domingo, 5 de julho de 2015

Governo realizará plenárias em mais dois municípios para elaboração do PPA e Orçamento Participativo




O Governo do Estado segue ouvindo cidadãos para elaboração do Plano Plurianual e Orçamento Participativo.Nesta semana, os municípios que receberam as plenárias das escutas territoriais foram Zé Doca, Santa Inês, Grajaú e Lago da Pedra. As cidades de Viana e Barreirinhas se preparam para receber as plenárias na próxima terça-feira (07) e sexta-feira (10). As escutas tem o objetivo de garantir a participação popular na elaboração do Plano Plurianual (PPA) e Orçamento Participativo (OP), através da realização de plenárias onde representantes de instituições da sociedade civil e de órgãos públicos apresentam suas contribuições.
Os encontros estão acontecendo em parceria da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan) e Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop).
Na cidade de Santa Inês, mais de 200 pessoas lotaram as dependências do Campus da Uema, onde foi realizada a 11° escuta territorial. Representantes de diversos municípios que compõem a região também participaram do encontro, a exemplo de Alto Alegre do Pindaré, Santa Luzia do Tide, Pio XII, Tufilândia, Satubinha, São João do Carú, Bela Vista e Pindaré.
Com as escutas territoriais o Governo do Estado pretende reunir sugestões oriundas dos diferentes pontos do estado, com o principal objetivo de direcionar investimentos, através de demandas regionais, que serão executadas pelo PPA para o período de 2016-2019 e nos orçamentos anuais do mesmo período.
De acordo com Eduardo Beckman, secretário- adjunto de Planejamento e Orçamento, as escutas estão superando as expectativas, pois a participação popular cresce cada vez mais. “A população está participando ativamente das plenárias e isso é muito importante, pois é o momento que ela tem de debater ideias junto aos representantes do governo e apresentar necessidades maiores das suas cidades. O governo Flávio Dino segue mostrando que prioriza a participação popular para planejar e debater as principais políticas públicas a serem implementadas no estado”, destacou o secretário.
Participaram da escuta em Santa Inês, Marcos Caminha, ouvidor-geral da Secretaria de Transparência e Controle;  Pedro Leonardo, superintendente de Participação Popular da Sedihpop; Eduardo Beckman, secretário- adjunto de  Planejamento e Orçamento da Seplan; Josimar Porto, diretor do Centro de Estudos Superior de Santa Inês; Osvaldo Conceição, superintendente de articulação política de Santa Luzia; Altemar Lima, secretário-adjunto da Cultura e os assessores Paulo Matos e Jorge Castro.
Na próxima semana, as cidades que receberão as plenárias da elaboração do PPA são: Viana, que recebe plenárias no dia 07, e Barreirinhas que recebe no dia 10.

CALENDÁRIO DAS ESCUTAS TERRITORIAIS 

DATA
CIDADE POLO
TERRITORIO
15/06
Caxias
Cocais
Imperatriz
Cerrado Amazônico
17/06
Bacabal
Vale do Mearim
Balsas
Cerrado do Sul
19/06
Chapadinha
Baixo Parnaíba
Colinas
Sertão do Maranhão
25/06
Itapecuru
Vale do Itapecuru
27/06
Pinheiro
Baixada Ocidental
01/07
Grajaú
Centro Maranhense
Zé Doca
Alto Turi Gurupi
03/07
Lago da pedra
Médio Mearim
Santa Inês
Vale do Pindaré
07/07
Viana
Campos e Lagos
10/07
Barreirinhas
Lençóis e  Munim
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif


sábado, 4 de julho de 2015

NOTA DE ESCLARECIMENTO GOVERNO DO ESTADO MARANHÃO


Sobre a presença em São Luís de alguns indígenas trazidos por empresários que exploram o chamado "transporte escolar indígena", o Governo do Estado esclarece:
1 - Em fevereiro, o atual Governo foi procurado por empresários de transporte e indígenas que alegavam a existência de uma dívida superior aR$ 50 milhões relativa aos anos de 2013 e 2014, com supostos aluguéis de ônibus.

2 - Após diligências, foi verificada a existência de graves indícios de irregularidades, com dados absurdos e inclusive documentos ideologicamente falsos. A este propósito, o Governo do Estado possuidocumentos oriundos do Ministério Público, da FUNAI e da Procuradoria Geral do Estado, todos com questionamentos semelhantes.
3 - O atual Governo editou Decreto mudando a forma de pagamento do transporte escolar indígena, exigindo a demonstração de que o serviço seja efetivamente prestado, garantindo que os investimentos cheguem efetivamente aos estudantes indígenas. Não podemos aceitar que dois ou três empresários ganhem dinheiro indevidamente, formando patrimônios milionários às custas dos interesses legítimos das populações indígenas.
4 - Além disso, após auditoria, realizamos alguns pagamentos relativos a 2013 e 2014, quando foi encontrada base documental e jurídica para tanto. Esses pagamentos totalizam R$ 4 milhões já efetuados. Contudo, não podemos ceder a pressões que, se atendidas, resultariam em despesas ilegais.

5 - A atual equipe de Governo já realizou dezenas de reuniões visandoencontrar solução negociada para o problema recebido do Governo anterior.Mas, infelizmente, nada há mais a fazer quanto ao tema. Continuaremos a pagar normalmente o transporte escolar indígena quanto ao ano de 2015, quando realmente executado.
6 - Apesar de a maioria das políticas públicas de interesse dos índios ser de responsabilidade federal, o Governo do Estado se mantém pronto a colaborar para respeitar os verdadeiros direitos das populações indígenas. Entretanto, não podemos ceder a chantagens ilegais.


Governo do Estado inaugura MA-020 e recebe terreno para a construção do Iema em Coroatá

Foto1_NaelReis -Governo_inaugura_MA-020_e_recebe_terreno_Iema


O Governo do Estado entrega obras que visam desenvolver as cidades do Maranhão e garantir o acesso ao ensino técnico em todo o estado. A inauguração da MA-020 e a confirmação do terreno onde será construído o Instituto Estadual de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação do Maranhão (Iema) são obras estruturantes para a cidade de Coroatá e mais de vinte cidades da região beneficiadas diretamente com os investimentos do Governo do Estado.
Nesta sexta-feira (3), o governador caminhou do terreno doado para o Instituto Estadual até o início da estrada na cidade de Coroatá. A conclusão das obras na MA-020 é uma reivindicação antiga dos moradores que durou décadas. “Hoje é dia de São Tomé, aquele santo que só acreditou quando viu. E não teria dia melhor data para inaugurar essa tão importante obra para Coroatá e todas as cidades ao entorno que vão ganhar desenvolvimento”, disse Dom Sebastião, bispo de Coroatá na inauguração.
O Governo do Estado já investiu este ano mais de R$ 16 milhões em obras de infraestrutura em todo o estado. Ao entregar 72 km da estrada que liga a Cidade de Coroatá a Vargem Grande o governador destacou o trabalho e compromisso do governo. “Muitos prometeram inaugurar. Demorou muito tempo, mas esse sonho finalmente é realizado em um trabalho sério de seis meses de governo”, disse o governador Flávio Dino.
A Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra) é a pasta responsável por executar obras de melhorias em todo o estado. Durante a solenidade de entrega, o secretário Clayton Noleto assegurou que as obras da MA-020 serão mantidas e conservadas. “Esta é mais uma etapa cumprida que comprova o trabalho sério e transparente feito dia e noite por toda uma equipe. A obra é importante para a cidade e trará ainda mais desenvolvimento pra toda a região”, afirmou o secretário.
Na ocasião, o governador e os secretários de Estado visitaram as Fazendas da Esperança em Coroatá, coordenadas pela Igreja Católica. O governador anunciou apoio às Fazendas da Esperança, garantindo a ampliação do número de vagas oferecidas à comunidade local. Acompanharam o governador, o Dom Sebastião (Coroatá), Dom Vilson Basso (Caxias) e o padre Luís (Coroatá).
Educação
Foto5_NaelReis -Governo_inaugura_MA-020_e_recebe_terreno_Iema
Os Institutos Estaduais de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação do Maranhão (Iema) foram criados pelo governador Flávio Dino com objetivo de garantir novas oportunidades de vida aos jovens maranhenses. O governo anunciou a implantação de 23 unidades do Instituto com investimento de R$ 240 milhões no projeto.
A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação recebeu nesta sexta-feira (3) a doação feita pelo Coronel Alexandre que afirmou que o objetivo é contribuir com o desenvolvimento do Maranhão. O coronel Alexandre doou dois hectares de terreno em Coroatá para a construção da unidade do Instituto Estadual de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação do Maranhão (Iema) no município.
Na solenidade de entrega o governador ressaltou a importância de investir em pessoas e nas obras. “Nós fomos eleitos para cuidar das pessoas em primeiro lugar. Estamos passo a passo percorrendo o caminho correto que é o de investir em educação. Os Institutos Estaduais trarão novas oportunidades aos jovens de Coroatá e de toda região”, disse o governador Flávio Dino.
Os jovens buscam oportunidades e vagas no mercado de trabalho, as empresas instaladas no Maranhão desejam mão-de-obra qualificada. Com os Iemas, o Governo do Estado viabiliza oportunidades de trabalho aos jovens e a qualificação desejada pelo setor empresarial. “Estamos fazendo em seis meses o que o povo do Maranhão esperava há muitas décadas. O projeto do Iema vai qualificar os nossos jovens para o mercado de trabalho”, disse o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré.
Os jovens muitas vezes se veem obrigados a sair das suas cidades por falta de oportunidades de estudo, relembrou o deputado federal Rubens Pereira Jr. “O governo acerta em iniciar medidas que vão revolucionar o estado. O Iema vai fazer com que os filhos de Coroatá e das cidades ao redor não precisem mais sair de sua terra natal para se formar e ter um bom emprego”, disse o deputado.
Participaram das solenidades no município de Coroatá o deputado federal Rubens Pereira Jr., a deputada estadual Ana do Gás, os secretários estaduais Bira do Pindaré (Ciência e Tecnologia), Clayton Noleto (Infraestrutura), Laurinda Pinto (Mulher), os prefeitos Mulatinho Aragão, Zito Rolim e Miltinho, vereadores e lideranças da região.

Tocha olímpica vai passar em quatro cidades do Maranhão

Secretário Márcio Jardim e prefeito do Rio, Eduardo Paes com a Tocha Olímpica durante a cerimônia em Brasília. Foto: Ascom/Sedel

Representando o Governo do Maranhão, o secretário de Estado do Esporte e Lazer, Márcio Jardim, participou, nesta sexta-feira (3), da Cerimônia de Lançamento da Rota do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. O evento foi realizado pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, em Brasília, com presença da presidenta da República, Dilma Rousseff, e do ministro do Esporte, George Hilton. Também participou da cerimônia o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, cidade que vai sediar os Jogos Olímpicos.
Para Márcio Jardim, o revezamento da tocha olímpica simboliza, sobretudo, união. “É um momento marcante, que simboliza a união de povos e nações. É também momento de celebração de valores como a amizade, a paz e a solidariedade. Onde a tocha estiver no Maranhão faremos uma grande festa”, afirmou. De acordo com ele, São Luís já foi confirmada como cidade celebração (municípios escolhidos para receberem eventos comemorativos na passagem da tocha) e a tocha olímpica vai passar por Imperatriz, Barreirinhas e Alcântara.
A tocha olímpica Rio 2016 foi concebida sob o conceito de “brasilidade” e, no ano que vem, vai passar por todas as regiões e capitais do Brasil, totalizando mais de 300 municípios. A jornada será iniciada em maio de 2016, na Grécia. Lá a tocha será acesa em Olímpia, cidade-berço dos Jogos Olímpicos. Depois irá passar por cidades gregas durante uma semana até chegar à capital Atenas, quando então segue de avião direto para o Brasil.
destaque_tocha
De acordo com a presidente Dilma, um dos objetivos do revezamento da tocha é a inclusão de milhares de homens, mulheres, jovens e crianças nesse processo. “Vamos fazer uma operação grandiosa, que vai permitir que cada um se sinta partícipe desse processo”, afirmou Dilma Rousseff.
Enquanto estiver no Brasil, a tocha será carregada por 12 mil condutores e vai passar por 83 municípios escolhidos como “cidade celebração”. Nesses lugares haverá grandes eventos, com show musical nacional e outras atrações. A lista completa do trajeto será divulgada no início de 2016 e todas as capitais estão incluídas na lista.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Polícia Civil realiza prisão de suspeito de homicídio em Imperatriz

A Polícia Civil, por meio do 2° Distrito Policial da 10ª Regional de Imperatriz, realizou uma operação que resultou na prisão de Rogério da Conceição Chagas e conduziu um adolescente para prestar esclarecimentos.
  A dupla é suspeita de ter assassinado Jesaias Alves de Paula. Segundo informações, o homicídio, ocorrido em dezembro de 2013, teve a participação de uma terceira pessoa que, na ocasião, deixou cair um revólver calibre 38 com seis munições intactas.
 De acordo com informações policiais, enquanto o adolescente desferiu uma pedrada contra a cabeça da vítima, Rogério efetuou vários disparos de arma de fogo.
 A Polícia Civil cumpriu, também, mandados da Justiça apreendendo nas residências dos indiciados, além do revólver e das munições, pequenas quantidades de crack e sementes de maconha, além de vários celulares e material para embalar drogas.

Governo lança Operação ‘Férias com Segurança’ do Corpo de Bombeiros, neste domingo (5), na Avenida Litorânea

Uma grande ‘Caminhada Preventiva’ celebra, neste domingo (5), o lançamento da operação “Férias com segurança”, do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA). Executada pelo Governo do Estado, a operação visa garantir tranquilidade e segurança aos maranhenses e turistas durante as férias de julho.
A caminhada, que encerra a programação da Semana Nacional dos Bombeiros, tem o propósito de estimular a sociedade para a prática esportiva. A concentração será às 8h30, na Avenida Litorânea, na sede do Batalhão de Bombeiros Marítimo (BBMar), no Calhau.
“É mais uma atividade para garantir que as férias, em São Luís, transcorram dentro da normalidade, conscientizando a população de que a atenção e a precaução são as melhores formas de aproveitar o lazer das famílias, evitando riscos de afogamento e outras situações que podem ocorrer nesses ambientes”, disse o comandante geral, coronel Célio Roberto.
Ele fez também o chamamento de toda sociedade para o encerramento das festividades do Dia do Bombeiro. “Queremos contar com a presença de toda sociedade ludovicense e dos turistas para uma manhã festiva e animada, em que estaremos também, alertando para a importância da prática regular de atividades físicas”.
Participará as polícias Militar, Civil, Grupo Tático Aéreo (GTA), Exército e outras instituições, militares de todas as unidades operacionais, departamentos e seções da capital, além de integrantes dos projetos Bombeiro Mirim, Melhor Idade e Golfinho. Haverá distribuição de pulseiras de identificação e folderes com dicas e orientações aos banhistas. Ao final, acontecerão simulados de resgate com a presença da aeronave do GTA.
Haverá apresentação de viaturas e equipamentos que serão empregados no trabalho preventivo dos guarda-vidas durante a temporada e o detalhamento do planejamento da Operação. Serão realizados atendimento às emergências e a atuação ostensiva de guarda-vidas, fazendo rondas e o monitoramento a pé, com quadriciclos, moto aquáticas e embarcações nas praias do Calhau, São Marcos, Marcela, Araçagi, Panaquatira e a Praia de Banho.
Os trabalhos se estenderão até o dia 2 de agosto, quando termina o período de férias na capital maranhense, e intuito de desenvolver ações preventivas, ampliar o serviço de atendimento e evitar afogamentos e acidentes diversos em toda extensão marítima da ilha.
Pelo plano do BBMar, ‘Férias com Segurança’ consistem na realização de diversas ações, entre elas o reforço do efetivo de militares, a distribuição de postos móveis de salva-vidas, de acordo com o movimento das praias, e o trabalho de educação e conscientização de donos de bares, restaurantes e também dos próprios banhistas quanto a atenção às placas de alerta de segurança e as precauções que devem ser tomadas com o mar.

Governo recebe indígenas para saldar dívidas relativas ao transporte escolar de 2013 e 2014

Secretário Márcio Jerry reunido com lideranças indígenas. Foto: Ascom/Seap
Secretário Márcio Jerry reunido com lideranças indígenas. Foto: Ascom/Seap
O secretário de Estado de Assuntos Políticos e Federativos, Márcio Jerry, recebeu, na tarde desta quinta-feira (2), no Palácio dos Leões, em São Luís, uma comitiva formada por indígenas que reivindicavam pagamentos de convênios atrasados relativos ao transporte escolar dos anos de 2013 e 2014. Na ocasião, o Governo do Estado garantiu que manterá diálogo permanente com a comunidade indígena com o objetivo de reparar os calotes deixados pela gestão passada.
A cacique Libiana Pompeu dos Santos, da aldeia Mainumy, de Barra do Corda, explicou que os índios reivindicam os pagamentos relativos ao transporte escolar, além de melhorias na infraestrutura das escolas. Segundo a cacique, vários convênios referentes aos anos de 2013 e 2014 estão atrasados, e a falta desses recursos tem dificultado a continuidade das atividades.
Além de Barra do Corda, representantes de comunidades indígenas de Jenipapo dos Vieiras, Grajaú, Arame e Amarante participaram da reunião com o Governo. Para Libiana, a garantia do pagamento dos convênios e da melhoria na infraestrutura das escolas demonstra o comprometimento do Governo. “Eu tenho certeza que o governo Flávio Dino veio para mudar, e já temos o efeito dessa mudança. A gente espera muito que o Governo olhe para a gente com carinho”, ressaltou a cacique.
Foto 1 Governo recebe indígenas para saldar dívidas da gestão anteriorMárcio Jerry destacou que o Governo tem mantido diálogo com as comunidades indígenas com o objetivo de reparar, na medida do que é legalmente possível, os calotes deixados pela gestão anterior. “O Governo está preparando um conjunto de ações nas áreas da saúde, educação, produção, entre outras, no sentido de melhorar a qualidade de vida da população indígena”, enfatizou o secretário.
O governo Flávio Dino estabeleceu, desde o início da gestão, um canal de diálogo permanente com os povos indígenas do Maranhão para solucionar os problemas deixados pelo governo anterior. Para atendimento às demandas das comunidades indígenas constituiu, no âmbito do Estado, uma ampla comissão envolvendo os setores de Educação, Saúde, Direitos Humanos, Infraestrutura, Igualdade Racial, Agricultura e demais órgãos da administração estadual.
Dívidas de 2013 e 2014
Nesta semana a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) reuniu com as lideranças indígenas e apresentou o cronograma de pagamentos definido pelo Governo do Estado, para sanar as dívidas herdadas da administração anterior, referentes ao transporte escolar de 2013 e 2014.
Nesta quarta-feira (1), foram antecipados os pagamentos, correspondentes a 2013, que estão sendo realizados por indenização, após parecer favorável da Procuradoria Geral do Estado. O Governo também iniciou pagamento das parcelas pendentes de convênios celebrados em 2014, cuja dívida deixada pelo governo passado chega a mais de R$ 7,5 milhões.
Para 2015, o governador Flávio Dino, instituiu um decreto que disciplina e regulamenta o repasse de recursos aos Caixas Escolares para manutenção do Transporte Escolar Indígena dos alunos da rede pública estadual, a fim de melhorar o serviço. Além disso, instituiu uma equipe específica para tratar do transporte em cada Unidade Regional e nas escolas que realizarão a gestão dos recursos específicos, a fim de orientar, acompanhar e fiscalizar os serviços, para evitar irregularidades.
No mês passado, a Secretaria de Educação realizou, na Regional de Educação de Barra do Corda, encontro formativo sobre o Transporte e Alimentação Escolar Indígena, com a finalidade de discutir políticas públicas para assegurar a melhoria da educação indígena no Maranhão. Na oportunidade foram explanadas ações para garantir que estudantes das escolas indígenas, que utilizam o transporte escolar, sejam transportados com segurança, e tenham acesso a uma alimentação escolar de qualidade.
Por diversas vezes, o governo do estado reuniu com representações indígenas, ouviu as lideranças, encaminhou soluções adotando todas as medidas para resolver os problemas das escolas e continua aberto ao diálogo.
Atendendo reivindicações dos povos indígenas, a Seduc realizou, no mês de maio, na Região de Grajaú, um levantamento nas aldeias onde há solicitações para criação de escolas e novas turmas e, também, averiguar a situação de 21 escolas paralisadas em gestões anteriores, conforme o Censo Escolar 2014.
Infraestrutura
Entre os avanços já concretizados na educação, a partir do diálogo com os povos indígenas estão, a reestruturação da rede física, com entrega de três escolas que foram reformadas e ampliadas, nas comunidades indígenas das aldeias Rio Corda (Escola Indígena Manoel Assis Cruz – Tuxauhu) e Patizal (E.I Juliana Rodrigues Guajajara), ambas na Regional de Barra do Corda; e a escola El Pyr Creh Creht, na Aldeia Riachinho, em Amarante, onde também foi inaugurada, na aldeia Água Viva, a escola Crow Cu.
Na URE de Barra do Corda, três escolas indígenas foram reformadas. Também foram reformadas e entregues aos povos indígenas, na Regional de Barra do Corda, a escola Betel, localizada Aldeia Baixão do Peixe; as escolas indígenas São Benedito (Aldeia Pedrinhas) e Bom Paraíso (Aldeia Paraíso).
Além disso, dentro do Programa ‘Escola Digna’, Macropolítica de Educação do governo Flávio Dino, serão construídas novas escolas em áreas indígenas, cujas obras devem ser iniciadas ainda este ano. O Governo do Estado também já publicou no Diário Oficial, do dia 15 de maio, o decreto que regulamenta e implanta 289 Escolas Indígenas, que não eram legalmente criadas e reconhecidas.

Formação
Na área pedagógica, foi firmado um convênio com Universidade Estadual do Maranhão (Uema), para oferta do curso de Licenciatura Intercultural Bilíngue para os professores indígenas. Ainda nesta área, a Seduc garante, atualmente, apoio à formação superior de 62 professores indígenas na Universidade Federal do Estado de Goiás e outros 13 professores indígenas participam da Rede de Formadores, criada pela atual gestão para garantir a formação de professores do sistema estadual de ensino.

sábado, 27 de junho de 2015

Solidariedade em alta na Band Pinheiro

A Tevê Pinheiro afiliada a rede Bandeirantes na cidade de Pinheiro, vem se tornando o “para choque da sociedade” e as pessoas diariamente procuram o canal televisivo para denunciar os descasos com a cidade e até mesmo com as pessoas que buscam por saúde, foi assim recentemente com três senhoras que precisam fazer hemodiálises na capital do estado e não estão sendo assistidas pelo poder publico, por ultimo o pai de uma jovem do Povoado Curitiba, Palmerândia,  com câncer no útero, e infelizmente em fase terminal. que procurou o Programa Repórter Cidadão pedindo ajuda, e mais uma vez a sociedade pinheirense deu a resposta solidaria, doando cerca de 3 mil reais para que pelo menos seja amenizado o sofrimento dessa família. 
"A Televisão sempre estará de portas aberta a todos, principalmente aos mas carentes, esse é um pedido  da família Genésio proprietária da emissora local, falar Welligton Sergio, ele que apresenta diariamente de segunda a sexta o programa, e também agradece aos milhares de telespectadores que vem participando sempre que são chamados a ajudar outras pessoas, "Obrigado Pinheiro".



sexta-feira, 26 de junho de 2015

Polícia Militar faz planejamento especial para garantir segurança nas festas de São Pedro e São Marçal


A Polícia Militar inicia, a partir desta sexta-feira (26), as operações para garantir a segurança e tranquilidade da população durante o último fim de semana de São João em São Luís, Raposa e Paço do Lumiar. As equipes da Polícia Militar terão atenção especial para as festas de São Pedro e São Marçal, que ocorrem, nestas segunda-feira (29) e terça-feira (30), nos bairros da Madre Deus e João Paulo, respectivamente. O patrulhamento ostensivo segue normalmente, em todas as regiões Ilha, com as operações Catraca e Ilha Segura em avenidas da Região Metropolitana.
Serão empregados cerca de 500 homens da Polícia Militar nas duas festas.  Os militares estarão distribuídos nas modalidades de policiamento a pé, motorizados e em viaturas. Homens do 1º Esquadrão de Polícia Militar Montada (EpMont) também estarão distribuídos em pontos estratégicos do João Paulo a fim de evitar o registro de alguma ocorrência criminal. Além do patrulhamento terrestre, o Grupo Tático Aéreo (GTA) do Maranhão reforçará com helicópteros o patrulhamento tanto no João Paulo como no Largo de São Pedro.
O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves, afirmou que o planejamento foi montado para garantir que as festas de São Pedro e a de São Marçal ocorram com segurança. “Nosso planejamento foi pensando com base em levantamentos, principalmente, dos pontos sensíveis nestas duas festas. Distribuímos nossas equipes para que os brincantes e o cidadão que forem a estes locais possam fazer uma grande festa popular com tranquilidade e paz”, afirmou o comandante-geral da Polícia Militar.
No tradicional encontro de bumba meu boi dos sotaques costa de mão, zambumba e baixada, no Largo de São Pedro, na Madre de Deus, homens do 9º BPM, coordenados pelo CPAM I, estarão distribuídos em dois giros.
 De acordo com o comandante do CPAM I, coronel Pedro Ribeiro, o primeiro de 18h à 00h e o segundo giro das 23h ao final da festa. “Empregamos, ainda, viaturas do Ronda da Comunidade e motocicletas que percorrerão toda a área próxima a Praça e farão em pontos distintos do Largo, um ponto-base. Estaremos atuando em várias modalidades justamente para garantir que não seja registrada nenhuma incidência criminal nesta festa”, comentou o oficial.
 Na área do Itaqui-Bacanga, militares do CPAM III estarão atentos a qualquer movimentação e coibindo assaltos, retirando de circulação armas e apreendendo drogas.
 Seguindo, ainda, a programação de São Pedro, haverá procissões marítima e terrestre, na segunda-feira (29). Neste evento, a Polícia Militar atuará em conjunto com a Capitania dos Portos do Maranhão. Viaturas e motocicletas estarão no local garantindo a segurança dos fieis durante as homenagens a São Pedro.
Já no bairro da Raposa, o Comando de Policiamento de Área Metropolitano II (CPAM) mobilizou equipes a fim de garantir segurança aos fieis que forem ao cais do Porto do Braga, na Raposa, acompanhar a procissão. O coronel Antonio Vieira de Aquino, comandante do CPAM II, assegurou que seis motocicletas e duas viaturas do 13º BPM estarão a postos realizando abordagens de suspeitos e combatendo o uso de armas.
 São Marçal
 Já na festa de São Marçal, na terça-feira (30), serão empregados cerca de 350 homens. Para facilitar o acesso das equipes da cavalaria, as ruas do bairro do João Paulo passaram por um processo de limpeza e receberam reparos na iluminação por parte dos órgãos municipais. No período em que há maior movimentação de pessoas, a Polícia Militar terá atenção redobrada. Pontos de observação foram espalhados em todo o percurso por onde vão passar os grupos de bumba meu boi.
“No horário de maior concentração de pessoas, os militares estarão atentos a qualquer movimentação com características de ocorrência criminal. Nossas equipes estarão prontas para atuar em qualquer circunstância”, completou o coronel Pedro Ribeiro.
 Nas avenidas Kennedy, Getúlio Vargas e Franceses, viaturas do 9º BPM farão o patrulhamento ostensivo evitando os assaltos a coletivos. “Estamos dando uma atenção especial para as paradas de ônibus a fim de garantir que o cidadão que for ao local de coletivo possa chegar e transitar sem ser vítima de roubo ou qualquer prática delituosa”, garantiu o comandante do 9º BPM, tenente-coronel Bayma do Lago.
 Além da Polícia Militar, autuarão no João Paulo, equipes do Corpo de Bombeiros, Exército, Samu, Polícia Civil, Guarda Municipal, Blitz Urbana, a Comissão do evento, entre outros órgãos.
 Dicas de Segurança
- Ao estacionar os veículos verificar se os mesmos estão trancados
- Levar dinheiro trocado e em pouco valor, apenas o necessário para suas despesas
- Evitar levar joias e celulares
- Estacionar o carro em locais vigiados e visíveis. Outra dica que ajuda a evitar roubos é nunca permanecer parado durante muito tempo dentro do veículo. 
- Evitar o consumo de bebida alcoólica, se for dirigir veículo

Governo garante acordo para acesso gratuito à internet no terminal rodoviário da capital

 Mais uma edição do evento Diálogo com Fornecedores, desta vez direcionado à melhoria e ampliação nos serviços de telefonia e internet, foi realizado nesta sexta-feira (26), no Palácio Henrique de La Roque. Durante o encontro, promovido pelo Governo do Estado, por meio do Procon, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), entre o órgão de defesa do consumidor, a Defensoria Pública e a operadora TIM, para liberação de acesso gratuito à internet aos usuários do terminal rodoviário da capital, além da instalação de 25 novas torres de transmissão com tecnologia 3G e 4G em todas as regiões do estado.

 Pelo termo, o acordo passa a vigorar daqui a seis meses e os passageiros que entrarem no terminal poderão ter acesso à internet gratuitamente por 30 minutos, todos os dias. Esse serviço será oferecido durante cinco anos, com os custos totalmente bancados pelas operadoras de telefonia. Em maio, outros TACs foram assinados com a Vivo, que garantirá acesso gratuito aos usuários do Terminal de Integração do São Cristóvão, e com a Claro, que liberará wi-fi para acesso no Terminal de Integração da Cohama, ambos em São Luís.
 O diálogo prosseguiu com a relatoria de queixas recorrentes e relacionadas a má prestação dos serviços, a exemplo da interrupção das chamadas, cobranças de serviços não solicitados, bloqueio de dados, não cumprimento das metas estipuladas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Também foram relatadas propostas do Procon, da Defensoria Pública, da Anatel e da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação.
 Entre as propostas para melhoria estão a taxa de ‘completamento’ da chamada, compartilhamento de infraestrutura seja de torres ou de fibras ópticas com o Governo do Estado, atendimento a comunidades carentes; programas de inclusão sociodigital, como o Conexão Cidadã de Pernambuco, que leva o serviço de telefonia móvel e internet 3G aos municípios do interior; a criação de um canal de contato mais direto com os órgãos de defesa do consumidor e a possibilidade de oferecer celeridade por parte do governo no licenciamento para a instalação de novas torres.

 De acordo com o diretor-geral do Procon, Duarte Júnior, a proposta do diálogo é manter um plano de metas. “Nunca houve uma união entre tantos órgãos e secretarias de Estado, e essa união possibilita que possamos trazer mais subsídios para atender o que o consumidor mais precisa. Sabemos que a implantação de melhorias e a ampliação desses serviços não acontecerão imediatamente, mas estamos trabalhando incansavelmente para garantir os direitos dos consumidores maranhenses. Ratifico que nosso objetivo não é sancionar, mas se for necessário faremos em prol da melhoria deste serviço, que é uma das prioridades do governador Flávio Dino”, afirmou.
 Na ocasião, o vice-governador do Estado, Carlos Brandão, ainda, apresentou as operadoras de telefonia OI, Vivo, Claro e TIM a intenção de implantar o Programa Maranhão Comunica, baseado no Minas Comunica, que visa instituir o serviço de cobertura celular e comunicação de dados em distritos e municípios maranhenses.“A reunião foi importante, pois conseguiu colocar numa mesma mesa as empresas de telefonia e várias secretarias. O estado que tem hoje 76% da população sem acesso à internet e precisa mudar este quadro. A ideia é procurar parcerias com estas empresas para que encontremos um caminho para expansão dos serviços. Foi constituído um grupo de trabalho para que em 60 dias tenhamos uma proposta concreta de expansão da telefonia celular nos povoados, porque já existe em todos os municípios, mas queremos chegar também nos povoados”, disse
 Uma nova reunião foi marcada para o dia 28 de agosto para que as operadoras de telefonia apresentem os avanços e planos de ações com propostas concretas de aperfeiçoamento dos serviços prestados. O Procon é vinculado à Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop).
 Estiveram presentes o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré; representantes das secretarias de Meio Ambiente, Indústria e Comércio, Segurança Pública, além de representantes nacionais e regionais de todas as operadoras em atuação no estado.