sexta-feira, 31 de agosto de 2012

No Maranhão, Dilma e Lula têm votos e não conseguem transferir


Com certeza a presidente da República Dilma Rousseff se reelege com folga se dependesse apenas dos votos do eleitor do Maranhão.
Em todas as pesquisas realizadas até agora para o pleito de 2012, ela é bem avaliada, seu governo é aprovado por mais de 70% do eleitorado.
O presidente Lula da Silva, tem ótima avaliação pelos maranhenses e é considerado aqui o melhor presidente do País.
Mas há uma longa distância entre possuir e transferir votos. O patrimônio eleitoral da dupla em nosso estado, como se observa, é intranferível. Foi assim em 2006, 2010 e agora em 2012.
Em 2006, Lula ocupou o palanque da Roseana Sarney, pedia votos de manhã, nos períodos da tarde, noite e de madrugada, pelo rádio e TV.
Naquela eleição, Roseana perdeu para Jackson Lago no segundo turno. Ela vinha disparada logo no ínício e caiu com a aparição de Lula.
Agora, na mais recente, em 2010, Lula não estava sozinho na campanha de Roseana Sarney. Pedia votos também a candidata a presidente, Dilma Rousseff.
Roseana ganhou no primeiro turno com os votos que sempre teve e pelo fato de estar no cargo de governadora. Não deve um milímetro da sua eleição para Dilma ou para Lula.
Neste pelito de 2012, o ex-presidente amanhece, passa o dia todo e anoitece pedindo votos para o candidato do PT em São Luís, que já tem contra sí o peso natural de político fabricado e não trasmitir confiança.
Além disso, o eleitor comum ainda não conseguir juntar o candidato do PT nos planos de Lula, Dilma e Roseana.  
Mas estamos falando de transferência de votos. Em São Paulo, o candidato petista Fernando Hadad caminha para ser o segundo colocado, depois de ficar estagnado na casa dos 5%, por causa da militância do PT e não pela presença e pedidos de Lula.
Aqui na nossa capital, nem a presença física de Dilma ou Lula fará o candidato do PT alavancar. Se fosse assim, Flávio Dino era o prefeito e não João Castelo.

Abusada, Roseana Sarney comete a mesma transgressão eleitoral que tirou o mandato do seu antecessor


Do site Ucho.Info
Papel carbono – Definitivamente a política é a arte da incoerência. Após perder a disputa pelo governo do Maranhão em 2006, Roseana Sarney, filha do mais longevo caudilho do estado, ingressou na Justiça Eleitoral pedido a cassação do mandato de Jackson Lago (PDT), já falecido. Na ação, os advogados de Roseana alegaram, entre tantos tópicos, que Lago se beneficiou de convênios estaduais liberados semanas antes da eleição pelo então governador José Reinaldo Tavares (PSB).
Após longa e arrastada litigância, o Tribunal Superior Eleitoral decidiu pela cassação do mandado de Jackson Lago, sendo que em seu lugar assumiu a peemedebista Roseana Sarney.
Criada à sombra dos intermináveis desmandos do clã que há cinco décadas comanda com mão de ferro o mais pobre estado brasileiro, Roseana Sarney sequer se incomodou ao fazer o que outrora condenou. Como se 2012 não fosse um ano eleitoral, Roseana promoveu, recentemente, uma verdadeira “farra de liberação de convênios”, beneficiando municípios onde aliados políticos concorrem às respectivas prefeituras.
A denúncia foi feita pelo deputado estadual Othelino Neto (PPS-MA), que usou um exemplo para mostrar a ousadia transgressora da governadora Roseana Sarney. “A cidade de Pinheiro, terra do pai da governadora, sede da Baixada Maranhense, cidade referência naquela região com 78.147 habitantes pelo Censo 2010 do IBGE, não recebeu nenhum centavo do Governo do Estado”, afirmou o parlamentar maranhense.
Othelino, segundo o jornalista John Cutrim, comparou os valores liberados a município de Pinheiro com os da cidade de Dom Pedro, que tem 22 mil habitantes – menos de um terço da população de Pinheiro, e recebeu R$ 7,79 milhões somente no período de janeiro a julho de 2012. De acordo com o deputado do PPS, de 2009 para cá, no mandato da governadora Roseana Sarney, Dom Pedro recebeu R$ 19 milhões.
“Se fosse aplicar uma proporção pela população, Pinheiro deveria ter recebido pelo menos de R$ 22 a R$ 23 milhões. Então, a cidade de Dom Pedro deve ter algo muito especial porque, se com um terço da população de Pinheiro recebeu R$ 22 milhões, deve ter algo muito especial naquela cidade ou então a prefeita é uma correligionária de primeira hora e de maior grandeza do Governo do Estado”, declarou Othelino.
Essa oligarquia nefasta que domina o Maranhão trabalha apenas e tão somente para saciar os interesses absurdos e putrefatos dos integrantes do grupo, cujo coronel-mor manda e desmanda como se o estado fosse o extremo do quintal de sua casa. A continuar essa enxurrada de autoritarismo “sarneyzista”, o Maranhão e os maranhenses continuarão por mais algumas longas décadas na filha do atraso e da miséria.
Menina mimada, Roseana Sarney não aceita ser contrariada. Após matérias do ucho.info em que foi criticada de forma responsável e embasada, Roseana ordenou aos seus capangas jornalísticos a produção de matérias contra o editor do site, como se a liberdade de expressão não fosse garantia constitucional. Sem tutano para bons combates, sérios e de nível elevado, Roseana prefere o jogo covarde e rasteiro, até porque foi educada sob o manto da tese do “prende e arrebenta”, tão bem assimilada por seu pai durante os plúmbeos anos da ditadura militar, a quem serviu de forma obediente e asquerosa.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Bandidos do colarinho Branco vão para a cadeia, e começou pelos amigos de Lula do PT


Até agora, a Corte analisou no julgamento do mensalão a primeira sequência de crimes. E condenou praticamente todos os envolvidos: o deputado João Paulo Cunha, o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, o publicitário Marcos Valério e seus ex-sócios Cristiano Paz e Ramon Hollerbach. O ex-ministro Luiz Gushiken, que o próprio Ministério Público Federal considerou inocente, teve a absolvição confirmada.

João Paulo Cunha (PT-SP) o petista corre ainda o risco de sofrer uma terceira condenação, por lavagem de dinheiro. Para isso, basta o voto de Ayres Britto (o placar atual é de 5 a 4 pela punição). A nova condenação pode significar, para o petista, o cumprimento da pena em regime fechado, e não no semi-aberto. O deputado recebeu  50 000 reais para favorecer a SMP&B, de Marcos Valério, em um contrato da Câmara dos Deputados.

Contra a corrupção e Peculato professores cobram dinheiro desviado pelo ex-prefeito, seis milhões do abono do Fundef


  
O Sindicato dos Professores e Servidores da Educação Municipal de Pinheiro – SIMPROSEPI, cobra na 1ª Vara da Comarca de Pinheiro, de Ação Ordinária de Cobrança de Abono do Fundeb e danos morais contra o ex-prefeito de Pinheiro, Filadelfo Mendes Neto.

Na ação, o advogado argüiu que no inicio de 2011, os professores ficaram alarmados com informações veiculada nos meios de comunicação de massa, e inclusive, com demonstração de documentos, onde fazia prova de que o gestor anterior do município, senhor Filadelfo Mendes Neto, não havia procedido ao correto repasse do abono da sobra do Fundeb do ano de 2008, destinados aos professores da rede municipal.

O advogado frisou que o município procedeu a uma investigação com colheita de documentação, no que formalizou uma denuncia escrita a vários órgãos, dizendo da ausência e irregularidade do repasse do Fundeb durante os anos de 2007 e 2008, aos professores.

Outro fato importante, é que para instrumentalizar, sustentar e formalizar a sua prestação de contas, dando convicção e transparência do pagamento do abono aos professores, a gestão anterior teve a sua documentação assinada e carimbada pelo Banco do Brasil, asseverando que de fato, o valor descrito na folha de pagamento foi repassado aos professores através de depósito bancário, e que, consoante demonstrativo de extrato das contas dos professores, isso não ocorreu.

As informações existentes demonstram que houve o dano, o material, na medida em que o município deixou de efetuar o pagamento do abono em sua integridade, ficando devedor de R$ 450,00 a cada professor concursado, que multiplicado pelo número de professores (994), corresponde a R$ 447.300,00, e quanto aos 412 contratados, nada foi pago a categoria, ficando o município devedor de R$ 650,00 a cada professor, o que corresponde a R$ 267.800,00, somando assim as duas categorias um montante de R$ 715.100,00 e o dano moral, que se caracteriza pela ausência de tal pagamento, que tem índole alimentar e serviria para supressão das necessidades básicas, além de que, a retenção dolosa de salário é crime e por último, houve verdadeira colusão entre o município e o Banco do Brasil, que assinou e carimbou documento, sem corresponder com critérios de certeza e exatidão em total arrepio as leis e em prejuízo aos professores, sob o enfoque da locupletação ilícita. 
Como já era esperado o réu mais uma vez não compareceu, na audiência marcada para o dia 29 deste as 10 hs,  mandando seus advogados atestando assim sua culpa, segundo o presidente do sindicato, lembra que nossa historia esta mudando e que em breve veremos um ex-presidente da Câmara Federal e ex-presidente do Brasil, já que foi presidente do Brasil por 2 dias, na cadeia condenado pelo que esta pelo Supremo, por corrupção passiva e Peculato. A certeza da impunidade já não é tão certa se “eles” não nos devolverem o nosso dinheiro que paguém na cadeia..

Na edição de 16 de dezembro de 2010, o Jornal Pequeno publicou matéria sobre o ex-prefeito de Pinheiro Filadelfo Mendes Neto, o “Filuca”, q foi denunciado na Polícia Federal como autor de graves irregularidades, entre elas a de ter montado um esquema de desvio de dinheiro público, através do pagamento de uma ‘folha fantasma’ para profissionais do magistério.

De acordo com a denúncia, a ‘folha fantasma’ – com o nome de cerca de 1.000 pessoas – teria ocasionado um rombo nas contas do Município. A denúncia, municiada com farta documentação, foi protocolada Polícia Federal, no Ministério Público do Estado, na Procuradoria da República, no Tribunal de Contas do Estado.
MAIS CEDO OU MAIS TARDE ELES TEM DE PAGAR, COM ESSA REVIRAVOLTA O POVO VOLTA A ACREDITAR NA JUSTIÇA.


domingo, 26 de agosto de 2012

Já o Maranhão...


Volta por cima

Agora é oficial
Marcelo Neri, cuja nomeação para a presidir o Ipea saiu hoje no Diário Oficial, está na verdade fazendo um caminho de volta – de volta por cima.
Nos anos FHC, Neri era um feliz (e competente) pesquisador do Ipea quando coordenou e publicou uma pesquisa mostrando o Maranhão na rabeira de vários indicadores sociais. José Sarney não gostou.
Pediu e levou a cabeça de Neri, que acabou na FGV/RJ onde seguiu uma carreira vitoriosa de pesquisador. Uma década se passou e Neri volta ao Ipea como presidente. Já o Maranhão…
Por Lauro Jardim

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Bronca Geral no Claudio Humberto


Omissão do TSE

Graças a subserviência, ou omissão do " 'tse', tribunal subordinado a sarney" o governo do estado do maranhão continua fazendo convênios em período vedado, com associações, clubes de mães e prefeitos aliados, igual fez em 2010 conforme esta sendo denunciado pelo seu vice-lider no legislativo estadual. jornalpequeno.com.br/2012/8/22/vice-lider-do-governo-surpreende-e-denuncia-convenios-fantasmas-212103.htm Será que nunca veremos nosso estado, nosso país passado a limpo como prega o próprio Tribunal com relação ao voto limpo?

Gustavo Lopes 
Pinheiro - MA 

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Leitoa no Facebook


Leitoa: técnica peculiar
A cidade de São Paulo tem 8,6 milhões de eleitores. A página de José Serra no Facebook, ex-candidato à presidente da República, ex-governador, ex-prefeito e com fama de ser um dos políticos mais populares nas redes sociais, tem 55 798 pessoas curtindo. Achou bastante?
Pois saiba que em Timon, pequena cidade do Maranhão, separada de Teresina por uma ponte, o candidato a prefeito Luciano Leitoa tem 1 535 pessoas curtindo sua fanpage. Achou pouco?
Ao comparar o número de votantes das duas cidades, Serra teria 0,00647% de eleitores acompanhando seus passos no Facebook. Já Luciano Leitoa, que mora num município com 106 331 eleitores, tem 223% seguidores a mais que Serra, em termos relativos, claro.
Qual o segredo do Luciano? O seu Facebook  não é virtual. Ele caminha todos os dias pelos bairros de Timon e incentiva pessoas de todas as idades a entrarem na internet, criarem perfis e curtirem sua página. Em seguida, pede ao fotógrafo para tirar uma fotografia dele com os moradores e anuncia que a foto estará disponível na sua página.
Por Lauro Jardim

Candidatura de Valeria Castro é confirmada pelo TRE-MA


A candidata do PDT, em Presidente Sarney, Valeria Castro, acaba de ter o registro confirmado pelo TRE-MA.
Ela que teve seu registro cassado pelo Juiz Eleitoral Dr. Aderson Sobral, Valéria está impedida de concorrer desde a eleição de 2004 quando foi condenada pela justiça eleitoral. A condenação de Valéria, acaba no dia 26 de setembro deste ano, mas como a eleição será no dia 07 de outubro ela esta apta a concorrer as eleições segundo entendimento do TRE, que deferiu seu registro por 6 a 0.
Presidente Sarney agora tem candidata, é o 12 que vem com força total!


quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Vice-líder diz que entidades fantasmas estão recebendo dinheiro do governo


Deputado Magno Bacelar, vice-líder do governo
Vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Magno Bacelar denunciou hoje o recebimento de recursos públicos por entidades fantasmas na cidade de Chapadinha para beneficiar sua adversária, a candidata Belezinha, a quem o parlamentar atribuiu prática de agiotagem. Ela é hoje uma das maiores fortunas da região.
Segundo deputado, algo em torno de R$ 1,3 milhão foi destinados a uma associação para atender  pedidos do ex-prefeito Isaias Menezes para que a construtora de Belezinha faça obras de estradas nos povoados. Bacelar lamentou que a prefeita do município, Danúbia Carneiro, não tenha sido comunicada e nem ele, que é um ardoroso defensor da governadora Roseana Sarney.
 ”Defendo este governo todo dia. E como é que o governo do estado libera R$ 1,3 mil para o município de Chapadinha em cima das eleições para a nossa adversária?”, indagou da tribuna do Legislativo. Ele anunciou que pedirá ao Ministério Público para que apure o fato por se tratar de um crime eleitoral.
Ele lembrou que no governo de José Reinaldo Tavares foi criada  a Fundação Raimundo Maria Pessoa, que era uma entidade fantasma e levou milhões de verbas públicas. A Fundação era controlada por parentes do ex-prefeito Isaias Menezes.
 Em aparte, o deputado Marcelo Tavares convidou Bacelar para ingressar na oposição por não ser prestigiado como membro da base do governo. “V. Exa  tem uma história de lealdade ao grupo Sarney, uma história, não são alguns dias, e algumas semanas, é uma história de lealdade ao grupo Sarney, V. Exa tem uma eleição dura lá, não é uma eleição fácil. Então qualquer tipo de ajuda para o adversário pode desequilibrar a eleição. Então é muita falta de gratidão do Governo do Estado em trabalhar pela derrota de V. Exa o governo do Estado está trabalhando para que V. Exa saia derrotado da eleição”, avisou Tavares.
Magno Bacelar disse ainda que o ex-deputado  Wagner Pessoa, cunhado de Isaias Menezes, foi beneficiado em R$ 500 mil e botou a emenda para Mata Roma. “Ele  é político em Chapadinha, por que se ele teve essa força política?  ”Por que ele não botou pra Chapadinha e foi botar para Mata Roma e qual a finalidade?”, perguntou.
Marcelo Tavares  lembrou que quando o nome diz emenda, é porque vem o projeto de orçamento do Executivo, aí os deputados formulam emendas porque são deputados. “Então quem não é deputado não tem emenda, deputado Magno Bacelar. Então, com todo o respeito ao ex-deputado Wagner Pessoa, mas ele não é mais deputado”, disse Tavares.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

PINHEIRO NÃO VOTA NO GRUPO SARNEY

O RESULTADO DA ULTIMA ELEIÇÃO DEIXA CLARO QUE 21 MIL PESSOAS NÃO VOTAM NO GRUPO SARNEY, POR ISSO QUE ELES ESTÃO ESCONDENDO QUE SÃO CANDIDATOS DA ROSEANA SARNEY.


3ª CAVALGADA DE PINHEIRO


Bandidos, racistas

Zé Arlindo e Luciano Genésio reúnem mais de 10 mil em Pinheiro e pregam libertação do MA com eleição de Flávio Dino


Cerca de 10 mil pessoas participaram de uma caminhada em Pinheiro, neste sábado, promovida pelo candidato a prefeito, José Arlindo (PSB) e seu vice, Luciano Genésio (PCdoB). O ato político, que reunião uma multidão, terminou na Praça do Obelisco, onde houve um grande comício.
Estiveram presentes o deputado estadual Othelino Neto (PPS), lideranças políticas da cidade e cerca de 60 vereadores da coligação.
Candidato à reeleição, Zé Arlindo iniciou seu discurso agradecendo a presença de todos e elencou realizações da sua administração, especialmente nas áreas de saúde, educação e ação social.
Bastante aplaudido, o prefeito aproveitou para reclamar da falta de apoio do governo do Estado ao município. “Mesmo sem a ajuda da governadora Roseana Sarney, nossa gestão conseguiu avanços importantes para Pinheiro, apesar da perseguição que nós sofremos diariamente pelo grupo adversário na cidade”, destacou José Arlindo.
Arlindo disse ainda que a vitória dos partidos de oposição ao governo estadual em Pinheiro será o passo inicial para a “libertação do Maranhão em 2014 com a eleição de Flávio Dino”.
O candidato a vice da chapa, o deputado Luciano Genésio, que estava acompanhado do seu pai, ex-prefeito Zé Genésio, convocou todos a fortalecer o movimento do 40.
“Tenho certeza que os onze mil votos que vocês me deram em 2008 se somarão agora, nessa união com o prefeito Zé Arlindo, a milhares para continuar fazendo uma Pinheiro mais desenvolvida e com melhorias dias de vida a sua população”, asseverou Genésio.
Representando as forças de oposição no Estado, o deputado Othelino Neto ressaltou em seu pronunciamento que Pinheiro precisava mostrar novamente sua rebeldia contra a oligarquia Sarney.
“Vamos dar uma reposta no voto a sabotagem que o governo do Estado faz contra a Prefeitura e a população pinheirense”, assinalou Neto, lembrando que na eleição para o governo do Estado, em 2010, a governadora Roseana Sarney foi derrotada em Pinheiro pelo ex-governador Jackson Lago (in memoriam).
O grupo Sarney tem como candidato na cidade para enfrentar Zé Arlindo o ex-prefeito e ex-secretário estadual de Cidades, Filuca Mendes (PMDB).

Uma multidão foi às ruas de Pinheiro, mostrar seu apoio a candidatura a reeleição do prefeito Zé Arlindo.



Cerca de dez mil pessoas deixaram suas casas para acompanhar o maior evento político da historia de Pinheiro, o que era pra ser apenas uma caminhada de lançamento da candidatura de Zé Arlindo e Luciano, se tornou numa imensa caminha, seguida de centenas de motos, carros, bicicletas. Quem conhece a cidade de Pinheiro poderá facilmente mensura a magnitude do apoio recebido. Já que a caminhada saiu da Praça do São José, chegou a seu destino passando pela Praça da Matriz onde recebeu as bênçãos de Santo Inácio, e o final continuava na Praça do São José, ou seja tomou conta da cidade de uma ponta à outra.
Zé Arlindo acompanhado do candidato a vice Luciano Genésio e dezenas de candidatos a vereadores saíram andando no meio o povo, que retribui o carinho, manifestando o apoio cantando e agitando a Bandeira do 40 neles! “ Eu não sou candidatos dos ricos, sou candidatos é das pessoas humildes, que são realmente quem precisa do poder publico, e enquanto puder estarei defendendo essa gente que era humilha, que tinha suas casas derrubadas e hoje tem o apoio em nossa administração” Falou Arlindo em um pequeno discurso.







quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Pinheirense e Pesquisadora do Amazonas realizará estudos científicos na Itália



Estudante viaja no próximo dia 24 de agosto e passará 11 meses no país.
Aluna desenvolveu pesquisa sobre diagnóstico de câncer de mama.
Do G1 AM
Comente agora

Estudante irá desenvolver pesquisas científicas na Universidade de Estudos de Padova, na Itália (Foto: Divulgação/Fapeam)
A estudante Valéria Pacheco irá cursar os dois últimos períodos do curso de Enfermagem na Itália. Ela é uma das contempladas pelo Programa ‘Ciência sem Fronteiras’, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), e será inserida em pesquisas científicas desenvolvidas pela Universidade de Estudos de Padova.
A aluna viaja no próximo dia 24 de agosto para a Itália, onde passará 11 meses. “Depois que comecei na iniciação científica, minha curiosidade aumentou tanto em pesquisa quanto na vontade de conhecer outros projetos. Esta oportunidade dada aos alunos é importante, pois podemos conseguir algo inesperado, além de contribuir com a pesquisa para o desenvolvimento do nosso Estado, ressaltou.
Valéria Pacheco realizou um estudo que consistiu em investigar o tempo que a mulher leva para procurar assistência após a detecção de um nódulo nos seios. O trabalho será levado ao conhecimento do público em Manaus, no mês de outubro, durante a Semana Estadual de Ciência e Tecnologia, coordenada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).
De acordo com a universitária, as expectativas são grandes em relação ao Programa ‘Ciência sem Fronteiras’. “Os cursos em que me inscrevi foram relacionados ao câncer. Com essa viagem, vou poder me aprofundar sobre o tema, e com certeza vamos ter uma fonte valiosa de informações, além da troca de conhecimentos”, destacou.
Resultados do estudo
Durante a pesquisa realizada pela estudante, foram investigadas 158 mulheres com diagnóstico de câncer de mama, com idade média de 51 anos, sendo que mais de 41% eram moradoras do interior do Amazonas, e 55% admitiram conhecer o autoexame. Questionadas se o praticavam, 82% disseram que sim.

O estudo também apontou que 45% das mulheres informaram realizar apenas duas vezes por mês o autoexame e 58% das entrevistadas foram motivadas a procurar o serviço da saúde.
De parabéns a família, a sua mãe Geovana  Pacheco fala do orgulho que é ver sua  filha levando o nome de Pinheiro, do Maranhão de forma positiva além fronteiras.
Veja aqui:

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Atenção Roseana Sarney, onde foram parar os R$ 12 milhões deixados por Jackson Lago?


Responde aí Ricardo Murad, cadê o dinheiro do hospital de Pinheiro, “os culpados foram os outros”?
Enquanto o secretário de Saúde do “governo dos sonhos” de Roseana Sarney, Ricardo Murad, perde tempo precioso de sua vida enviando recados no Facebook para Flávio Dino e Zé Reinaldo, ele deveria era dar conta dos R$ 12 milhões  deixados nas contas do Estado, pelo governador cassado Jackson Lago, destinados para a construção de um hospital de alta complexidade na cidade de Pinheiro, mas, que, até hoje, nada foi feito, exceto um consultório móvel que foi levado para fazer exames rápidos na região da Baixada.
Será que os 12 milhões foram gastos para comprar um simples trailer?
É por isso que o “governo dos sonhos” se transformou em tormenta,  ao invés desse secretário trabalhar, ele fica é na internet mandando recados. Fiquem abaixo com a denuncia feita na Assembléia Legislativa pelo deputado Luciano Genésio:

Trailer mais caros do Brasil, 12 milhões…
“Quero pedir a atenção de cada um dos senhores, nós sabemos que conseguimos a UPA para o município de Pinheiro sem apoio nenhum do estado do Maranhão, da Secretaria de Saúde, inclusive está aqui o próprio ofício que mostrei a algum tempo, que eles não quiseram colocar à disposição seus 25% para conclusão deste programa.
Mas, o que eu quero e o mais interessante falar e quero refletir bem aqui com cada um dos senhores; o doutor Jackson Lago deixou R$ 12 milhões para a construção do hospital de alta complexidade em Pinheiro, chamado Socorrão naquela época, e, hoje em dia, o governo do Estado vem trazendo o seu hospital de alta complexidade, na cidade de Pinheiro, trouxe para cidade de Pinheiro um trailer que vai passar dois meses na cidade de Pinheiro, para tentar enganar os cidadãos daquela cidade e da Baixada Maranhense. Eu acredito que não é assim que se faça saúde, esqueceram aquela região, esqueceram aquela cidade.
Tiram o hospital de alta complexidade que o recurso estava em conta, em 2009, para vir agora com um trailer para fazer saúde naquela cidade. É decepcionante não para Luciano Genésio, mas sim para a população da Baixada Maranhense”.

FERRY-BOAT – MARTÍRIO MARÍTIMO


Não gostaria de inaugurar meu blog com um texto triste, mas a ocasião fez a opinião e quem precisa viajar de ferry-boat para a Baixada, ou mesmo para encurtar o caminho para o  Pará, verá que não me faltam razões para repudiar publicamente o desumano tratamento que nos tem sido dado pelas duas empresas operadoras do serviço de transporte de passageiros e veículos entre o Porto da Espera, em São Luis, e o do Cujupe, no continente.
Há aproximadamente 6 (seis) meses, logo após me acomodar no interior do Cidade de Pinheiro, deparei-me com um jovem, de aproximadamente 17 anos, sangrando furiosamente pelo braço esquerdo. O sangue havia se espalhado ao lado da fileira de bancos e a mãe do jovem me explicou que ele havia sido esfaqueado logo após a chegada do ferry, no Cujupe. Um marinheiro me explicou que não havia qualquer tripulante da embarcação com capacitação para atender o esfaqueado. Uma passageira, técnica em enfermagem, me ajudou a enrolar o braço do jovem com duas velhas ataduras trazidas por um marinheiro. Minutos depois de termos contido o sangramento e posto o jovem no chão, sobre alguns coletes salva-vidas, então apareceu um par de luvas de borracha e uma enferrujada e suja maca. Até hoje o passageiro esfaqueado me pergunta como aquela embarcação tão grande não possui funcionários capacitados para prestar primeiros socorros e nem material para isso.   
Na semana passada cheguei ao Porto do Cujupe por volta das 10:00 h. (dez horas) e consegui embarcar às 18:00 h. (dezoito horas). Nos guichês da Servi-Porto da Internacional,  únicas empresas concessionárias dos serviços de transporte marítimo entre o Cujupe e o Porto da Espera, obtive a informação de que não mais havia passagens e que eu deveria encarar uma fila de espera, que naquele instante media mais de 500 m. (quinhentos metros). Dois dias depois experimentei o mesmo problema.
No dia 28 de julho, sábado, tentei comprar uma passagem para ir de Porto da Espera para o Cujupe. A resposta do vendedor: “Todos os ferrys estão lotados até segunda feira (30). Resta tentar a fila de espera”. Questionado sobre a razão para isso, recebi a seguinte explicação: “É que tem a festa de SantoInácio em Pinheiro; é período de férias e tem a política. Por isto tem muita gente viajando e os ferrys lotam”.
Nas oportunidades narradas acima pude descobrir que as empresas Marítima e Internacional não disponibilizam a totalidade das vagas dos ferrys para a venda antecipada das passagens. Consegui bisbilhotar num grande caderno de anotação das vendas feitas que somente cerca de 30 (trinta) passagens, para cada ferry, são vendidas para aqueles que as buscam diretamente nos guichês das empresas, em São Luis e no Cujupe, e que as restantes ficariam disponíveis para as filas de espera.
Estimo que cada ferry-boat carregue entre 80 (oitenta) e 120 (cento e vinte) veículos e lamentei muito ao descobrir, apenas me colocando por alguns minutos ao lado dos guichês de vendas de passagens, que várias delas são entregues a políticos conhecidos na baixada, numa espécie de reserva de amizade, ou vendidas mediante  “peichadas” (não o que significa, mas funciona)Eu não posso reservar passagens e não posso comprá-las antecipadamente porque a quantidade disponibilizada para isso é insignificante. Mas para políticos, autoridades amigas das empresas e portadores de peixadas há sempre vagas sobrando.     
 Além dos problemas para conseguir embarcar, há a sujeira dos bancos, dos corredores e a  fedentina dos banheiros, os quais estão com equipamentos quebrados e sem manutenção.
Em apenas num dos ferrys, no menor deles, consegui identificar um elevador para uso dos portadores de alguma necessidade física. Nos demais, idosos, crianças e pessoas com dificuldades de locomoção são obrigados a se espremer entre os veículos e a subir altas escadas para poderem alcançar o local adequado para viajarem. Dentro dos veículos, pelo que pude apurar com o pessoal da Capitania dos Portos, não pode ficar passageiro durante a travessia.
 Se nos terminais de embarques há placas que anunciam a proibição de transportar carga viva (animais), como se explica o caminhão carregado de galinhas que é visto todos os dias no ferry das quatro ou no das cinco? Viajar ao lado de milhares de galinhas vivas foi a experiência mais fedida que já passei.
Afinal, quantos veículos cabem em cada embarcação? No Cidade de Tutóia uma placa posta no interior da embarcação diz que a capacidade á para 70 veículos pequenos. No dia que tirei a foto dessa placa contei 82 veículos pequenos05 caminhões e 06 ônibus, além de uma dezena de motos . Alguém fiscaliza isso?
Acho que todo mundo já se incomodou com a barulheira infernal dentro dos ferrys. Certa ocasião pude medi-la com um decibelímetro (aparelho que mede intensidade do som). Deu pouco mais de 110 decibéis. O ouvido humano suporta o máximo de 80. Daí prá cima faz muito mal prá audição.  
E a vibração? Acho que a cola COREGA deveria fazer um teste numa viagem dessas. Já me falaram que dois dos maiores ferrys têm problemas crônicos de empenos nos eixos das hélices. Por isso vibra tanto. Nunca consegui tirar uma foto da paisagem sem tremer.
Devo perguntar então: que fazer para acabar com o desrespeito ao cidadão comum, àquele que amarga horas sentado em seu veículo, às vezes com crianças, idosos e doentes, sem local salubre para refeições, enquanto belos carros passam à margem da fila quilométrica apenas com uma informal reserva de passagem, para qualquer horário. 
Com vocês, a palavra.  

                                            PLACA POSTA NO CIDADE DE TUTÓIA

                                          RESTAURANTE DO CUJUPE    

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Leonardo Sá a bola da vez



Atendendo ordens superiores, a Câmara Municipal de Pinheiro poderá em breve abrir processo de cassação contra o Vereador Leonardo Sá. Por acumulo de salários. A denuncia foi feita pelo vereador Oziel Meneses, e esta sendo apreciada pela mesa que deve se pronunciar em breve, abrindo o processo.
Segundo o parlamentar denunciado, ele informou a mesa daquela que casa que optou receber os vencimentos pelo INSS, mas mesmo assim seus salários eram depositados pela Casa Legislativa, que se tiver que devolver o fará sem problemas, disse mais que não teme o processo, já que o mesmo seria um processo meramente político orquestra do pela “madre” da oligarquia em Pinheiro. “eu não desviei dinheiro de casas populares, de Aterro Sanitário, muito menos fiz folha fantasma, se ele quer me cassar que bote sua trupe, o povo esta ai  querendo dar o troco me agraciando com mais uma mandato em resposta a eles, e isso está tirando o sono de grupo derrotado em Pinheiro”. Afirmou Leonardo.

O vereador Antonio Ribeiro, que faz parte da mesa informou que para que o mandato de Sá,  seja cassado será preciso maioria absoluta, ou seja, dois terços  07 votos, dos 10, como o grupo que pretende o cassar o edil conta com apenas cinco, estará dando um tiro no pé e fortalecendo ainda mais Leonardo que vai figurar como vitima de armação e perseguição política.
O medico Leonardo Sarmento Pires de Sá, chegou a Pinheiro pelas mãos da filha do ex-prefeito Filuca Mendes, como não compactou com o estilo do ex-prefeito fazer política vem sendo vitima de impiedosa campanha de perseguição, sendo ele hoje um dos políticos mais carismáticos em nossa cidade. E exatamente por isso já tentaram impugnar sua candidatura a reeleição, perderam. Agora vão tentar cassar seu mandato através dos vereadores que vivem sob a tutela do ex-gestor. O que será mais uma derrota imposta por Leonardo e seus aliados, ao grupo político de Filuca.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

EXTRA! EXTRA! COMPROVADO CONSTRUÇÃO DE HOSPITAL EM PINHEIRO É FARSA



“Toda vez de quatro em quatro anos é a mesma coisa já estamos cansados disso”
Pois é, como já dizia o locutor oficial, toda eleição eles vem prometem,  prometem e nada, vieram e prometeram um hospital com cem leitos, Pasmem  acaba de chegar em nossa cidade e se instalar na escola Caic. Eles prometeram um hospital com cem leitos, realmente chegou, via Ferry Boat e (sem) leito, na verdade uma carreta para enganar a população pinheirense, já fizeram isso na eleição passada com o programa do leite, e com as carretas do Viva Cidadão.
O Ministério Publico Eleitoral deve ficar atento, porque essa vinda dessa carreta pode ser apenas eleitoreira, já que desde 2009 quando levaram o dinheiro para a construção de um hospital, e prometam a construção de um novo hospital em Pinheiro, só agora as vésperas das eleições eles dão o ar da graça em nossa cidade.
Recentemente ficou claro em reportagem do “Profissão Repórter” da Rede Globo, a falta de compromisso da Secretaria de Saúde do Estado, com a Saúde e com a própria Justiça, construindo hospitais sem licitação, e em cidade onde não comportariam um hospital de acordo com Resolução do Ministério da Saúde.
Causa estranheza, essa repentina preocupação com a Saúde de Pinheiro por parte do governo do estado, logo eles que não repassam a verba da Saúde que caberia ao estado, e alegaram não poder entrar com uma parte para a construção da UPA, que é um Programa do Governo Federal em parceria com estado e municípios.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Mantida interdição de celas de custódia de presos de Pinheiro



DO G1 MA


Em decisão proferida nesta quarta-feira (1º), o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) manteve a interdição total das celas de custódia de presos, além de determinar ao Estado a realização de obras e reformas das celas do 1º Distrito Policial e da 5ª Delegacia Regional de Pinheiro.
A decisão aconteceu após os desembargadores negaram por unanimidade a suspensão de medida liminar concedida pela 1ª Vara da comarca de Pinheiro. No pedido de suspensão, o Estado, alegou lesão à ordem, à segurança e à economia públicas, caso fosse mantida a decisão de primeira instância.
Considerando a falta de condições de higiene, a segurança das unidades prisionais e a possibilidade de rebeliões naquele município, a Justiça de 1º grau determinou também a transferência dos presos para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas ou para outro local adequado em São Luís.
O relator do processo, desembargador Antonio Guerreiro Júnior (presidente do TJ-MA), apontou a necessidade de reforma das celas de custódia de presos de Pinheiro e determinou que fossem adotadas medidas para assegurar a custódia dos presos em local adequado durante as obras.
Também assinalou que a suspensão dos efeitos da decisão de 1º grau causaria risco de dano inverso, sendo iminente a possibilidade de uma rebelião, causando prejuízos à coletividade. “O pedido de suspensão não apontou argumentos capazes de comprovar as lesões referidas”, frisou.

Santa Helena: Dr. Lobato faz corpo a corpo pelos bairros da Cidade


          

 Dr. Lobato intensifica sua campanha em bairros de Santa Helena, o candidato do PPS 23,  nos últimos dias tem percorrido bairros de Santa Helena junto com sua equipe de campanha,  Lobato está partindo para o corpo a corpo.

As corridas do candidato por bairros da cidade tem se transformado em grandes mobilizações,  Lobato conhecido político da cidade  tem buscado o apoio direto coma população,  já que o candidato Zezildo Almeida apoiado pela Prefeita Helena Pavão como diz a população de Santa Helena “candidato de ultima hora”, não foi preparado pra o embate.

A disputa em Santa Helena está se tornando acirrada,  a campanha pegou ritmo a cidade está mobilizada e a disputa promete ser  voto a voto.

Fonte: http://www.vandovalrodrigues.com

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Bronca Geral no CH


Que a Justiça faça Justiça

Os jornalistas alinhados com o governo do estado do Maranhão, anunciam com festa o suposto adiamento do julgamento do Processo que pede a cassação da Governadora Roseana Sarney. Supostamente por não ter pauta durante o julgamento do “mensalão”. Se a informação for verdadeira deixa transparecer mais um golpe nos porões do TSE, ao povo do Maranhão. O que seria contra censo, já que o Supremo julga o maior esquema de compra de votos de parlamentares e o TSE se nega a julgar o maior esquema de compra de votos, e abuso de poder no Maranhão.

Gustavo Lopes 
Pinheiro - MA 




Veja:

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...