segunda-feira, 30 de maio de 2016

Maranhense que estudava medicina na Bolívia é encontrada morta

yasminUm estudante de São Luís (MA), que cursava medicina na Bolívia, foi encontrada morta, neste domingo (29), no apartamento em que morava.
Yasmin Lima estava no 1º período do curso, na Universidade Privada Abierta Latinoamericana (Upal), e residia em Cochabamba.
cochabambaSegundo o relato de um colega de curso, em contato com o Blog do Gilberto Léda, Yasmin foi encontrada pela Divisão de Homicídios de Cochabamba com sinais de envenenamento. Não está descartada a hipótese de suicídio.
Este é o segundo registro de morte de maranhense em Cochabamba. Em 2013, José Antonio Francisco da Costa, natural de São Mateus, morreu após a explosão de um botijão de gás no apartamento que ele alugava no distrito de Huanuni (reveja).

Detran-MA realiza dia D para a promoção do Programa CNH Rural


 
O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA ) realiza dia 03 de junho, o dia D de mobilização para as inscrições do Programa CNH Rural. O Programa é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio do Detran-MA. Nesta edição vai beneficiar 2.100 trabalhadores rurais com a gratuidade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria A (motocicletas). As inscrições para o CNH Rural começaram dia 2 de maio e até agora, mais de 2.500 candidatos se inscreveram no Programa.
 
Segundo a diretora geral do Detran-MA, Larissa Abdalla, o objetivo do Dia D é facilitar o acesso do trabalhador a mais um programa do Governo do Estado que tem grande relevância social.
 
“Somando esforços, o Detran-MA e a Secretaria de Agricultura Familiar resolveram agir, conjuntamente, numa data específica, onde todos trabalharão em prol dessas inscrições para que mais trabalhadores rurais tenham acesso ao benefício ”, afirmou a diretora que no dia 3 de Junho estará com o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, na cidade de Caxias participando das atividades do Dia D.  
 
Além dos técnicos da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) e Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), as ações do Dia D contam ainda com o apoio de Sindicatos Rurais, funcionários das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) e da equipe do Programa Mais IDH, do Governo do Estado Programa atende.
 
Durante o dia D, serão realizados atos públicos e atividades para divulgação de informações sobre o CNH Rural nos 14 territórios do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), beneficiando 211 municípios maranhenses. 
 
Para o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, o Programa CNH Rural é uma grande conquista para o agricultor familiar, tendo em vista a sua dificuldade em adquirir o documento.
 
“O Sistema SAF está junto com o Detran-MA nessa jornada e vai reunir as 19 regionais da Agerp com as Ciretrans espalhadas pelo nosso Estado para auxiliar o agricultor familiar na hora da inscrição. O ‘Dia D’ de mobilização do Programa CNH Rural em Caxias, vai servir como um mutirão que ajudará o agricultor a concorrer a uma das 2.100 vagas ofertadas pelo Programa. Procuramos dividir por todos os territórios para atender quase todas as cidades do Maranhão”, explicou.

Para participar do Programa, os candidatos devem ter acima de 21 anos, ensino fundamental completo, residir na zona rural do estado e exercer atividade rural. As inscrições do Programa vão até o dia 17 de junho e devem ser feitas na página do CNH Rural:www.detran.ma.gov.br/cnhrural.

Suspeito de participar de estupro coletivo é preso no Rio de Janeiro

Um dos suspeitos de participar do estupro coletivo da jovem de 16 anos se apresentou aos policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) e já foi preso, confirmou a delegada responsável pelo caso, Cristiana Bento, durante coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (30) .
Raí de Souza é um dos seis procurados pela Polícia Civil do Rio, acusados de envolvimento no estupro coletivo da adolescente no último dia 21, no bairro de Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro.
Além de Raí, estão sendo procurados Sérgio Luiz da Silva Júnior, conhecido como Da Russa (apontado como chefe do tráfico do Morro da Barão, na Praça Seca, onde ocorreu o crime); Marcelo Miranda da Cruz Correa; Raphael Assis Duarte Belo; Michel Brasil da Silva e Lucas Perdomo Duarte Santos, namorado da vítima, que deve se apresentar na DCAV ainda hoje.
© Divulgação Da esquerda para a direita: Sérgio Luiz da Silva Junior, Marcelo Miranda da…
Da esquerda para a direita: Sérgio Luiz da Silva Junior, Marcelo Miranda da Cruz Correa, Raphael Assis Duarte Belo, Michel Brasil da Silva, Lucas Perdomo Duarte Santos e Raí de Souza.
O advogado de Santos, Eduardo Antunes, confirmou que ele comparecerá à delegacia "mesmo que ele fique preso". "A gente sabe que ele está falando a verdade, vou estudar o pedido de prisão para apresentar as medidas cabíveis", afirmou Eduardo Antunes.
Antunes disse que que está analisando a possibilidade de habeas corpus ou revogação da prisão, já que o crime de estupro de vulnerável é inafiançável, ou seja, o suspeito não pode ser solto mediante pagamento de fiança. Lucas é jogador do Boavista, time de Saquarema, na Região dos Lagos.
O Disque Denúncia oferece R$ 1 mil para quem der informações sobre seu paradeiro.
"Houve estupro"
Durante a coletiva nesta segunda, a delegada Cristiana Bento, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), disse não haver mais dúvidas de que a jovem foi vítima de estupro.
"A minha convicção é de que houve estupro, porque há o vídeo, além do depoimento da vítima. O que é preciso esclarecer é a extensão desse estupro. A gente quer verificar quantas pessoas praticaram esse crime. Mas que houve, houve".

Cristiana acolheu o caso neste domingo, após o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinar o afastamento de Alessandro Thiers, Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), agora encarregado de investigar o vazamento das imagens do estupro nas redes sociais.

Governador Flávio Dino nomeia Luiz Gonzaga Coelho Martins como novo Procurador Geral de Justiça





O governador Flávio Dino nomeou o promotor Luiz Gonzaga Martins Coelho como novo Procurador Geral de Justiça do Ministério Público do Maranhão. O ato da escolha do chefe do órgão nos próximos dois anos foi realizado na manhã desta segunda-feira (30), no Palácio dos Leões. O escolhido está há 23 anos no Ministério Público e assegura ter como prioridade em sua gestão a educação, o apoio às políticas sociais e o combate à corrupção.

De acordo com Flávio Dino, há, no programa do promotor Luiz Gonzaga, uma ampla convergência entre o propósito do Governo de respeitar a independência das instituições, assim como também manter com elas uma relação harmônica em torno de objetivos comuns que possam ser desenvolvidos em favor da sociedade.


“Achei especialmente importante que nesse programa haja uma ênfase nesse papel do Ministério Público no combate à corrupção, ao uso do dinheiro ilícito em campanhas eleitorais, especialmente aquele relacionado à agiotagem, assim como também o destaque que o programa de trabalho que o promotor Luiz Gonzaga dá para as políticas sociais, notadamente à temática da educação”, explicou o governador.

Para Flávio Dino, além do programa apresentado, a escolha do novo Procurador Geral de Justiça levou em conta o currículo e a trajetória do promotor Luiz Gonzaga no Ministério Público do Maranhão. “Em razão da soma dos atributos curriculares, assim como os compromissos programáticos, considerei que o nome do promotor Gonzaga reunia, nesse instante, as condições mais adequadas para fazer o trabalho que o Maranhão necessita”, reiterou.


Luiz Gonzaga Martins Coelho disse que esse é um momento especial em sua vida constitucional, e a escolha é o coroamento de uma carreira de 23 anos como promotor de justiça, como também pela experiência associativa e pelo trabalho como Diretor Geral da PGJ, “onde nós tivemos uma experiência de toda essa parte administrativa, orçamentária e financeira que nos habilita para exercer esse cargo de procurador-geral que é o cargo máximo da nossa instituição”.

O novo Procurador Geral, escolhido para o biênio 2016-2018, disse que a principal proposta da sua gestão será o enfrentamento à corrupção. “Nós vamos combater tanto a corrupção, quanto o combate a sonegação fiscal, a lavagem de dinheiro e a prática de agiotagem por empresários e prefeituras. Esse será o carro-chefe e nós assumimos esse compromisso”, ressaltou Luiz Gonzaga.

Parceria com o Executivo
Na reunião com o governador Flávio Dino, o novo chefe da PGJ enfatizou que seu programa contém propostas que complementarão iniciativas do Governo como o Plano de Ações Mais IDH e o Escola Digna. “Eu elenquei nas nossas propostas os princípios norteadores da nossa gestão. Uma gestão moderna que defenda a autonomia e as prerrogativas do Ministério Público, além de manter e aprimorar as relações institucionais e harmoniosas com todos os poderes. Também visa garantir a independência constitucional, fomentar o debate interno, estimular a participação de todos os membros, decidir pelo coletivo e liderar pelo exemplo”, realçou.



Luiz Gonzaga Martins Coelho ingressou no Ministério Público em 1994 e atuou nas comarcas de Presidente Dutra, Olho d'Água das Cunhãs, Timon e Bacabal. Exerceu por dois mandatos o cargo de presidente da Associação do Ministério Público do Maranhão (AMPEM); foi o primeiro coordenador do Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral e Administrativa (MCCEA); foi diretor e vice-presidente do Conselho Fiscal da CONAMP Nordeste (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público); e atualmente exerce, há quatro anos, o cargo de Diretor-Geral da PGJ.

Barbárie: População de Imperatriz faz justiça com as próprias mãos e mata assaltante

O corpo ainda não foi identificado
O corpo ainda não foi identificado
Um homem ainda não identificado acabou morrendo na tarde deste domingo (29) em Imperatriz. A vítima tentou assaltar um bar no bairro Bacuri e o dono teria reagido. Depois de contido, ele foi pego pela população que, revoltada, decidiu fazer justiça com as próprias mãos.
O meliante teve os pés e pescoço amarrados e foi espancado por populares até a morte. Segundo informações preliminares o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado mas ao chegar no local, o assaltante já tinha ido a óbito.

sábado, 28 de maio de 2016

Em programa do PP, Luciano reafirma compromisso em Pinheiro

luciano gravação
O pré-candidato a prefeito de Pinheiro Luciano Genésio gravou na última segunda-feira 23, uma das inserções do Partido Progressista – PP, para o horário de Televisão destinado aos partidos. A participação de Luciano foi ao ar ontem, em rede estadual.
Na gravação, Luciano reafirma seu compromisso com a população de Pinheiro e com sua candidatura a prefeito nas eleições de outubro pelo PP. Ele  disse ainda que já trabalha a união das oposições ao prefeito Filuca, com o apoio do Palácio dos Leões.
Principal nome da oposição em Pinheiro, Luciano tem agora reais chances de impor uma dura derrota ao prefeito Filuca, já que a tendência é que os Leões fechem questão somente em torno de sua candidatura.
O programa do PP, contou ainda com a participação do presidente estadual da legenda, deputado André Fufuca.

Procuradoria avalia pedir novo inquérito contra Sarney e Lobão


Lobão e Sarney, ambos aliados de longas datas.
O ex-presidente José Sarney e o senador Edison lobão, ambos do PMDB, tem os nomes avaliados pela Procuradoria Geral da República para serem alvos de novo inquérito relativo aos diálogos do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.
Machado fez acordo de delação com a procuradoria e o Supremo Tribunal Federal (STF).
O procurador Rodrigo Janot avalia em pedir ao STF para que possibilite novas investigações, baseado em depoimentos que Machado prestou a investigadores da operação Lava Jato, segundo informou o colunista do G1 Matheus Leitão.
Em um dos diálogos, o ex-presidente Sarney se mostra preocupado se alguém soube de uma ajuda da qual recebeu de Machado. “Mas alguém sabe que você me ajudou?”. Em seguida, Machado diz que não comentou com ninguém. “Não, sabe não. Ninguém sabe, presidente”.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Ministro do STF condena Jornal Pequeno a pagar indenização de R$ 40 mil a Sarney


O ministro Luís Felipe Salomão, do Supremo Tribunal Federal (STF), em decisão monocrática, condenou o Jornal Pequeno a pagar uma indenização de R$ 40 mil ao ex-presidente e ex-senador José Sarney. Salomão entendeu que a moral de José Sarney foi atingida por ele ter sido chamado de “capacho da ditadura e dos militares golpistas”.
Ao analisar o processo, o ministro Salomão acatou parte dos pedidos feitos pela defesa de Sarney, representada pelos advogados Eduardo Borges Araújo e Janaína Lusier Camelo Diniz, e elevou o pedido do valor da indenização a ser paga ao peemedebista. Anteriormente, a Justiça havia definido a indenização em R$ 10 mil. Sarney recorreu e conseguiu aumentá-la.
A relação de Sarney com o Jornal Pequeno foi parar na Justiça por causa de reportagens publicadas em 2010. O ministro do STF alegou que o alvo das frases consideradas ofensivas trata-se de pessoa pública e que tem “imagem estabelecida em âmbito nacional”.
“Os direitos à informação e à liberdade de expressão não impedem que a imprensa responda por eventuais danos à honra e à imagem de pessoas citadas”. Esse foi o entendimento do ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça, ao condenar o JP.
O caso começou em 2010, quando o então senador reclamou de textos publicados pelo Jornal Pequeno: “capacho da ditadura e dos militares golpistas”, “velho coronel”, “figura minúscula” e um político que “mente compulsivamente”.
A editora disse que o jornal usou da garantia da livre manifestação de pensamento. O juízo de primeiro grau reconheceu a liberdade para se publicar textos opinativos, mas disse que o direito de noticiar e opinar encontra limite na inviolabilidade da imagem, honra e intimidade das pessoas. A sentença foi mantida pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal, que negou pedido de Sarney para aumentar a indenização. O ex-presidente recorreu e conseguiu decisão favorável no dia 11 de maio.

Waldir Maranhão fecha com o Governo


Opositor ao PMDB e contra o impeachment da presidente Dilma, o presidente interino da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), fechou aliança com o Governo Michel Temer.
Pesou a mão oculta de Eduardo Cunha, seu padrinho.
A despeito de alguns opositores, a maioria dos partidos aceitou o acordão, e Maranhão deve ficar. O parlamentar foi humilde e pediu desculpas pela trapalhada do cancelamento da sessão do impeachment de Dilma.
Agora, avisa que pretende tocar uma pauta governista aliada às demandas do colégio de líderes. Diz que vai priorizar projetos que gerem emprego. “Não serei obstáculo, serei solução”, repete.
ROSSO DI RABBIA
Quem está brabo é o federal Rogério Rosso (PSD-DF). Ele era o candidato da coalizão governista para assumir a presidência. Mas Maranhão fica, se não fizer bobeira.

Justiça inclui em Regime Disciplinar Diferenciado envolvidos em ataques a ônibus


A 1ª Vara de Execuções Penais da comarca da Ilha determinou a inclusão dos apenados Leanderson Nonato dos Santos, Henrique Borges Chagas, Wlderley Moraes e Eliakim Dávila Machado, em Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). A decisão datada da última terça-feira (24) é baseada no envolvimento dos condenados com a articulação, organização e execução dos ataques a ônibus coletivos na capital, ocorridos nos últimos dias.
penitenciaria_de_pedrinhas_presos_que_destru_305061Apenados vão para regime disciplinar diferenciado em Pedrinhas
Os quatro presos foram autuados em flagrante pelo crime de organização criminosa. Deverão ser recolhidos às celas individuais do presídio de maior segurança existente no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, com videomonitoramento, banho de sol individual de apenas duas horas por dia e restrição das visitas a uma pessoa da família (exceto criança), com duração também de duas horas, na forma da Lei.
O RDD foi requerido pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão. De acordo com o pedido do Estado, uma investigação criminal realizada confirma que cada preso teve elevado grau de envolvimento na organização e execução dos ataques.
Na decisão a juíza observa que os fatos perpetrados pelos apenados são concretos e graves, por isso, perfeitamente passíveis de inclusão no RDD, visando em primeiro lugar o resguardo do interesse maior da Justiça e da paz social. “Assim, o apenado demonstra comportamento insatisfatório, porquanto o reeducando frustra os objetivos da execução penal”, ressalta a decisão sobre a conduta de cada apenado.
Ônibus foi completamente consumido pelas chamas no Altos do TuruFatos são concretos e graves, passíveis de RDD, segundo a juíza
A Justiça considerou os fortes indícios de que os réus seriam líderes de facção criminosa responsável por vários ataques contra a sociedade, o que justifica as suas internações em regime disciplinar diferenciado.
A necessidade de inclusão imediata dos apenados em regime disciplinar diferenciado foi determinada visando a manutenção da segurança nos locais onde os mesmos estão recolhidos, evitando rebeliões e motins que poderiam surgir com a realização prévia de audiências de oitiva da defesa e do Ministério Público (MPMA). A juíza determinou ainda, a intimação do secretário de Administração Penitenciária do Estado para dar cumprimento às medidas, e notificação do MPMA.

Dono de jornal não é responsável direto pelas notícias publicadas


O fato de jornais publicarem notícias com críticas a pessoas não faz de seus donos os culpados pela produção do material. Assim entendeu, por maioria de votos, a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal, ao rejeitar queixas-crime por calúnia e difamação apresentadas contra os proprietários do Diário do Pará — o senador Jader Barbalho (PMDB-PA), sua mulher, a deputada federal Elcione Barbalho (PMDB-PA), e o filho do casal, o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho (PMDB-PA).
Na denúncia, feita pelo deputado federal Wladimir Costa (SD-PA), consta que os três citados teriam influenciado a produção de notícias que criticam parlamentar durante as eleições de 2014. Entre as acusações que consideradas caluniosas por Costa estão a de que ele possuía organizações não governamentais em nome de “laranjas” para firmar convênios falsos e aumentar seu patrimônio, e que teria usado indevidamente recursos da Câmara dos Deputados destinados à compra de passagem aéreas.
Para a relatora das petições (Pet) 5.629, 5.631 e 5.639, ministra Rosa Weber, a narrativa da conduta não atende aos requisitos para ser enquadrada no artigo 41 do Código de Processo Penal. O dispositivo exige, além da descrição dos fatos criminosos, a demonstração da participação dos acusados.
Rosa Weber destacou que nas queixas não foi dito nada sobre os acusados terem induzido, instigado ou auxiliado na elaboração ou divulgação das matérias. Segundo ela, a mera condição de proprietários do jornal não sugestiona que eles tenham cometido ação ou omissão de relevância penal.
“Para associar penalmente os querelados à matéria jornalística tida por ofensiva a sua honra, impunha-se ao querelante descrever, no mínimo, como, onde e em quais circunstâncias houve a participação causal relevante dos acusados para elaboração e divulgação do conteúdo da matéria. Inexiste narrativa que permita inferir minimamente sua participação dos acusados nos fatos tidos como delituosos”, afirmou a ministra.
Ficou vencido no julgamento o ministro Marco Aurélio. Ele entendeu que os políticos, ainda que visando a disputa eleitoral, teriam usado sua posição no jornal para acusar o parlamentar de atos criminosos. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

GOLPE E IRRESPONSABILIDADE

Por Zé Reinaldo
Cinco partidos, agora no governo, resolveram recorrer ao Supremo para que a presidente Dilma Rousseff explique porque ela não para de dizer que o impeachment é golpe. O Supremo acatou a ação e a ministra Rosa Weber deu o prazo de dez dias para que a presidente afastada responda. Ela pode responder ou não, nada na lei a obriga. Mas, seja qual for a atitude da presidente, respondendo ou não, o objetivo dos partidos é acioná-la criminalmente e também por danos morais ao país. A presidente não se importa de causar danos à imagem do país e age como uma militante partidária.
E o governo Temer concluiu o tamanho do rombo que a irresponsabilidade fiscal e o criminoso tratamento dado ao Orçamento da União por parte da presidente e do seu governo. A experiente e capacitada equipe econômica que Temer reuniu com a missão de corrigir os imensos erros e irresponsabilidades que levaram o país à paralização e ao desemprego resolveu primeiro dimensionar o rombo que a criatividade fiscal da equipe comandada por Dilma tinha criado. Feito isso entender o problema por inteiro e em seguida propor as soluções cabíveis.
É um espanto inconcebível o ponto a que chegaram e levaram o país, tudo feito ás surdinas, enganando todos com as criativas propagandas de João Santana e de sua mulher Mônica. Ninguém tinha ousado chegar tão longe. Tinham descoberto o “poço da felicidade” criando dinheiro sem lastro. Para que essa enganação pudesse perdurar e não ser descoberta era preciso não entregar o poder. Tinham que mantê-lo de qualquer maneira e aí veio o dinheiro desviado da Petrobrás, usado para desequilibrar a eleição presidencial em seu favor.
Mas era impossível continuar com a mentira. A fonte estava exaurida e o quadro ficou insustentável e aí Dilma tentou mudar a política econômica pois não podia mais continuar com a mentira. E ao adotar a do candidato que havia vencido na eleição, certamente a única possível no momento, começou a deterioração rápida da sua imagem que levou ao processo de impeachment.
Os números são assombrosos. Mais de cento e setenta bilhões de reais e mesmo assim tem muita coisa fora como o do rombo da Petrobras, da Eletrobrás, dos Fundos de Pensão e da Previdência Social. Só este último neste ano está projetado um déficit de cento e quarenta e seis bilhões de reais.
Quebraram o país. Temer sabe o que terá que enfrentar e com essa poderosa equipe que reuniu os caminhos serão encontrados que permitirão no primeiro momento a volta da confiança dos investidores, pois sem investimentos não serão criados os empregos que são a face mais aguda da crise.
Tenho a obrigação de alertar o governador sobre esse problema da federalização do porto do Itaqui. O canal do Panamá vai ser aberto agora com novas dimensões. E será a principal rota de transporte entre o Brasil e a Ásia. A realidade do governo brasileiro é a absoluta incapacidade de investimento em toda a infraestrutura inclusive no sistema portuário. Precisamos de muito investimento no Itaqui para possibilitar que ele se transforme na principal porta de entrada e saída de produtos brasileiros para a Ásia. Hoje não temos ainda as condições necessárias. Não estamos sozinhos nisso. Falam também na privatização de Pecém no Ceará e nos portos do Pará, todos com condições de serem esses portos capazes de fazer essa ligação, embora o melhor de todos seja o Itaqui.
O Itaqui é muito bem dirigido por Ted Lago, homem sério e capaz, mas ele precisa de grandes investimentos no porto e o governo não terá.
Assim, vai como sugestão ao governador Flávio Dino, sugestão não pedida, mas de quem só quer, como ele, o desenvolvimento do estado. Eu tenho uma experiência muito grande na matéria, pois fui ministro dos Transportes, que naquele tempo cuidava de tudo, inclusive dos portos. O Píer Petroleiro, tão importante para o Maranhão, foi daquela época. Qual sugestão poderia dar ao governador? Que o estado se antecipe e faça a privatização, em todo ou em parte do porto, mantendo o controle do porto nas mãos do estado. Chineses e japoneses, por motivos óbvios tem enorme interesse e tem imenso poder de investimento capazes de transformar o porto nesse super porto tão sonhado por nós.
Além disso, se eles fizerem esses investimentos, naturalmente vão trazer suas cargas para cá e seremos finalmente imbatíveis como pensaram nossos antepassados.
Essa é a sugestão que dou.

Bandidos assaltam agencia dos correiro em Turilândia


Noticias chegada agora de Turilândia, que a agencia dos correios da cidade acaba de ser assaltada. Neste momento tem muita gente nas imediações da agencia. A policia cercou o local. Não se sabe ainda se alguém foi preso e se os bandidos levaram alguma quantia em dinheiro.
Segundo informações os bandidos estão no interior da agencia e fizeram os funcionários de refém. Mais tarde mais informações sobre o assalto.
Fotos e informações enviadas por Hudson Moreira 

Má Fé, partidários de Leonardo Sá tentam confundir opinião publica associando imagem de Luciano a Filuca



O pessoal do Leonardo Sá já reconhece que ele não será nunca prefeito e muito menos candidato a prefeito de Pinheiro. Desesperando, eles publicam falsas noticias nas redes sociais, numa tentativa de confundir a opinião publica associando imagens de Luciano ao prefeito Filuca. O desespero bateu de cara.

Foi só Luciano gravar uma inserção para o programa do PP, que será vinculado em rede estadual a partir de hoje e articular o PSB como o senador Roberto Rocha, que o desespero florou.

Luciano é sim, candidato a prefeito de Pinheiro pelo PP e com o apoio do governo do estado. A decisão já foi tomada no Palácio dos Leões e essa garantiu já foi dada a ele pelo próprio Flávio Dino à Luciano..  Falta somente o governador anunciar esse apoio, o que não vai demorar.  

Governo paga salários dia 26


salarioO salário dos servidores estaduais do Maranhão será antecipado para o dia 26 de maio, no feriado de Corpus Christi. Assim, os servidores poderão aproveitar o feriadão prolongado com a grana no bolso, já que dia 27 será dado ponto facultativo. O governador Flávio Dino comemorou mais uma antecipação em meio à forte crise econômica “por força de gestão fiscal responsável”.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Órgãos do Governo do Estado não terão expediente nesta quinta e sexta

O Governo do Maranhão informa que na próxima sexta-feira (27) será ponto facultativo para órgãos públicos do Estado, conforme estabelecido no decreto nº 31.473, de 18 de janeiro de 2016, que define os feriados e pontos facultativos da administração pública estadual, em 2016.
Em virtude do feriado de quinta-feira (26), dia de Corpus Christi, os órgãos do Estado, com exceção daqueles que prestam serviços considerados de natureza essencial, não funcionarão na quinta e sexta-feira (26 e 27), feriado e ponto facultativo, respectivamente. As atividades serão retomadas na próxima segunda-feira (30).
O calendário de feriados e pontos facultativos da administração pública estadual de 2016 é estabelecido por meio do Decreto 31.473, de 18 de janeiro de 2016, e deve ser observado pelos órgãos da Administração Estadual, incluindo as Autarquias e Fundações Públicas.

Hospital Regional Dr. Jackson Lago triplica número de cirurgias programadas em abril



O Hospital Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago, no município de Pinheiro, mais do que triplicou a quantidade de cirurgias programadas na unidade de saúde, que passaram de 42, em março, para 156 no mês seguinte, um salto de 271,43%.

O resultado foi registrado após contratação de novas equipes a partir de processo seletivo, coordenado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), em parceria com o Instituto Acqua, gestor da unidade.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula, os hospitais macrorregionais viabilizam o atendimento de média e alta complexidade em áreas anteriormente desprovidas de tal nível de assistência. “A partir da consolidação do trabalho dos nossos hospitais regionais, é natural que haja a migração dos procedimentos cirúrgicos para essas unidades, preparadas para isso. A partir daí, alcançamos de modo eficiente e ágil o paciente com demandas mais graves nos municípios e fortalecemos a rede assistencial do Estado”, explicou.

Economia

O hospital Dr. Jackson Lago obteve economia de mais de R$ 137 mil por mês com serviços médicos. A estimativa é que, em um ano, a unidade economize cerca de R$ 1,6 milhão com os novos profissionais. O valor equivale a uma redução mensal de 14,5%, se comparado ao período anterior à realização dos seletivos.

Outros atendimentos também obtiveram crescimento significativo em abril, como as consultas médicas em cirurgia geral, que aumentaram 51,32%, após a chegada da nova equipe de cirurgiões. Em abril foram realizadas 155 consultas a mais que no mês anterior. Como consequência, o hospital também registrou crescimento na quantidade de exames em diversas áreas, com destaque para ultrassonografia (338,72%), radiologia (91,69%), eletrocardiografia (26,57%) e tomografia (15,11%).

Novos serviços

Este mês, a unidade passou a oferecer à população da Baixada Maranhense as especialidades de mastologia e otorrinolaringologia, após a contratação de profissionais nessas áreas. Desde o início deste mês, o hospital conta com um mamógrafo, equipamento que detecta de forma precoce o câncer de mama. Em apenas 12 dias após o início do novo serviço, o hospital realizou 30 consultas de mastologia, agendou 25 mamografias e confirmou uma cirurgia de retirada da mama.

Estrutura

Inaugurado em setembro de 2015 pelo Governo do Estado, o Hospital Regional realizou mais de 115 mil atendimentos à população em seis meses de funcionamento, o que o torna referência no atendimento de aproximadamente 600 mil habitantes de 34 cidades da região.

Na unidade, a população dispõe de serviços de apoio de diagnóstico, com laboratório, tomografia, raios-x, ultrassonografia e endoscopia, além de 122 leitos de internação, sendo 26 de clínica médica, 26 de clínica pediátrica, 26 de clínica ortopédica, 26 de clínica cirúrgica, 12 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seis de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI).

Capacitação

A unidade regional, também, tem investido na qualificação do atendimento. Mais de 30 profissionais participaram de treinamento em Suporte Básico de Vida, que orientou enfermeiros e técnicos de enfermagem sobre os procedimentos necessários para o atendimento de pacientes com parada cardiorrespiratória.


O encontro proporcionou o contato com técnicas e protocolos universais utilizados para o atendimento deste tipo de emergência e foi ministrado pelo coordenador médico do Hospital Regional, o clínico geral Ricardo Batista. Além da parte teórica, a capacitação incluiu a simulação de diversas situações vivenciadas pelos funcionários da unidade. 

CNH RURAL

É um programa instituído pelo Governo do Maranhão, por meio do DETRAN/MA, que visa a formação, qualificação e habilitação profissional de condutores de motos, acima de 21 anos, que exerçam atividade rural, permitindo a obtenção gratuita da Permissão para Dirigir – PD na Categoria A da Carteira Nacional de Habilitação – CNH. 
Em 2016, o CNH Rural vai oferecer 2.100 vagas, sendo 150 divididas entre os 14 municípios que compõem o Programa de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais do Ministério de Desenvolvimento Agrário. Para a seleção dos inscritos, no caso de o número ultrapassar a quantidade de vagas anuais, será realizado sorteio por território.

Benefícios concedidos pelo Programa:
  1. Isenção do pagamento de taxas e dos custos relativos aos exames de aptidão física, mental e psicológica;
  2. Isenção de pagamento dos custos para obtenção da Permissão para Dirigir na Categoria A e da CNH;
  3. Isenção do pagamento dos valores relativos à realização dos cursos teórico-técnico e de prática de direção veicular;
  4. Isenção do pagamento dos custos inerentes à realização de provas teóricas e práticas;
  5. Isenção do pagamento dos custos inerentes à consulta de Junta Médica e exame prático de direção veicular por comissão especial, quando se tratar de pessoa com deficiência;
  6. Isenção do pagamento dos custos da emissão da Permissão para Dirigir e emissão da CNH.
Requisitos para participar:
  1. Ter acima de 21 anos de idade, devidamente comprovado por documento de Identidade;
  2. Ter domicílio em área rural de municípios do Estado do Maranhão que estejam integrados ao Sistema Nacional de Trânsito - SNT
  3. Ter concluído o Ensino Fundamental, comprovado por meio de certificado ou declaração emitida por instituição de ensino devidamente registrada no Conselho Estadual de Educação;
  4. Ter declaração de Aptidão do PRONAF – DAP (pessoa física), de qualquer grupo, inclusive DAP Acessória;
  5. Não ter sido condenado judicialmente na esfera cível ou criminal pela inobservância da legislação de trânsito
  6. Não ter sofrido penalidades decorrentes de infrações de trânsito de natureza grave ou gravíssima, ou reincidente em infração média, conforme artigo 148, § 3º, da Lei Federal nº 9.503/97;
  7. Ser penalmente imputável;
  8. Possuir Carteira de Identidade ou equivalente.

PF deflagra ‘Operação Casa Cheia’ contra crime previdenciários no Maranhão


A Força-Tarefa Previdenciária, integrada pelo Departamento de Polícia Federal, Ministério do Trabalho e Previdência Social e Ministério Público Federal deflagrou hoje (24) a ‘Operação Casa Cheia’, com a finalidade de reprimir crimes previdenciários na cidade de São Luís. As investigações, iniciadas no ano de 2015, levaram à identificação de um esquema criminoso com atuação desde 2011, responsável pela concessão de benefícios de amparo social ao idoso fraudulentos. Os titulares eram pessoas fictícias, criadas virtualmente através da falsificação de documentos públicos.
A operação contou ainda com a participação de policiais federais e de servidores da área de inteligência do Ministério do Trabalho e Previdência Social- a Assessoria de Pesquisa Estratégica e Gerenciamento de Riscos (APEGR).
No esquema criminoso havia a participação de três servidores do INSS e de intermediários. A investigação contou também com o auxílio do Instituto de Identificação do Estado do Maranhão, que desde o ano passado vem colaborando intensamente com os trabalhos desenvolvidos pela Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários, especialmente na identificação de Documentos de Identidade falsos.
A Polícia Federal cumpriu 12 Mandados Judiciais, sendo um de prisão preventiva, quatro de condução coercitiva e sete de busca e apreensão. Dentre os Mandados Judiciais consta, ainda, a previsão de arresto de bens imóveis e de veículos no nome dos investigados, além da determinação para que o INSS suspenda/bloqueie o pagamento de 43 benefícios de amparo social ao idoso e realize auditoria em outros 27 benefícios dessa mesma espécie. Com relação aos servidores da autarquia previdenciária, há a proibição de frequentar o local de trabalho, e a determinação para o afastamento das funções públicas pelo prazo de 90 dias.
O prejuízo inicialmente identificado se aproxima de R$ 1,65 milhão. O valor do prejuízo evitado com a consequente suspensão desses benefícios, levando-se em consideração a expectativa de sobrevida média da população brasileira, é de aproximadamente R$ 1 milhão.
A Operação foi denominada ‘Casa Cheia’ em face dos titulares de 42 benefícios identificados supostamente residirem em apenas duas residências, levando-se em conta o endereço cadastrado nos benefícios.

Assim fica difícil!!! Juíza manda soltar envolvidos em incêndios a ônibus…

http://www.marcoaureliodeca.com.br/wp-content/uploads/2014/01/quadrilha.jpg
parte da quadrilha que tocou o terror em São Luís: a polícia prende, a Justiça solta…
A juíza auxiliar da 1ª Vara Criminal, Leuman de Moura Silva, determinou nesta quinta-feira (23) a soltura dos criminosos Sansão dos Santos Salles e Julian Jeferson Sousa da Silva, acusados de participação nos ataques a ônibus que resultaram na morte da menina Ana Clara Souza.
A informação foi dada em primeira mão pelo jornalista Geraldo Castro, no programa Abrindo o verbo, da Mirante AM.
Os dois bandidos foram presos logo depois dos atentados, após investigação da polícia que resultou na prisão de outros 14 marginais apontados como coautores dos crimes.
Além dos ataques a ônibus e da morte da menina Ana Clara, o bando é acusado também de atirar contra delegacias de polícia na capital maranhense.
Mas a juíza entendeu não haver razão para que eles fiquem presos…

O pré-candidato a prefeito de Pinheiro, Luciano grava inserção para o horário de TV em rede estadual que irá ao ar na quinta-feira e reafirma candidatura a prefeito pelo PP



O pré-candidato a prefeito de Pinheiro, Luciano, gravou na tarde desta segunda-feira 23, uma inserção para o horário de Televisão do partido Progressista - PP, que será vinculado na próxima quinta-feira, em rede estadual.

Na gravação Luciano reafirma que é candidato a prefeito nas eleições de outubro pelo PP e que já trabalha a união das oposições ao atual prefeito, com o apoio do Palácio dos Leões.

Contra o "vicio" 30ª fase da Lava Jato nas ruas

A Polícia Federal cumpre nesta manhã um total de 39 mandados na 30ª fase da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro e em São Paulo, sendo dois de prisão preventiva, 28 de busca e apreensão e 9 de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento.
São alvos da operação tem relação com o ex-ministro José Dirceu e o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, que representava os interesses do PT no esquema montado para roubar a Petrobras. Os contratos fraudadossomam R$5 bilhões, entre 2009 e 2013. Das nove conduções coercitivas, duas são contra funcionários da estatal.
Esta fase, denominada de Operação Vício, objetiva desmantelar o esquema de corrupção e lavagem de ativos decorrentes de contratos com a Petrobras que geraram repasses de valores não devidos entre empresas, funcionários da estatal e agentes públicos e políticos. Foram mobilizados na Operação Vício cerca de 50 Policiais Federais e dez servidores da Receita Federal.
Três grupos de empresas são acusadas de criar contratos fictícios de prestação de serviços para repassar à Diretoria de Serviços e Engenharia e Diretoria de Abastecimento da Petrobras.
Também estão sendo cumpridos nesta terça-feira mandados que buscam a apuração de pagamentos indevidos a um executivo da área internacional da Petrobras em contratos firmados para aquisição de navios-sondas. Os crimes investigados nesta etapa são corrupção, organização criminosa e lavagem de ativos. Os presos serão levados a Curitiba.

Até os mais críticos aprovaram ações do Governador Flávio Dino

Flávio Dino agiu com autoridade no combate às ações criminosas

Os leitores do Blog do Luis Cardoso estão carecas de saber que o site aqui tem visão critica dos atos injustos e equivocados do governador Flávio Dino que, aliás, até processa o titular do blog. Porém, não custa nada reconhecer o que é correto e justo.
Durante todo o período em que se iniciaram as ações criminosas de uma facção organizada em São Luís, com incêndios aos ônibus, o governador esteve atento todo o tempo, reunindo todo com a cúpula do sistema de Segurança Pública, até altas horas da madrugada.
Acompanhou tudo de perto e, portanto, não foi omisso. Esteve pessoalmente no Coroadinho (foto), bairro onde um ônibus foi queimado. Conversou com moradores e deu a certeza de que fatos idênticos naquele lugar não se repetiriam.
Solicitou a presença da Força Nacional e foi prontamente atendido, calando a boca de muitos que desejam o isolamento do nosso estado em relação ao governo federal.
Em 2014, o blog tinha as mesmas visões críticas ao governo de Roseana Sarney e do seu incompetente secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, que mandou grampear, investigar e determinou que todos os comandantes de batalhões processassem o titular do site. Nada encontraram.
Naquele ano houve rebelião dentro de pedrinhas, arrastões, mortes e decapitações dentro e fora do presídio de Pedrinhas. Ao contrário de Flávio Dino, Roseana Sarney se encastelou. Foi omissa e covarde. E deu no que deu.
O governador atual só não pode permitir que serviço de inteligência, pela segunda vez, saiba de tudo e não aborte as operações criminosas, tanto nos assaltos a bancos como nos incêndios aos ônibus.
O blog continuará tendo a visão crítica daquilo que for errado no poder público estadual, mas reconhecerá sempre quando houver justiça e acertos.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...