quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

FELIZ ANO NOVO

Que o Novo Ano de 2016 que se anuncia não seja como o outono da vida onde as folhas caem deixando apenas lembranças de dias bons e ruins, mas que seja como a primavera da vida que produz frutos e dos frutos sementes onde podem ser plantadas a cada dia e colhidas a cada amanhecer.
Votos do Direto de Pinheiro

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Nota de esclarecimento de Luciano Genésio:


Venho através desta informar em que nenhum momento eu ou minha esposa ( Thaiza) usamos a mídia ou procuramos o secretário de Articulação política, Márcio Jerry, para relatar esquema de corrupção dentro do Hemomar. O que foi relatado foi o esquema de funcionários, um ciclo instalado ali por mais de 15 anos no qual a ex diretora tentou desmontar e foi repreendida pelo diretor geral, criando assim um situação insustentável dentro daquele órgão. Sendo que o mesmo passou por uma auditoria silenciosa requerida pelo Dep. Othelino. Onde não foi detectada nem uma irregularidade. Com isso, repudio a maneira imoral e aproveitadora que a mídia usa para denegrir minha imagem e criar um caso entre minha pessoa e o governo do Estado. A Hemomar é um órgão centralizado na secretaria de saúde, com isso, não ordena despesas, desmentindo assim qualquer suspeita de condutas ilegais lá praticadas.
No entanto, fomos sim, surpreendidos com a exoneração, já que Dra. Thaiza se encontrava viajando a trabalho. Após uma conversa com meu grupo político, Informo a todos que entregarei  meu cargo de Superintendente de Articulação Política, pois quero dedicar-me a partir de janeiro a minha pré-campanha à Prefeito de Pinheiro. Agradeço a confiança concedida pelo Governador Flavio, Vice-Governador Brandão e pelo Secretario Marcio Jerry. Continuarei a minha Luta por dias melhores não só para Pinheiro, mas pelo meu Maranhão. Pois diferente de muitos, tenho percorrido uma longa jornada com o governador Flavio Dino, e espero que possamos caminhar juntos novamente em
2016!!!
Atenciosamente:  Luciano Genésio


NOTA DE ESCLARECIMENTO - Cobrança IPVA‏

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) esclarecem que as informações em circulação no aplicativo WhatsApp, sobre invasão no sistema do Detran-MA e envio de cobrança do IPVA 2016 para endereço dos proprietários de veículos, são falsas. Em todas as verificações realizadas pela Coordenação de Informática do Detran-MA até o dia 29 deste mês não foi registrada nenhuma tentativa de invasão do site ou do sistema de dados do órgão.
 O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), exercício de 2016, só estará disponível para pagamento a partir do dia 1º de janeiro. A Sefaz informa que o imposto somente será pago, pelo proprietário, por meio do sistema do Banco do Brasil ou por meio do DARE, emitido no portal da Sefaz, na internet. A Sefaz e o Detran-MA reiteram que a cobrança do IPVA não é feita por correspondência.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Governos Federal e Estadual entregam 11 consultórios odontológicos móveis



Ampliar o acesso da população ao tratamento odontológico gratuito por meio de consultórios que chegam até onde a população precisa é um dos principais objetivos das Unidades Odontológicas Móveis. Em parceria com o Governo Federal, o Governo do Estado entregou 11 unidades móveis aos municípios maranhenses nesta terça-feira (29).
 Os moradores de comunidades rurais, quilombolas e indígenas do Maranhão que precisam percorrer quilômetros para ter acesso às ações de promoção e prevenção da saúde bucal contam agora com 39 Unidades Odontológicas Móveis que atendem diferentes regiões do estado.
  “Concluímos este ano a implantação da primeira fase do programa e daremos novos passos importantes para a promoção da saúde em sua dimensão integral. Agradecemos a parceria com o Governo Federal que ampliou a assistência em saúde bucal aos maranhenses”, afirmou o governador Flávio Dino durante a entrega dos carros às prefeituras municipais.
 Nesta segunda fase, as cidades beneficiadas com as 11 unidades móveis foram Alcântara, Arame, Brejo, Humberto de Campos, Icatu, Jenipapo dos Vieiras, Marajá do Sena, Monção, Peri Mirim, Presidente Sarney e Santana do Maranhão.

 “Este é mais um passo importante para a nossa política de saúde, com ênfase na ação preventiva e atenção primária. Por mês, as 39 unidades juntas atenderão cerca de 14 mil pessoas que antes não tinham acesso aos cuidados em saúde bucal”, disse o secretário estadual de Saúde, Marcos Pacheco.
 Para o coordenador estadual de Saúde Bucal, Alan Patrício, o diferencial do programa é a capacidade de atender as pessoas que vivem em comunidades distantes. Os consultórios possuem cadeira odontológica, compressor, raios-x, autoclave e os materiais necessários para que sejam realizados os principais procedimentos em atenção básica. Cada unidade pode realizar cerca de 350 atendimentos por mês.
 Em novembro, receberam as unidades móveis odontológicas os municípios de Amarante do Maranhão, Anajatuba, Bacurituba, Buriti, Cajapió, Cajari, Centro Novo do Maranhão, Feira Nova do Maranhão, Formosa da Serra Negra, Governador Newton Bello, Itaipava do Grajaú, Milagres do Maranhão, Morros, Palmeirândia, Parnarama, Paulino Neves, Pedro do Rosário, Peritoró, Primeira Cruz, Santa Luzia, Santo Amaro do Maranhão, São Vicente Férrer, São Félix de Balsas, São Francisco do Maranhão, São João do Sóter, São Luís Gonzaga do Maranhão, Serrano do Maranhão e Sítio Novo.
 Participaram da solenidade de entrega, os secretários estaduais Marcos Pacheco (Saúde), Márcio Jerry (Assuntos Políticos e Federativos), Robson Paz (Comunicação), o subsecretário de Saúde, Carlos Lula, os deputados estaduais Zé Inácio, Levi Pontes, Ana do Gás, Júnior Verde, Vinicius Louro e prefeitos.

Governador Flávio Dino sanciona lei que destina vagas para negros em concursos públicos no Maranhão




O governador Flávio Dino sancionou, nesta terça-feira (29), a lei que destina 20% das vagas dos concursos públicos estaduais para negros. O projeto de lei de autoria do Executivo Estadual foi aprovado pela Assembleia Legislativa, fruto do diálogo entre a sociedade civil e os poderes Executivo e Legislativo.

“O diálogo permanente, a abertura construtiva e fraterna existente entre os atores sociais e institucionais permitiu que chegássemos a este momento histórico. Essa lei é um marco que contribui para que o nosso estado seja mais justo, com menos desigualdades e mais oportunidades para todos”, declarou o governador na solenidade de sanção da lei.

O secretário de Estado de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, destacou a importância da Lei para a população negra como uma grande conquista para todos os negros do Brasil e, particularmente, do Maranhão. “Passo a passo o nosso país e estado avançam na inclusão racial, como a criação do Estatuto da Igualdade Racial, as cotas para negros nas universidades e agora nos concursos públicos”, disse o secretário.

Em cidades como Imperatriz, Codó, Bacabal, Santa Inês, Viana e São Luís, a Secretaria Estadual de Igualdade Racial (Seir) apresentou o projeto de cotas à sociedade maranhense para um público composto por professores, políticos, quilombolas, representantes de matriz africana, igrejas e movimentos sociais. Nas audiências, a proposta foi amplamente analisada e recebeu novas proposições, que foram absorvidas, consolidando o projeto final.

Para o presidente do Conselho Estadual de Igualdade Racial, Reinaldo Avelar, a lei demonstra que o Maranhão está no caminho correto, pautado no diálogo permanente entre o poder público e a sociedade civil organizada. O relator da lei, o deputado estadual Zé Inácio, destacou a importância da norma, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa.

Os parlamentares maranhenses aprovaram o Projeto de Lei nº 285/2015, de autoria do Executivo Estadual, defendido em uma série de audiências públicas realizadas, este ano, pela Secretaria de Igualdade Racial (Seir). Após sancionada, a lei entra em vigor em 90 dias, destinando aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos no âmbito da administração pública estadual, das autarquias, das fundações públicas e das sociedades de economia mista controladas pelo Estado do Maranhão.



Na solenidade de sanção da lei estavam presentes os secretários estaduais Marcelo Tavares (Casa Civil), Márcio Jerry (Assuntos Políticos e Federativos), Gerson Pinheiro (Igualdade Racial), Francisco Gonçalves (Direitos Humanos e Participação Popular), Áurea Prazeres (Educação), Robson Paz (Comunicação) e Márcio Jardim (Esporte e Lazer), deputados estaduais e representantes do movimento negro do Maranhão.

Não tem volta!!! Luciano Genésio será candidato em 2016


Quero aqui parabenizar o amigo Luciano Genésio​, ao mesmo tempo que deixo minha critica pela demora em entregar  seu Cargo no Governo do Estado, Se fosse eu ja teria feito a muito mais tempo.... esse era clamor dos pinheirenses que sabem e conhece a historia de luta aqui, onde o próprio governador então deputado Federal, veio aqui nos seus braços receber o calor dos pinheirenses...Seus amigos nossos valorosos soldados viviam aqui humilhados, massacrados pela administração municipal, chega o novo governo do estado e a situação só piorou passamos a ser inimigos do Município e do Estado Vamos juntos em mais uma caminhada Flávio Dino​  não foi leal a nossa causa e nem vota aqui... 45 neles!!!!

Luciano Genésio reúne amigos em confraternização

Luciano Genésio vai reunir nesta terça amigos e correligionários em uma grande confraternização
O pré-candidato a prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, vai reunir nesta terça feira 29, amigos, colaboradores e correligionários em uma grande confraternização, que acontecerá a partir das 18 hs na choperia do Carrinho de Trazino, no Bairro Enseada.
Luciano, confirmou a presença dos deputados federais Waldir Maranhão e André Fufuca, além de várias lideranças estaduais e lideranças politicas e comunitárias de Pinheiro.
O pré-candidato a prefeito falou ao blog que apesar da correria do dia-dia com o trabalho, é importante cultivar as relações sempre com muito respeito e carinho, tendo o amor como princípio mais importante e por isso está organizando a confraternização e que conta com a presença de todos os seus amigos.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Polícia Civil identifica autoria da morte de blogueiro no interior

SÃO LUÍS - A Polícia Civil, por meio da Superintendência de Homicídios do Maranhão, identificou a pessoa que efetuou os disparos que culminaram com o assassinato do blogueiro Orislândio Timóteo Araújo, o Roberto Lano, ocorrida na cidade maranhense de Buriticupu no dia 21 de outubro deste ano. Ainda de acordo com a polícia, apesar da identificação do crime, não é possível preliminarmente afirmar se o crime é de encomenda e divulgar o nome o autor.
De acordo com o delegado Leonardo Diniz, que coordena as investigações conduzidas pela Superintendência de Polícia Civil do Interior, a polícia já pediu a prisão preventiva do autor que, de acordo com as investigações, não está mais na cidade de Buriticupu. “Estamos com dificuldades devido ao feriado do Natal e o recesso da Justiça. No entanto, estamos avançando nas apurações e, em breve, deveremos apresentar concretamente o resultado deste trabalho à sociedade”, afirmou.
Segundo a SHPP, a apuração do autor do crime somente foi possível após intenso trabalho na cidade onde ocorreu o crime. “A polícia foi mobilizada, com o encaminhamento de equipes até o local do delito para se saber as ligações da vítima com pessoas da região e quem, de fato, está ligado ao assassinato”, disse o delegado que confirmou ainda a O Estado que as investigações ainda estão em andamento.
Sobre o caso da morte do também blogueiro Ítalo Diniz Barros, de 30 anos, na cidade maranhense de Governador Nunes Freire, no dia 13 de outubro deste ano, até o momento, a polícia ainda não tem informações sobre os autores do crime. “O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios, sob a responsabilidade do delegado Guilherme Sousa Filho. As investigações avançaram, no entanto, ainda não temos informações sobre a autoria”, confirmou o delegado Leonardo Diniz.
Por fim, o delegado entende a cobrança feita pela sociedade, no sentido de elucidar o crime. No entanto, ele faz um alerta quanto, segundo ele, à complexidade dos assassinatos. “É preciso entender que se tratam de crimes complexos, que necessitam de apurações para que se possa informar sobre os autores”, informou.
Relembre
De acordo com as informações da polícia, Roberto Lano foi atingido por disparos por um suspeito em uma motocicleta e morreu ainda no local do crime, em Buriticupu. Ainda segundo testemunhas, o autor fugiu logo em seguida. A polícia confirmou que no momento do crime, Roberto Lano estava em uma motocicleta com a esposa quando foi interceptado pelo suspeito.
No dia do crime, a Polícia Militar esteve no local do crime e realizou buscas pelo suspeito, no entanto, ninguém foi encontrado. Além de blogueiro, Roberto Lano era conhecido na cidade de Buriticupu por trabalhar em campanhas políticas locais e promover eventos, especialmente na Região Tocantina.
As características do assassinato de Roberto Lano se assemelham às de Ítalo Diniz que foi morto por dois homens que estavam em uma moto, que efetuaram os disparos e fugiram. Mesmo tendo sido levado para o hospital da região, o blogueiro Ítalo Diniz morreu logo em seguida.
No perfil de seu blog, Ítalo Diniz – além de destacar o início de sua página (que teria sido ativado a partir do dia 3 de julho de 2011) – também afirmou (sem citar diretamente nomes) que a página serviria para “desvendar muitos desmandos da atual administração” da cidade de Governador Nunes Freire.
Frase
“A polícia foi mobilizada, com o encaminhamento de equipes até o local do delito para se saber as ligações da vítima com pessoas da região e quem, de fato, está ligado ao assassinato”
Delegado Leonardo Diniz, titular da Superintendência de Homicídios
Do: Imirante

Governo concede anistia de multa e juros para regularização de IPVA

Governo concede anistia de multa e juros para regularização de IPVA
(Assessoria)
Proprietários de veículos terão benefício de redução de 100% das multas e dos juros moratórios dos débitos de IPVA referentes aos exercícios de 2015 e anos anteriores, se pagos integralmente, em parcela única, até 11 de fevereiro de 2016.

Com a medida, a partir de segunda (28) os proprietários de veículos automotores que possuem débitos de IPVA, inscritos ou não em Dívida Ativa, poderão se regularizar com o benefício e obter o documento de licenciamento dos veículos com o imposto em atraso.
Para se regularizar, o contribuinte poderá emitir o documento de arrecadação com o código de barras, no portal da Secretaria da Fazenda, clicando no menu DARE, marcar a opção ‘Contribuinte do IPVA’ e informar o RENAVAM do veículo. Com o documento impresso, o imposto com a redução de 100% das multas e dos juros poderá ser pago no Banco do Brasil e nos seus correspondentes.

O pagamento só poderá ser realizado por meio do DARE emitido diretamente no site da Sefaz, nas suas unidades de atendimento e no site do Detran-MA.
Os contribuintes também poderão se regularizar com o parcelamento dos débitos pela internet, no entanto, sem o benefício da redução de multas e juros. A novidade anunciada pela Secretaria da Fazenda é que a partir de terça (29), o parcelamento poderá ser realizado diretamente no portal da Sefaz na internet, em até 12 (doze) vezes, desde que a parcela mínima não seja inferior a R$ 30,00 (trinta reais), para motocicletas e similares, e de R$ 100,00 (cem reais), para os demais veículos automotores.

Para realizar o parcelamento na internet, o contribuinte deverá acessar o Portal da Sefaz-MA, no menu IPVA, e clicar na opção “Parcelamento de IPVA”. A Sefaz disponibilizou também um passo a passo para realização deste procedimento neste link.

domingo, 27 de dezembro de 2015

Depois do caso Fabiola, Garota de programa foge ao descobrir que cliente é o seu marido

O caso, incomum e inusitado, aconteceu em Blumenau, interior de Santa Catarina. Uma mulher chamada Silvana Souza Sinara Silva, casada, querendo ganhar dinheiro rápido e fácil, decidiu se tornar garota de programa e publicou um anúncio no jornal com nome e celular diferente.

A primeira ligação que recebeu foi no horário em que seu marido estava trabalhando, o que ela considerou motivo de sorte, e então marcaram um encontro. O cliente marcou o encontro em um galpão abandonado e exigiu que a mulher entrasse no local seminua. 


Para surpresa e pavor da mulher, quando ela tirou parte da roupa e entrou no galpão percebeu que o cliente era seu marido que, ao reconhece-la, pegou um pedaço de ferro e foi pra cima dela.

Após correr muito e pular várias cercas, a mulher conseguiu escapar ilesa, mas admite que sempre foi “azarada”, uma vez ao tentar arrumar um amante através da internet, descobriu que o homem era seu pai. Definitivamente sorte não é seu ponto forte

fontehttp://noticiaaurgente.blogspot.com.br/2015/06/garota-de-programa-foge-ao-descobrir.html

Flávio Dino anuncia cortes, mudanças na equipe e ausência nas eleições

flavio-2015-02-flavio_dino
O governador Flávio Dino reafirma política de austeridade no Estado e diz que fará mudanças em sua equipe
O governador Flávio Dino, em entrevista exclusiva ao Jornal Pequeno, anunciou que fará cortes orçamentários, para que o Maranhão possa fazer frente à crise econômica do país:
“O nosso empenho, o nosso esforço agora é exatamente no que se refere ao custeio. Nós vamos ter que, em 2016, adotar medidas restritivas em relação ao custeio; conter, por exemplo, a expansão de gastos com servidores públicos, para com isso manter as finanças públicas em condições razoáveis”, afirmou.
Flávio Dino admitiu que poderá fazer mudanças em sua equipe de governo, logo no início do ano, mas ressaltou que a prioridade absoluta será manter a política de austeridade iniciada logo após a sua posse no Palácio dos Leões.
“Em 2015, já economizamos mais de R$ 300 milhões em regalias, gastos abusivos e imorais, e conseguimos fazer com que esse dinheiro pudesse ser aplicado em programas sociais importantes, como o programa Bolsa Escola – que vai em janeiro dar a famílias de baixa renda a possibilidade de comprar material escolar para seus filhos, – e o programa Escola Digna, que começa a substituir as escolas de taipa por novos prédios decentes e adequados”.
O governador enfatizou que a honestidade e a transparência são ferramentas para construir mais justiça social, o objetivo central da ação política transformadora de seu governo. Eis a íntegra da entrevista:
Jornal Pequeno – De que forma estão se refletindo, no Maranhão, a crise econômica e a crise política do país?
Flávio Dino – A nossa observação é exatamente esta: temos duas crises que estão diretamente embricadas. Uma sobrevive em razão da outra. Em verdade, se nós olharmos os fundamentos macroeconômicos do país, nós temos uma situação difícil, mas também não é desesperadora.
Uma vez que a gente tem uma taxa de juros que deve diminuir, porém esta taxa de juros hoje de 14% já foi 40%, já foi 25%, precisa cortar, ainda mais. Porém é uma taxa que o País já sobreviveu a ela. A desvalorização do real ajuda as exportações, portanto, ajuda também investimentos estrangeiros diretos. Então, é também um dado positivo.
Nós temos 380 bilhões de dólares de reservas internacionais no Brasil. Em suma, nós temos caminhos de recuperação da nossa economia. Infelizmente, exatamente a segunda crise embricada à crise econômica, que é a crise política, tem impedido os passos na direção correta para que esta crise seja superada. E isto impacta muito fortemente as finanças públicas, uma vez que nós temos uma diminuição da atividade econômica, uma recessão, o que impacta na arrecadação tributária. No caso do Maranhão, tanto no que se refere às transferências constitucionais federais também no que se refere à arrecadação tributária própria.
Então o que o horizonte oferece neste instante é muita nebulosidade em razão da dimensão da crise política que hoje é alimentada por um fator externo à política, que é a Operação Lava Jato. Enquanto não houver uma equação política para restabelecer o diálogo entre os vários partidos, e com isso restabelecer a governabilidade institucional, seja do governo – Poder Executivo – seja do Congresso Nacional, vai ser difícil a gente sair da crise econômica. E aí exatamente nós temos um cenário para 2016 de grave constrangimento nas finanças públicas federais e também nas finanças públicas estaduais.
JP – As finanças públicas do Estado estão equilibradas?
Flávio Dino – Nós, em 2015, tomamos todas as medidas para evitar que o Maranhão sofresse, tanto que chegamos ao fim do ano com a folha de remuneração dos servidores já com data fixada para pagamento, o que hoje é quase uma exceção, em relação a vários Estados. Porém, estamos muito preocupados com o ano de 2016.
JP – Pode haver mudança na previsão ou na política de investimento?
Flávio Dino – Vamos continuar no caminho de aplicar bem o pouco dinheiro disponível. Foi o que nós fizemos em 2015. As economias que nós fizemos com gastos supérfluos, ou gastos ilegais, chegaram à ordem de R$ 325 milhões, segundo dados da Secretaria de Transparência e Controle.
Estes recursos que foram economizados é que nos permitiram manter um nível de investimento, com recursos próprios, como por exemplo o Programa Mais Asfalto, além evidentemente de cuidarmos da aplicação de recursos do BNDES. Então estas são as vertentes de investimento para o ano que vem. Nós vamos continuar a procurar cortar gastos que podem ser cortados, para manter investimentos e obras com recursos próprios e do BNDES.
O nosso empenho, o nosso esforço agora é exatamente no que se refere ao custeio. Nós vamos ter que, em 2016, adotar medidas restritivas em relação ao custeio; conter, por exemplo, a expansão de gastos com servidores públicos, para com isso manter as finanças públicas em condições razoáveis.
JP – Quais os maiores avanços do atual governo?
Flávio Dino – Eu cito em primeiro lugar esta forma transparente e honesta de governar. É uma conquista. Nós saímos de nota zero, no ranking da CGU, para nota 10, no ranking da CGU. Isto significa dizer que nós temos uma certificação que nos tirou do último lugar e nos colocou no primeiro, numa governança honesta, proba.
O segundo aspecto que eu gostaria de destacar é o foco em políticas sociais para os mais pobres. Isto abrange o Programa Mais IDH, abrange o fato de hoje, neste momento que concedemos esta entrevista, as primeiras 1.300 famílias do Programa de Sistemas Integrados de Tecnologias Sociais (Sistecs) estarem recebendo a primeira parcela de R$ 1.200 de crédito para investimento em alimentos. Isto abrange programas como o Bolsa Escola, que vai ser pago agora no mês de janeiro, e outros tantos programas voltados à promoção dos direitos dos mais pobres.
E o terceiro ponto que eu gostaria de destacar são exatamente as obras. Nós temos hoje centenas de obras em andamento. Chegam seguramente a 500 obras em andamento, entre o Programa Mais Asfalto, obras do governo federal de reforma de escolas que estão, por exemplo, em andamento, mais as obras do BNDES tem garantido inclusive que o nosso setor privado possa manter um funcionamento que em muitos Estados não tem sido possível. Por isso a gente contabiliza muitos acertos. Evidente que nós temos pontos sensíveis a aprimorar como, por exemplo, a temática da segurança pública.
JP – Um eventual impeachment da presidente Dilma Rousseff atrapalharia ou causaria algum tipo de embaraço ao Governo do Maranhão?
Flávio Dino – Isto seria desastroso para o País, em primeiro lugar, porque longe de resolver a crise institucional isto, se ocorresse, iria aprofundá-la, na medida em que existem segmentos sociais expressivos que não aceitariam um caminho inconstitucional.
Portanto, se teria uma luta social muito intensa e nós teríamos um paradoxo. Porque se houvesse o impeachment da presidente Dilma, logo em seguida deveria haver o impeachment do hipotético presidente Michel Temer, porque os mesmos decretos que ela editou, que foram adjetivados como “pedaladas fiscais”, o próprio vice-presidente, no exercício da Presidência, também editou.
Então se ela houvesse, por hipótese, cometido crime de responsabilidade, que não cometeu, por conta destes decretos, ele também cometeu; então nós teríamos que ter um outro impeachment logo em seguida. De modo que isto, evidentemente, é insensato, falta bom senso para este caminho. E na medida em que o Brasil sofre, o Maranhão então teria este problema.
JP – Haveria um retrocesso no Maranhão?
Flávio Dino – Nós experimentamos aqui, nos governos Zé Reinaldo e Jackson Lago, o que significa governar o Estado de modo independente, com o poder federal forte contra nós. E nós lutamos muito para conseguir neutralizar isto. E se houvesse este hipotético impeachment nós iríamos ter um cenário indesejado, porque exatamente nós voltaríamos, em certo sentido, às políticas de boicote e de sabotagem que hoje não existem. Mas que infelizmente, num retrospecto atinente aos governos Zé Reinaldo e Jackson, fazem crer que aconteceriam. Por isso eu reafirmo a minha crença de que o impeachment é inconstitucional e é nocivo aos interesses do País e do Maranhão.
JP – Como o seu governo vai lidar, do ponto de vista político, com as eleições municipais de 2016?
Flávio Dino – O governo não vai participar das eleições, porque a tarefa do governo é governar. Nós não teremos recursos públicos financiando campanhas. Isto é inclusive uma revolução no Maranhão. Mas o governador vai participar intensamente, porque tem compromissos assumidos em 2014, e este vai ser um parâmetro fundamental.
Todos aqueles que estiveram comigo na campanha serão respeitados. E os compromissos que eu fiz em 2014 serão honrados. Então, como governador, como militante político, estarei sim presente nas eleições municipais, buscando em primeiro lugar unificar ao máximo o quanto possível o nosso campo, os nossos partidos que fizeram com que eu estivesse aqui no governo e, quando isto não for possível, buscando acordos de procedimentos entre os vários partidos, a fim de permitir que nós mantenhamos esta unidade estadual.
JP – E nos municípios onde não houver esta possibilidade de acordo?
Flávio Dino – Em algumas situações, em que nada disto for possível, aí a tendência é que eu guarde uma posição de neutralidade como, por exemplo, o caso de São Luís, em que se desenha uma disputa polarizada entre dois candidatos que participaram diretamente da minha campanha em 2014, que é o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e a deputada Eliziane Gama. Então, neste caso, eu devo manter os acordos de 2014 e, por isso, manter uma posição pessoalmente equidistante em relação a estes candidatos. Não obstante, o meu partido, é claro, irá tomar uma posição partidária, mas não significa o meu envolvimento pessoal.
JP – Estão sendo cogitadas mudanças na composição de sua equipe de governo?
Flávio Dino – Estão sendo cogitadas, sim, e serão feitas. Porque a mudança é uma lei da vida. Nós sempre temos de estar nos adequando aos novos desafios. Nós temos neste momento um processo de debate em relação a alguns casos, envolvendo não só a figura do secretário, mas também as equipes. Porque eu considero que a atividade de governar é necessariamente coletiva. Então nós estamos debatendo simultaneamente. Alguns casos vão resultar em mudança de secretários e, em outros casos, vão resultar apenas em mudanças de equipes.
JP – Em resumo, que avaliação se pode fazer deste seu primeiro ano de governo?
Flávio Dino – Que somos um governo honesto, um governo dedicado, um governo corajoso, um governo que tem muito mais acertos do que erros. Claro, evidentemente, não é um governo perfeito, porque a perfeição não é um atributo humano, infelizmente. Então nós reconhecemos que há pontos em que nós temos que evoluir mais, e eu estou lutando para que isto aconteça.
Mas é um governo aprovado pela sociedade. Eu sempre me guio menos pela minha avaliação, e mais pela avaliação da sociedade. Porque a minha costuma ser muito rigorosa comigo mesmo, porque eu sou perfeccionista ao extremo.
Então eu tenho como parâmetro aquilo que as pesquisas estão mostrando: que de um modo geral há um reconhecimento deste nosso trabalho, tanto que agora mesmo recebi pesquisas de Pinheiro e de Vargem Grande, e o nosso governo com aprovação superior a 60% quase 70%. São dados que nos animam bastante.

Governo do Estado forma novos soldados no Polo de Pinheiro



Com uma formação regionalizada ocorrendo em vários polos do estado, possibilitando assim, que desde o início da formação o policial militar  possa conhecer de perto a realidade da localidade onde atuará, a Polícia Militar realizou o Curso de Formação de Soldados 2015(CFSD)  da segunda turma emcincopolosespalhados em várias cidades do Maranhão.

No sábado (26), foram formados 44novos soldados PMMA, que serão incorporados aos quadros do 10º BPM. A solenidade que aconteceu, na área externa do quartel do 10º BPM, em Pinheiro, foi prestigiada por diversas autoridades e familiares dos novos soldados e presidida pelo comandante geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves.


Além do polo no 10º BPM em Pinheiro, o 18º BPM, sediado em Presidente Dutra, realizou no último dia 23, a formatura de oitenta e um novos soldados. Em São Luis já haviam sido incorporados 433 soldados, na primeira quinzena de dezembro. Ao todo, o Governo do Estado entregou a sociedade 1347 novos policiais militares em todo o estado.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves, afirmou que os novos soldados passaram por um processo de formação diferenciado e estão prontos para atuar no combate ao crime. “Esta formação destes novos soldados é mais uma prova de que a Segurança Pública do Maranhão viveum novo momento e tem tomado novos rumos. Estes novos soldados passaram por uma formação com uma grade curricular bem estruturada, o que vai refletir em resultados que serão consolidados em  melhorias e mais tranquilidade para a população. Todos os novos soldados estão bem formados e treinados e irão combater, de forma técnica, o crime em todo o estado”, destacou o coronel Alves.


Outras formaturas

Ainda no calendário de formaturas dos novos soldados da segunda turma do CFSD, acontece nesta segunda-feira (28) a formatura de 460 novos soldados em São Luís. Na terça-feira (29)ocorrem solenidades nas cidades de Pindaré- Mirim e Caxias.

Estiveram presentes na cerimônia o deputado estadual Cabo Campos, presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa; os coronéis Gonçalo Sousa e Láercio Ozório, comandantes do Policiamento do Interior e comandante do Policiamento de Área V, respectivamente, o comandante do 10º BPM, major Osmar Alves, além de oficiais, praças e familiares dos novos soldados.

Celebração ecumênica sela parceria entre Caema e Arquidiocese de São Luís



A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), em parceria com a Arquidiocese de São Luís, realizou uma cerimônia Natalina, que incluiu um culto, e, em seguida, uma missa. O evento marcou a adesão do órgão à Campanha da Fraternidade 2016, que nesta edição debaterá o tema “Casa Comum, Nossa Responsabilidade”, como lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”.
A celebração natalina ocorreu na sede da Caema, no Centro de São Luís, com culto evangélico ministrado pelo Pastor Hamilton Rocha, representante da Igreja Batista do Calhau. Em seguida, uma missa foi celebrada pelo Arcebispo Dom Belisário da Arquidiocese de São Luís.
Para Dom Belisário, o encontro marcou um novo momento para a geração de oportunidades de mais qualidade de vida aos maranhenses. Já o diretor- presidente da Caema, Davi Telles, destacou a importância daquele momento por “estar junto desses guerreiros da nossa Caema, que fazem tanto esforço diário pra que ela continue existindo porque entendem o saneamento como fundamental”, avaliou.
Telles ressaltou que o Governo tem feito um esforço muito grande para priorizar o saneamento que, oportunamente, neste ano, coincide com a Campanha da Fraternidade. “Em 2015 e 2016 o governador Flávio Dino determinou um orçamento para investir em abastecimento de água nos Programas Água para Todos e no Mais Saneamento. Isso é uma revolução. Nunca foi investido, nos últimos 30 anos, uma quantia desta”.
A atual gestão do Governo, preocupada com a desigualdade social, resolveu começar um trabalho pelos trinta municípios mais pobres do Maranhão. Dos 150 municípios pobres no Brasil, 30 estão no território maranhense. “E uma coisa que nos incomoda muito é que há várias escolas, casas sem saneamento, sem água. O governador determinou fazer 30 sistemas de abastecimento nestes 30 municípios mais pobres do Estado. Todos eles terão água potável, inclusive nas áreas rurais”, destacou Davi.
O presidente da Caema ressaltou a importância da campanha da fraternidade, e ainda falou de algumas características importantes e muito especiais para o atual momento.  “Primeiro por se tratar do saneamento inspirada em uma encíclica do Papa Francisco chamada de ‘Laudato si’, onde ele fala da imprescindibilidade do cuidado da nossa casa comum, da nossa natureza, do cuidado com as nossas águas, do cuidado com o mundo. Segundo lugar porque a campanha da fraternidade ecumênica acontece pela quinta vez depois de muito tempo, onde congrega diversas denominações cristãs, inclusive a Igreja Batista, da qual faz parte o pastor Hamilton. Por fim, porque a Campanha da fraternidade de 2016 tem uma parceria com a Alemanha, que é um país super desenvolvido na área do saneamento”, disse Telles.
O presidente da Caema disse aderir a Igreja Católica, e a todos aqueles que estão organizando a campanha. “No ano que vem a Companhia estará de corpo e alma aderente e participante da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2016”, informou.
Para o promotor do Meio Ambiente, Fernando Barreto, a água no mundo é fonte de conflito. Segundo ele, há guerra por água. “Falar em fraternidade é virar um pouco dessa história porque água é valor econômico, água leva desenvolvimento, por isso, ela gera conflito. A Campanha da Fraternidade falando de água torna-se essencial porque nós estamos há 5 anos em seca, nós maranhenses sentimos menos, aqui na capital sentimos menos, mas quem está lá no sertão sente muito mais. O desafio da água é universalizá-la, fazer com que ela volte as origens. Precisa-se garantir que o cidadão mais humilde tenha água e água tratada”, disse.

De acordo com Barreto, a grande missão é mostrar à população que trata-se o esgoto, trata-se a água não somente para ir à praia, mas para que cada cidadão tenha direito ao acesso a água. Para ele, a grande missão é popularizar, é fazer o cidadão comum entender que isto é um direito que ele tem.

sábado, 26 de dezembro de 2015

Em 2015, governo do Maranhão investiu R$ 173 milhões no “Mais Asfalto” e R$ 835 milhões em rodovias

Em 2015, o governador Flávio Dino investiu fortemente na infraestrutura do Maranhão. Recuperação de vias quase intrafegáveis, construção de novos trechos rodoviários e estruturação de espaços públicos marcaram a agenda de ações do primeiro ano de gestão. Além de São Luís, o ‘Mais Asfalto’ chegou em cidades como Imperatriz, Caxias, Timon, Lagoa Grande, Açailândia e Raposa. No total, foram investidos R$ 173 milhões no programa.
Os investimento também chegaram nas rodovias estaduais. Se conservadas e de boa qualidade, as estradas levam desenvolvimento econômico e social aos municípios, garantindo acesso de pessoas e escoamento de produtos. Em 2015, o governo do Estado investiu R$ 835 milhões para o asfaltamento em 935 km. Foram inauguradas cinco rodovias, iniciado o trabalho em outras 12 e estruturado o projeto para licitação de outras sete obras.
Ainda no início do mandato, o governo do Estado implementou o programa ‘Mais Asfalto’, que tem por objetivo melhorar as vias urbanas das cidades, que são de responsabilidade dos gestores municipais. A partir de parcerias firmadas com as prefeituras, foi possível entregar aos municípios, neste ano, 723 km de pavimentação, beneficiando 107 municípios.
“Estamos com obras de estradas e pontes em execução em todas as regiões do estado. São obras públicas importantes para o desenvolvimento do nosso Estado e que ajudam a gerar emprego e renda para melhorar a vida das pessoas”, disse o governador Flávio Dino.
As obras rodoviárias da MA-381 (Joselândia-Pedreiras, trecho entre Predreiras-Povoado Pacas e Joselândia-Povoado Pacas), MA-334 (Riachão- Feira Nova), MA-138 (Fortaleza dos Nogueiras- São Pedro dos Crentes), MA-034 (Baú-Matões) foram concluídas neste primeiro ano de gestão. Já as obras entre km 50 e o povoado Batavo, Lagoa Grande – Lago da Pedra, Itaipava do Grajaú – BR 226, Barra do Corda – Fernando Falcão, Presidente Médice – Centro do Guilherme, Barão de Grajaú – São Francisco do Maranhão, Bom Jardim – São João do Carú, Lagoa do Mato – Gavião, Entrocamento BR 010 – Cidelândia, Balsas – Povoado Ouro, Povoado Ouro – km 50 e Coelho Neto – Afonso Cunha estão em andamento.
OBRAS RODOVIÁRIAS ENTREGUES EM 2015
TRECHOEXTENSÃO
Pedreiras – Povoado Pacas30 km
Joselândia – Povoado Pacas26 km
Riachão – Feira Nova60 km
São Pedro dos Crentes – Fortaleza dos Nogueiras51 km
Matões – Baú71 km
R$ 159, 6 Milhões Investidos

OBRAS RODOVIÁRIAS EM ANDAMENTO
TRECHOEXTENSÃO
Km 50 – Povoado Batavo85 km
Lagoa Grande – Lago da Pedra65 km
Itaipava do Grajaú – BR 22670 km
Barra do Corda – Fernando Falcão112 km
Presidente Médice – Centro do Guilherme32 km
Barão do Grajaú – São Francisco do Maranhão67 km
Bom Jardim – São João do Carú86 km
Lagoa do Mato – Gavião33km
Entroncamento BR 010 – Cidelândia57 km
Balsas – Povoado Ouro50 km
Povoado Ouro – Km 5067 km
Coelho Neto – Afonso Cunha42 km
R$ 676,2 Milhões Investidos

OBRAS EM FASE DE PROJETO E LICITAÇÃO
OBRAINVESTIMENTO
Ponte sobre o Rio PericumãR$ 72 milhões
MA-034 – São João dos Patos – Passagem FrancaR$ 42,7 milhões
Acesso à ponte sobre o rio Parnaíba, em São BernardoR$ 7,1 milhões
MA-034, trecho São João dos Patos-Passagem FrancaR$ 30,9 milhões
MA-012 – Trecho São Raimundo do Doca Bezerra – BR 226R$ 43 milhões
Corredor entre a MA-210 – Av. Jerônimo de AlbuquerqueR$ 10,4 milhões
Urbanização do córrego em vias urbanas de São Roberto

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...