que esta em festa.

I Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa será realizada no próximo dia 22

O Estatuto do Idoso existe desde 2003 e ampliou os direitos dos cidadãos com idade acima de 60 anos e institui penas severas para quem desrespeitar ou abandonar pessoas da terceira idade. Para debater a aplicabilidade da lei nº 10.741 e outros assuntos correlatos, a Secretaria de Ação Social vai promover no próximo dia 22, quarta feira, I Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, numa parceria com o Conselho Municipal dos Direitos do Idoso. 

A conferência, que terá como tema: “O compromisso de todos por um envelhecimento digno em Pinheiro”, acontecerá a partir das 7:30 hs, no Centro de Convivência do Idoso.

Os participantes acompanharão uma série de palestras sobre direitos e deveres do idoso. Serão apresentadas propostas centradas em melhorias que facilitem o dia-a-dia de muitas pessoas que desfrutam desta fase da vida, denominada de ‘melhor idade’ e será delegada à família, à sociedade e aos gestores públicos a partilha de cuidar com clareza destas pessoas que já deram uma enorme contribuição no processo de construção de Pinheiro.

Para o Prefeito José Arlindo, a Administração Municipal sabe da importância de seu papel nesta tarefa: “São homens e mulheres que ao longo da vida trabalharam bastante, muitos ainda na plenitude de sua força física continuam produzindo. Este encontro será útil porque levanta a necessidade de cada um e possibilita traçar políticas públicas que vão de encontro a estas pessoas”.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

UM CONSELHO PARA ZÉ ARLINDO

Prefeito de Campo Grande demite

todo o secretariado de uma só vez

Foto
Insatisfeito com o desempenho da administração e com os ataques de aliados, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), decidiu demitir todos os secretários, inclusive os “mais chegados” para montar nova equipe comprometida com o seu projeto administrativo e político. Ele convocou todos para reunião no fim da tarde da última sexta (17) e determinou que assinassem o “pedido de demissão”. A decisão do prefeito surpreendeu os secretários e as lideranças políticas. O prefeito conta do primeiro a terceiro escalões da prefeitura com os cargos loteados para os partidos aliados. E são justamente os seus líderes que mais atacam a administração municipal. O presidente regional do PSDB, deputado federal Reinaldo Azambuja, vem fazendo duras críticas à administração de Nelsinho. Ele se apresenta como pré-candidato a prefeito de Campo Grande, com duros ataques à administração. As demissões ainda não foram publicadas na edição desta segunda (20) do Diário Oficial de Campo Grande. Informações Correio do Estado.

Desespero na piranhacumã

Hoje o sistema piranhacumã veiculou matéria com um senhor chamado Angelino onde o desenformado  acusou este blogueiro de ter pedido a demissão dele, tolo ele deveria saber primeiro quem o tirou, quem foi colocado no lugar dele? Mora na casa de Gustavo?
Ora, seu moço eu não tenho mesmo nada a ver com o município de Pinheiro, e muito menos sou capacho de Ze Arlindo, sou  funcionário publico do estado e tenho uma carga horária de 120 horas, é bem verdade que teve mês que tirei até 200 horas, e quando reclamei o pobre coitado achou ruim.
No seu desespero após perder o seu contrato de  agente de portaria na Escola Rufino Fernandes  esse senhor procurou o sistema de comunicação e além de caluniar, denegrir a minha pessoa .  Vai ter agora de provar sua denuncia na justiça, Porque se não provar vai ter de me indenizar. 

Artigo de Igor Lago sobre o novo momento do PDT no Maranhão.



Amiga(o)s, companheira(o)s e senhora(e)s,
No último dia 06 de junho (segunda-feira) assumimos formalmente a presidência da Comissão Provisória do PDT no Maranhão, substituindo o nome de nosso querido pai, amigo e companheiro Jackson Kepler Lago. Esse cargo vinha sendo exercido, pelo seu desaparecimento físico, pelo companheiro e ex-deputado federal Julião Amin.
Nessa mesma ocasião, também assumiram outros nove companheiros para esta Comissão e demos início aos trabalhos partidários. A Comissão Provisória ficou constituída da seguinte forma: Igor Matos Lago - Presidente; Julião Amin Castro - Vice-presidente; Weverton Rocha - Secretário-geral; Luis Carlos Ribeiro - Tesoureiro; Chico Leitoa - Membro; Deoclides Macedo - Membro; Hilton Gonçalo – Membro; Clodomir Paz – Membro; Cândido Lima – Membro; Valéria Macedo – Membro; Carlos Amorim – Membro; Camilo Figueiredo – Membro; Jean Carlos – Membro; Tereza Cristina Gonçalves – Membro; Ivaldo Rodrigues – Membro; Renato Dionízio – Membro; Jô Santos – Membro; Raimundo Penha – Membro; José Assunção – Membro; Moacir Feitosa – Membro; Silvana Araújo – Membro; Luzivete Botelho – Membro e Wagner Lago – Membro.  Foi uma reunião longa de quase 4:30 horas na qual foram discutidos temas relevantes para o nosso partido e para o nosso estado.
Vale ressaltar que a nossa pretensão é a de formar o Diretório- órgão partidário que poderá ser constituído por um maior número de membros e, assim, possa o partido ser representado da melhor forma possível com nomes de todos os rincões de nosso estado.
No dia 07 de junho (terça-feira) fizemos um ato de apresentação dessa Comissão a todos os companheiros e companheiras de nosso partido da capital e do interior.
Nesta oportunidade fizemos um pronunciamento geral a respeito da trajetória do nosso líder Jackson Lago que, a rigor, se confunde com a história de nosso partido e de muitos de seus companheiros e companheiras, uma vez que a mesma é de dedicação às melhores causas de nosso povo maranhense e brasileiro.
E, justamente sob essa inspiração, a de continuar as melhores tradições de um partido popular, democrático e trabalhista, apoiado por esses mesmos companheiros e companheiras, é que iniciamos essa fase de dirigente partidário no Maranhão.
Não posso deixar de confessar a minha tristeza, pois preferiria a presença maior dele, como nosso comandante, para liderar os nossos passos nas futuras caminhadas que hão de vir.
Além desse sentimento de tristeza, me sinto carregado de uma grande responsabilidade por estarmos aceitando o honroso convite dos companheiros e companheiras para assumir o seu lugar na direção partidária.
Além de sua história, nos convenceram em encarar tamanho desafio as palavras de pessoas do partido, da nossa cidade e de nosso estado e, sobretudo, a nossa própria realidade maranhense e brasileira tão manipulada por poderosos insensíveis às necessidades de nosso povo - consciência esta que carregamos desde os nossos tempos de juventude.
O nosso partido, como é de conhecimento de todos, já exerceu mandatos legislativos e executivos em nosso estado, tanto a nível municipal, estadual e federal.
Após o golpe judiciário de abril de 2009, com a cassação do mandato popular de nosso governador Jackson Lago, iniciou-se um processo árduo e difícil para recompormos as nossas fileiras e, numa aliança eleitoral com os partidos PSDB e PTC, tentar reconquistar o Palácio dos Leões com a candidatura que apresentava a maior legitimidade para tal tarefa (a de nosso líder maior) nas eleições de 2010. Todos sabemos o que ele enfrentou na campanha eleitoral: abandonos, traições, calúnias, golpes de esperteza e difamações oriundas de nossos adversários tradicionais, assim como de seus dissidentes e ex-aliados. Não revidou!
Seguiu o seu (e nosso!) caminho pregando a mensagem de esperança e de dias melhores para a nossa gente e, infelizmente, o resultado não nos foi favorável pelos vários fatores que conhecemos, dentre estes o aproveitamento do imbróglio Ficha Limpa e sua aplicabilidade para as eleições de 2010, o que acabou sendo postergado por nosso Supremo Tribunal Federal somente este ano, isto é, vários meses após as eleições.  
Mas, a derrota eleitoral foi apenas um episódio de tantas lutas e batalhas na trajetória da vida dele e das nossas vidas. Pergunto-me se outro, em seu lugar, teria as mesmas resistência e determinação para enfrentar o terrível momento que enfrentou? Que isto nos sirva de exemplo a seguir!
Para quem tem o coração livre das amarras da ganância, da ambição material e do poder, nem ele nem nós podemos nos considerar derrotados, pois, estes são os que se resignam com os favores e as benevolências do poder, do dinheiro, da vaidade, da covardia e das superficialidades da lida diária.
O PDT está de cabeça erguida, firme em suas convicções e ciente de seus próximos desafios. Tenho tido, ao longo de todo esse processo, a oportunidade de conviver com vários companheiros e companheiras de grande dimensão, forjados na luta ao longo de todos esses anos. São pessoas de desprendimento e de um grande ideal por um Maranhão mais justo, solidário e digno. Quem não se sentiria feliz e fortalecido ao lado de todas elas?
Vamos em frente em busca de melhores destinos!
Ao trabalho, amiga(o)s e companheira(o)s.
Igor Lago

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Abertura Festejos Juninos hoje no Centro dos Idosos



A programação dos festejos juninos em Pinheiro começa amanhã, 17, no Centro dos Idoso, a partir das 18:00 hs, e vai até o dia 07/07. O roteiro da festa embalará vários espaços em Pinheiro, com diversas atrações.

VEJA A PROGRAMAÇÃO

Abertura Oficial, no Parque do Povão: Dia 18 de junho, sábado, as 20:00 hs.
Abertura Festa Juninas em Pacas: dia 18, sábado, as 21:00 hs.
ARRAIAL INTINERANTE
17 de junho – 18:00 hs – Centro dos Idosos
20 de junho – 16:00 hs – Paraíso / 18:00 – Porão Grande
22 de junho – 16:00 hs – Pacas – Inauguração do Matadouro, da escola Domingos Perdigão e da Praça
24 de junho – 19:00 hs – Rede TV
27 de junho – 16:00 hs – São Caetano / 18:00 hs – Associação Comercial – Inauguração da Escola Dom Ricardo Páglia
28 de junho - 16:00 hs – Santa Sofia / 18 hs – Santa Vitória
01 de julho – 16:00 hs – Santo Antonio dos Carvalho / 18:00 hs – Fortaleza
05 de julho – 16:00 hs – Campos Novo / 18:00 hs – Bom Viver
07 de julho 16:00 hs – Pirinã / 18:00 hs – Ponta Branca – comemoração do aniversário do prefeiro.

UM ESCÂNDALO MONUMENTAL


Por Carlos Chagas
É preciso   denunciar  uma das maiores bandalheiras dos últimos tempos, iniciadas durante o governo  José  Sarney, continuadas no governo Fernando Collor, não interrompidas no governo Itamar Franco, ampliadas no governo Fernando Henrique, super-dimensionadas no governo Lula e  continuadas no governo Dilma Rousseff.   Trata-se das famigeradas ONGs, rotuladas como Organizações Não Governamentais, mas que,  com raras exceções, vivem grudadas nas tetas do  poder público, sugando recursos do Estado como  quadrilhas dignas dos tempos de Al Capone.

De início, é  bom esclarecer: existem ONGs maravilhosas, daquelas que só contribuem para o aprimoramento social, político, ambiental, cultural, esportivo  e quantas outras atividades existam.

O problema é que  essas e outras    legiões muito maiores  de quadrilhas formadas  à sombra da sociedade organizada,  intitulam-se   “não  governamentais”. Por que, então, para subsistir  enriquecer seus dirigentes, dependem de recursos públicos? Que vão buscar sua  sobrevivência fora do  governo, nas entidades privadas. O diabo é que,  de acordo com os grupos que dominam os  governos, assaltam os cofres públicos e comportam-se como Ali Babá abrindo a caverna.

Apareceram agora as tais OSCIPS,  organizações de interesse público. Podres, na maioria dos casos,  daquelas que nem sede dispõem, ficticiamente funcionando em restaurantes, garagens e estrebarias, se essas  anda existissem.  Dizem que carecem de fins lucrativos,   que existem para   servir à sociedade. Mentira. Como estamos no  ciclo dos companheiros, seria bom o ministério da Justiça verificar quantas delas vivem de recursos sugados do  tesouro nacional.  Quantas pertencem a companheiros do PT, já  que nenhuma delas tem obrigação de prestar contas  de suas atividades?  São contratadas pelo governo para prestar serviços públicos...

Existem 5.840 OSCIPS em todo o país. Caso o secretário-executivo do ministério da Justiça, Luís Paulo Barreto, decidisse investigar todas,  verificaria que o governo gasta com elas duas vezes mais do que gasta com o  bolsa-família. Trata-se de um  escândalo monumental, mas  acobertado pelo poder público, tanto faz quem  o detenha  no momento.

NEGOCIATA À VISTA
Vem aí  para a escolha do consorcio que abocanhará a implantação do trem-bala. Haverá um leilão. Alguém imagina que as principais empreiteiras já não tenham entrado em  conluio para transformar os 33 bilhões  de reais previstos para implantar a obra não se tenham transformado em  66   bilhões ou mais?

Esses recursos, se utilizados na recuperação da malha ferroviária  nacional bastariam para unir Norte-Sul, Leste-Oeste do território nacional através de  estradas de ferro. Como seria prejudicial ao rodoviarismo e à indústria do  petróleo, melhor convencer os donos do poder que o trem-bala nos elevará  ao patamar de nação rica e desenvolvida.  Engana-se quem supuser que Rio e São Paulo serão unidos em duas horas. Para acelerar, o trem-bala levará vinte minutos. Para  desacelerar, mais vinte.  Contando com as paradas  previstas, não se chegará de uma cidade  a outra em  menos  do que cinco horas. O  diabo é que de avião a lambança é maior.  Quantas horas no  aeroporto,  para embarcar?  E quantas para desembaraçar a bagagem?

ME ENGANA, QUE EU  GOSTO
Vai ficando claro que o presidente Obama veio ao Brasil para  nada. Prometeu  que pelo  menos  aliviaria as barreiras alfandegárias para a  entrada do etanol brasileiros  em seu  território. Seria bom para eles, aliviando a carga de poluição do  petróleo, e bom  para nós, pelo aumento da produção e da exportação. Pois vem agora  o Senado dos Estados Unidos e nega a redução de dificuldades para entramos em seu mercado.  Me engana, que eu gosto...

COM AS UNHAS DE FORA
Foi lamentável  o primeiro encontro   da ministra Ideli Salvatti com os líderes dos partidos da base aliada, esta semana. Porque PMDB, PT e penduricalhos   exigiram da ministra da Coordenação Política um mínimo da liberação de 50% dos recursos orçamentários para as emendas parlamentares individuais.  Que dizer, se não obtiverem a metade do  que pleiteiam, estarão descompromissados para votar com o governo em projetos
|

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Cadê os 72 hospitais? Doentes de Icatu são atendidos em vestiário de estádio de futebol

Fonte: Blog de Icatu




Mais uma vez os responsáveis pela administração municipal de Icatu, que são o prefeito e os secretários, envergonham esta população em rede nacional.

Desta vez,  o grande escândalo foi o episódio do descaso com a saúde pública onde os  doentes são atendidos em um estádio de futebol. Para o Brasil isto pode ser até chocante, mas para nós que vivenciamos esta triste realidade é apenas uma rotina.

Perguntado sobre quando o Hospital Municipal iria voltar a funcionar, o Secretário de Administração, Walber Lima, gaguejou e não disse muita coisa. A reportagem tentou ouvir a Secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, mas ela não estava na cidade.

Já faz muito tempo, que o Blog vem denunciando os desvios de recursos e a total incompetência da Secretaria Municipal de Saúde em gerir esta política pública que é a mais importante para o cidadão.

Médicos fantasmas, empresas fantasmas, desvio de medicamentos, seletivos forjados, médicos e motoristas tendo que fazer “vaquinhas” para colocar óleo diesel etc.

Isto tudo, ocorre nas barbas da Promotoria de Justiça. A Câmara de Vereadores de nossa cidade, também não vê e não ouve o clamor dos cidadãos icatuenses. A mãe de um ilustre icatuense, que é  Zé Maria Coelho,  faleceu vítima da falta de atendimento médico. 

Movimentos sociais preparam o Dia D
 
Uma luz no fim do túnel, movimentos sociais escreveram ao Blog informando que já estão se mobilizando e preparando o Dia “D”, que vai ser em julho. 

De acordo com o texto da carta: "O povo guerreiro que expulsou, uma vez, os invasores estrangeiros vai voltar a acordar".

Tribunais de Contas têm um terço dos conselheiros sob investigação

Se a Lei da Ficha Limpa valesse nesses casos, 78 dos 238 conselheiros de cortes estaduais e municipais estariam fora da função

Sob suspeita de nepotismo, desvio de recursos públicos, tráfico de influências, recebimento de propina e uma lista extensa de crimes que deveriam, em tese, combater, 30% dos conselheiros que atuam nos 34 Tribunais de Contas (TCs) estaduais e municipais do Brasil passam por investigações ou processos administrativos. Hoje, há 238 conselheiros em exercício nesses órgãos de fiscalização, dos quais 78 estão envolvidos em escândalos e denúncias. 


Saiu no Brasil Econômico.
enviado por Patrícia Aguiar.
Compartilhe.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Jornal Pequeno

Capa da Edição

“Ser gay não é normal”, diz líder evangélico

Na briga entre homossexuais e representantes de grupos religiosos, João Campos questiona dados e estatísticas divulgadas sobre violência contra minorias sexuais
David Ribeiro/Câmara
João Campos: na defesa dos interesses dos evangélicos, todas as ferramentas políticas são válidas
A questão da homofobia entrou de vez na pauta do Congresso e da sociedade. A cada um dia e meio, um homossexual brasileiro é assassinado, vítima de homofobia, segundo relatório anual elaborado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), divulgado em abril. Segundo o levantamento, 260 gays, travestis e lésbicas foram mortos em 2010. Mas será mesmo que essas pessoas foram vítimas de homofobia ou esses homossexuais estão sendo assassinados por outras razões, como qualquer outro ser humano?
Na próxima semana, o presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado João Campos (PSDB-GO), irá encaminhar ao Ministério da Justiça um pedido de esclarecimentos sobre dados relativos à violência contra homossexuais. João Campos prepara um requerimento, endereçado ao ministro José Eduardo Cardozo, no qual pretende questionar a veracidade de dados referentes a assassinato de gays no Brasil.
“Estão dizendo que, em todos os casos de assassinato de homossexuais, a motivação foi a homofobia. Será que é verdade? Qual o perfil dos autores desses assassinatos? São os companheiros ou terceiros? Será que tem alguma motivação relacionada com droga, álcool, prostituição? Será homofobia ou o gay está sendo vítima de violência da mesma forma que o heterossexual?”, questiona João Campos. “Nós precisamos passar essas informações a limpo, para ninguém ser induzido ao erro”, afirmou.
As discussões sobre os direitos dos homossexuais no país foram intensificadas a partir do debate do PL 122/2006, que criminaliza a homofobia. A proposta, que tramita no Senado, tem forte oposição por parte da bancada evangélica, que considera a matéria “inconstitucional”. Evangélicos pretendem apoiar no Congresso o PL 6418/2005, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), que tem caráter mais geral e torna inafiançáveis e imprescritíveis crimes de discriminação no mercado de trabalho, de injúria resultante de preconceito e de apologia ao racismo.
“O PL 122 é flagrantemente inconstitucional. Quando ele propõe a criminalização da homofobia, esse projeto subtrai da sociedade aquilo que é o sustentáculo da democracia: a livre manifestação do pensamento e a inviolabilidade da crença e da consciência”, defendeu João Campos. “O nosso encaminhamento é para apoiar um projeto do senador Paim, que caminha nessa mesma direção, mas sem esses vícios de constitucionalidade”, disse.
Em crescente ascensão no Parlamento, a bancada evangélica protagonizou nas últimas semanas duros embates contra o governo. O motivo foi a elaboração de um kit anti-homofobia, criado por ONGs pró-gays a pedido do Ministério da Educação. A cartilha, que continha pôsteres e vídeos sobre o homossexualismo, foi vetada pela presidente Dilma, que após pressões da bancada evangélica e articulações de CPI e convocação do ex-ministro Antonio Palocci, proibiu que o “kit gay”, como ficou conhecido, fosse distribuído nas escolas.
“O governo se mostrava insensível e indiferente às nossas abordagens, então nós tivemos que utilizar de ferramentas próprias do jogo político para fazer com que fôssemos, no mínimo, ouvidos pelo governo”, disse João Campos. “Se for preciso, usaremos novamente essas ferramentas. Não tenha dúvida que a bancada está estruturada para isso”, emendou.
Por que só os gays?
Em entrevista exclusiva ao Congresso em Foco, o presidente da Frente Evangélica afirma que a bancada irá trabalhar para que o governo não elabore nenhum material educativo específico para tratar sobre as questões homossexuais. Para o deputado evangélico, é um erro o governo “adotar um programa para prevenir o preconceito e a discriminação em relação apenas a uma minoria da sociedade brasileira”.
“Por que não um programa, com fundamento na cidadania, que oriente a criança a respeitar qualquer pessoa nas suas diferenças? Evidentemente, com isso vamos garantir cidadania plena lá na frente. Agora, quando o governo direciona um programa dessa natureza apenas para uma minoria, além dele não alcançar o que pretende, ele ainda provoca efeitos colaterais”, defende João Campos.
Delegado de Polícia, João Campos é vice-presidente de uma das convenções da Igreja Evangélica Assembleia de Deus. A maior denominação evangélica, a Assembleia de Deus tem cerca de 10 milhões de fieis. Na Câmara, o deputado luta em “defesa da vida, da família, da liberdade religiosa e da laicidade do Estado”. Para o parlamentar, ser homossexual “não é normal”, e a bancada se posiciona contra qualquer ampliação de direito para essa parcela da população.
“Em nenhum lugar do mundo, nenhum país de fato entendeu que o homossexualismo é um comportamento normal. Do ponto de vista bíblico, a prática da homossexualidade é pecado. Convencidos disso, nós somos contra a prática do homossexualismo”, disse João Campos, acrescentando que a bancada não negociará em relação à união civil de casais homossexuais ou mesmo a adoção de crianças por parte desse público.
Crescimento
Nas últimas eleições, a bancada cresceu não só em número – passando de 43 para 80 parlamentares –, mas também em influência política. João Campos ressalta que os evangélicos sempre tiveram força dentro do Congresso, derrubando projetos de temas como legalização do aborto e união homoafetiva, mas que só agora a mídia tem dado importância para as ações da bancada.
“Na última legislatura, nós vencemos o projeto que legalizava o aborto, vencemos a questão da adoção de crianças por homossexuais, vencemos os projetos de lei que propunham a união homoafetiva, vencemos o Estatuto da Família. O que faltava era a mídia dar certa visibilidade a essas ações”, afirma. “A grande mídia sempre nos tratou com indiferença, ou com acentuado preconceito. O que está acontecendo agora é uma certa visibilidade”, defendeu.

sábado, 11 de junho de 2011

Órfão, Pinheiro não tem representantes na assembléia

A falta de um deputado, de um representante da baixada fez com que o deputado Fufuca Dantas  protocolasse  o pedido de emancipação do povoado Paraíso, a ser desmembrado do município de Pinheiro, na Baixada Maranhense. Olha que teve um deputado que levou quase quinze mil votos em Pinheiro e acabou se reelegendo, no entanto não se pode notar nem uma ação desse moço em prol na nossa cidade. Ele que se elegeu deputado e migrou para a Secretaria  do meio Ambiente, premio que recebeu pelo maior crime ambiental de que Pinheiro tem noticia e foi praticado pelo seu pai. Um aterro chamado Viva Pinheiro as margens do Rio Pericumã que serviu apenas para assorear o Rio que ao que parece tragou também um “rio de dinheiro”
Um dia o povo aprende a votar e ai sim poderemos dizer que temos representantes por enquanto assistimos o descaso com o povo, que parece que gosta de ser maltratado.  

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Feliz da vida







Que esta sorrindo com a vida fazendo o que gosta e o melhor ganhando dinheiro é o nosso amigo Junior Amorin, que a qualquer momento estará passando um dia com a gente, pena que não dar para aportar aqui em seu veleiro.
Vejam a curtição.

Ministério Publico Estadual realiza Audiência Publica em Pinheiro, para debater Planejamento estratégico


A procuradora-geral de Justiça, promotores e autoridades durante abertura da audiência 


Participantes da audiência pública em Pinheiro

Créditos: Rodrigo Freitas 

Segurança pública, meio ambiente, igualdade racial foram alguns dos assuntos levantados na audiência


Teve início na manhã desta terça-feira, 7, no salão da Igreja da Imaculada Conceição, em Pinheiro, a segunda audiência pública da elaboração do Planejamento Estratégico 2012 – 2016 do Ministério Público do Estado do Maranhão. O encontro reuniu cerca de 100 pessoas de diversos municípios da baixada maranhense.

Ao abrir o evento, a procuradora-geral de Justiça, Maria de Fátima Rodrigues Travassos Cordeiro ressaltou sua alegria em ouvir da população as ações que devem ser priorizadas e as metas a serem alcançadas pelo Ministério Público na defesa da cidadania.

Mais que as questões gerais, Fátima Travassos lembrou a necessidade de conhecer as demandas prioritárias de cada região do estado. A procuradora também ressaltou a necessidade de maior aproximação entre os promotores de Justiça e a sociedade, buscando garantir a solução dos problemas.

Várias questões foram relatadas pela população, sendo grande parte deles ligados à proteção das crianças e adolescentes e às agressões ao meio ambiente. Um dos problemas mais citados, e que atinge diversos municípios da região, é o aumento no consumo e tráfico de drogas. O fortalecimento de ações de prevenção e controle e também dos conselhos tutelares foram alguns dos pontos ressaltados pela comunidade.

Uma das defensoras do fortalecimento dos conselhos foi a delegada regional de Pinheiro, Laura Amélia Barbosa. Ela enfatizou, ainda, o trabalho que vem sendo desenvolvido nos 21 municípios da Regional, que é a maior do estado. Atualmente, apenas 10 desses municípios têm delegados, estando 11 sob a jurisdição direta da Delegacia Regional.

Outras sugestões ligadas à questão da infância e juventude foram a de criação de uma promotoria especializada em Pinheiro e da ação do Ministério Público para garantir a prioridade absoluta de crianças e adolescentes já na elaboração dos orçamentos dos municípios, inclusive com a elaboração de políticas públicas que garantam a saúde, educação, esporte, lazer e moradias dignas a crianças e adolescentes.

QUILOMBOLA - A questão quilombola também foi recorrente. De acordo com a assessora jurídica da Secretaria de Estado de Igualdade Racial, Maria Luisa Marinho, presente à audiência, das cerca de 700 comunidades remanescentes de quilombos existentes no Maranhão, aproximadamente 670 estão na baixada. Dessas, pelo menos 34 estão envolvidas em conflitos agrários que levam a crimes e ameaças de morte. Além da garantia de segurança aos representantes das comunidades, foi enfatizada a necessidade de maior rapidez nos processos de regularização das terras.

Os campos e rios da baixada também foram amplamente discutidos. Problemas como a criação de búfalos, a pesca predatória, a extração irregular de areia nos rios e o cercamento dos campos foram alguns dos assuntos discutidos e para os quais foi pedida atenção especial do Ministério Público, bem como a degradação dos rios Pericumã e Turiaçu. A instituição também foi chamada a colaborar na expansão de um projeto de educação ambiental que vem sendo desenvolvido nos municípios de Santa Helena e Apicum-Açu.

A questão ambiental também foi lembrada nas diversas reclamações sobre poluição sonora nas áreas urbanas de Pinheiro e outros municípios da região. A falta de controle sobre os locais e horários de realização de festas também foi uma reclamação bastante presente. Essas festas, seriam, inclusive, espaços em que há presença constante de menores, consumo de álcool e drogas e, em alguns casos, prostituição infantil.

Ao encerrar a audiência, a procuradora Fátima Travassos agradeceu às críticas e sugestões que servirão de base para o desenvolvimento de programas e projetos que garantam resolutividade aos problemas da população. A procuradora-geral de Justiça reforçou a necessidade de apoio da sociedade civil organizada e do Poder Judiciário, garantindo celeridade no julgamento das ações do Ministério Público na defesa da sociedade.

Ela enfatizou a necessidade da presença do Ministério Público em mais municípios e, para isso, pediu que a população cobre isso de seus deputados e senadores, garantindo recursos para isso. Para a procuradora é importante que a população não tenha medo e sim veja no Ministério Público um parceiro na busca da garantia de seus direitos. 

Bronca Geral


06/06/2011 | 12:33

Corrupção Zero

Ja vi programa sociais como Fome Zero, e agora o Miséria Zero, mas o que o Brasil precisa realmente é Vergonha na Cara e principalmente um programa contra a corrupção "Corrupção Zero"! Enquanto os Ptralhas, Genuinos, Palocci e sirneys da vida estiverem a frente não adianta fazer nada, sem antes combater a corrupção!...

Gustavo Urbano Lopes 
Pinheiro - MA 

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Carta ao Pêta

O ex-prefeito de Pinheiro recebeu mandado de notificação numa ação em que figura como réu movida pelo Sindicato dos Professores. A ação ordinária de cobrança do abono do Fundef tem como requeridos o município de Pinheiro, o Banco do Brasil e o ex-prefeito Filuca. Os professores cobram do ex-gestor o abono do Fundef no ano 2007, que teria sido destinado a outra coisa e aparecido na prestação de contas como pagos aos educadores. Vale lembrar que essa denúncia foi feita por um grupo de vereadores, professores e membros da sociedade civil organizada a todos os órgãos de controle externo (TCU, TCE, PGU, PGE), em dezembro do ano passado; inclusive na Polícia Federal, já que os recursos supostamente desviados são da esfera federal. Por algum motivo que desconhecemos até o presente momento nem uma resposta foi dada, a não ser pelo juiz de primeira instância Anderson Sobral, que já notificou os envolvidos. As denúncias foram feitas com robustas provas. Não podemos aceitar que fatos como esse, se é que aconteceram, fiquem na impunidade. Inadmissíveis que essas instituições de controle e investigação se omitam, se deixem manipular. “A Polícia Federal que carrega nos ombros a confiança, a esperança de uma nação, não pode deixar cair por terra as aspirações deste sofrido povo”, disse o professor João Vitório.
Acredito na Polícia Federal. Acredito que até a justiça deste país pode ser manipulada, mas a nossa polícia não. Eu quero acreditar nisso.
(Gustavo Urbano Lopes – Pinheiro MA)

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Justiça condena prefeita de Timon por improbidade

POR OSWALDO VIVIANI*
A prefeita de Timon, Maria do Socorro Almeida Waquim (PMDB), foi condenada pela Justiça por ato de improbidade administrativa relacionado à contratação da Fundação João do Vale para a realização do concurso público de nível fundamental e médio realizado em 2007. A decisão é do juiz da 4ª Vara, Simeão Pereira e Silva, e atinge ainda os funcionários Roberval Marques da Silva, Mikaela Oliveira Cabaral, Kleiton Assunção Martins e Evilene do Nascimento Monteiro, todos membros da Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura.
A prefeita de Timon, Maria do Socorro Almeida Waquim (PMDB)
A condenação é fruto de uma Ação Civil Pública impetrada pela promotora do Patrimônio, Selma Regina Martins, ainda em 2009, na qual foi denunciada a dispensa de licitação na contratação da Fundação João do Vale para a realização do concurso. No certame, segundo a ação, o município praticou o que se chama de renúncia de receita, em que o dinheiro arrecadado com as inscrições dos candidatos foi utilizado pela fundação nas despesas com o concurso. Os milhares de reais que sobraram também ficaram com a Fundação João do Vale.
Segundo a promotora Selma Regina Martins, a fundação arrecadou cerca de R$ 801 mil com as inscrições, número astronomicamente superior ao que gastou no concurso.
Para se ter uma idéia, a Fundação Carlos Chagas, renomada instituição realizadora de concursos em todo o Brasil, cobra em média cerca de R$ 200 mil para realizar um concurso. “O que nós deduzimos é que em Timon pode ter sido realizado o concurso público mais caro do mundo”, avaliou a promotora.
Além da renúncia de receita que é incompatível com o discurso do governo que costumeiramente reclama da falta de recursos, a promotora observou que um dos principais diretores da fundação João do Vale, professor Eliesio Campelo Lima, é aliado político da prefeita Socorro Waquim. Ele foi candidato a vereador pelo PT do B, partido integrante da coligação que apoiou a prefeita de Timon.
Eliesio foi também assessor do gabinete da prefeita e depois assessorou a secretária municipal de Educação, Sueli Almeida, que é irmã da prefeita.
Cabe recurso da sentença junto ao TJ-MA.
(*) Com portais

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...