quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

A verdade doi...


Resposta do desembargador José Bernardo Rodrigues - presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão

jose-bernardo-rodrigues-300x300 

“Quem estava presente na composição do TRE àquela época é que deve se manifestar. Eu não estou ofendido. Quem se sentir ofendido é que deve se pronunciar. Eu entrei no TRE em dezembro de 2011, e a eleição de que eu participei não teve nenhum problema, não teve nada conosco, apesar de ser uma eleição municipal e muito disputada em todo o


Vereador Nézio desabafa na Câmara Municipal de Pinheiro


 

‘Desmoralizada e sem credibilidade alguma’ este foi o desabafo ontem pela manha na tribuna da Câmara Municipal do vereador Nézio Vitorino(PDT), eleito com 832 votos, e que exerce pela terceira vez o parlamento no legislativo de Pinheiro
Nézio que foi eleito presidente daquela casa no dia primeiro de Janeiro, na tumultuada Seção que de Posse e elegeu a nova mesa diretora do LM, mesmo eleito não pode assumir a presidência devido a manobras do grupo opositor, que de forma ilegal esta a frente daquela casa. o caso continua na Justiça que pediu um prazo de 15 dias para decidir( Já expirados).

Considerado um discurso forte, o edil falou sobre questões partidárias, onde cada um defendendo suas sardinhas esquecem dos interesses coletivos, fazendo com que aos quatros cantos da cidade o legislativo seja achincalhado e pouco acreditado. “Hoje os vereadores são vistos como meros pagadores de contas de energia dos seus eleitores”, disse Nézio.

Com: Ronald Coqueiro

Mataram PC.


 desta vez a vítima foi Paulo César, o PC



Foi assassinado no bairro João Castelo, ontem a tarde, o servidor público Paulo Cesar, mais conhecido como PC, que tinha 49 anos e era funcionário público lotado no conselho tutelar de Pinheiro.
O crime ocorreu por volta das 13:30hs no bairro João Castelo e segundo relato de populares, PC estaria bebendo em um bar próximo, quando ao sair do local passou em frente a uma residência , onde estava alguns rapazes que começaram a o avacalhar.
PC teria entrado em luta corporal com um dos rapazes até que lhe foi deferido um golpe de faca em direção ao seu estomago, vindo a óbito ainda no local.
O assassino é menor de idade e já está detido a espera de procedimentos legais da justiça.
Irreverente e divertido, todos os anos PC participava do bloco das patifas vestido de mulher, e por ser homossexual era muito discriminado.
O corpo de Paulo Cesar está sendo velado na Igreja de Santa Rita, no bairro João Castelo e será sepultado hoje.

Enviado por Blog do Herasmo Leite
Compartilhe.

Prefeito e vice-prefeito de Codó têm diplomas cassados pelo TRE


Do G1 MA
O prefeito do município de Codó, Zito Rolim (PV), e seu vice, Guilherme Archer (PMDB), tiveram os diplomas cassados, conforme determinação do juiz eleitoral, Pedro Guimarães Junior, que foi publicada no Fórum Eleitoral do município. Segundo a decisão, ficam anulados todos os votos que os dois receberam em outubro de 2012. Ambos ficam inelegíveis pelos próximos oito anos.
A sentença diz respeito à investigação judicial eleitoral impetrada pelo Ministério Público na qual José Rolim Filho e Guilherme Ceppas Archer são acusados de uso indevido da TV Codó Canal 13, que é uma concessão pública.
Zito Rolim (PV), e seu vice, Guilherme Archer (PMDB)
Também foram sentenciados os apresentadores Jonas Bastos Martins Lopes Filho, Osvaldo Pereira da Silva Filho (Maozinha) e Antonio Leandro Sousa Paiva (Leandro de Sá).
Da sentença de Pedro Guimarães Junior cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral.
De acordo com a assessoria do prefeito Zito Rolim, ele vai dar entrada no Tribunal Regional Eleitoral com pedido de ação cautelar com efeito suspensivo ao recurso do juiz. No documento, também pedirá para responder a todo o processo no cargo.
Por nossa conta:
Pena que em Pinheiro que a Justiça não funciona, aqui foi usados não uma, mas duas emissoras de tevês, duas rádios  os apresentadores Paulinho , Laércio,  e nelson fizeram uma verdadeira  serie de terror, e aqui não aconteceu e nem vai acontecer absolutamente nada. enquanto não tivermos juises comprometidos com a sociedade.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Flávio Dino:


“Sou candidato a eliminar para sempre da história do Maranhão as oligarquias, o coronelismo”…

Em encontro regional do PDT de Imperatriz, Flávio Dino conclama a militância e toda a população a continuar a luta por um Maranhão justo e igual.

Exclusivo: Maranhense de Itapecuru afirma ser filha de Sarney

Da Redação do Portal AZ
O Jornal Pequeno divulgou neste domingo (24) que, uma servidora federal natural do município de Itapecuru Mirim (MA), distante a 104 km da capital São Luís, afirma ser filha do ex-presidente da República e do Senado Federal, José Sarney (PMDB-AP). Silene do Socorro Nogueira Araújo (foto abaixo), de 54 anos, já teria pedido a realização de um exame de DNA. Os advogados que patrocinam a causa são os piauienses Helbert Maciel e Leonardo Augsto Raulno Pereira.
Segundo o jornal, há quase 10 meses o processo de Ação de Investigação de Paternidade (AIP) que envolve José Sarney, foi aberto na 2ª Vara da Família de Brasília e tramita sob sigilo no Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF). O jornal afirma ainda que, o advogado do ex-presidente da República teria pedido a suspensão do processo, e não fala sobre o caso alegando segredo de Justiça.
José Sarney tem três filhos do seu casamento com Marly Macieira; Roseana Sarney, atual governadora do Maranhão, o deputado federal Sarney Filho e o empresário e engenheiro Fernando Sarney. Além disso, Sarney possui 57 anos de carreira politica e no último dia 1º, deixou o cargo de presidência do Senado, que agora é ocupado por Renan Calheiros.
Leia na íntegra a reportagem do Jornal Pequeno:
POR OSWALDO VIVIANI
Há quase dez meses, tramita sob sigilo no Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) um processo de Ação de Investigação de Paternidade (AIP) envolvendo o ex-presidente da República e do Senado Federal José Sarney (PMDB-AP).
O processo foi aberto em 4 de maio de 2012, na 2ª Vara de Família, em Brasília, sob o número 2012.01.1.063782-8. Na inicial do processo, documento a cujo teor o Jornal Pequeno teve acesso, a servidora federal Silene do Socorro Nogueira Araujo, de 54 anos, nascida no município maranhense de Itapecuru Mirim (a 120 quilômetros de São Luís), afirma, por meio de seus advogados, ser filha biológica de Sarney e pede a realização de um exame de DNA.
No documento, os advogados da proponente, Helbert Maciel e Leonardo Augusto Raulino Pereira – com escritório em Teresina (Piauí) –, relatam que José Sarney teve um envolvimento com a mãe de Silene, Izaura Nogueira Araujo, em Itapecuru, “nos idos de 1957”, sendo que, como fruto desse relacionamento, segundo a inicial do processo, nasceu Silene, em 18 de maio de 1958.
Diz a inicial:
“O vistoso jovem de Pinheiro (MA), radicado em São Luís, aos 27 anos já titular da cadeira 22 da Academia Maranhense de Letras e promissor deputado federal pela UDN, além de advogado de escol, se engraça e se encanta com a linda morena que conhecera por essas viagens políticas.
Em outubro de 1958, haveria eleições para a Câmara dos Deputados, e ele tentaria obter o primeiro mandato próprio, não mais suplente como então.
Católico fervoroso, inteligente, culto, sagaz no trato político, habilidoso com o sexo oposto – o que, por certo, herdado do pai –, não foi difícil ao jovem deputado conquistar o coração de Izaura, quiçá ‘Saraminda’.
José Sarney passou a visitar com frequência, não apenas por interesses políticos-eleitorais, Itapecuru Mirim. Izaura, por vezes, em períodos de eleições, oportunidades para encontros, ia de avião a comícios em cidade próximas, muito embora fato incomum, mormente naquela época, a pessoas de poucas posses”.
Hoje divorciada, Silene Nogueira Araujo tem duas filhas – uma de 33 outra de 34 anos –, e mora atualmente num bairro de classe média de Recife (Pernambuco).
De férias em São Luís (onde tem parentes), Silene aceitou falar ao JP:
“Minha mãe, até sua morte, em 2003, aos 72 anos, guardou segredo sobre quem era meu pai. Ela nunca me falou nada. Mas eu cresci ouvindo as pessoas que conviviam com ela sempre mencionando seu relacionamento com o Sarney, que ele a levava nas campanhas políticas, até de avião. Também falam até hoje da minha semelhança física com Roseana [Sarney, filha do senador, atual governadora do Maranhão]. Minha infância e adolescência foram normais. Só achava estranho minha mãe nunca me falar nada sobre meu pai. Cresci sem essa referência da figura paterna, mas sempre fui tratada como uma princesa. Nunca me faltou nada, embora minha mãe fosse muito pobre. Tanto que aos 15 anos pude sair de Itapecuru para frequentar o Liceu Maranhense, em São Luís, onde terminei o Segundo Grau”.
Silene fez questão de enfatizar ao JP que seu maior interesse com o processo para investigação de paternidade “não é financeiro e sim para esclarecer a verdade”.
Também afirmou que só está quebrando o segredo de Justiça – que ela mesma pediu – porque “o senador Sarney está tentando obstaculizar o processo de todo jeito, usando de todo o seu poder para que ele não vá adiante”.
O JP apurou que José Sarney, por meio de seu advogado, Eduardo Antonio Lucho Ferrão, já comunicou à Justiça que não aceita fazer o exame de DNA voluntariamente, e entrou, em setembro, com um agravo regimental para interromper a tramitação do processo. Os advogados de Silene recorreram e ambas as partes aguardam a decisão judicial sobre o agravo.
Outro lado – Contatado pelo JP, o advogado Eduardo Ferrão respondeu, por e-mail enviado no início da tarde de sexta-feira (22):
“É regra legal inafastável que o advogado não pode comentar quaisquer processos por ele patrocinados e que tramitam sob segredo de Justiça”.
Silene encontrou Sarney numa igreja, em São Luís, e lhe disse: ‘Sou tua filha’
Num trecho da inicial do processo de investigação de paternidade envolvendo José Sarney, os advogados da proponente, Silene do Socorro Nogueira Araujo, relatam um encontro que ela teve com o senador, na Igreja de São Luís Rei de França, no Calhau, em 2011. Veja:
“Igreja de São Luís Rei de França, Calhau, São Luís, 4 de junho de 2011. Missa comemorativa dos 100 anos [que teria, caso viva] de dona Kyola, mãe do senador José Sarney.
Presente, a autora [Silene Araujo], que já juntara os fatos, dirigiu-se à autoridade ali posta: ‘Sou tua filha, filha de Izaura!’
Um sorriso brotou no semblante firme do presidente do Senado Federal. Sorriso terno, sob o vistoso e característico bigode.
Mas também sorriso intrigante, seguido por passos seguros – entre familiares, assessores e seguranças –, por cumprimentos efusivos, partidos de amigos, transeuntes e políticos.
E do sorriso restou a certeza. É a autora filha do réu!
A prova pericial científica assim esclarecerá”. (OV)

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Governar para os mais pobres

Por: Flávio Dino
Nesta semana que passou, a presidente Dilma anunciou a ampliação do Programa Brasil Sem Miséria, elevando de R$ 22 para R$ 70 o valor mínimo recebido por famílias beneficiadas pelo Bolsa Família. Esse incremento custará aproximadamente R$ 770 milhões este ano, alçando o orçamento geral do Bolsa Família em 2013 para R$ 24 bilhões – o que o consolida como um dos principais aportes financeiros do Estado brasileiro, juntamente com Saúde e Educação.
Com este ato, a presidente Dilma dá um passo importante para cumprir um compromisso de campanha: retirar todos os brasileiros da condição de pobreza extrema. Com o reajuste do piso do Bolsa Família e as medidas já tomadas desde 2011 no âmbito do Programa Brasil Sem Miséria – como a Bolsa-Gestante –, já chegamos a 22 milhões de brasileiros retirados da situação de extrema pobreza.
A promessa de superar a miséria só não estará completa porque o governo terá ainda de localizar cerca de 2,5 milhões de pessoas que não constam do Cadastro Único para Programas Sociais (Cadúnico). Para isso, o governo criou a Busca Ativa, uma ação em parceria com governos estaduais e municipais para encontrar famílias que, por desinformação ou desesperança, nunca procuraram nenhum dos programas sociais do governo federal.
Esse salto histórico para o país tem um peso ainda maior para o nosso Maranhão. As cinco décadas de domínio de um mesmo grupo sobre o poder local faz com que nosso estado ocupe a vergonhosa última colocação em qualquer um dos recortes de renda feitos pelo programa Brasil Sem Miséria.
Basta dizer que temos um em cada cinco domicílios maranhenses com renda per capta de até R$ 70. Se elevarmos o recorte para a renda de até um quarto de salário mínimo, teremos 40% das famílias maranhenses nessa situação.
Em todos esses recortes, o Maranhão é o que está em pior situação social entre os 27 estados! Um estado em que estão sediadas algumas das maiores empresas do mundo, portos em ótima localização, ferrovias, energia, agricultura, pesca e pecuária, era para estar nessa situação de degradação?
A única explicação que encontramos para o quadro social em que se encontra nosso querido estado é a oligarquia e seu patrimonialismo, com o direcionamento ilegal, para grupos privados, dos recursos e ações do Estado.
O governo federal mostra real sensibilidade para a dor dos mais pobres e coragem política para mudar a situação. Dilma não usa o discurso em favor dos pobres enquanto apenas age para reproduzir a pobreza, como é hábito de muitos governantes que conhecemos por aqui.
A decisão corajosa da presidente Dilma de superar a pobreza extrema no país vai ajudar e muito o Maranhão. Não só melhorando diretamente a vida de milhares de maranhenses, que são carne, osso, sangue e sonhos dos números citados acima. Mas porque mostrará que podemos seguir um novo caminho. De cabeça erguida e sem olhar para trás, trilhar o rumo da mudança em favor da mudança. Em direção a um novo começo.
Flávio Dino, 43 anos, é presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), foi deputado federal e juiz federal

sábado, 23 de fevereiro de 2013

DRAGÃO QUER DOAR O UNICO HOSPITAL DE PINHEIRO



O prefeito de Pinheiro Filadelfo Mendes Neto, o Filuca, ciente da grande mentira que é o Hospital de alta-complexidade em Pinheiro, que deveria ser construído na nossa cidade pelo governo do estado e  não passou de um sonho,  de um pesadelo. Não, não foi pela  falta de dinheiro. O ex-governador Jackson Lago deixou dez milhões para que fosse construído o “Socorrão da Baixada” dinheiro esse que foi usurpado da conta da prefeitura de Pinheiro, pela governadora usurpadora.
 Profundo Conhecedor do assunto, dessa  farsa, de constução de hospital, o prefeito mandou mensagem a Câmara Municipal pedindo autorização para que o município faça a doação do nosso  único Hospital, o  Antenor Abreu para o governo do estado. (essa armação vem desde o ano passado) Veja aqui: Será esse o Hospital Macrorregional? Promessas...
Prometeram o a construção de um hospital com cem leitos, mentira. Prometeram as vésperas  das  eleições a construção do hospital macrorregional em 180 dias, outra mentira, não satisfeitos prometeram até curso de medicina, para meados de 2013, quanta enganação, como criar curso de medicina em Pinheiro se o próprio Ministério da Saúde diz que: para funcionar o curso é necessário quatros leitos por aluno, como prometeram quarenta vagas, nossa cidade teria que ter duzentos leitos. PEGA DRAGÃO! PEGA NA MENTIRAS!





Professores do Estado podem retomar greve


Sindicalistas da área do magistério advertiram nesta quinta-feira (21) que os professores da rede estadual de ensino do Maranhão, há mais de 690 dias, interromperam uma greve que reivindicava principalmente um novo conjunto de regras para a educação estadual.
A greve de 2011 durou 78 dias e a principal bandeira defendida pelos trabalhadores era, à época, a aprovação do Estatuto do Educador, definido em consenso entre a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) e a equipe técnica do governo.
A insatisfação dos educadores ganhou repercussão no discurso proferido ontem na tribuna pelo deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB), que cobrou do Governo do Estado o encaminhamento do projeto do Estatuto para ser apreciado na Assembleia Legislativa.
“Em 2011, o governo garantiu que enviaria o Estatuto do Educador em 60 dias para a aprovação aqui na Assembleia. Já se passaram um ano e nove meses e até hoje o Estatuto não chegou em nossas mãos”, afirmou o líder da oposição.
Depois de inúmeras negociações e concessões feitas por parte dos professores em relação ao acordo inicial, Júlio Guterres, representante do Sinproesemma, condena a lentidão do governo em enviar o Estatuto para a aprovação na Assembleia.
“O Sindicato já discute uma possível paralisação que pode chegar até uma greve por tempo indeterminado. Nós não aceitamos mais o adiamento da votação do Estatuto que já deveria ter sido encaminhado desde 2011 à Assembleia. Estamos mobilizados para qualquer eventualidade”, afirma Guterres.
Para os sindicalistas, a categoria dos professores conta com o apoio do secretário de Educação, Pedro Fernandes, que encaminhou sem restrições o Estatuto do Educador ao secretário-chefe da Casa civil, Luis Fernando Silva.
“Queremos que o governo encaminhe definitivamente o documento para a apreciação na Assembleia. Se o chefe da Casa Civil não enviar o Estatuto em uma semana, conforme ele mesmo prometeu à direção do sindicato, tomaremos as providências necessárias”, frisou o deputado Rubens Júnior.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Imperatriz reunirá Flávio Dino, Roberto Rocha, José Reinaldo e outros oposicionistas neste final de semana


A oposição à governadora Roseana Sarney (PMDB) transfere seu ‘governo paralelo’ para Imperatriz no sábado, 23.
No 2º Encontro Regional do PDT, estão confirmados o presidente da Embratur Flávio Dino (PCdoB), e os novos deputados federais da Rede, Simplício Araújo (ex-PPS) e Domingos Dutra (ex-PT).
Ainda estarão por lá, do PSB, o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha; o deputado estadual Marcelo Tavares e o ex-governador José Reinaldo Tavares. E, claro, a cúpula estadual do PDT, o superintendente regional de Trabalho e Emprego, Julião Amin e o deputado federal Weverton Rocha.
Os anfitriões serão os deputados estaduais Carlinhos Amorim e Valéria Macedo, o ex-prefeito de Porto Franco, Deoclides Macedo, o líder do PDT na Câmara Municipal, Rildo Amaral e o ex-vice-prefeito da cidade, Jean Carlo.
Uma ‘Caravana Precursora’ segue hoje de São Luís liderada pelo tesoureiro estadual da agremiação e ex-vereador, Renato Dionísio. (Do blog do Frederico Luiz)

Com a saída de Sarney, da presidençia, Gurgel perde seu protetor


Senado vai investigar Gurgel por
compra milionária de tablets iPad

FotoROBERTO GURGEL E SEU iPAD: INVESTIGAÇÃO APROVADA
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, será investigado pelo Senado Federal, que tem essa prerrogativa, pela supeita de direcionamento e superfaturamento na compra recente de 1.226 tablets por R$ 3,9 milhões. Segundo a acusação, a procuradoria-geral teria pago R$ 2.398 por cada aparelho, enquanto outras empresas concorrentes ofereciam o mesmo produto por R$ 1.996. A investigação foi proposta pelo senador Fernando Collor (PTB-AL), e colocada em votação pelo senador Jorge Viana (PT-AC), que presidia a sessão. A proposta foi aprovada em menos de um minuto. Gurgel classificou a acusação de "risível", negando qualquer irregularidade na aquisição do equipamento.

Minha bronca no Claudio Humberto


Pelo fim dos conselheiros faz de conta!

Acabo de ler matéria no CH “Deputado defende concurso público para conselheiro do Tribunal de Contas”. Gostaria de parabenizar a iniciativa do deputado O deputado Luiz Pitiman (PMDB-DF) defende que a escolha de conselheiros do Tribunal de Contas do DF seja eminentemente técnica, via concurso público. Para tanto, procurou apoio da OAB-DF, que concordou com a tese. CH a maioria dos TCEs, são formados por políticos em fim de carreira que receberam o emprego vitalício como bonificação pela fidelidade canina a certos grupos políticos. No Maranhão o Tribunal de “faz de conta” é a prova disso, eu pergunto com que isenção esses caducos irão julgar alguma conta, isso quando julgam, e se condenam, com certeza é porque o ordenador de despesas é adversário do “grupo”. Essa nova forma de escolha seria um passo enorme no combate a corrupção.

Gustavo Lopes 
Pinheiro - MA 

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Pelo fim dos "tribunais de faz de conta"


Deputado defende concurso público para conselheiro do Tribunal de Contas

FotoLUIZ PITIMAN PROCUROU APOIO DA OAB PARA SUA TESE
O deputado Luiz Pitiman (PMDB-DF) defende que a escolha de conselheiros do Tribunal de Contas do DF seja eminentemente técnica, via concurso público. Para tanto, procurou apoio da OAB-DF, que concordou com a tese, mas achou melhor ampliar a discussão para a entidade nacional. Há tempos que gera muita polêmica a escolha dos conselheiros do TCDF, que é feita pelo governo e referendada pela Câmara Legislativa, e frequentemente contempla amigos ou correligionários do governador. Indicados políticos tendem a se comportar politicamente, no exame de contas que deveria ser exclusivamente de natureza técnica.

Após hostilizar blogueira, militância do PT agride uma repórter durante evento



Foto
Após hostilizarem a blogueira Yoani Sanchez, que luta pela democratização de Cuba, militantes do Partido dos Trabalhadores agrediram fisicamente, ontem à noite, uma jornalista da Folha de S. Paulo que fazia a cobertura do evento que comemorava os dez anos de exercício de poder petista. Daniela Lima foi atacada a chutes e xingamentos do lado de fora do auditório de um hotel ao lado do Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, com a presença da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, além de ministros e líderes de partidos aliados. Além de atacada covardemente, a repórter foi xingada por outros militantes, que estimularam a agressão. A sequência de ataques coincide com a retomad, pelo partido, de pressões para estabelecer controle da imprensa.

TJMA afasta juiz para investigar desvio de conduta


O Tribunal de Justiça do Maranhão decidiu, em sessão nesta quarta-feira (20), pelo afastamento preventivo do juiz Thales Ribeiro de Andrade, titular da comarca de Dom Pedro (MA), até a conclusão do julgamento de reclamação na qual o magistrado é acusado de ter cometido irregularidades em processos contra a Prefeitura de São José dos Basílios.
A Reclamação contra o magistrado foi formulada à Corregedoria Geral da Justiça pela desembargadora Nelma Sarney, relatora de mandado de segurança que deu origem à investigação, em razão de possíveis irregularidades ocorridas no curso de vinte ações de cobrança propostas por terceiros contra a Prefeitura Municipal de São José dos Basílios.
Juiz Thales Ribeiro de Andrade, titular da comarca de Dom Pedro (MA)
A magistrada entendeu que os atos atacados seriam ilegais, por faltar ao juiz representado competência para conhecer e decidir sobre as ações, diante do fato de não ser titular da comarca de Presidente Dutra, da qual o município de São José dos Basílios é termo judiciário.
Ainda segundo a reclamante, as decisões proferidas pelo juiz foram contrárias ao que dispõe a Constituição Federal sobre a necessidade de expedição de precatório para pagamentos devidos pela Fazenda Pública. Além disso, teriam engessado o Poder Executivo Municipal, por retirar totalmente sua principal fonte de custeio – o Fundo de Participação.
VOTO – Relator da Reclamação e responsável pela fiscalização do procedimento funcional dos juízes, o corregedor Cleones Cunha constatou a ocorrência de possíveis irregularidades e entendeu que há indícios suficientes de conduta irregular, votando pelo afastamento cautelar do juiz, a fim de permitir a apuração regular da suposta infração disciplinar.
O afastamento preliminar do juiz Thales Andrade foi aprovado pelos desembargadores presentes, com exceção da desembargadora Nelma Sarney, reclamante, que não votou no julgamento. Os demais desembargadores seguiram o voto do relator Cleones Cunha, pelo afastamento cautelar do acusado.
(Ascom/TJMA)
COM: JP

KKKKKK! Lula, PT quer debater a corrupção


FotoEX-PRESIDENTE LULA EM DISCURSO

Em discurso na  cerimônia que comemorou os 10 anos de governo petista no País, ontem (20), o ex-presidente Lula afirmou que o PT está disposto a debater qualquer tema com a oposição, “inclusive corrupção”. "Eu descobri que só o fato da gente dizer “nunca antes na história deste País”, comparando nosso governo com o deles [oposição], os perturbou. Nós queremos comparação, não temos medo de comparação. Inclusive comparação e debate sobre corrupção". Sentados na primeira fila do evento — mas longe da presidenta Dilma Rousseff, evitando uma foto constrangedora, estavam o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e os deputados federais José Genoíno e João Paulo Cunha, os três considerados culpados pelo Supremo Tribunal Federal, no julgamento do mensalão. A claque de Dirceu inclusive providenciou a confecção de uma camiseta com a foto do ex-ministro e a palavra “inocente” grafada. Para Lula, a principal diferença entre os anos petistas e os anos em que o País foi comandado pelo PSDB é a transparência no combate à corrupção.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

MARANHÃO SÓ CRESCE À NOITE

Thomas L. Friedman é um dos jornalistas mais importantes do mundo, articulista do The New York Times, vencedor de três prêmios Pulitzer e das obras “O Mundo é Plano” e “Quente, Plano e Lotado”. Livros espetaculares, leitura obrigatória.

Ele escreveu neste mês de fevereiro dois excelentes artigos veiculados em jornal com os títulos “Índia, China e Egito” e “A Ascenção da Classe Média Virtual”, que têm tudo a ver com o nosso estado. Ou deveria ter.

No primeiro, ele compara a Índia, a China e o Egito e procura analisar aquele que tem melhores condições de crescer de maneira sustentável nos próximos anos. E parte da seguinte observação: A Índia tem um governo central fraco, mas uma sociedade civil forte. A China tem um governo central forte, mas uma sociedade civil fraca. O Egito tem um governo fraco e uma sociedade civil muito fraca, que foi reprimida por 50 anos, e para a qual foram negadas eleições reais. Mas há uma coisa que todos os três têm em comum: um número imenso de jovens com menos de 30 anos, cada vez mais conectados pela tecnologia, mas com educação muito desigual.

‘Meu ponto de vista’, diz ele, “[é que] dentre os três, aquele que mais prosperará no século 21 será aquele que der prioridade aos jovens. Essa será a sociedade que proverá mais educação aos jovens, empregos e a voz que buscam para atingir seu potencial pleno”. Esta corrida trata-se de “quem é mais capaz de capacitar e inspirar seus jovens para ajudar na construção de uma ampla sociedade próspera”. Os países que fracassarem em fazer isso terão uma massa de jovens não apenas desempregada, mas não empregável. “Eles estarão desconectados em um mundo conectado, em desespero ao verem outros desenvolverem e concretizarem seu potencial e curiosidade".

Mas isso não servirá para nada sem uma melhor governança. “Minha tese” – diz – “é de que a Índia ascendeu apesar do Estado. É uma história de fracasso público e sucesso privado".

 “A Índia cresce à noite, quando o governo dorme”.

“Mas a Índia precisa aprender a crescer durante o dia. Se a Índia consertar sua governança antes que a China conserte sua política, então ela vencerá. (...) É preciso um Estado forte. Em minha última viagem à Índia, eu me deparei com algo que eu nunca havia visto antes: uma comunidade política totalmente nova – a ‘classe média virtual’ da Índia. Seu surgimento explica muito sobre o aumento dos protestos sociais no país, assim como em lugares como a China e o Egito. Essa é uma das coisas mais emocionantes que estão acontecendo no planeta hoje em dia. Historicamente, nós costumamos associar as revoluções democráticas à obtenção, por parte das classes médias ascendentes, de determinados níveis de renda per capita anual – digamos, US$ 10 mil por ano – que permitem que as pessoas se preocupem menos com suas despesas com alimentação e moradia e mais com a obtenção do status de cidadãos com direitos e opiniões para influenciar seu próprio futuro. 

Mas o mais fascinante é o fato da difusão maciça do acesso barato e eficaz à internet, via celulares e tablets, durante a última década. E ela não é impulsionada apenas pelos 900 milhões de celulares em uso atualmente na Índia, nem pelos 400 milhões de blogueiros da China. O escritório do Departamento para o Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos aqui em Nova Déli me colocou em contato com um grupo de empreendedores sociais indianos que os EUA estão apoiando – e o poder das ferramentas que eles estão entregando nas mãos da classe média virtual da Índia, a preços baixos, é de cair o queixo. 

A Gram Power está criando microrredes e medidores de eletricidade inteligentes para fornecer energia elétrica de forma confiável  para as áreas rurais da Índia, onde 600 milhões de indianos ainda não dispõem de uma oferta regular (às vezes, nem de oferta nenhuma) de eletricidade para poderem trabalhar, ler e estudar. Por 20 centavos de dólar por dia, a Gram Power oferece a moradores de vilarejos rurais um cartão de energia elétrica pré-pago capaz de alimentar todos os eletrodomésticos deles. A Healthpoint Services está fornecendo água potável para famílias de seis pessoas por cinco centavos de dólar por dia, além de consultas médicas via internet por 20 centavos de dólar a visita. Atualmente, a VisionSpring está distribuindo exames e óculos de grau para os cidadãos pobres da Índia por preços que vão de US$ 2 a US$ 3 cada. O Instituto para a Saúde Reprodutiva está alertando mensalmente as mulheres a respeito de seus dias férteis usando mensagens de texto – que informam que o sexo sem proteção não deve ser praticado no período indicado para evitar uma gravidez indesejada. E a Digital Green está fornecendo sistemas de comunicação de baixo custo a agricultores e grupos de mulheres indianos para promover um intercâmbio e mostrar a cada um deles suas melhores práticas por meio de filmes digitais projetados em um chão de terra batida.

Estas tecnologias ainda precisam ganhar escala, mas estão no caminho certo. E elas estão permitindo que outros milhões de indianos pelo menos acreditem que fazem parte da classe média e se sintam dotados do poder político que acompanha essa condição social. Drasticamente os custos da conectividade e da educação – tanto que um número muito maior de pessoas da Índia, da China e do Egito, apesar de ainda ganharem apenas alguns dólares por dia, agora têm acesso ao tipo de tecnologia e aprendizado anteriormente associado apenas à classe média e uma sociedade forte, de modo que a sociedade possa fazer o Estado prestar contas. A Índia só terá um Estado forte quando o melhor da sociedade se juntar ao governo, e a China só terá uma sociedade forte quando os melhores mandarins ingressarem no setor privado”.

É por isso que hoje a Índia tem uma classe média de 300 milhões de pessoas, além de outras 300 milhões de pessoas que fazem parte da classe média virtual – um contingente que, apesar de ainda ser muito pobre, exige cada vez mais os direitos, as estradas, os serviços de energia elétrica, os policiais não corrompidos e um bom governo – demandas normalmente associadas às classes médias emergentes. Esses cidadãos estão colocando mais pressão do que nunca sobre os políticos eleitos da Índia para que eles se emendem e governem do jeito certo.

A formação de uma classe média virtual, que não tem a renda da classe média indiana, mas reivindica igual e se porta como classe média o que fez com que essa dobrasse de tamanho e de 330 milhões de pessoas passasse a 600 milhões vai mudar a índia e seu fraco governo. 

E é um país de renda per capita muito baixa e cheio de carências. Igual ou pior ao Maranhão rural. Mas está encontrando soluções de baixo custo.  

A população do Maranhão é a que tem menos acesso a internet entre todos os estados brasileiros e menor acesso a educação de qualidade, sistema de saúde, saneamento e segurança. O governo paralisado e desligado dos verdadeiros problemas que impedem o desenvolvimento do estado, da melhoria de renda e do nível educacional não faz nada, nada mesmo, para mudar as coisas por aqui. Não é carnaval caro e dispendioso que vai mudar.

Esse é o verdadeiro combate à pobreza. Capaz de mudar as coisas.

Uma viagem à Índia para estudar tudo isso seria muito importante. Mas as rotas desse governo são outras. Nada se pode esperar.

Mas a soluções estão aí à espera de governos melhores e comprometidos com o Maranhão.

Luciano Genésio faz balanço negativo da administração de Filuca Mendes


O suplente de deputado e ex-candidato a vice- prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio,  decidiu sair em defesa do ex-prefeito Zé Arlindo.  O atual prefeito Filuca Mendes alega que recebeu um município quebrado e sem recurso. Em nota enviada ao blog, contesta as informações e diz que Filuca falta com a verdade.
Luciano rebate as alegações de Filuca  e afirma que administração passada deixou cerca de 2,8 milhões de reais referente à educação para pagamento destinado ao abono salarial dos professores. No setor da saúde ficou 1,7 milhão empenhados para pagamento de programas, profissionais e fornecedores.
Genésio contra-ataca e denuncia que o prefeito Filuca Mendes não pagou nada do que estava empenhado na saúde, mesmo tendo o dinheiro em caixa.
Em sua denúncia enviada ao blog, o ex-candidato a vice de Pinheiro lista uma série de atos, considerado por ele de desmandos. Segundo Genésio, um dos seus primeiros atos como prefeito foi expedir um decreto para desapropriar mais de 100 famílias carentes beneficiadas pela gestão passada. Contudo o Ministério Público recebeu a nossa denúncia e conseguimos obter decisão favorável junto à justiça local.
Luciano lembrou que o atual prefeito já cometeu seu primeiro ato de improbidade administrativa por não repassar o recurso da Câmara Municipal no dia 20 de janeiro e até hoje não se sabe quem vai presidir a casa.
Na infraestrutura, o atual prefeito paralisou todas as obras que conseguimos junto ao Governo Federal, dentre delas: uma UPA, UBS, Quadra Coberta e cinco Creches que beneficiariam mais de mil crianças carentes.
Genésio se mostra mais preocupado com a saúde, já que até agora já ocorreram mais de 40 óbitos no Hospital Regional Antenor Abreu e 28 óbitos no Hospital Materno Infantil, um dos casos chegou a ter grande repercussão e comoção no estado. Uma criança que nasceu morta, por negligência do médico, foi entregue à família dentro de uma caixa de papelão.
Segundo Luciano Genésio, hoje ao analisar a situação da saúde percebe-se que a mesma encontra-se agora em calamidade em consequência da péssima gestão atual, onde até os programas como PSF, CAP, Saúde Bucal, dentre outros estão paralisados.

Ele acusou ainda o prefeito de não ter compromisso com o social uma vez que preferiu investir milhões em bandas locais para fazer o carnaval e deixar  pacientes morrendo nos hospitais.
“Devido divergências políticas não houve parceria com a Administração passada. Eu, como liderança política faço um apelo ao Governo do Estado e em especial ao Secretário Ricardo Murad, que estenda a mão ao povo de Pinheiro e Região”, disse.
 Derrubando casas de pessoas carentes.
Com Marcelo Vieira.

Nada funciona no governo municipal de Pinheiro


Quase dois meses após assumir o governo municipal, o dragão mantém fechado os postos de Saude como este aqui no bairro de Pacas. O diretor do posto que também acumula outro emprego no hospital Antenor Abreu, diz que não tem previsão para o posto voltar a funcionar. Pega Dragão


Afinal, o que esta funcionando nesse desgoverno municipal? A saúde não funciona, pelo contrario uma das suas ações foi a abertura de um canal levando os dejetos da "Vala do Gabião" para o Rio Pericumã, além de um crime ambiental, um crime contra a saúde popular.
A operação tapa buraco, montada as pressas a vésperas do carnaval, o "dragão comeu", o Povoado do Gama, que teve recentemente um vereador cooptado pelo grupo de politicagem do dragão, esta isolado, o lixo continua nas ruas e principalmente dentro da prefeitura, que coleciona um secretariado incompetente e envolvimento com alguma irregularidade, Como com a construção de casas populares, outro demito a bem do serviço publico, pagamento de diárias milionárias. etc.
Pega Dragão! 

O Ministério Público aos poucos começa a se movimentar nas cidades do Maranhão pedindo o cumprimento da Lei de Acesso à Informação. no âmbito da administração municipal. São poucos os municípios dos 217 que já cumprem a lei. Infelizmente estamos no velho Maranhão onde nem a própria Justiça age para que a Justiça seja feita. Em São Luís Gonzaga a promotoria recomendou a prefeitura para que faça cumprir a LAI. Essa iniciativa deveria ser tomada pela Procuradoria Geral de Justiça em conjunto com as promotorias para que o cidadão de cada cidade tenha acesso às informações do que entra e sai dos cofres municipais. A lei é garantida pela Constituição Federal.


O Ministério Público aos poucos começa a se movimentar nas cidades do Maranhão pedindo o cumprimento da Lei de Acesso à Informação. no âmbito da administração municipal.
São poucos os municípios dos 217 que já cumprem a lei. Infelizmente estamos no velho Maranhão onde nem a própria Justiça age para que a Justiça seja feita.
Em São Luís Gonzaga a promotoria recomendou a prefeitura para que faça cumprir a LAI. Essa iniciativa deveria ser tomada pela Procuradoria Geral de Justiça em conjunto com as promotorias para que o cidadão de cada cidade tenha acesso às informações do que entra e sai dos cofres municipais.
A lei é garantida pela Constituição Federal.
Do: Luis Cardoso

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Meteorito cai na Rússia e fere centenas


Meteorito cai na Rússia e fere centenas; veja o vídeo

Corpo celeste provocou quebra de vidros durante queda espetacular

Cinegrafista russo captura momento em que meteorito entra na atmosfera
Cinegrafista russo captura momento em que meteorito entra na atmosfera (Reprodução/YouTube)
A queda de um meteorito na região russa de Tcheliabinsk, nos Montes Urais (centro do país), deixou cerca de 400 pessoas feridas nesta sexta-feira, informou o Ministério do Interior da Rússia. "Elas procuraram assistência médica, em sua grande maioria por cortes com vidros. Não há pessoas gravemente feridas", disse um porta-voz dessa pasta à agência Interfax.
Veja mais Aqui:

O movimento fora Renan já chega um milhão meio de assinaturas


1,5 milhão

Alvo do protesto
Os organizadores do manifesto pedindo a queda de Renan Calheiros avisaram a Randolfe Rodrigues que irão ao Congresso Nacional na quarta-feira para entregar o documento com mais de 1,5 milhão de assinaturas recolhidas pela internet.
Por nossa conta:
O curioso é que presume-se que: Elegemos essas gente, para representar os interesses da sociedade, mas como ser ver eles estão para defender seus pratos de “pirão” cedidos com fartura pelo poder. O Brasil, ou melhor esta contaminada e não adianta criarem novos partidos, o de kassab já nasceu contaminado e o da Marina vai se contaminar do mesmo jeito.
Essa contaminação(corrupção) se deve em grande parte por culpa da Justiça que é muito lenta, ou fica quando começa a se contaminar também.

Deu no Claudio Humberto


MG: Procurador começa a avaliar denúncia de Marcos Valério contra Lula

Reuters
FotoLULA SABIA E JOSÉ DIRCEU COORDENAVA, ACUSA VALÉRIO
O Ministério Público Federal em Minas Gerais começou a analisar esta semana o depoimento do empresário Marcos Valério, no qual ele acusa o ex-presidente Lula de ter recebido recursos do esquema do mensalão, julgado no ano passado pelo Supremo Tribunal Federal. O material encaminhado pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel para a primeira instância foi distribuído para o Núcleo do Patrimônio Público do MPF em Belo Horizonte, composto por quatro procuradores. Por sorteio, a análise ficará a cargo do procurador Leonardo Augusto Melo. Ele vai avaliar as declarações de Valério, que disse em depoimento na Procuradoria-Geral da República, em setembro, que Lula sabia do esquema e que cerca de R$ 100 mil foram usados para pagar despesas pessoais do então presidente.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Piada no Claudio Humberto


Só pode ser piada

"Gurgel pede pressa no julgamento de onze governadores" Ora, como? Se ele esta sentado em cima do processo que pede a cassação da , governadora Roseana Sarney (PMDB), do Maranhão, e do vice-governador Washington Luiz Oliveira (PT) e a convocação de novas eleições no estado aguarda há mais de seis meses parecer do Ministério Público. A fase de instrução processual já foi concluída e apresentada as alegações finais pelas partes, abrindo-se vista dos autos à Procuradoria Geral Eleitoral para a elaboração de parecer final, os quais estão com Gurgel desde 10 de agosto de 2012. Caso seja feita Justiça (eu duvido) e ela seja cassada, ao invés de nova eleição assume um aliado dela, para a realização da eleição indireta, ou seja vão tirar seis e botar meia duzia! É Piada, é Maranhão é Brasil.

Gustavo Lopes 
Pinheiro - MA 

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Governo estuda dar 'bolsa novela' para levar TV digital à baixa renda


Para implantar a TV digital no Brasil, o governo estuda doar conversores digitais para a população de baixa renda, no que já está sendo chamado de 'bolsa novela'.
Se adotado, o projeto, do Ministério das Comunicações, atenderá a todos os beneficiários do Bolsa Família.
Com o leilão da frequência de 700 MHz, previsto para o início de 2014, o Executivo pretende abandonar a TV analógica de uma vez por todas.
Assim que a faixa que elas ocupam for destinada à internet 4G, de alta velocidade, quem não tem uma TV digital ou o conversor digital para conectar o televisor antigo não conseguirá assistir aos canais da TV aberta.
'Vamos acabar com a era do bombril na antena. A TV vai pegar melhor', afirmou à Folha o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.
Para isso, a pasta já está fazendo um estudo de impacto financeiro a fim de viabilizar a medida e, depois, submeter ao crivo da presidente Dilma.
O objetivo principal é conceder benefícios fiscais, subsídios e até facilitar crédito para a compra de televisores digitais e conversores. Nos estratos sociais em que não houver condições de compra, a saída pode ser bancar parte do valor ou mesmo doar o equipamento.
Inicialmente, o 'bolsa novela' integral, com doação, atingiria apenas os usuários do programa Bolsa Família.
Enquanto TVs com tecnologia digital custam a partir de cerca de R$ 300 (14 polegadas), os conversores saem, em média, por R$ 100 – R$ 25 são tributos federais e estaduais.
O governo também estuda criar uma política para desonerar esses conversores, o que ainda precisa ser mais bem discutido internamente. Todos esses benefícios, se adotados, devem valer a partir de 2015 – portanto, após o leilão da faixa 700 MHz e sua consequente implantação.
O governo acredita que um dos bons efeitos colaterais será o estimulo à indústria nacional desses componentes.
'Para a indústria, vai ser muito bom, vai ter dois, três anos de venda assegurada, tanto para o setor de radiodifusão como para o de telecomunicações', diz Bernardo.
A ideia é promover a adesão gradual por estado, até para evitar uma corrida ao comércio em busca por aparelhos e conversores.
Para quem tem renda mais elevada, o governo aposta na chegada dos grandes eventos esportivos, como Copa e Olimpíada, como motivação para a compra de aparelhos.
(Folha Online)
ENTENDA A MUDANÇA
Por que o governo vai mexer nas frequências? 
O objetivo é leiloar para as operadoras de celular a frequência de 700 MHz, hoje usada por canais de UHF.
Por que passar a faixa de 700 MHz para as teles? 
Porque, por razões técnicas, essa frequência permite a expansão mais rápida e mais barata da internet móvel de quarta geração, a 4G.
Por que isso afeta quem assiste à TV? 
A frequência de 700 MHz é como uma rodovia, na qual três faixas servem à transmissão analógica e outras três à digital. Com o leilão, acaba o sinal analógico, deixando livres as três faixas para a internet. Quem não tiver um aparelho digital ou um conversor digital não poderá ver TV.
O que o governo quer fazer para garantir acesso à nova TV digital? 
O governo dará subsídios, isenção de imposto e outros benefícios para permitir que brasileiros de baixa renda adquiram os conversores e não fiquem sem assistir à televisão.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

"A auto-suficiência significa a libertação do Brasil do mercado internacional de petróleo"


Alô PT.!!! O povo quer saber. Se somos " autosuficiente " em petróleo,por que IMPORTAMOS gasolina e etanol ?

Bom pelo menos foi isso que informou o "petralha-mor" em 21 de abril de 2006, somos autosuficiente, e o país ou melhor,  a Petrobras passou a importar mais combustível, para vendê-lo mais barato no País,como ele não sabe de nada, não sabia a data, pensava que era 1º de abril!... 
Bem original, assim é a mão da turma do PT 
Então qual a explicação para esse aumento nos combustíveis:   São várias explicações. Uma delas é que nunca fomos auto-suficientes p.... nenhuma. Trata-se de mais uma propaganda enganosa petralha onde a técnica da meia-verdade foi utilizada para tentar demonstrar uma competência que nunca tiveram, exceto a de enganar a população. Na verdade quando proclamaram nossa auto-suficiência, o nosso país superou na produção o volume de petróleo consumido internamente. Acontece que conforme a qualidade do petróleo extraído, obtem-se quantidade fixas de derivados, ou seja, de um barril de petróleo obtem-se x litros de gasolina, y de diesel e por aí vai, não tem como você programar quantidades desejáveis. Daí, embora a produção supere o consumo em volume, sobra gasolina e faltam vários derivados, obrigando-nos a exportar o excedente a preços competitivos. Como o preço cobrado internamente é um dos mais caros do mundo, vende-se gasolina para fora do país a preços muito mais baixos do que pagamos.

Isso é o que dá nomear companheiros de partido e afilhados políticos para administrar atividades para as quais não estão preparados. Compensam essa deficiência com propaganda enganosa (mentiras), só que mentira tem pernas curtas. Aí o povo começa e não entender certas coisas, e aí o círculo vicioso continua, mais mentiras para consertar as anteriores, e aí, mais blá, blá, blá, blá...


CRÔNICA DE UM CHOQUE ANUNCIADO


Por Carlos Chagas




                                                                  O impasse segue seu curso, agora exposto em sua crueza depois dos pronunciamentos feitos no Congresso, pela reabertura dos trabalhos legislativos e pelo comentário do presidente  Joaquim Barbosa, sobre ser o Supremo Tribunal Federal, o único intérprete da Constituição. Antes, Marco Maia, que saía, Henrique Alves, que entrava,  além  de Renan Calheiros, enfatizaram que apenas Câmara e Senado detém o poder de cassar mandatos. Como pelo menos quatro deputados estão condenados a penas de prisão pela mais alta corte nacional de Justiça, aguarda-se apenas que as sentenças transitem em julgado para que se estabeleça o choque.
                                                                  Os novos comandantes do Congresso rejeitam a cassação automática dos quatro deputados e continuarão respeitando seus mandatos, pelo menos até que se reúnam o Conselho de Ética e o plenário da Câmara, para decidir. 
                                                                  Enquanto isso, porém, o que fará o Supremo Tribunal Federal? Será desmoralizado caso suas condenações sejam desrespeitadas. Apelará para o artigo 142 da Constituição, que estabelece destinarem-se as forças armadas  à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem? Mas não poderá o presidente do Congresso apelar para o mesmo dispositivo? Acresce, para complicar,  pertencer ao  presidente da República a autoridade suprema sobre as forças armadas. Quer dizer, no caso de tanto o Judiciário quanto o Legislativo solicitarem os serviços militares para o cumprimento de suas interpretações, que decisão tomará Dilma Rousseff? E se não tomar nenhuma?
                                                                  Delineia-se uma crise institucional, o que de pior poderia acontecer, com o agravante de que os generais poderão outra vez transformar-se em constitucionalistas, cabendo a eles optar sobre quem tem razão, se o Congresso ou o Supremo...
                                                                  Não parece fácil que, na iminência do choque, venham os presidentes do Senado, da Câmara e do Supremo, por  coincidência, decidir dar um passeio pela Praça dos Três Poderes e, por mero acaso, encontrarem-se na porta do pequeno museu que mostra, em pedra, o rosto de Juscelino Kubitschek.  Seria uma boa inspiração para assegurar  a  paz.



OS POLÍTICOS E A ATIVIDADE POLÍTICA

                                                                  É bom seguir literalmente o que expôs a presidente Dilma em sua mensagem ao Congresso. Ela não escreveu que  os políticos tem sido vilipendiados,  mas a atividade política. A diferença é sensível, apesar da interpretação meio canhestra dada às suas palavras por alguns líderes parlamentares. As relações entre Executivo e Legislativo são institucionais, não pessoais.

QUEM REPRESENTA O POVO?

                                                                  Entusiasmou-se o novo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, ao sustentar serem apenas  os deputados que representam o povo, abençoados pela votação recebida nas urnas. A representatividade é elástica.   Estarão excluídos dela os presidentes da República, desde que escolhidos em eleições livres? O que dizer dos governadores e dos prefeitos?

MAIS CÂMARA, MENOS TV?

                                                                  Outra declaração de Henrique Eduardo a despertar no mínimo meditação, foi de que a TV-Câmara deve ser mais Câmara e menos TV.   Estaria cogitando de limitar as transmissões ao vivo dos trabalhos no plenário e nas comissões? Abrir câmeras e microfones às Assembléias Legislativas configura  excelente proposta, mas desde que não atropele a divulgação daquilo que de principal e mais importante acontece entre os deputados federais. No Supremo Tribunal federal já houve quem defendesse a censura à divulgação ao vivo de suas sessões. Felizmente, a proposta não pegou.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...