quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

GOVERNO ANUNCIA RECOMPOSIÇÃO SALARIAL PARA PROFESSORES DA REDE ESTADUAL


Governador Flávio Dino assina recomposição salarial dos professores da rede estadual
O governador Flávio Dino concedeu, nesta terça-feira (27), recomposição salarial a todos os integrantes do Subgrupo Magistério da Educação Básica do Maranhão e professores contratados. A medida, que vai na contramão da maioria dos estados brasileiros, que até o momento não concederam qualquer percentual à categoria, terá impacto anual de R$ 115 milhões na folha de pagamento do Estado.
A recomposição no percentual de 6,81% concedida aos professores da Rede Pública Estadual será paga sobre o vencimento em duas parcelas, sendo 2,71%, implantada no mês de março, e, a segunda, de 3,99% em junho.
Após a implantação integral da recomposição, um professor em início de carreira com 40 horas de jornada semanal terá remuneração de R$ 5.750, 83. Já o docente em início de carreira, com 20 horas semanais receberá o equivalente a R$ 2.875,41.
Aos professores contratados, o Governo do Estado fará a recomposição salarial equiparando os vencimentos ao valor estabelecido pela Piso Nacional em 2018, retroativo ao mês de janeiro.
“Nós governamos em uma conjuntura muito hostil, em todos os sentidos. Temos feito um esforço grande para manter nossas obrigações e ampliar investimentos públicos, principalmente na educação. Essa é uma conquista importante e histórica para a categoria, que reflete em melhorias na área”, destacou Flávio Dino.
Além do aumento na remuneração dos professores, o governador Flávio Dino já concretizou inúmeras ações e benefícios, que representam muito mais do que o cumprimento de direitos, mas, principalmente, conquistas históricas para os professores.
Entre elas, concurso público para 1.500 professores com carga horária de 40h pela primeira vez na história, incluindo 230 vagas para profissionais da Educação Especial e realizará um novo concurso previsto na lei orçamentária para 2018, com oferta, pela primeira vez, de vagas para educação indígena, educação no campo e quilombola.
O governo também avançou na concessão das gratificações nunca antes implantadas, como as de dedicação exclusiva para a educação integral e de educação inclusiva, para os docentes da rede estadual, além do reajuste da gratificação para gestores escolares.
Também realizou de forma inédita no estado concursos internos para ampliação de jornada e unificação de matrículas, beneficiando 1.200 professores em 2017 e mais 1.200 em 2018.
Nos últimos 3 anos, realizou o maior número de estímulos profissionais em igual período de tempo da história: mais de 22 mil progressões, promoções, titulações.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), Raimundo Oliveira, destacou que reconhece o esforço do governo, mesmo diante da crise econômica que assola o país, a categoria obtém inúmeras conquistas.
“E uma proposta aceitável, porque atende dois pontos que é a recomposição sobre o vencimento e o valor integral do percentual. Estamos saindo com um ponto atendido. O Maranhão está saindo na frente com essa recomposição. Isso é fruto do diálogo com o governo do Maranhão que antes não tínhamos”, destacou.
28/02/18 00:25:03: Rafael Arrais: *São Luís: Assaltos a ônibus caem em 2017 no comparativo com o ano anterior*
Números têm como base, boletins de ocorrência registrados pelas empresas que atuam no sistema, relatando os crimes.
O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão divulga o resultado do quantitativo de assaltos a ônibus registrados na Grande São Luís nos últimos três meses de 2017. Em Outubro ocorreram 48 ações do tipo; 30 em Novembro e 42 assaltos em Dezembro. Desta forma, durante todo o ano passado foram contabilizados oficialmente, 580 assaltos a coletivos.
Em importante ressaltar que estes números, compõem as estatísticas das próprias empresas de ônibus que atuam no sistema em São Luís e que denunciaram as ações, registrando boletins de ocorrência. Comparando com 2016, quando foram contabilizados 604 assaltos, é possível observar uma queda no quantitativo destes crimes, ou seja, em 2017 foram 24 assaltos a menos que no ano anterior.
Em relação às localidades que os criminosos praticaram mais assaltos durante todo ano passado destaque para: Centro (em diversos pontos); nos Terminais da Praia Grande e da Cohama, na BR 135 (da saída de São Luís até Estiva); nos bairros do Turu e Angelim e na Avenida Jerônimo de Albuquerque (em diversos pontos).
No decorrer de todo o ano passado, Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários, demonstrou grande preocupação, no que se refere à incidência de assaltos na Grande São Luís. Em diversas ocasiões esteve reunido com representantes das policias civil e militar, alertando sobre a necessidade de desenvolver ações mais eficazes que pudessem combater com mais rigor este tipo de crime na capital.
“Reconhecemos o apoio das policias que juntas, atuaram na tentativa de impedir os assaltos e prender os criminosos, que geram medo não só em quem é usuário do transporte publico, mas também em motoristas e cobradores, que ficam a mercê desta situação e por varias vezes, na mira dos bandidos. Mês a mês, o Sindicato dos Rodoviários, recebe os números fornecidos pelas empresas e repassa para a Polícia Militar, para que eles possam mapear os horários e as áreas, em que os assaltos são mais freqüentes. Nossa parte tem sido feita rigorosamente e tudo que está ao alcance da entidade. Houve uma redução nas estatísticas, mas não há motivos para comemorar. É necessário agir, para que haja um controle mais efetivo e claro, garantir maior tranqüilidade aos usuários e trabalhadores que atuam no sistema”, enfatiza Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Desandou: delegado, aliado do ex-senador José Sarney é exonerado da direção da PF

Fabio Serapião, Fausto Macedo, Julia Affonso e Luiz Vassallo
O Estado de São Paulo

O delegado da Polícia Federal Fernando Segovia não é mais diretor-geral da corporação. O novo diretor é o delegado Rogério Augusto Viana Galloro, atualmente na Secretaria Nacional de Justiça.

Segovia, aliado do ex-senador José Sarney (MDB-AP), ficou à frente da PF pouco menos de quatro meses. O delegado tomou posse em 20 de novembro do ano passado.

A demissão de Segovia foi decidida pelo ministro Raul Jungmann, que tomou posse nesta terça-feira, 27, no comando do novo Ministério Extraordinário da Segurança Pública, Pasta que incorporou a Polícia Federal, então atrelada à estrutura do Ministério da Justiça.

Durante os quatro meses em que permaneceu no cargo, Fernando Segovia protagonizou episódios polêmicos. No momento de maior crise, Fernando Segovia teve que se explicar ao ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, uma declaração à agência Reuters.

A fala de Segovia sugeria que a tendência da Polícia Federal era recomendar o arquivamento do inquérito contra o presidente Michel Temer, no caso do Decreto dos Portos. O delegado afirmou ainda que poderia abrir investigação interna para apurar a conduta do delegado Cleyber Malta Lopes, responsável pelo inquérito.

O motivo seriam os questionamentos enviados a Temer no caso. Na ocasião, a defesa do presidente disse que as perguntas colocavam em dúvida a “honorabilidade e a dignidade pessoal” do presidente.

Nesta segunda-feira, 26, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ameaçou pedir o afastamento de Fernando Segovia caso o delegado voltasse a se manifestar sobre inquéritos.

Antes de ser demitido, Fernando Segovia recuou e reformulou uma regra interna para solicitação de reforço em grandes operações. No inicio do mês, o chefe da corporação havia criado uma normativa que previa a obrigatoriedade dos superintendentes regionais em registrar o número do inquérito ao solicitar reforço para deflagração de operações. O caso foi revelado pelo site O Antagonista.

O recuo de Segovia foi mais um capítulo do momento de crise na relação entre a cúpula da PF e grupos de delegados. Desde que foi indicado pelo presidente Michel Temer, apadrinhado pelo MDB, Segovia enfrentou resistência por parte de alguns delegados, em especial, dos que integram o grupo que atua em inquéritos perante o Supremo.

Novo diretor

Galloro ingressou na PF em agosto de 1995. Com mais de 22 anos de carreira, o delegado já ocupou postos estratégicos na instituição. Entre abril de 2011 e junho de 2013 foi adido da PF nos Estados Unidos. Ele também foi superintendente regional em Goiás (outubro 2007/janeiro 2009).

Leonardo Sá deixa ninho do Pc do B e Toca Serra também muda de ninho

Pedro Fernandes e Pedro Lucas com os pré-candidatos; 
maioria confirmou filiação
Comandado pelo deputado federal Pedro Fernandes, o PTB maranhense deve receber um grupo de pré-candidatos a deputado federal e estadual que fortalecerão sua chapa nas eleições de outubro.
Entre os que devem se filiar estão nomes como os de Paulo Roberto Pinto, o Carioca, Edinaldo Neves,  Marcos Caldas, Camilo Figueiredo e Priscila Sá, Toca Serra, Sérgio Vieira e Leonardo Sá.
Para atrair candidatos de peso, o PTB adotou uma lógica política: todos terão liberdade para apoiar seus candidatos a governador e a senador.
Há no grupo de novos prováveis filiados sarneysistas, dinistas e independentes, que poderão fazer campanha para seus grupos.
Além de Pedro Fernandes, o PTB tem como liderança no Maranhão o vereador Pedro Lucas, que é secretário do governo comunista.
A filiação dos novos petebistas está marcada para o dia 10 de março…

MP aciona prefeito de São João Batista por improbidade administrativa



A Promotoria de Justiça da Comarca de São João Batista ingressou, nesta terça-feira, 27, com uma Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra o prefeito João Cândido Dominici. A ação foi motivada pela pintura de diversos prédios públicos nas cores do partido político do gestor municipal, ferindo o princípio da impessoalidade na administração pública.

Em janeiro de 2017, no início do mandato do atual prefeito, o Ministério Público emitiu Recomendação a respeito do tema. Os principais prédios públicos do município estavam sendo pintados com as cores amarelo e azul, do partido PSDB, e amplamente utilizadas na campanha eleitoral de João Dominici.

Apesar de recebida pessoalmente pelo prefeito em 18 de janeiro de 2017, a Recomendação não foi cumprida. Posteriormente, duas requisições foram encaminhadas ao procurador-geral do Município, solicitando os procedimentos licitatórios ou de dispensa de licitação relativos à pintura dos espaços públicos, mas também não foram atendidas.

Uma nova Recomendação foi enviada, orientando que o próprio gestor municipal custeasse os serviços para desfazer as pinturas irregulares nos prédios municipais, mais uma vez não atendida.

Um relatório elaborado pela Promotoria de Justiça de São João Batista apontou que a sede da Prefeitura e as secretarias municipais de Saúde, Assistência Social, Educação, além da Praça da Matriz e o estádio municipal foram pintados de azul e amarelo. Na mesma situação estavam o Mercado Municipal do Peixe, o Conselho Tutelar e a Unidade Básica de Saúde.

Na área da educação, utilizam as cores que diferem das presentes na bandeira do Município (azul, vermelho e branco) o Centro Integrado Marly Sarney, a Oficina Pedagógica Deputado Gastão Vieira e o Farol do Saber.

Das investigações também consta uma consulta de preços para calcular os prejuízos causados ao erário pela pintura irregular dos espaços públicos. Chegou-se a um orçamento de R$ 47 mil.

“O demandado, ao dar início ao exercício do seu mandato como prefeito do Município de São João Batista, em menos de um mês iniciou uma ‘difusão’ das cores azul e amarela pelo município, consubstanciada na pintura de prédios públicos, escolas, divulgação de material de propaganda institucional, inclusive através do sítio oficial da Prefeitura de São João Batista, dentre outros, em total descompasso com as cores dos símbolos oficiais do Município e do Estado do Maranhão”, observa, na ação, o promotor de justiça Felipe Augusto Rotondo.

Na Ação, o Ministério Público do Maranhão pede que a Justiça condene João Cândido Dominici por danos morais coletivos, indenizando a administração pública em R$ 50 mil. Também foi pedida a indisponibilidade dos bens do gestor municipal até o valor de R$ 141 mil, referente ao valor das obras mais a multa que pode ser aplicada ao prefeito.

Além disso, se condenado por improbidade administrativa, o prefeito de São João Batista estará sujeito ao ressarcimento integral do dano causado, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa de até 100 vezes a remuneração recebida no cargo de prefeito, entre outras sanções.

DITO E FEITO! PREFEITO LUCIANO PAGA TODOS OS FUNCIONÁRIOS NA MANHÃ DESTA QUARTA-FEIRA (28)!


E bem verdade que é uma obrigação da administração fazer o pagamento em dias vão falar alguns, mas para quem conhece a realidade sabe que é superação e muito planejamento realizar esses pagamentos em dias e aqui diferente de muitas prefeituras foi possível sim, e a prefeitura de Pinheiro realizou, na manhã desta quarta-feira, o pagamento dos funcionários efetivos, contratados e comissionados do município.
Apesar da crise e das dificuldades enfrentadas, o prefeito Luciano Genésio não tem medido esforços para manter seus compromissos assumidos com os servidores publico. O ano de 2018 inicia-se de maneira diferente, após realizar o melhor carnaval do Maranhão e de ter realizado os governos itinerantes que levaram diversos benefícios a zona rural da cidade, o prefeito cumpre sua palavra e mantém os salários em dia.
“Quero aqui, de público, agradecer a todos os funcionários que acreditaram e que confiaram no prefeito Luciano, o ano de 2017 foi muito difícil, mas assumir um compromisso com a sociedade que iria colocar a casa em ordem e estou cumprindo por quê comigo é dito e feito”, relatou o prefeito Luciano Genésio.
E a prefeitura de Pinheiro vai construindo uma nova história.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Sem argumentos, Adriano Sarney parte para agressão pessoal contra Rogério Cafeteira

O clima na Assembleia Legislativa esquentou na sessão desta segunda-feira. O embate sobre a saúde fiscal do Maranhão travado entre o líder do Governo, Rogério Cafeteira, e Adriano Sarney excedeu o campo das ideias e argumentos. Completamente destemperado, o neto do oligarca José Sarney perdeu a linha e partiu para uma tentava de agressão física contra Cafeteira.
Tudo começou com a réplica explicativa e bem estruturada que Cafeteira fez sobre o factoide criado por Adriano de que o Maranhão estaria quebrado financeiramente. Na última quinta, o neto de Sarney já tinha fugido do debate por causa da presença do seu pai na Assembleia. Foi então que ele utilizou o império midiático da família para sustentar seu embuste, mesmo com a contra-argumentação de Cafeteira que desmascarou toda a falácia oposicionista.
Ontem, por meio das redes sociais, Adriano desafiou Cafeteira a voltar ao assunto, fato que ocorreu na sessão de hoje. Sem responder as explicações do líder do governo, o filhote da oligarquia, mostrando nervosismo, entrou em outro assunto, desta feita sobre previdência, não esclarecendo a explanação de Cafeteira.
Tranquilo, o líder do governo ouviu atentamente o pronunciamento de Adriano, quando começou a sofrer ataques pessoais. Transtornado, o neto de Sarney começou a fazer acusações contra o tio de Rogério, o ex-governador e ex-senador Epitácio Cafeteira. Sem argumentos para contra-argumentar a explicação do líder do governo, Adriano mostrou a face mais desesperada da oligarquia da qual faz parte.
A atitude do representante oligárquico na Assembleia Legislativa só demonstra o desespero que toma conta do clã Sarney às vésperas do que pode ser o enterro político da família no Maranhão.

Jefferson Portela diz que pode haver novas prisões de envolvidos com quadrilha de contrabandistas


O secretário de Estado da Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, voltou a se manifestar, nesta segunda-feira (26), sobre o inquérito policial que investiga a quadrilha de contrabandistas desarticulada na última quinta-feira (22). Ele disse que o inquérito policial estará concluído até a próxima sexta-feira (02/03), prazo final estabelecido pelo CPP. Por isso, várias pessoas prestaram depoimento no fim de semana. Nesta segunda-feira (26), outras pessoas estão sendo ouvidas na Superintendência de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor).

“Isso é para deixar bem claro o conteúdo que queremos alcançar sobre a participação de servidores de segurança pública e de polícia com práticas ilícitas e criminosas. Portanto, se for o caso de abrir investigações complementares, isso será feito”, disse o secretário.

Sobre novas prisões, ele disse que certamente ocorrerão. Portela não descarta a possibilidade de outras pessoas da segurança estarem envolvidas com a quadrilha. “Agora é buscar a conexão com a participação de outras pessoas. Isso será feito. Nosso papel é trabalhar fortemente contra qualquer desvio de conduta”, ressaltou.

O delegado Tiago Bardal, investigado por participação na organização criminosa, já está afastado de suas funções na Superintendência de Investigação Criminais (Seic) e teria se apresentado nesta segunda-feira (26) ao delegado-geral para ter sua situação administrativa definida. Segundo Portela, o delegado será o último a ser ouvido.

“A investigação criminal tem uma lógica. A pessoa que está sob investigação, nunca é a primeira a ser ouvida. Há uma sequência de atos anteriores para subsidiar as perguntas que serão feitas. A lógica é o investigado ser ouvido depois, fora do momento de prisão em flagrante”, acrescenta.

Sobre a prisão do delegado Tiago Bardal, Portela disse que é uma questão judicial. “Foi pedida a prisão dele. Essa avaliação é do parecer de um Promotor e a decisão de um juiz”, finalizou o secretário.

Portela informou que, nos últimos quinze dias, a quadrilha fez dez descargas de mercadorias de um barco no porto clandestino na localidade Arraial, no bairro Quebra Pote, em São Luís.

Juiz Ronaldo Maciel determina prisão preventiva de militares suspeitos de contrabando no Maranhão

Juiz Ronaldo Maciel
O juiz Ronaldo Maciel converteu, na noite desta segunda-feira (26), a prisão em flagrante em prisão preventiva a oito pessoas acusadas de participar de uma quadrilha especializada em contrabando de armas, cigarros e bebidas para São Luís.

Das oito pessoas, três são policiais militares. O juiz justificou a prisão alegando a plausabilidade de ocorrência de organização criminosa e a participação dos acusados.

Em relação ao delegado Thiago Bardal - que era superintendente de investigações criminais no Maranhão e foi exonerado do cargo na quinta-feira (22) por suspeita de envolvimento com o crime organizado -, a decisão ainda não aconteceu.

A Secretaria de Segurança Pública fez o pedido de prisão preventiva contra o delegado, mas o pedido ainda está com o Ministério Público e não chegou às mãos do juiz.

O nome dos acusados não-militares que tiveram a prisão preventiva decretada são: Rogério Sousa Garcia, Edmilson Silva Macedo, José Carlos Gonçalves (ex-vice-prefeito de São mateus), Rodrigo Santana Mendes eÉder Carvalho Pereira.

Além deles, três policiais militares são acusados de participares da quadrilha de contrabandistas e também tiveram a prisão preventiva convertida. São eles: Luciano Fábio Farias Rangel (Major), Fernando Paiva Morais Junior (Soldado) e Joaquim Pereira de Carvalho Silva (Sargento).

Conclusão do inquérito e possibilidade de novas prisões

Na segunda-feira (26), o secretário de Segurança, Jefferson Portela, garantiu que o inquérito policial será concluído até a próxima sexta-feira. Por conta disso, várias pessoas prestaram depoimento no fim de semana e durante toda esta segunda-feira. Segundo ele, o delegado Tiago Bardal , já indiciado no inquérito, será o último a ser ouvido.

O secretário disse que outras pessoas, inclusive integrantes da segurança, podem ser presas por suspeita de participação na quadrilha de contrabandistas.

Com informações do G1 MA

SINDICATO DOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL DE PINHEIRO: SINPROSEMPI ESCLARECE DÚVIDAS

Na manhã desta segunda-feira (26), a equipe de reportagem do programa Repórter Cidadão esteve presente no Sindicato dos Professores esclarecendo dúvidas sobre a real situação da educação de Pinheiro.
Os professores estão em movimento conjuntos com municípios vizinhos.
Entrevistamos a presidente e a vice-presidente do Sindicato DINELE RIBEIRO e  RODRIGUES, juntas esclareceram dúvidas a respeito da educação da Baixada Maranhense.
Estava previsto nesta segunda-feira uma paralisação de 72 horas, por parte do sindicato dos professores de Pinheiro e dos municípios da baixada, porém uma determinação do judiciário do sindicato, o movimento foi adiado até segunda ordem
Dinele esclareceu que a oposição tenta colocar a população contra o prefeito Luciano, mas a mesma situação que Pinheiro passa, acontece também em outros município como de Presidente Sarney, que inclusive ainda nem realizou a semana pedagógica e se houvesse uma paralisação hoje, os professores de outras cidades também iriam paralisar, essa não é uma situação específica de Pinheiro.
Ainda na entrevista, Dineli garantiu que os recursos do FUNDEB estão de posse dos municípios em uma conta exclusiva, porém o dinheiro só será liberado para seus devidos fins depois de uma autorização do TCE-MA, Tribunal de Contas do Maranhão.
Em relação aos salários dos professores DinelIi garante que: “ o salário dos professores está em dias tanto servidores efetivos quanto contratados”, enfatiza Dineli.
Uma grande confusão girava em torno do 13º salário dos servidores contratados e LEONIZA deixa claro que “ Segundo a lei só tem direito a 13º salários servidores que trabalham 12 meses por ano que não é o caso dos contratados que têm um contrato vigente de 10 meses deixando-os, segundo a lei, impossibilitados de receberem esse benefício.
Com salários em dias e escolas em boas condições, os professores se dedicam cada vez mais para garantir aos alunos uma educação de qualidade.
A equipe do Programa Repórter Cidadão agradece ao Sindicato pelas dúvidas esclarecidas.
E hoje (26), deu-se início ao ano letivo no município de Pinheiro.

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

10 BPM DISCUTE AÇÕES DE SEGURANÇA COM MORADORES DO POVOADO PARAÍSO

Na noite deste sábado, 24, o Ten Cel Diniz, Cmt do 10 BPM reuniu-se com moradores do Pov Paraíso, município de Pinheiro, para tratar de segurança pública naquela localidade. Na oportunidade , o Oficial abordou sobre a importância da parceria entre Polícia x Comunidade ressaltando a necessidade da colaboração de todos no combate a criminalidade. Os moradores falaram sobre seus problemas e solicitaram maior presença da PM. Ao final, o Tc Diniz se comprometeu em aumentar as rondas em horários inopinados e a comunidade em ajudar a polícia com mais informações. A reunião foi bastante produtiva, onde reinou um clima de respeito, paz e harmonia.

Zé Reinaldo sugere montar chapa com Waldir Maranhão para enfrentar Flávio Dino

Anunciado publicamente o rompimento de Zé Reinaldo (sem partido) com Flávio Dino (PCdoB). O deputado federal revelou que vem conversando com vários políticos e não descartou montar uma chapa junto com Waldir Maranhão (Avante), que também é pré-candidato ao Senado. Na opinião do ex-governador, os dois juntos podem se unir e buscar um candidato ao Governo com chances reais de vitória.
Zé Reinaldo diz que assim como ele, Waldir Maranhão também será preterido por Flávio Dino e ambos agora tem que seguir caminhos em busca da vitória na eleição desse ano.
Alguns já apostam que a chapa ideal seria Roberto Rocha (PSDB) a governador, Waldir e Zé Reinaldo ao Senado, assim como outras lideranças compondo como Sebastião Madeira (PSDB), Fábio Macedo (PDT), Wellington do Curso (PP), todos estes traídos pelo governador Flávio Dino.

Waldir Maranhão tem encontro com Zé Reinaldo

Dois dias após o rompimento de Zé Reinaldo com o governador Flávio Dino (PCdoB), o deputado federal terá um encontro emblemático, nesta segunda-feira (26), com um colega de bancada: o deputado Waldir Maranhão (Avante).
A agenda foi confirmada ao Blog do Gilberto Léda pelo próprio ex-governador.
Ele não revelou o objetivo da reunião, mas o blog apurou que Waldir anda muito próximo de também anunciar que está pulando do barco comunista.
Em Brasília, o deputado já tem garantias de membros de alto coturno do PT – dentre eles o próprio Lula e José Dirceu – de que o partido lhe dará o apoio necessário a seu projeto de senador em 2018, exatamente como combinado durante o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).
Exatamente o acordo que Flávio Dino finge não saber que firmou.

Sebrae apoia estruturação da RedeSimplesna baixada e litoral ocidental maranhense

O ciclo de treinamentos promovidos pelo Governo do Estado, através da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), foi iniciado pela regional de Pinheiro.

Pinheiro - Em uma articulação da diretoria executiva do Sebrae Maranhão, por intermédio do diretor superintendente João Martins e pela Unidade de Políticas Públicas do Sebrae no estado, foi iniciado no município de Pinheiro, na manhã da última terça-feira (20), no auditório da unidade regional do Sebrae,o Ciclo de Treinamentosdo Sistema Empresa Fácil, promovido pelo Governo do Estado, por intermédio da Junta Comercial do Maranhão (Jucema). 
Trinta e seis servidores públicos de dez municípios das regiões da baixada e do litoral ocidental maranhense participaram da capacitação que teve como objetivo prepará-los para a utilização e gerenciamento do sistema.Pinheiro, Cururupu, Alcântara, Bacurituba, Central do Maranhão, Bequimão, Santa Helena, Apicum Açu, Mirinzal e Palmeirandia, foram os municípios representados.

Empresa Fácil é como foi batizado no estado do Maranhão o sistema que integraa Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSimples), que tem como principal finalidade simplificar e diminuir o tempo e o custo para a abertura de empresas, desburocratizando e integrando procedimentos, evitando a duplicidade de exigências e gerando informações mais precisas, entre outros benefícios.

O diretor superintendente João Martins, destaca a importância da RedeSimples para o empresariado do estado e a importâncias das parcerias nesse processo de implementação do sistema.“Todo este trabalho é resultado de parcerias, todas elas com um único intuito, desburocratizar o processo de constituição e extinção de empresas dentro do nosso estado. Hoje,o trabalho do Governo do Estado, realizado em conjunto com o Sebrae e outros órgãos parceiros,permite a utilização do sistema da RedeSimples, onde abrir ou até mesmo extinguir uma empresa no Maranhão deixou de ser uma odisseia que levava vários meses e agora pode ser solucionada em poucos dias. Contribuindo com esse trabalho o Sebrae acredita que está cumprindo de maneira eficaz com a sua missão”, afirmou Martins.
 Italo Guilherme é coordenador da Rede Sim no estado do Maranhão, segundo ele o ano de 2018 será um ano de solidificação da RedeSimples em todo o estado.
 “Hoje a RedeSimples já está implantada em todo o estado do Maranhão, esse foi um marco que alcançamos ainda em 2017 e agora no ano de 2018 estamos trabalhando para efetivar e otimizar esse trabalho, reunindo as prefeituras e treinando os seus representantes responsáveis pela RedeSimples”, afirmou Guilherme.
 O gerente substituto do Sebrae em Pinheiro, Breno Soeiro, destacou a importância da capacitação para que os municípios que integram a regional criem um ecossistema cada vez mais favorável para a criação e implantação de novas empresas.
 “A unidade regional do Sebrae em Pinheiro tem feito um trabalho intenso e constante de acompanhamento, para que os municípios da baixada e do litoral ocidental maranhense possam se integrar e utilizar ferramentas que agilizem os processos, como a RedeSimples, em benefício da classe empresarial”, disse Soeiro.
 Dando continuidade ao ciclo de treinamento pelo estado, a próxima cidade a receber a equipe da Jucema será Pedreiras, na região do Médio Mearim. A data ainda está sendo definida.

Nelson dos Santos Anuncia desligamento da Pericumã


O apresentador Nelson dos Santos usou as Redes Sociais para anunciar seu desligamento do Sistema Pericumã de comunicação de propriedade do ex prefeito de Pinheiro Filuca Mendes .
Nelson dos Santos um dos pioneiros na emissora por muitas vezes demonstrou seu amor pela profissão que exercia,  e até mesmo pelo Sistema como prova disso fez uma tato no ante-braço com o logo da Pericumã.
Muitas especulações na rede, por conta da repentina saída do apresentador do “ Pericumã Noticia”, que tentava fazer um programa de forma profissional, porém muitas vezes escorregando na Ética por conta da linha editorial da emissora.
Realmente chama a atenção a saída dele, já Que Nelson sempre foi um militante fiel ao grupo do seu agora ex patão, algo muito serio para desfazer esse longo  casamento dele com a Pericumã. Mas para quem trabalha com seriedade com certeza novos mercados devam aparecer e logo volte a trabalhar com salários dignos e pagos em dia.

tatuagem revela paixão pela emissora

fidelidade canina ao ex chefe

Perguntado porque saiu?



Camelôs da Deodoro fazem protesto nesta segunda-feira (26) por realocação

Um grupo de trabalhadores do comércio popular do centro de São Luís bloqueou a Praça Deodoro na manhã desta segunda-feira (26) em protesto pela retirada das bancas do local onde trabalham, por conta de uma obra do Iphan.
Segundo os camelôs, as a retirada de seu local de trabalho é arbitrária. “Eles ficam tirando a gente como quem tira cachorro […] Deram uma posição para a gente de que até o final do mês de março ou de abril (para relocação), agora já querem tirar a gente amanhã”, declarou um dos comerciantes autônomos, Josimaria Marinho, ao O Imparcial.
A obra do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional é executada através do PAC Cidades Históricas, do Governo Federal.
Os camelôs também repudiaram a presença da Polícia Militar no local da manifestação, ressaltando que estavam em um movimento pacífico e de direito, e acusando os policiais de intimidar os cidadãos.
“A gente não tá depredando nada, a gente tá fazendo uma manifestação pacífica. A gente só quer trabalhar. Eles intimidaram várias pessoas, desligaram o carro de som, querendo intimidar a gente. Isso é errado”, reclamou Tânia, também para o jornal local.
O Iphan está realizando a obra de requalificação da Deodoro, em parceria com a prefeitura de São Luís. As obras foram iniciadas em 4 de janeiro e, de acordo com o projeto, o local novo abrigará 357 barracas pequenas e duas grandes.
Segundo O Imparcial, cerca de 300 vendedores da Deodoro e das alamedas Gomes de Castro e Silva Maia foram cadastrados para o remanejamento. Os comerciantes populares serão relocados para a lateral do Liceu Maranhense.

UNIÃO DOS DIRIGENTES MUNICIPAIS DA EDUCAÇÃO– UNDIME,vem por meio deste, encaminhar informações sobre composição da jornada de trabalho do profissional do magistério

A UNDIME está orientando os prefeitos e secretários de educação sobre a carga horária dos professores através desta nota técnica. Com a nova orientação passaria ou para 13 aulas de 60 minutos ou 16 aulas de 50 minutos, Eis a questão a ser resolvida: Diminuiria o número de professores contratados?  com o aumento na Carga Horaria dos professores? Mais uma questão a ser debatida entre os gestores e os Sindicatos da classe;
A administração municipal de Pinheiro, por exemplo que sempre esteve aberta ao dialogo apesar das ultimas tentativas de alguns em insuflar a classe contra a administração.
Procuramos O secretario  que nos falou que realmente foi recebida essa nota, mas que ainda vão sentar juntamente com o prefeito para avaliar sempre conversando com os professores.

Veja Nota:








Tragédia ! Dois pastores morrem após serem atropelados na MA 014 em Olinda Nova


Na tarde deste domingo (25), um grave acidente na MA 014 em Olinda Nova, ceifou a vida de dois pastores, as vitimas foram identificadas sendo, pastor Jonas e o evangelista Marco Aurélio. 

Segundo informações de populares um caminhão de verduras atropelou os dois pastores que estavam em uma motocicleta. Com o impacto, os dois morreram na hora.


O Pastor Jonas é da Cidade de Tufilândia e o Evangelista Marco Aurélio é da Cidade de Viana .O acidente foi no povoado Santa Rita II, pertencente ao município de Olinda Nova do Maranhão.


Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...