terça-feira, 30 de outubro de 2018

2ª COPA DE FUTEBOL VEREADOR PROFESSOR SANDRO LIMA PROSSEGUE NESTA QUARTA-FEIRA, (31) NO CAMPO DA BOA UNIÃO

A  2ª  Copa de futebol Vereador Prof. Sandro Lima/ versão 2018,  prossegue  nesta quarta-feira (31) com a realização do jogo para decidir a ultima  vaga para a grande final da competição, assim sendo, jogarão  as equipes de URUCUZAL  X  PONTE PRETA. ***No confronto de ida a Ponte Preta venceu a equipe de Urucuzal por 3 x 0, dando assim um grande passo vantajoso em direção a  essa decisão.
O Confronto entre as duas agremiações, acontecerá às 19:00 hs no campo da Boa União > No outro duelo de gigantes a equipe de SANTA SOFIA, com duas vitorias diante do JUVENTUDE, no campo da Ave Maria, garantiu a vaga para a GRANDE FINAL.
A competição vem proporcionando um show em publico, organização e qualidade técnica. Venha prestigiar essa grande competição que vem movimentando os desportistas da região ” POLO GAMA ” .
ESPERAMOS POR VOCÊ !!!
Com informações e parceria: Alberto Ribeiro

Iniciativa de auditor da CGU no Maranhão é premiada pelo Instituto Innovare

A Comissão Julgadora do Prêmio Innovare reuniu-se esta semana para escolher a prática vencedora do Prêmio Destaque e as 12 finalistas da sua 15.ª Edição. Do encontro, no Rio de Janeiro, participaram ministros, juízes, promotores e defensores públicos, advogados e professores para um debate sobre as 654 práticas concorrentes.
O Prêmio Destaque com o tema “Combate à corrupção” foi para a prática Curso de Formação de Auditores Sociais, de autoria do auditor federal de Finanças e Controle do Ministério da Transparência e Controladora-Geral da União (CGU) Welliton Resende Silva, de São Luís, capital do Maranhão. A informação é da assessoria do Prêmio Innovare.
A prática vencedora do prêmio Destaque está em funcionamento desde janeiro de 2011 e foi elaborada a partir de pedidos de instituições locais de São Luís, como explica Welliton Resende. “Foi por conta do convite de entidades da Igreja católica, ONGs e sindicatos, para que eu realizasse uma formação voltada ao controle social dos recursos públicos. O trabalho tem baixo custo e o treinamento é eminentemente prático, nos finais de semana. ”
O Curso de Formação de Auditores Sociais (CFAS) é um trabalho voluntário, ministrado por Welliton e destinado a quaisquer pessoas interessadas em aprender como fiscalizar os recursos. Durante as aulas, os alunos aprendem as principais técnicas de auditoria e fiscalização.
A Comissão Julgadora do Innovare é composta por 31 jurados.
Estiveram na reunião a procuradora-geral da República, Raquel Dodge e os ministros Luis Roberto Barroso, Luis Felipe Salomão, Mauro Campbell Marques, Marco Aurélio Bellizze, Sidnei Beneti, Cesar Asfor Rocha, Gilson Dipp, Ives Gandra e Lélio Bentes Correa e Grace Mendonça; além do desembargador Antônio Carlos Malheiros, juíza Andréa Pachá, os advogados e professores Gustavo Binenbojm e Pierpaolo Bottini; o promotor de justiça José Carlos Cosenzo, o consultor tributário Everardo Maciel e o diretor-executivo do Instituto Helena Florisbal, Octavio Florisbal.
Também participaram do encontro os membros do Conselho Superior do Innovare Claudio Lamachia, do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil; Luiz Pontel de Souza, da Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública; José Robalinho Cavalcanti da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR); Victor Hugo Palmeiro de Azevedo Neto, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp); Antonio Maffezoli, da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep); Flavio Oliveira Lucas, da Associação dos Juízes Federais (Ajufe); e Renata Gil, da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB).
Da diretoria do Innovare participaram o diretor-presidente Sérgio Renault, o diretor Antonio Claudio Ferreira Netto e a coordenadora Raquel Khichfy.
O anúncio sobre as iniciativas vencedoras das seis categorias do Innovare só será feito na cerimônia de premiação, programada para o dia 6 de dezembro, no Salão Branco do Supremo Tribunal Federal, em Brasília.

Entidades apoiadoras

Lançado em 2004, o Prêmio Innovare este ano realiza a sua 15ª. Edição, dedicado a identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil, colaborando para sua modernização e bom funcionamento.
A premiação foi criada e é mantida pelo Instituto Innovare, uma associação sem fins lucrativos, com a parceria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), da Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (ANAMATRA), com o apoio do Grupo Globo.

STF mantém prisão de condenado pela morte de Stênio Mendonça





A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou medida liminar no Habeas Corpus (HC) 161822, no qual a defesa de Máximo Moura Lima (foto), condenado a 29 anos de prisão pela participação no assassinato de um delegado de polícia em 1997 em São Luís (MA), pedia a suspensão da execução da pena antes do trânsito em julgado.
De acordo com os autos, o delegado Stênio José Mendonça foi executado a tiros. Junto com outras cinco pessoas, Máximo Moura Lima foi denunciado pelo crime pois ajudou na fuga dos executores do homicídio. O motivo do assassinato foi uma investigação conduzida pelo delegado contra uma organização criminosa que atuava no roubo de cargas no estado. Lima foi condenado pelo Tribunal do Júri de São Luís à pena de 29 anos e 9 meses de reclusão, em regime inicial fechado, e decretada a prisão preventiva para a aplicação da lei penal. O TJ-MA negou recurso da defesa contra a condenação, mas concedeu ao condenado o direito de recorrer em liberdade até o trânsito em julgado da sentença.
No entanto, considerada a manutenção da condenação com o exaurimento da jurisdição em segunda instância, o juízo de origem determinou a execução provisória da pena. Essa decisão foi objeto de HC no TJ-MA, que negou a ordem. Em seguida, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou provimento a recurso ordinário em habeas corpus.
No STF, a defesa alega que, “não obstante o Supremo Tribunal Federal tenha decidido pela possibilidade (e não pela obrigatoriedade) do imediato cumprimento da pena após a confirmação da sentença penal condenatória pelo juízo de 2º grau, esse novo entendimento tem merecido a resistência de vários ministros, que consideram inconstitucional o cumprimento da pena antes do trânsito em julgado da sentença penal condenatória”.
Decisão
A relatora não verificou plausibilidade jurídica nos argumentos apresentados pela defesa para a concessão da liminar. A prisão determinada, segundo a ministra, harmoniza-se com o entendimento firmado pelo STF no julgamento do HC 126292, das Medidas Cautelares nas Ações Direta de Constitucionalidade (ADCs) 43 e 44 e do Recurso Extraordinário com Agravo (ARE) 964246, no sentido de que a execução provisória de acordão penal condenatório proferido em julgamento de apelação, ainda que sujeito a recurso especial ou extraordinário, não compromete o princípio constitucional da presunção de inocência.
Ela lembrou que a apelação da defesa no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) se esgotou, por isso o juízo de origem determinou o cumprimento da pena. No entanto, entendeu que é necessário o prosseguimento do HC para análise da questão de forma mais detida, com a complementação da instrução do pedido pelos esclarecimentos do Tribunal do Júri de São Luís e do TJ-MA e pelo parecer da Procuradoria-Geral da República.

Bolsonaro quer doar R$ 1,7 milhão a hospital, mas TSE proíbe

R7
Justiça Eleitoral afirma que lei obriga que valores arrecadados e não usados na campanha sejam devolvidos ao diretório nacional do partido
O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), disse nesta terça-feira (30) que pretende fazer uma doação milionária à Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, onde ele foi atendido após ser esfaqueado. Segundo ele, trata-se de arrecadação de campanha que não foi gasta.

De acordo com a prestação de contas atualizada, a campanha presidencial do PSL arrecadou R$ 4,15 milhões (R$ 3,72 milhões por meio de financiamento coletivo) e gastou R$ 2,45 milhões, gerando uma sobra de R$ 1,70 milhão.
Ocorre que a legislação proíbe esse tipo de repasse desejado por Bolsonaro.
O TSE informou que “a legislação eleitoral não permite a doação, uma vez que as sobras de campanha devem retornar ao partido e o comprovante de transferência deve ser enviado junto com a prestação de contas à Justiça Eleitoral”.
A Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora diz que tomou conhecimento da intenção de Bolsonaro pelas redes sociais, mas não foi comunicada oficialmente.
Um boato já havia circulado pelo Facebook, informando que o dinheiro fora recebido pela instituição de saúde, no entanto, o hospital desmentiu a informação.

Servidores respeitados

Narra a Bíblia que Jesus Cristo, ao se ajoelhar e lavar os pés dos apóstolos, explicou que sua missão era servir, não ser servido. Considero ser essa lição uma das mais importantes para quem exerce a função de servidor público. Tenho muita honra de ser um dos servidores públicos do meu país, já tendo exercido esta missão nos 3 Poderes, em uma trajetória profissional que se estende por 29 anos, desde que fui aprovado no meu primeiro concurso público. Todas essas lembranças e reflexões estiveram presentes quando, na última quinta-feira, participei das homenagens alusivas ao Dia do Servidor Público, que se comemora hoje.
Os meus colegas servidores públicos têm um papel fundamental nos avanços que temos construído nos últimos anos, com ganhos concretos na qualidade de vida da população. Alguns políticos têm o entendimento de que os servidores são um problema. Contudo, a verdade é que é impossível oferecer serviços públicos de qualidade sem o trabalho de servidores, efetivos e comissionados.
Temos atuado para, ao máximo quanto possível, melhorar nossos serviços públicos, inclusive contratando novos servidores mediante dezenas de concursos públicos e processos seletivos. Temos também celebrado conquistas históricas de muitas categorias, a exemplo de policiais e professores. Infelizmente, vivemos uma das piores crises econômicas e políticas da história nacional, o que traz severas restrições financeiras, cada vez mais graves.
Mas não podemos desanimar, nem desistir. Por isso, fiz questão de comparecer nesta semana a um evento que representa bem a ideia da valorização dos servidores por nosso governo. Foi a segunda edição do Prêmio “Você Faz a Diferença”, em que são homenageados servidores públicos estaduais que, de forma inovadora, contribuíram para a modernização da Gestão Pública.
É um reconhecimento que representa a nossa gratidão a esse corpo funcional que se dedica a garantir direitos para todas as pessoas. Gratidão que se comprova também com o avanço da obra do novo Hospital do Servidor, um direito que havia sido subtraído, mas que agora está sendo devolvido com uma estrutura ainda melhor e capaz de atender a todos.
Já entregamos a primeira etapa da obra, onde estão sendo feitas consultas em cardiologia, endocrinologia, ginecologia, pediatria, ortopedia, psiquiatria e nutrição, além de clínica geral. Ainda neste ano vamos entregar mais uma etapa e, quando tudo estiver pronto, teremos 40 consultórios com oferta das principais especialidades médicas, além de 4 centros cirúrgicos e 128 leitos, entre adultos e infantis.
Também viabilizamos a capacitação funcional de mais de 60 mil servidores de todo o estado, inclusive via Escola de Governo do Maranhão. Por meio de progressões funcionais, mais de 31 mil servidores foram beneficiados, impactando na elevação dos rendimentos. E mantivemos os salários em dia por todos os meses de governo, um dos poucos Estados a conseguir isso no meio da avassaladora crise. São inúmeras iniciativas de respeito e valorização, que vão continuar no limite do possível.
Sei, por experiência própria, a importância do servidor como um aplicador de programas e um formulador de contribuições para os serviços prestados à população. E o serviço público é fundamental para o Brasil e para o Maranhão, pois é um instrumento imprescindível no combate às desigualdades sociais e na promoção de direitos para todos.

Ex-prefeito de Serrano é preso por desvio de verbas públicas



A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Cururupu, prendeu na segunda-feira (29) Leocádio Olímpio Rodrigues, ex-prefeito da cidade de Serrano do Maranhão. A prisão foi uma determinação da Justiça, que expediu a ordem judicial por duas ações penais em função de desvio de dinheiro público; irregularidades em prestações de contas; fraudes em licitações e contratação irregular de servidores, entre outras acusações.
Leocádio governou Serrano do Maranhão entre os anos de 2004 e 2010, ano em que foi afastado pela Justiça. Somando-se as penas das duas sentenças proferidas pelo Judiciário, o ex-gestor foi condenado a 13 anos e quatro meses de prisão, a ser cumprida inicialmente em regime fechado. O mandado de prisão contra Leocádio Rodrigues foi cumprido nesta segunda-feira (29).
Sobre os processos judiciais, um deles foi transitado em julgado (quando não há mais possibilidade de recurso) e a sentença é de junho de 2017. No processo, o ex-prefeito foi acusado de divergência na contabilização da receita orçamentária no valor de R$ 2.892. 674,50 (dois milhões, oitocentos e noventa e dois mil, seiscentos e setenta e quatro reais e cinquenta centavos), sem a devida comprovação de despesas. Leocádio era acusado, ainda, de ausência de processo licitatório para aquisição de combustíveis no valor de R$ 510.000,00 (quinhentos e dez mil reais), dentre outras irregularidades praticadas no exercício financeiro do ano de 2008.
Após os procedimentos administrativos, Leocádio Olímpio Rodrigues será conduzido para o Presídio de Cururupu, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Bolsonaro define que não escolherá políticos para compor o seu ministério

´O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) tem uma tarefa difícil pela frente, na articulação do governo Jair Bolsonaro: atrair apoio no Congresso, mas sem assumir compromissos para indicação política de ministros. A única exceção admitida por Bolsonaro de político à frente de ministério, em princípio, é o próprio Lorenzoni. A decisão é observar com rigor a regra de só nomear ministros tecnicamente qualificados. 
Como na gestão militar, Bolsonaro deve entregar os ministérios aos titulares de “porteira fechada”, fixando metas e cobrando resultados.
Bolsonaro acredita que gestão técnica sem influência política, de forma descentralizada, é a garantia de obtenção dos melhores resultados.
O princípio de “ministério sem políticos” diminui as chances de nomes como a senadora Ana Amélia (RS), citada para as Relações Exteriores.

A imprensa é a voz da democracia

Juiz Osmar Gomes
Juiz Osmar Gomes
Somos todos iguais diante das normas e temos assegurado, dentre outros, o direito à liberdade, à segurança e à vida. Essa máxima que preserva nossa integridade em várias instâncias da vida está exposta em nossa Carta Magna, art. 5º. Na letra da norma encontramos ainda que é livre a expressão da atividade de comunicação e o exercício profissional, desde que atendidas às qualificações que a lei estabelecer.
Essa deve ser a premissa seguida por toda nação civilizada e uma prática fortalecida pelas instituições públicas e seus representantes, que por sua vez estão para representar o anseio popular. O assassinato bárbaro do jornalista Jamal Khashoggi, ocorrido recentemente, me chamou a atenção e despertou o alerta mundial para a necessidade da luta pela livre manifestação do pensamento, da liberdade de expressão e liberdade de imprensa.
Ocorrido na Turquia, dentro da Embaixada da Arábia Saudita, o crime constitui um triste episódio, somente vivenciado por aqueles que não sabem conviver com opiniões adversas. A repercussão mundo afora foi instantânea e, claro, aqui no Brasil não se pode deixar de abrir uma discussão sobre o assassinato e, de forma mais ampla, sobre o papel da imprensa livre no Estado democrático de Direito.
Khashoggi era um jornalista renomado, tendo se destacado por coberturas como a ascensão de Osama Bin Laden e outros casos de repercussão no Afeganistão. De senso crítico apurado, passou a ser alvo do regime saudita, o que o levou a deixar a Arábia para garantir sua integridade. Hoje, como espécie de mártir, ele representa os inúmeros profissionais da imprensa mortos em razão do exercício de sua função.
A violência com que o crime foi cometido – tortura, esquartejamento e desfiguração da identidade – demonstra traços de crueldade e poderia ser classificada pela psicologia forense como um ato típico de um psicopata frio e calculista. No entanto, ao que tudo indica, até o momento, é que os algozes do jornalista foram aqueles que, em regra, deveriam protegê-los: concidadãos representantes do governo árabe. Algo característico de um regime totalitário.
Profissionais da comunicação, onde se incluem os jornalistas, são aqueles que exercitam o ofício de informar a nação sobre os fatos e acontecimentos cotidianos. Atentado que se comete contra esse profissional recai sobre toda uma nação e ao seu direito legítimo de ser informada. Aqui, de norte a sul do Brasil, ainda é possível vivenciarmos as mais diversas tentativas de calar a imprensa, inclusive pelo meio mais abominável: a morte.
Casos como do jornalista Décio Sá, aqui na capital maranhense, demonstram bem os riscos e desafios da nobre profissão, cuja missão perfaz o caminho da investigação, da apuração, da descoberta e da produção. Tudo isso culmina na informação pronta, que é levada ao cidadão que possui o inalienável direito de ser informado sobre os acontecimentos cotidianos e, daí, construir com base crítica a sua noção do real.
Seja na parte ocidental ou oriental do globo, o princípio da democracia é único e a imprensa livre é pré-requisito essencial, uma condição sine qua non, para o surgimento, a consolidação e a sua manutenção. Garantir as liberdades individuais, sob a luz da dignidade da pessoa humana, cristalizada nas mais diversas cartas relacionadas aos direitos humanos, constitui o alicerce para o funcionamento das relações coletivas e do equilíbrio social.
A imprensa funciona como uma espécie de órgão de controle social das instituições e das pessoas que delas fazem parte, mais notadamente daquelas que ocupam postos de representação de uma nação e que devem atuar em função do bem estar desta última. A liberdade de expressão é um valor caro para a civilização ocidental sem o qual não pode haver o aludido controle institucional, perecendo a democracia.
Pode parecer repetitivo falar em liberdade de expressão, mas é justamente essa a intenção. Somente por meio de uma imprensa livre é possível estabelecer um ambiente sem medo ou censura, no qual as várias opiniões e posições ideológicas possam ser postas e contrapostas, resultando em um processo racional de formação do pensamento coletivo.
Em razão das próprias particularidades no modo de agir e pensar inerente a cada ser humano é que surge o contraditório. Dos estudos sobre hegemonia do filósofo e jornalista Antoine Gramsci, foi extraído o conceito de “contra-hegemonia”, pressupondo que em oposição a uma força opressora nascerá naturalmente outras forças do tecido social para contrapor o comportamento despótico.
Reforço o já dito até aqui tomando emprestadas as palavras de um dos maiores juristas que este país já teve, Rui Barbosa, para o qual um povo só luta pelos seus direitos quando os conhece. “A palavra aborrece tanto os Estados arbitrários, porque a palavra é o instrumento irresistível da conquista da liberdade”.
Sob a égide constitucional, o debate não pode deixar de fora a compreensão inequívoca do art. 220 da Carta, que diz: “A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição”.
Em um momento em que acontecimentos como o ocorrido além-mar põe em xeque o exercício da nobre atividade laboral, profissionais da imprensa devem marcar forte posicionamento. Aqueles que usam apenas a palavra como arma devem deixar claro aos opressores que os atos de violência jamais calarão a voz da imprensa livre dentro de uma sociedade justa e democrática.

*Juiz de Direito da Comarca da Ilha de São Luís. Membro das Academias Ludovicense de Letras; Maranhense de Letras Jurídicas e Matinhense de Ciências, Artes e Letras.

DE VIRADA PINHEIRO VENCE O CHAPADINHA E LARGA NA FRENTE NA DECISÃO

O Pinheiro Atlético Clube está cada vez mais perto da Primeira Divisão do Campeonato Maranhense.


A emoção tomou conta do estádio municipal Costa Rodrigues , Pinheiro Atlético Clube e Chapadinha, realizaram um grande jogo e começaram decidir, no último sábado (27), o  título de Campeão Maranhense da Segunda Divisão. No primeiro confronto realizado no estádio Costa Rodrigues, o ”Búfalo da Baixada” levou a melhor e venceu pelo placar de 2×1.
Os gols do jogo foram marcados por  Jonas Piu Piu para o Chapadinha aos 2 minutos do segundo tempo, e aos 11 do segundo tempo, Neto empata decisão e aos 20 minutos do segundo tempo o PAC vira o jogo com Neto.
foto: Blog Wellington Sérgio
“ No primeiro tempo o Pinheiro Atlético Clube não foi bem como em outras partidas, tiveram dificuldades de jogar, foi ai que o Técnico Luís Miguel fez duas modificações na equipe e conseguimos chegar a virada no placar. Agora é aguardar a partida de volta e buscar o acesso a primeira divisão “. Declarou o técnico do Pinheiro Atlético Clube, Luís Miguel.
Para conquistar o título da competição, o Pinheiro Atlético Clube, precisa somente de um empate, enquanto o Chapadinha para levantar o troféu, precisa de uma simples vitória.
A partida de volta entre as duas equipes, acontece no dia 03/11, em local a ser definido nos próximos dias pela Federação Maranhense de Futebol (FMF).
foto: Blog Wellington Sérgio
O Campeão Maranhense da segunda divisão, garantirá vaga na Série A em 2019 e participará do seletivo, que indicará o campeão, para o Campeonato Brasileiro da Série D em 2019.
Vale destacar que o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, vem fazendo um grande investimento na área do esporte e principalmente, tendo olhar em especial para o PAC, e podemos perceber que os investimentos feito pelo prefeito estão surtindo efeitos e o Pinheiro Atlético Clube está a um passo de conseguir o tão sonhado acesso para a primeira divisão do Campeonato Maranhense.
foto: Blog Wellington Sérgio

sábado, 27 de outubro de 2018

Pinheiro e mais 71 cidades recebem Tropas do Exército para reforçar segurança no 2º turno


G1MA


Tropas do Exército chegaram em São Luís nesta sexta-feira (26) para reforçar a segurança no 2º turno das eleições no Maranhão. O general Viana Filho, comandante da 22º Brigada de Infantaria de Selva, irá comandar os militares no estado, que chegam após pedido do Tribunal Regional Eleitoral ao TSE.

O reforço foi autorizado em 45 municípios em comparação as 72 cidades que receberam reforço de militares do Exército no 1º turno das eleições. A lista para o 2º turno não inclui Bacabal, onde haverá eleição para escolha dos novos prefeito e vice da cidade. A nova eleição ocorrerá após o TSE manter o reconhecimento da inelegibilidade de José Vieira Lins, que havia sido eleito prefeito de Bacabal em 2016.



As tropas federais serão designadas para viagem neste fim de semana para garantir a segurança, o livre exercício do voto e bom andamento da apuração. Confira a lista dos municípios maranhenses que terão o reforço de tropas federais no 2º urno:

Alto Alegre do Pindaré
Amapá do Maranhão
Axixá
Belágua
Benedito Leite
Bequimão
Boa Vista do Gurupi
Buriti
Buriti Bravo
Cândido Mendes
Centro do Guilherme
Centro Novo do Maranhão
Chapadinha
Coroatá
Cururupu
Esperantinópolis
Governador Nunes Freire
Grajaú
Icatu
Itaipava do Grajaú
Junco do Maranhão
Loreto
Maracaçumé
Maranhãozinho
Mata Roma
Matões do Norte
Nova Iorque
Nova Olinda do Maranhão
Pastos Bons
Pedro do Rosário
Penalva
Peri Mirim
Pinheiro
Presidente Sarney
Santa Filomena do Maranhão
Santa Luzia
Santa Luzia do Paruá
São Benedito do Rio Preto
São Domingos do Azeitão
São Félix de Balsas
São José de Ribamar
São Luís
São Mateus
Tuntum

Urbano Santos

Vereador ameaçado de morte é aconselhado evitar sair na rua

Ameaçado de morte, Chagas contratou segurança particular…

A polícia da cidade de Timon recomendou ao vereador Francisco de Moraes Reis, o Chagas Cigarreiro (PSB), 5º mais votado em 2016 [1.899 votos], evitar sair a rua nos próximos dias.

O conselho foi dado após o parlamentar tomar conhecimento que poderia ser assassinado, segundo revelação feita por policiais civis do Piauí e do Maranhão.

Ainda não se sabe como a polícia tomou conhecimento da existência de um plano para matar o parlamentar, tampouco as motivações contra Cigarreiro. De certo mesmo que a trama envolvia fatos ocorridos entre as cidades de Timon e Teresina.

Diante da descoberta, o vereador já conta com a proteção de um segurança particular armado. Chagas além de vereador, exerce a atividade de comerciante na cidade.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) direcionou o delegado Regional em Timon, Humaitan Oliveira, para estar à frente das investigações que pretendem desvendar quem são as pessoas que estariam planejando assassinar o socialista.


Via Domingos Costa

Emissora do deputado Carlinhos Florêncio é alvo da polícia em Bacabal

TV do deputado Carlinhos Florêncio desafia a Justiça e apresentador termina preso em Bacabal
TV do deputado Carlinhos Florêncio desafia a Justiça e apresentador termina preso em Bacabal


Foi preso há poucos instantes o apresentador Randyson Laércio, da TV Bacabal, propriedade do deputado Carlinhos Florêncio (PCdoB) e do seu filho Florêncio Neto que é candidato a vice-prefeito na eleição suplementar de Bacabal, apoiado pelo governador Flávio Dino.
A emissora estava proibida pela Justiça Eleitoral de veicular programação local justamente por pertencer a um dos candidatos e para não causar desequilíbrio no pleito eleitoral.
No entanto, segundo o blog apurou, depois de uma reunião hoje o deputado Carlinhos Florêncio determinou que fosse apresentado o programa local e exibida imagem de uma carreata realizada ontem, dia 25, pelo candidato Cesar Brito e por Florêncio Neto.
O resultado não poderia ser outro. O juiz eleitoral Jorge Antonio Sales Leite, determinou a imediata retirada da TV do ar e a condução coercitiva do apresentador.

Família é presa por suspeita de tráfico de drogas no Maranhão

Suspeitos presos serão investigados pelos crimes de associação para o tráfico e tráfico de drogas
Suspeitos presos serão investigados pelos crimes de associação para o tráfico e tráfico de drogas
A Polícia Civil prendeu na quinta-feira (25) no município de Viana, a 217 km de São Luís, seis integrantes de uma mesma família por suspeita por tráfico de drogas. Os policiais chegaram até a localização dos suspeitos após receberem informações anônimas.
Segundo informações da polícia, a prisão aconteceu no Povoado Itaquaritiua, na zona rural de Viana, e foram autuados quatro mulheres e dois homens identificados como Tatiane de Jesus Azevedo Costa, Marildes de Sousa Mendonça, Quelsilene de Sousa Mendonça, Jayne de Jesus Bogea Costa, Jodielson Sousa Mendonça e Kerlinson de Sousa Mendonça.
De acordo com os policiais, os suspeitos estavam realizando o tráfico de maconha e crack na região.
Durante uma revista na residência de cada um dos envolvidos foi encontrado 72 porções de maconha, duas balanças de precisão juntamente com tiras de sacola plástica recortadas para embalar drogas e plástico filme, 16 porções de crack que estavam divididas e embaladas prontas para o tráfico, quantia de R$ 1.253 em cédulas e quatro aparelhos celulares que serão averiguados pela polícia com o intuito de descobrir informações sobre a ação criminosa.
Os suspeitos presos serão investigados pelos crimes de associação para o tráfico e tráfico de drogas.
(Com informações do G1MA)

MACHA PRA JESUS 2018: PREFEITO JOÃO LUCIANO SE REÚNE COM PASTORES PARA ACERTAR OS ÚLTIMOS DETALHES

Na manhã da ultima sexta o prefeito de Pinheiro João Luciano se reuniu com a Associação de Pastores para tratar os últimos preparativos para macha pra Jesus, a maior caminhada evangélica já vista na baixada maranhense .
A macha pra Jesus acontece no dia 10 de novembro , concentração na praça São José as 16 horas , com culto de selebração e finalizando com o cantor evangélico , Davi Sacer.

Presidente do instituto Paraná Pesquisas aposta que vai dar 60% a 40%

O presidente do Paraná Pesquisa, Murilo Hidalgo, confia tanto na exatidão do levantamento que divulgou nesta sexta (26), apontando 60,6% para Jair Bolsonaro (PSL) e 39,4% para Fernando Haddad (PT), que não se furtou de fazer uma declaração desafiadora sobre a eleição presidencial: “Se eu tivesse de apostar, apostaria que Bolsonaro será eleito com 60% dos votos válidos, contra 40% do seu oponente”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Murilo Hidalgo faz coro com o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro: “Bolsonaro só perde se houver um tsunami”.
Líder do único instituto que viu o risco de Eduardo Suplicy perder para o Senado, Hidalgo acha possível mudanças de última hora do eleitor.
O Paraná Pesquisa alerta para a indecisão de 16% do eleitorado feminino, que pode pender para um dos lados no último momento.
Admitindo-se a diferença Datafolha de 12 pontos, é a maior vantagem da história de pesquisas presidenciais de 2º turno. Nunca houve virada.

Acusado por ser o autor dos disparos que mataram duas crianças é preso em São Luís


Apontado como o autor dos disparos que mataram duas crianças, sendo uma de cinco anos e outra de sete anos, Danilo Cutrim Lima foi preso ontem em São Luis. Ele estava preparado para deixar o país com destino ao Paraguai.
Postagem de Blog do Neto Weba, mostra o momento em que Danilo foi preso na casa da mãe dele. O bandido participou de um tiroteio contra um ex-presidiário na praça Evaldo Cardoso, no dia 22, por volta das 21h30, na cidade de Santa Inês.
Os tiros atingiram as duas crianças. Dois comparsas de Danilo foram presos no dia seguinte. Confira o vídeo da prisão:

Bolsonaro tem 30% das intenções de voto na comunidade LGBT


A pesquisa Datafolha de quinta-feira (25) revelou que mais de 29% da comunidade LGBT no Brasil vai votar em Jair Bolsonaro (PSL) para presidente no segundo turno. Seus adversários acusam o ex-capitão do Exército de homofobia, mas essa acusação não afeta o voto quase 1/3 da comunidade gay/LGBT.
Nesse grupo demográfico, o petista Fernando Haddad lidera a pesquisa Datafolha com 57% dos votos, mas Jair Bolsonaro (PSL) tem quase 30% das intenções de voto apesar de todo o discurso de seus adversários.
Como deputado nos últimos anos, Bolsonaro ficou conhecido por dar declarações “polêmicas”. O tal “kit gay” se transformou numa bandeira de Bolsonaro, que agiu para impedir a iniciativa do então governo do PT.
Entre os entrevistados, 86% se declararam heterossexuais. Do restante, 3% são homossexuais, 2% bissexuais, 2% de outras orientações sexuais e outros 6% dos que responderam à pesquisa não quiseram responder a essa pergunta.
A pesquisa foi contratada pela Folha de S. Paulo e TV Globo, ouviu 9.173 pessoas entre os dias 24 e 25 de outubro, em 341 cidades do Brasil. A margem de erro para esse recorte de orientação sexual é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Técnicos da Famem, governo e CIM discutem regularização de abatedouros no Maranhão


Técnicos da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão e Consórcio Intermunicipal Multimodal realizaram, nesta quinta-feira (25), mais uma reunião de trabalho com o objetivo de discutir medidas que auxiliem as prefeituras a regularizar o funcionamento de abatedouros.
A entidade municipalista, a Aged e Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), é importante destacar, já estão operando  juntas no sentido de elaborar, com base em informações prestadas por prefeitos e prefeitas, via questionário disponível no www.famem.org.br, um levantamento preciso da situação destes equipamentos públicos.
Além disso, a Federação disponibilizou recentemente serviço de assessoria técnica para melhoramento da infraestrutura dos abatedouros.
Na sede da entidade, em São Luís, o gestor recebe informações sobre como proceder para adequar o espaço público as normas exigidas pela lei, além de obter dados técnicos que facilitem, por exemplo, acesso à linha de crédito oferecida pelo governo e até elaboração da planta de um novo abatedouro.
Atualmente, de acordo com levantamento realizado pelo Ministério Público, apenas 12 matadouros estão operando regularmente no estado, observando todas as normas de inspeção e de manuseio do alimento.
Na nova reunião técnica foi firmado um pacto de união de forças, inclusive contando com o apoio do CIM, que possibilite o oferecimento de ferramentas de gestão, readequação e até de reconstrução de abatedouros já existentes.
“O objetivo é oferecer ao gestor municipal um projeto definido, contendo ações de gestão, ordenamento jurídico e até recuperação da infraestrutura, que possibilite operacionalizar os abatedouros cumprindo rigorosamente o que determina a lei”, explicou Rita de Cássia Neiva, técnica da Federação.
O gestor regional da Aged de Rosário, Marcelo Falcão, classificou como fundamental a participação do Consórcio na discussão, uma vez que a entidade representativa de 22 cidades situadas no trecho que sofre interferência da Estrada de Ferro Carajás (EFC), pode contribuir na formulação de um modelo concreto de operação para os matadouros.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

MARTELO BATIDO! Dra. Thaiza é indicada para 3ª Vice-Presidência

Prefeito Luciano ao lado da esposa Thaiza Hortegal, do presidente Othelino Neto e do deputado eleito Rildo Amaral
Prefeito Luciano ao lado da esposa Thaiza Hortegal, do presidente Othelino Neto e do deputado eleito Rildo Amaral


A médica e deputada eleita Thaiza Hortegal (PP) deverá compor a nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão, a partir do dia 2 de fevereiro de 2019.
O nome da médica foi indicado pelo bloco composto pelos partidos PP e Solidariedade (SD) formados por 5 deputados (Thaiza, Ciro Neto – do PP, Fernando Pessoa, Rildo Amaral e Helena Duailibe – do SD).
Tudo foi acertado durante reunião na manha de hoje, dia 23, na Presidência do Poder Legislativo com o presidente Othelino Neto, que já conta com o apoio de 35 deputados estaduais para se manter no comando da Casa Legislativa.
Participaram da reunião, além de Thaiza e Othelino, o prefeito Luciano Genésio (Pinheiro) e o deputado eleito Rildo Amaral.

TRAGEDIA: TIROTEIO DEIXA DUAS CRIANÇAS MORTAS EM SANTA INÊS -MA

Duas crianças com idades de cinco e sete anos, respectivamente, morreram durante um tiroteio ocorrido na noite de segunda-feira (22), na praça cantor Evaldo Cardoso, na Vila Adelaide Cabral, situada na periferia do município de Santa Inês, a 250 km de São Luís. O tiroteio foi causado por dois homens que ainda não foram presos, de acordo com a polícia.
Ainda segundo a polícia, o tiroteio aconteceu por volta das 21h e o local estava cheio de crianças brincando em um parque que fica na praça. A polícia diz que dois veículos estavam circulando desde o início da noite no bairro, quando um dos carros parou em uma rua próxima da praça e dois homens, ainda não identificados, começaram a atirar na direção da praça cantor Evaldo Cardoso.
Durante o tiroteio, as duas crianças foram baleadas. Elas foram socorridas pelos próprios moradores e levadas para o hospital. Uma criança chegou morta ao hospital e a outra em estado grave. Ela foi submetida a procedimento cirúrgico, mas também não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Um adolescente de 17 anos que também estava no momento do tiroteio foi baleada em uma das mãos.
Após o tiroteio, a polícia foi acionada e fez rondas pelo bairro tentando encontrar os suspeitos. A polícia acredita que os atiradores estavam tentando atingir um homem que reside no bairro e que já tem passagem pela polícia. Os policiais ainda investigam se o adolescente que foi baleado seria um dos alvos dos atiradores.

Mulher desconfia que o ex tenha assassinado seu atual marido que era pastor em São José de Ribamar

A mulher do pastor Pereira, que foi assassinado na porta de sua casa quando retornava da igreja evangélica, disse aos policiais que investigam o caso que desconfia que o autor da morte tenha sido o ex-marido dela.
O pastor foi morto por arma de fogo por volta das 21h30 de ontem, domingo 21, na rua José Paulo Silva, no bairro Marapoia, na cidade de Ribamar e pelas características do crime tudo leva para execução premeditada. Dois homens estavam em um carro de onde partiram os tiros.
Uma ambulância ainda chegou ao local do crime, mas o pastor já havia falecido, como mostra a foto de Nunes Colunista – Folha Ribamar.

Ferramenta usa inteligência artificial para detectar fake news

Pesquisadores da USP e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) desenvolveram aplicativo para detectar fake news – informações que circulam principalmente pela internet, cuja veracidade do conteúdo precisa ser checada.  A ferramenta, que ainda está em fase de testes, pode ser acessada em versão piloto gratuitamente via web ou pelo próprio WhatsApp.
“A gente sabe que, quando uma pessoa está mentindo, inconscientemente, isso afeta a produção do texto. Mudam as palavras que ela usa e as estruturas do texto. Além disso, a pessoa costuma ser mais assertiva e emotiva. Então, uma das formas de detectar textos enganosos é medir essas características”, explica o professor Thiago Pardo, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. Pesquisador do Núcleo Interinstitucional de Linguística Computacional (NILC). Ele é o coordenador do projeto que resultou na criação da plataforma e na publicação do artigo Contributions to the Study of Fake News in Portuguese: New Corpus and Automatic Detection Results, apresentado no final de setembro na 13ª Conferência Internacional de Processamento Computacional do Português.
“A ideia é que a ferramenta seja um apoio para o usuário. Ainda estamos no início desse projeto e, no estado atual, o sistema identifica, com 90% de precisão, notícias que são totalmente verdadeiras ou totalmente falsas”, pondera o professor. “No entanto, as pessoas que propagam fake news costumam embasar suas mentiras em fatos verdadeiros. Nossa plataforma ainda não tem a capacidade de separar as informações com esse nível de refinamento, mas estamos trabalhando para isso”, completa Thiago Pardo.
Para ver como a ferramenta funciona no WhatsApp, é necessário acessar  o link no smartphone. Automaticamente, uma janela de troca de mensagens do aplicativo se abrirá onde se lê “Nilc-FakeNews” na tela. Basta apertar a tecla enviar e, imediatamente, você receberá outra mensagem: “Olá! Seja bem-vindo ao detector de fake news do NILC-USP – Detecção Automática de Notícias Falsas para o Português! O sistema irá utilizar o modelo de detecção para avaliar se a notícia é falsa ou verdadeira. Insira o corpo de uma notícia.” Pronto, você acabou de acessar o sistema de verificação! Agora, é só colar a notícia que deseja checar. Se forem verificados indícios de fake news, o sistema alertará: “Essa notícia pode ser falsa. Por favor, procure outras fontes confiáveis antes de divulgá-la”.
Após cerca de vinte minutos sem uso, é necessário reativar o acesso ao sistema. Para isso, basta digitar a palavra “Fake” e apertar enviar. Você receberá novamente a mensagem “Olá! Seja bem-vindo…”. Em seguida, pode colar outra notícia e enviar para checagem.
Ensinando o computador 
Mas como os pesquisadores conseguiram ensinar o computador a identificar o que é mentira e o que é verdade, se essa tarefa é difícil até mesmo para nós, seres humanos inteligentes? É aí que entram as técnicas da área de inteligência artificial. Para tornar a máquina capaz de reconhecer as características dos textos mentirosos e a dos textos verdadeiros, bem como diferenciá-los, uma série de passos precisa ser realizada.
O primeiro desafio é construir um conjunto de notícias falsas e verdadeiras em português. É a partir do reconhecimento das características desse conjunto de dados que o computador poderá ser treinado para avaliar futuros textos. São as informações que os humanos inserem nas máquinas e os padrões criados para analisar cada conjunto de dados que modelam os sistemas computacionais para que realizem futuras tarefas. Essa é a mesma tecnologia que possibilita ao Facebook, por exemplo, reconhecer faces. Mas por que, então, quando o Facebook começou a fazer reconhecimento facial o índice de acerto era maior quando aparecia o rosto de alguém branco e ocidental? Ora, por causa do viés que havia no conjunto de faces utilizado para treinar a plataforma: a maioria eram imagens de rostos de seres humanos brancos e ocidentais. A questão gerou uma série de críticas à empresa e demandou um aprimoramento da ferramenta..
No caso da plataforma criada para detectar fake news, o conjunto de notícias utilizado é composto por 3,6 mil textos falsos e 3,6 mil verdadeiros, que foram publicados na web entre janeiro de 2016 e janeiro de 2018. Esses textos foram coletados manualmente e analisados para garantir que apenas os que fossem totalmente falsos ou totalmente verdadeiros compusessem o conjunto, que está disponível para utilização em outras pesquisas.
Os conhecimentos da área de inteligência artificial entram em campo na sequência: os cientistas usam técnicas computacionais para processar os textos coletados automaticamente, fazer a classificação gramatical de todas as palavras, separar cada sentença e cada termo (incluindo pontuações e números). Depois, é hora de identificar as características presentes nesses textos que poderiam ser empregadas para classificá-los em falsos ou verdadeiros. Como os textos verdadeiros costumam ser mais extensos que os falsos, a quantidade de palavras e sentenças não é um fator adequado para diferenciá-los. “Se usássemos esse critério, o sistema teria a tendência de classificar todos os textos curtos como falsos e os extensos como verdadeiros”, explica o doutorando Roney Lira, do ICMC. Para evitar isso, os pesquisadores utilizaram outros parâmetros como o número médio de verbos, substantivos, adjetivos, advérbios e pronomes presentes nos textos.
“Das 3,6 mil notícias falsas que coletamos, 36% possuíam algum erro ortográfico, enquanto apenas 3% das verdadeiras apresentavam esse problema”, pondera Roney Lira. Por isso, a presença de um erro ortográfico passou a se tornar um parâmetro relevante para a verificação da veracidade dos textos. Afinal de contas, a probabilidade de uma notícia ser falsa é muito maior se houver um erro ortográfico..
Na penúltima etapa, os pesquisadores lançam mão de outra técnica de inteligência artificial: “Empregamos métodos clássicos de aprendizagem de máquina, que estão entre os mais utilizados atualmente, e conseguimos treinar o sistema com um índice de 90% de acerto na classificação das notícias”, diz Thiago. O professor explica que o índice de acerto é alto porque o sistema avalia, simultaneamente, diversas propriedades presentes nos textos.
Aprendendo e avançando
Cursando Ciências de Computação no ICMC, o estudante Rafael Augusto Monteiro é um dos colaboradores do projeto, do qual participou por meio de uma iniciação científica. Ele já sonha com os desafios futuros: “Nosso intuito inicial foi trabalhar com textos escritos, pois são uma unidade fundamental para análise em linguística computacional. Mas queremos expandir o projeto e passar a avaliar imagens, vídeos, áudios, abarcando outras mídias”.
Já Roney pretende, durante o doutorado, eliminar uma das principais limitações do detector de notícias: avaliar textos que contém partes falsas e verdadeiras, separando o joio do trigo. “O próximo passo é tentarmos fazer checagem de conteúdo automaticamente, algo que as agências de notícias e os jornalistas fazem hoje manualmente”, conta Thiago Pardo. O professor também quer avançar na detecção de outros tipos de conteúdos enganosos (do inglês, deception) como as revisões falsas de produtos e os textos satíricos. “A mesma tecnologia da detecção de fake news pode ser usada nesses outros casos mediante adaptações. Nas notícias falsas, o grau de emoção do texto faz diferença. Em textos satíricos, como há sempre exagero, humor, espera-se encontrar alto teor emocional. Então, talvez essa característica deixe de se tornar relevante. Por outro lado, na revisão de produtos, é necessário checar as informações técnicas, por exemplo”.
Financiado pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e por outras duas agências de fomento brasileiras, a  Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (Capes) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp),  o projeto Detecção Automática de Notícias Falsas para o Português conta com a participação de mais três pesquisadores: Evandro Ruiz, que é ex-aluno do ICMC e professor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da USP; Tiago de Almeida, professor do departamento de Computação da UFSCar no campus Sorocaba; e de Oto Araújo Vale, professor do Departamento de Letras da UFSCar no campus São Carlos. A equipe teve, ainda, o apoio do doutorando Murilo Gazzola, do ICMC, que foi responsável por disponibilizar a plataforma no WhatsApp. Todo esse trabalho tem sido realizado no âmbito de um projeto maior chamado Opinando (Opinion Mining for Portuguese: Concept-based Approaches and Beyond), que visa fornecer subsídios para a área de mineração de opinião para a língua portuguesa.
Com aproximadamente um ano e meio de vida, o projeto já produziu resultados relevantes e os avanços que poderão ser alcançados no futuro são ainda mais promissores. Mas o professor Thiago ressalta que, por mais que a tecnologia nos ajude na difícil tarefa de identificar as fake news, continuará sendo fundamental a obtenção de informações por meio de fontes confiáveis: “Nenhum sistema será 100% eficiente. Cada vez que se cria algo para detectar um problema, alguém vai descobrir um jeito de burlar”. (Denise Casatti/Jornal da USP)

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...