terça-feira, 1 de setembro de 2015

Luciano Genésio participa de programação em várias comunidades neste final de semana

O Superintendente Regional de Articulação Politica do Governo do Estado e pré-candidato a prefeito de Pinheiro,  Luciano Genésio, tem um agenda agitada  neste final de semana. Na sexta-feira 04, a comunidade de Paraíso, que está comemorando o aniversário do mais importante time da região, o Palmeiras,  receberá Luciano Genésio e comitiva  com uma grande recepção. Nesse dia haverá um grande torneio de futebol com equipes de toda a região.  A noite haverá um programação festiva, com uma radiola de reguee e banda. Mais de 5 mil pessoas estão sendo esperadas nesse evento. 

No sábado, a comunidade de Campo Novo, na região da Chapada, que está comemorando os festejos de São Raimundo, receberá Luciano Genésio em uma acalorada recepção. Nesse mesmo dia Luciano estará em Maranhão Novo, participando de uma grande festa de comemoração de aniversário da comunidade. 

No domingo, Luciano estará visitando lideranças comunitárias e politicas em todo o município, com o objetivo de convida-las para fazer filiação nos partidos que fazem parte do seu legue de aliança. 

"Estamos recebendo convites para participarmos dos eventos comunitários. Estamos marcando presença na maioria deles, uma forma de mantermos contatos com as pessoas das comunidades e vermos de perto os problemas de cada uma delas. Também estaremos visitando lideranças politicas e comunitárias de todo o município com o objetivo de convidar essas pessoas para se filiarem nos nossos partidos. ", disse Luciano. 

Governo promove Workshop de Direito Previdenciário para advogados e assessores previdenciários do Estado


A Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep) promoverá, nesta terça e quarta-feira (01 e 02), o Workshop de Direito Previdenciário.O evento reunirá Advogados e Assessores Previdenciários, com o objetivo de proporcionar aos participantes conhecimentos teóricos e práticos sobre as inovações contidas na legislação e previdenciária e discussão jurídica sobre o Regime Geral e Regime Próprio de Previdência, referente à concessão de benefícios previdenciários aos servidores do Estado.
                 
O evento será realizado na Escola de Governo do Maranhão (Egma), situada na Avenida Senador Vitorino Freire, 1969, Areinha, em frente ao Ministério Público Federal no Maranhão, a partir das 9h.
Confira a programação:
 
Confira a programação:
TERÇA 01 / 09 / 2015 – MANHÃ
Abertura: Boas Vindas aos Participantes
09h -        Palestra Regime Geral de Previdência x Regime Próprio Previdenciário. Palestrante: Felipe Camarão, Prof. Mestre em Direito Constitucional (UFMA)
10h -        Experiências na Gestão dos RPPS. Palestrante:            Hélio Fernandes, Gerente de Projetos da Secretaria de Políticas de Previdência Social do Ministério da Previdência Social.
COFFEE BREAK
11h - Aberto para Debates
TARDE
14h -        Controle da Concessão de Benefícios de Aposentadoria e Pensões. Palestrante:        Hélio Fernandes, Gerente de Projetos da Secretaria de Políticas de Previdência Social do Ministério da Previdência Social.
 
COFFEE BREAK
15h30 -    Aberto para Debates
QUARTA 02 / 09 / 2015
09h -        Acumulação de Cargos e seus Reflexos Previdenciários
10h -        Acumulação antes da criação do RPPS com contribuição ao RGPS
COFFEE BREAK
10h30 -    Compensação Previdenciária e os Regimes Próprios de Previdência                                                 Social
11h-         Encerramento
 

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

BABALAÔ DO MARANHÃO PREVÊ O RETORNO DE ROSEANA AO GOVERNO


O mais famoso babalorixá do Maranhão, Wilson Nonato de Souza, o “Bita do Barão”, que declara 107 anos de idade, declarou à edição de agosto da revista Maranhão Hoje que a ex-governadora Roseana Sarney ainda vai voltar ao poder e "mandar muito" no Maranhão.

Muito embora diga que não gosta de se meter em assuntos de política, Bita do Barão criticou o governo de Flávio Dino (PCdoB), que estaria deixando o Maranhão "derrubado". Disse também que continua amigo do ex-presidente José Sarney, e que durante encontro com a ex-governadora Roseana Sarney aconselhou-a a voltar para a política.

Em 2013, à mesma revista, ele contou haver aconselhado Roseana a deixar a política para cuidar de sua saúde. Bita do Barão, que cobra R$ 500,00 por consulta e “trabalho completo” até por R$ 100 mil, é um homem rico, ao contrário da maioria dos donos de terreiro. Ele garante ter poderes tanto para o bem quanto para o mal, mas não aceita fazer nada que prejudique alguém.


Bita do Barão afirmou ao jornalista Diego Emir que percebe estar se aproximando a hora de sua partida, ou seja, acha que não viverá mais muito tempo, e anuncia que todos os preparativos para seu funeral estão prontos, porém não revela onde será sepultado, até porque seu corpo pode ficar espalhado por várias partes do Maranhão.

Prefeitos do Maranhão torram o dinheiro público com bandas de forró


Uma lástima que ocorre no Maranhão e que, por conseguinte, legitima o quadro de miséria e fome na maioria dos municípios e realização excessiva de festas públicas.

Em qualquer matéria escrita ou televisionada que aborde a fome no Brasil, os municípios maranhenses serão sempre os primeiros a serem focalizados.

Não foi diferente com a matéria que chocou o país abordando o mapa da fome realizada pela TV Record. As cidades de Belágua, Centro do Guilherme e Marajá do Sena  envergonharam, mais ainda, o nosso combalido estado neste quesito.

Não é de hoje que prefeitos e prefeitas de cidades paupérrimas preferem despejar uma dinheirama substancial dos recursos públicos nas famigeradas bandas de forró eletrônico. Ou o "falso forró",  como diriam os entendidos de música.

Por conta da falta de investimentos em áreas prioritárias do município como, por exemplo, atendimento médico, alimentação escolar, educação de qualidade, iluminação pública e saneamento básico, a população fica à míngua e acaba migrando para os bolsões de miséria e pobreza da capital.

Pelo andar da carruagem, ainda veremos o dinheiro das nossas cidades ir embora nos ônibus dos safadões, pavanellis, sacodes e outros lixos da vida.

Um desgraça que teima em manter a "sindrome de gabriela" no estado.

Janot PGR determinou arquivamento de investigação contra a campanha eleitoral de Dilma Rousseff

Rodrigo Janot
Rodrigo Janot em sabatina no Senado: ele acaba de ser reconduzido ao posto de PGR
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se tornou alvo da oposição e do vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, após determinar o arquivamento de uma das investigações contra a campanha de Dilma Rousseff em 2014. A apuração foi solicitada por Mendes e é defendida pela oposição, que busca uma maneira de remover Dilma do Planalto antes de 2018.
A devassa nas contas eleitorais da petista é uma das estratégias da oposição contra Dilma. Nas últimas semanas, esse "plano B" ao impeachment foi colocado em prática por Mendes por meio de seu cargo na Justiça Eleitoral – Mendes também é ministro do Supremo Tribunal Federal.
Relator das contas de Dilma logo após a eleição de 2014, ele dera parecer favorável à papelada, com três ressalvas somente. O relatório acabaria aprovado pelo TSE por unanimidade em dezembro. Mendes resolveu, porém, desarquivar o caso. 
Às vésperas das últimas passeatas “Fora Dilma”, realizadas em agosto e fomentadas pelo PSDB, o ministro decidiu pedir novas investigações sobre as contas eleitorais de Dilma “tendo em vista fatos amplamente noticiados”, como doações ao PT por parte de empreiteiras metidas na Operação Lava Jato. Nenhuma das “ressalvas” originais tratava da Lava Jato. A reabertura do caso contra Dilma foi determinada pelo TSE, em debate acalorado na semana passada, e Mendes determinou uma série de investigações envolvendo a campanha petista.
No domingo 30, após examinar os pedidos feitos por Mendes, Janot determinou o arquivamento de uma das apurações: a que envolve supostas irregularidades cometidas pela gráfica VTPB Serviços Gráficos e Mídia Exterior Ltda, fornecedora da campanha de Dilma.
Segundo Janot, "não foram constatadas irregularidades praticadas pela empresa no que diz respeito às esferas eleitoral e penal". Os fatos narrados, diz o PGR, "não trazem indícios de que os serviços gráficos não tenham sido prestados, nem apontam majoração artificial de preços".
Em seu parecer, Janot destacou o que chamou de “inconveniência” da Justiça Eleitoral e do Ministério Público Eleitoral de se tornarem “protagonistas exagerados” da democracia. Na análise do pedido, o procurador-geral citou ainda a possibilidade de uma “judicialização extremada” do processo político eleitoral e destacou que a democracia deve ter como atores principais candidatos e eleitores.
As declarações de Janot constam em despacho, datado de 13 de agosto, a favor do arquivamento do pedido feito por Gilmar Mendes. Segundo o texto, os fatos apontados pelo vice-presidente do TSE não apresentam “consistência suficiente para autorizar, com justa causa, a adoção das sempre gravosas providências investigativas criminais”.
Mendes e oposição criticam Janot
O parecer de Janot irritou Gilmar Mendes, advogado-geral da União durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), nomeado por ele para o STF. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Mendes disse que Janot atuava como "advogado" de Dilma.
Gilmar Mendes
Gilmar Mendes durante sua posse no TSE: ele quer mais investigações contra Dilma
"Continuo convencido da necessidade da investigação diante da relevância dos fatos, independente da questão eleitoral", disse Mendes. "O procurador deveria se ater a cuidar da Procuradoria-Geral da República e procurar não atuar como advogado da presidente Dilma", afirmou o ministro.
Em nota, os líderes de PSDB, DEM, PPS e SD na Câmara criticaram a decisão de Janot e o que avaliam ser uma tentativa de "dar lições ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e às oposições." "No processo eleitoral, eleitores, partidos, Justiça Eleitoral e Procuradoria têm papéis distintos e complementares e é fundamental que todos cumpram o que lhes cabe, com equilíbrio e isenção. 'Inconveniente' seria se não o fizessem", escreveram os deputados.
Abaixo, a íntegra da nota:
Causou grande estranheza nas Oposições os termos da decisão assinada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, determinando o arquivamento do pedido de investigação referente às contas da campanha da presidente da República, Dilma Rousseff.

Não obstante os fortes indícios de irregularidades apontados, o despacho do procurador parece querer dar lições ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e às Oposições.

No processo eleitoral, eleitores, partidos, Justiça Eleitoral e Procuradoria têm papéis distintos e complementares e é fundamental que todos cumpram o que lhes cabe, com equilíbrio e isenção. "Inconveniente" seria se não o fizessem.

Acreditamos, da mesma forma, que a "pacificação social", aludida pelo procurador, só virá quando não pairarem dúvidas sobre os métodos utilizados pelos candidatos para vencer eleições, sobretudo quando um dos concorrentes, no caso a presidente Dilma, ter anunciado, um ano antes do início do processo eleitoral, que eles poderiam “fazer o diabo quando é hora de eleição”.

O voto, como disse corretamente o ministro Joao Otávio de Noronha, do TSE, garante a presunção da legitimidade, que só será confirmada quando da decisão final da Justiça Eleitoral.

O TSE já formou maioria para investigar as graves denúncias de ilícitos, alguns deles apontados não pelas Oposições, mas por colaboradores no bojo da Operação Lava Jato, que vem tendo como justo "protagonista" exatamente o Ministério Público Federal, o que justificaria ainda mais o avanço das investigações.

Continuaremos aguardando e confiando na imparcialidade da Procuradoria-Geral da República para que ela continue cumprindo, como vem fazendo, o papel de guardiã dos interesses da sociedade.
Rubens Bueno, Líder do PPS
Carlos Sampaio, Líder do PSDB
Arthur Maia, Líder do SD
Mendonça Filho, Líder do DEM

Moradores da Matriz interditam a Rua Antenor Abreu

Assim como os moradores da Rua João Paulo segundo no Bairro João Castelo,  que desde 2013 lutam para o prefeito arrumar aquela rua, os moradores da Matriz, especialmente da Rua Antenor Abreu resolveram cortar a ruas em 3 pontos para chamar a tenção do prefeito Filuca Mendes, que promete asfaltar a referida rua no período eleitoral e depois esquece... Ocorre que essa rua já foi asfaltada na primeira gestão de Filuca, e como podemos perceber a rua não volume em trafego de carros mais o asfalto frio “Sorinzal”  já se desmanchou todo e assim como João Castelo, Matriz a cidade de Pinheiro está abandonada pelo poder publico.




Antenor Abreu

Rua Joao Paulo II

sábado, 29 de agosto de 2015

Brasil vence por 4 a 1 no TSE, mas ministra de Dilma chuta a bola pro mato

Boa notícia:
Por 4 votos a 1, ficou garantida no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a reabertura da ação do PSDB pela impugnação do mandato de Dilma Rousseff e do vice Michel Temer por abuso de poder político e econômico durante a campanha presidencial de 2014.
LóssioMá notícia:
Assessora da campanha de Dilma de 2010 e indicada à corte pela própria mulher sapiens, a ministra Luciana Lóssio pediu vista do julgamento, só para atrasar a investigação por mais uma semana, assim como Dilma quer atrasar por mais 15 dias suas explicações ao Tribunal de Contas da União (TCU), recorrendo até ao STF.
A oposição já havia adiado a reunião sobre o pedido de impeachment para o ‘momento adequado’, que seria após as decisões de pelo menos um dos dois tribunais e também a do PMDB de sair da base aliada, adiada para o congresso do partido em 15 de novembro.
Dilma, portanto, investe na bola de neve do atraso nacional para tentar ser salva pelo gongo.
No TSE, votaram pela continuidade da ação os ministros Gilmar Mendes, João Otávio de Noronha, Luiz Fux e Henrique Neves.
Contra, só a governista Maria Thereza de Assis, que havia pedido o arquivamento do caso e insiste na tese vencida de que o tribunal não seria o local para discutir as fraudes descobertas nas contas da campanha de Dilma, uma vez que os crimes já são apurados pela Lava Jato em Curitiba.
Agora, faltam apenas os votos de Lóssio e de outro “ex”-advogado do PT: o presidente do TSE, ministro Dias Tóffoli.
Para o bem do Brasil, eles só podem reduzir o placar para 4 a 3.
A propósito:
– Repórteres não vão emparedar Dias Tóffoli por presidir um TSE que aprovou contas sujas da campanha de Dilma, cheia de gráficas fantasmas?
– Imprensa tem de perguntar: Dias Tóffoli, o senhor preside o TSE para legitimar campanha suja, ou a legitima por incompetência no exame das contas? (As duas coisas?)
– Gilmar Mendes, que pediu nova investigação da campanha de Dilma, havia admitido no vídeo abaixo o despreparo do TSE. E Tóffoli?

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Hospital Regional da Baixada Maranhense será inaugurado em setembo

Quase tudo pronto para inauguração do Hospital Regional da Baixada Maranhense, que por gesto de reconhecimento ao empenho deve ter seu nome mudado para Dr. Jackson Lago, o saudoso governador chegou a mandar o dinheiro para a construção do mesmo."Socorrão da Baixada". Essa ideia de hoenagem que partiu do nosso amigo Herasmo Leite foi copiada e apresenta na Assembleia por um deputado, esperamos que seja aprovada essa merecida homenagem ao Medico e ex-governador.
Esse hospital que contará com com cem leitos e dez médicos de plantão, não atenderá Urgência e Emergência,  é um hospital de alta complexidade, em Pinheiro por exemplo a porta de entrada será o hospital Antenor Abreu, que encaminhará para o hospital regional, "o paciente sofreu um acidente teve um traumatismo, ele vai para emergência, e de lá quando chegar no hospital  terá uma equipe inclusive com neurocirurgiões" nos adiantou um técnico que preferiu não ter seu nome divulgado.
A data da inauguração esta prevista para o dia 23 de setembro, o hospital já esta todo equipado, faltando apenas completar a equipe de  cerca de 454 funcionário, e do pleno funcionamento do Hemo núcleo que ja esta sendo revitalizado.  

Abandono da educação em Governador Nunes Freire resulta na interdição de dez escolas

Escolas estão em situação precária
Escolas estão em situação precária
O Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotoria de Justiça de Governador Nunes Freire, encaminhou, em 25 de agosto, Recomendação ao prefeito Marcelo Dantas Silva e ao secretário de Educação, João Marinho, solicitando modificações e interdições em dez escolas de ensino fundamental do município.
A Recomendação, de autoria da promotora de justiça Laura Amélia Barbosa, também requer a construção de prédios próprios; a regularização do fornecimento de merenda escolar e a compra de equipamentos, entre carteiras e ventiladores.
Prefeito de Governador Nunes Freire
Prefeito de Governador Nunes Freire, Marcel Curió
O documento refere-se às escolas São José I, Faixa do Clóvis, Reginaldo Lima dos Santos, Severo Soares dos Santos, Antonio Torres, Governador Nunes Freire, Hamilton Werneck, Vila União, Povoado Macaxeira 2 e Pequeno Príncipe.
AUDIÊNCIA PÚBLICA
A entrega da Recomendação foi feita durante a Audiência Pública que discutiu a qualidade da educação no município, em 25 de agosto, na Câmara de Vereadores, realizada em atendimento a pedido do MPMA.
Além da promotora de justiça, também participaram representantes da Prefeitura, da Câmara de Vereadores e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) no município.
SALAS SEPARADAS
Dentre as escolas citadas no documento, em pelo menos três unidades de ensino, as salas de aula funcionam separadamente dos prédios. Outras duas não têm prédios próprios, funcionando em edificações cedidas ou alugadas.
O caso mais grave é o da Escola Fundamental Faixa do Clóvis, cuja sala funciona no prédio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR) do município. Há outro cômodo que serve para local como classe e secretaria ao mesmo tempo.
“Nesse colégio, também há outra sala em que o aluno vê e ouve a aula ministrada na sala vizinha. Ocorre uma verdadeira mistura de conteúdos”, exemplifica a promotora Laura Amélia Barbosa.
Na Escola Fundamental Severo Soares dos Santos, três salas funcionam sem janelas, sem ventilação e sem ventiladores. As carteiras também devem ser trocadas, devido às suas condições precárias.
Ainda de acordo com a representante do Ministério Público, algumas escolas não têm banheiro; e os banheiros das que têm são totalmente inadequados”.
PEDIDOS
A Recomendação estipula o prazo de 30 dias para cumprimento das solicitações feitas, à exceção dos casos em que foram requeridos prazos específicos.
No documento, também foi estabelecido o prazo de 10 dias para que o Município de Governador Nunes Freire informe ao MPMA as providências tomadas para cumprir as solicitações, sob pena do ajuizamento de medidas judiciais.
Governador_Nunes_Freire_Escolas__9


Governador_Nunes_Freire_Escolas__12
Do:Blog do Luis Cardoso

Flávio Dino e ministro do Desenvolvimento Agrário anunciam ações para a Baixada Maranhense

Governador Flávio Dino e ministro Patrus Ananias entregam título de propriedade a produtora de São Bento. Fotos: Nael Reis/Secom
Governador Flávio Dino e ministro Patrus Ananias entregam título de propriedade a produtora de São Bento. Fotos: Nael Reis/Secom
O governador Flávio Dino lançou no município de São Bento, ao lado do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, um conjunto de ações nas áreas de Educação, Agricultura, Regularização Fundiária, Produção, Segurança e Cidadania para os municípios da Baixada Maranhense. A entrega de títulos de regularização fundiária, concessão de terrenos para instalação de sistemas de abastecimento de água, o lançamento do Plano Safra e o anúncio da reforma e ampliação do Campus da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) foram algumas das ações anunciadas pelo Governo do Estado e Governo Federal para o município de São Bento.
O ministro do Desenvolvimento Agrário lançou o Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016 para o Maranhão. O Plano Safra apoia o desenvolvimento rural e o fortalecimento da Agricultura Familiar a partir do crédito de R$ 500 milhões. O ministro Patrus entregou ainda 500 títulos rurais e 20 títulos urbanos através do Programa Terra Legal que regulariza áreas que estão em terras federais.
Patrus Ananias elogiou a iniciativa do governador em dar prioridade ao pequeno produtor, mostrando ser sensível às causas sociais e com isso proporcionar desenvolvimento com inclusão. “Acredito no desenvolvimento da agricultura familiar como espaços de vida”, disse o ministro.
Agritec São Bento (4)Governador lança Feiras Agrotecnológicas
Um espaço para troca de experiências, exposição e comercialização de produtos, as Feiras Agrotecnológicas (Agritec) serão realizadas em quatro municípios do Maranhão até o fim do ano e têm como objetivo impulsionar o desenvolvimento da Agricultura Familiar em todo o estado.“Esse era um sonho da região, que esperou muitos anos por políticas de valorização da agricultura na Baixada Maranhense”, disse o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares.
Durante o lançamento da Feira Agrotecnológica de São Bento, o governador Flávio Dino anunciou a reforma e ampliação do Campus da Uema em São Bento onde serão investidos mais de R$ 9 milhões para a construção de salas de aula, auditório, alojamento e reformas estruturais. Serão implantados cursos de graduação, na modalidade presencial, em Ciências Agrárias, criando 500 novas vagas para os alunos no primeiro ano.
“O governo investe em duas causas principais: Educação e Produção. Por isso, todas as obras anunciadas hoje dizem respeito a esses dois pontos, pois é por este caminho que o Maranhão se tornará grande, competitivo e com mais justo socialmente”, afirmou o governador Flávio Dino.
No lançamento da Agritec, o ministro Patrus Ananias assinou 30 contratos do Programa Mais Alimentos, do Governo Federal, que concede linha de crédito aos agricultores familiares para investimentos em propriedades rurais. O Selo Quilombos Brasil foi entregue pelo ministro a representantes das comunidades quilombolas do Maranhão que participam da Agricultura Familiar, gerando trabalho e renda.
Como parte da política de ações permanentes de regularização fundiária, o Governo do Estado concedeu terrenos ao município de São Bento, destinados à construção de sistemas de abastecimento de água na zona rural do município. Ainda durante a Feira, o governador Flávio Dino assinou a mensagem do projeto de lei, que será encaminhado à Assembleia Legislativa, criando o Programa CNH Rural. O Programa isentará o pagamento da Carteira de Motorista a trabalhadores rurais de baixa renda no estado.
O programa que concedeu duas mil carteiras de habilitação gratuitas aos jovens de escola pública no Maranhão, o CNH Jovem, é agora ampliado aos trabalhadores que residem na zona rural do Maranhão, acima de 21 anos e que tenham no mínimo o Ensino Fundamental completo.
Também marcaram presença no evento o vice-governador Carlos Brandão, o deputado estadual Othelino Neto, o prefeito de São Bento, Carlos Alberto Pereira;o secretário nacional de Agricultura Familiar, Onaur Ruano; o secretário de Estado da Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, professor da Uema, Gustavo Pereira; o delegado geral do MDA no Maranhão,Vicente Mesquita e representantes do Incra, Conab, Iterma, Embrapa, Sebrae, Banco do Brasil, Detran e movimentos sociais Aconerucq, STTR, Fetaema, Fetraf e Miqcb.
A Agritec
Resultado da parceria entre o Governo do Estado, Serviço e Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (Sebrae) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a 1ª Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnológica do Maranhão (Agritec) segue até sábado (29), em São Bento. O evento deve atrair cerca de 15 mil pessoas nos três dias de realização.
A Agritec de São Bento é a primeira de uma série de quatro feiras de agricultura familiar programadas para este ano. As outras três edições previstas são: uma em Açailândia de 8 a 10 de outubro; outra em Caxias, de 11 a 14 de novembro; e a última em Bacabal de 10 a 12 de dezembro.
O ministro Patrus Ananias e o governador Flávio Dino entre produtores da agricultura familiar da região de São Bento.
O ministro Patrus Ananias e o governador Flávio Dino entre produtores da agricultura familiar da região de São Bento.