Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

TEM JEITO NÃO.Eleições 2014: Flávio dispara com 62% para o governo do Maranhão

Imagem
São Luís - Pesquisa encomendada pelo Jornal Pequeno ao Instituto Amostragem revela que se a eleição para o governo do Estado fosse hoje o presidente da Embratur, Flávio Dino, lideraria com folga na espontânea e em todos os cenários estimulados.

Na media, de quatro cenários prováveis no pleito de daqui a 22 meses, ele teria 61,99% dos votos. A pesquisa foi realizada no período de 15 a 17 deste mês e ouviu 1.300 eleitores em 40 municípios localizados em todas as regiões do estado.

Na espontânea, aquela em que o entrevistador não apresenta o nome dos prováveis candidatos, Flávio Dino lidera com 17,92% das intenções. Em segundo lugar aparece o nome da governadora Roseana Sarney, que não poderá disputar nova reeleição em 2014, com 9,38%. O secretário Luis Fernando é lembrado por 1,62%; ministro Edison Lobão por 1,38% e os outros nomes com pontuação abaixo de 1%, entre os quais João Castelo, Tadeu, Edivaldo Holanda, Gastão Vieira.

CenáriosNo primeiro cenário estimulado, Flávio Dino tem 55,54% …

Caiu o discurso do deputaduzinho verde. Roseana Sarney anula licitação para construção de hospital em Pinheiro

Imagem
No dia 21 de setembro deste ano, às vésperas das eleições municipais, a governadora Roseana Sarney e o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, realizaram, no Centro de Convenções, em São Luís, o lançamento dos editais de licitação para a construção de cinco novos hospitais no Estado, sendo quatro macrorregionais em Pinheiro, Santa Inês, Caxias e Imperatriz e um geral, em Chapadinha, por meio do Programa Saúde é Vida.

Na ocasião, o secretário Ricardo Murad dissera que “a construção dos hospitais nos municípios de Pinheiro, Santa Inês, Caxias e Imperatriz e um geral, em Chapadinha, descentraliza o atendimento e garante a criação de 450 novos leitos”. Pelo projeto, os hospitais deveriam ser executados em 18 meses e o valor total das obras custariam R$ 86,6 milhões. As unidades de saúde teriam, cada uma, centros cirúrgicos com quatro salas e os hospitais disporão ainda de
 centros de imagem para exames de tomografia, Raio-X, ultrassom, mamografia e endoscopia.

Pois bem, na última qui…

Eleitos no 1º turno tiveram 75% de doações ocultas

Nas nove capitais onde a disputa foi decidida em 7 de outubro, só é possível conhecer os doadores de 25% dos R$ 75 milhões arrecadados pelos prefeitos eleitos. Juiz eleitoral cobra transparência Na primeira eleição da era da Ficha Limpa e daLei de Acesso à Informação, faltou transparência nas doações de campanha nas disputas municipais. Dos R$ 75,5 milhões arrecadados pelos nove prefeitos de capital eleitos em primeiro turno, R$ 57 milhões (75%) tiveram origem oculta. Esse montante foi atribuído pelos candidatos eleitos a repasses dos comitês financeiros e aos diretórios de seus partidos políticos. Veja mais aqui no Congresso em Foco

Processo de cassação de Roseana: mesmo com pedido de preferência, procurador Roberto Gurgel não emite parecer

Imagem
Clique na imagem para ampliar Diante da demora da emissão do parecer do Ministério Público no recurso em que o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) pede a cassação da governadora Roseana Sarney (PMDB) e do vice-governador Washington Luiz Oliveira (PT) e a convocação de novas eleições no estado, os advogados de acusação, Rodrigo Lago e deputado Rubens Pereira Júnior requereram ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pedido de absoluta preferência no exame do processo. No documento, protocolado no dia 5 de outubro deste ano, os dois advogados alegam que a fase de instrução processual já foi concluída e apresentada as alegações finais pelas partes, onde abriu-se vista dos autos para a Procuradoria Geral Eleitoral para a elaboração de parecer final. “Protocolado o RCED em dezembro de 2010, e desembarcando os autos no eg. TSE em 28.03.2011, o prazo razoável para o seu julgamento já se encontra extrapolado”, afirmam Rodrigo Lago e Rubens Jr., uma vez que segundo rege a Const…

MPs do Maranhão e de outros 11 estados não cumprem resolução

Imagem
LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO Procuradorias têm de divulgar ao menos lista com salários e matrículas de todos os funcionários MARCELO GOMES De O Estado de S. Paulo Seis meses depois de a Lei de Acesso à Informação entrar em vigor, 12 ministérios públicos estaduais, além do Ministério Público Militar, ainda não divulgam individualmente nomes e salários de seus funcionários. Entre eles, 5 são praticamente uma caixa-preta: não dão nenhum dado sobre os vencimentos – nem nome nem matrícula dos servidores –, contrariando resolução do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) sobre o assunto. O Ministério Público de São Paulo é um dos que não divulgam individualmente informações sobre salários de seus membros. Estão ainda nessa lista Maranhão, Ceará, Pernambuco e Sergipe. O item VII do artigo 7º da resolução 89 do CNMP determina que cada MP deve publicar em seu sítio na internet 'remuneração e proventos percebidos por todos os membros e servidores ativos, inativos, pensionistas e colabora…

Morre João Francisco, fiel companheiro de Jackson Lago

Imagem
POR MANOEL SANTOS NETO O ex-presidente do Diretório Municipal do PDT de São Luís, João Francisco dos Santos, morreu na manhã desta terça-feira (20), vítima de insuficiência renal aguda. Ele tinha 76 anos e estava há mais de 20 dias na UTI do Hospital Aldenora Belo. Há mais de oito anos, ele travava uma dura luta contra o câncer, chegando a se submeter a um delicado tratamento no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp). Incansável ativista político, João Francisco, ao longo de sua vida, atuou em grandes lutas populares no Maranhão, ao lado de figuras como Maria Aragão, William Moreira Lima, Neiva Moreira e Jackson Lago, dentre outras lideranças. Filho de uma empregada doméstica e de um pai que trabalhava com embarcações, João Francisco nasceu em São Luís no dia 2 de junho de 1936. Na tenra idade, revelou a consciência de ser descendente da alma africana, com os códigos genéticos do amor à terra, à arte e à liberdade. Jackson Lago abraça João Francisco, seu fiel companheiro, …

Tribunal do Júri condena réu a 1 ano e seis meses em Pinheiro

Julgamento que durou mais de dez horas foi realizado nesta segunda-feira, no fórum de Pinheiro

O réu e cigano Rafael Silva Soeiro, vulgo "Celi", acusados de matar com um tiro nas costas, a cerca de dois, Marcos Kenald Martins, o "Keninho", foi condenado a 1 ano e seis meses de reclusão em regime fechado. O crime ocorreu em 2010, na Rua da Uzina, no bairro de Pacas." Keninho" foi assassinado, provavelmente, devido a uma rixa entre ambos. 

A sentença foi determinada em julgamento realizado nesta segunda-feira (19), no Tribunal do Júri, no Fórum de Pinheiro. Como o acusado já havia cumprido quase dois anos de detenção na penitenciaria de Pedrinha, em São Luis, ele foi liberado e foi para casa em liberdade. No julgamento, foram ouvidas várias testemunhas de acusação e de defesa.
Os advogados Arcy Fonseca Gomes e Gico da Silva, que atuaram na defesa, sustentaram a tese de legitima defesa.

A presidência do júri foi ministrado pelo Juiz Julio Prazeres, e o Promotor…

Justiça determina a devolução de dinheiro desviado

Imagem
Claro que esse feito não partiu da justiça brasileira! Maluf terá que devolver dinheiro para SP Ação foi movida por Corte Real da ilha Jersey, diz que R$ 45,6 mi foram desviados da prefeitura

A Justiça de Jersey, paraíso fiscal europeu, determinou a devolução de dinheiro desviado de obras públicas em São Paulo durante a gestão do então prefeito Paulo Maluf. A sentença diz que os recursos foram transferidos para conta em nome de duas empresas, a Durant International Corporation e a Kildare Finance Limited. A Prefeitura de São Paulo afirma que elas pertencem ao ex-prefeito, e a Justiça diz que o dinheiro foi movimentado pela família Maluf. Esse valor teria sido desviado dos cofres públicos quando o deputado federal pelo PP-SP foi prefeito da cidade entre 1993 e 1996. Segundo informações da Folha de SP, a assessoria de imprensa do político informou que ele não é réu da ação, que não tem conta na ilha e os recursos não foram desviados na época em que ele foi prefeito.

Do Herasmo

Imagem
Município de Pinheiro está sendo castigado pela forte estiagem que atinge toda a região.

 O município de Pinheiro está sendo castigado pela forte estiagem que atinge toda a região. A falta de chuvas tem causado prejuízos enormes na economia do município. Os setores mais atingidos são a agricultura, a pesca e a pecuária. Os lavradores não colheram o que plantaram, o estoque de peixe nos campos e rios diminuiu e vários animais já morreram por falta de água.
No mês de junho, o prefeito José Arlindo decretou estado de emergência no município, devido a escassez  das chuvas no inverno passado. Os benefícios já começaram a chegar. Mais de mil agricultores já estão recebendo o bolsa estiagem, um programa do governo Dilma, para atender os pequenos agricultores familiares.
Recentemente o governo federal anunciou a liberação de R$ 39,9 milhões para as cidades de Pinheiro, na Baixada Maranhense Chapadinha, na região do Baixo Parnaíba, no Litoral Norte. Esses recursos deverão ser utilizados pelas pró…

Pedro Fernandes faz mudanças na Seduc

Imagem
Pedro Fernandes (PTB) O secretário de Estado da Educação, Pedro Fernandes (PTB), começa a fazer mudanças necessárias para o bom andamento dos serviços da Secretaria de Estado de Educação do Maranhão – Seduc. E, neste sentido, começou a desmontar um grupo que há vários anos mandava e desmandava na Pasta. Entrava secretário e saia secretária; o esquema permanecia. Pedro Fernandes, segundo informações ao Blog do Luís Cardoso, tirou das suas funções as dirigentes Graça Tajra, Zélia Mendonça e Carmem Aroso, todas ligadas, de uma certa forma, à governadora Roseana Sarney. Olga Simão, que comandou a Seduc por um curto período, quando entrou, já tinha de posse um dossiê que indicavam as coisas mais absurdas cometidas naquela Pasta. Bernardo Bringel, que deixou a Seduc há poucos dias, também olhou a situação caótica que deixaram a Educação e, conforme revelações ao Blog do Luís Cardoso, mandou fazer auditoria nos últimos três.

DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL MATA ÍNDIO COM VÁRIOS TIROS NO PEITO NO PARÁ

Imagem
O conflito ocorrido nesta quarta-feira, 7, envolvendo índios Munduruku da Aldeia Teles Pires, fronteira entre Pará e Maranhão, e a Polícia Federal do Brasil, é mais um capítulo de uma novela pautada pelo descaso, violência e destruição das terras e dos povos indígenas. Saldo até agora conhecido: vários índios gravemente feri dos; crianças, idosos e mulheres ameaçados e humilhados pelos agentes federais; e um Munduruku assassinado com quatro tiros no peito e um na cabeça.

No final do século XV, antes mesmo da chegada dos portugueses, os espanhóis já haviam tocado a foz do rio Amazonas, levando ao partir algumas dezenas de indígenas para serem vendidos como escravos na Europa.

No final do século XVI, ingleses e holandeses também passaram a convergir sobre esta região com o objetivo de explorar seus recursos naturais. Como inicialmente não foi encontrado ouro ou prata, partiu-se para a exploração dos recursos vegetais, bem como captura dos indígenas para trabalharem como escravos.

500 ano…

ATÉ PRA TOMAR BENÇÃO PRO SARNEY TEM QUE TER UMA "AJUDAZINHA"

Imagem
Sobrinha faz ponte para audiência entre juízes e Sarney
JOÃO DOMINGOS - Agência Estado O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), carrega consigo o fantasma dos parentes. Até uma audiência da Associação dos Juízes Federais (Ajufe) e da Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra), na qual os representantes das duas entidades pediriam a Sarney ajuda para a votação de projetos que reajustam o salário do Judiciário, teve a ajuda de uma sobrinha. A reunião ocorreu ao meio-dia, no gabinete do senador. Cópia de um e-mail da assessoria das duas entidades, distribuída pouco antes do encontro, relatava como seriam as audiências do dia de ontem da Ajufe e da Anamatra no Congresso. A primeira, marcada com Sarney, dizia que o contato para a agenda fora entregue para uma sobrinha do presidente do Senado, "juíza federal". A audiência, marcada inicialmente para as 11h30, foi realizada ao meio-dia. Presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) Da parte de Sarney, sua assessor…

MENTIRA TEM PERNA CURTA! FALTAM 140 DIAS PARA A INAUGURAÇÃO DO HOSPITAL DE ALTA COMPLEXIDADE... PARECE PIADA, MAS É PINHEIRO!

Imagem

Edivaldo Jr é recebido pelo ministro da Justiça e traça projetos para segurança

Imagem
Reunido com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, Edivaldo Holanda Júnior (PTC) define metas para investimento para a Segurança Pública em São Luís. Em busca de parceria para promoção de ações para fortalecimento da segurança pública, de prevenção ao crime e combate ao uso de entorpecentes, Edivaldo debateu com o ministro possíveis parcerias para São Luís nessas áreas. Em encontro na manhã desta quarta-feira (7), Edivaldo foi recebido pelo ministro da Justiça para tomar conhecimento sobre ações do Ministério em parceria com os municípios. Acompanhado pelo presidente da Embratur, Flávio Dino, e do presidente do PCdoB de São Luís, Márcio Jerry, o prefeito eleito de São Luís relatou alguns pontos que precisam ser melhorados na segurança pública a partir do próximo ano. Foto: Divulgação Edivaldo com o ministro da Justiça, José Eduardo, e Flávio Dino Edivaldo pediu apoio do Ministério para ações de promoção da segurança pública, reforço da guarda municipal, capacitação de pessoal, …

Maranhão não tem ninguém preso por corrupção, diz Sejap

Imagem
Do G1 MA 4 comentários Dados da Sejap apontam que desde 2009 ninguém
fica preso por corrupção (Foto: Biné Morais)
Dentre os mais de 5.000 encarcerados nos presídios do Maranhão, não há nenhum condenado por corrupção. As estatísticas da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão (Sejap) apontam que ninguém está preso pela prática das modalidades ativa ou passiva do crime, que consistem em oferecer a funcionário público vantagem indevida para induzi-lo a alguma ação ou ser o funcionário público recebedor da vantagem. Os dados são do mês de outubro deste ano. O desvio e a apropriação de bens públicos (ou bens particulares, valendo-se do cargo público), também popularmente chamados de corrupção, são na verdade designados pela lei como peculato. Igualmente, não há registros de presos por essa prática. Desde junho de 2009, quando um homem foi para a cadeia — e não permaneceu nem seis meses —, nenhum condenado por corromper ou ser corrompido constou nos levantamentos de po…