quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Batalhão Tiradentes intercepta mais de 200 ações criminosas em São Luís

O Batalhão Tiradentes, mais novo grupamento da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), iniciou este mês um trabalho especializado no combate aos assaltos a ônibus. Foto: Handson Chagas/Secap
Batalhão Tiradentes tem como foco das ações o patrulhamento de paradas de ônibus e coletivos. Foto: Handson Chagas
Com as ações do recém-inaugurado agrupamento de Polícia Militar do Batalhão Tiradentes, mais de 200 ações criminosas já foram frustradas nos últimos quatro meses, em São Luís. Os dados são do primeiro balanço das interceptações realizadas de abril até junho deste ano. Além do trabalho especializado no combate aos assaltos a ônibus, o batalhão tem contribuído, ainda, no combate ao tráfico de entorpecentes, porte ilegal de armas, roubo de veículos, fugas de presos de justiça, dentre outras práticas ilícitas.
Em relação aos assaltos a ônibus, foram 58 ações que impediram a ocorrência de crimes, a partir de abordagens em diversos pontos da Região Metropolitana de São Luís. “O Batalhão Tiradentes foi criado para que pudesse suprir a necessidade de todos os outros batalhões que atendem à demanda da sociedade por meio das ligações do 190. O direcionamento primário é para que sejam realizadas abordagem de pessoas em coletivos e nas paradas. Os nossos policiais realizam inserções e seguem embarcando e desembarcando, em abordagens em qualquer ponto da cidade, isso faz com que a gente consiga desmantelar as ações criminosas com mais eficácia”, disse o tenente-coronel do Batalhão Tiradentes, Marques Neto.
O foco prioritário do Batalhão Tiradentes é o patrulhamento nas paradas de ônibus e coletivos, mas o trabalho da força policial se estende a outras áreas da segurança pública. Com as demais interceptações realizadas pelo Batalhão Tiradentes, também foram apreendidas 215 armas brancas, nove armas de fogo, 28 objetos usados para simular arma de fogo, além do registro de 90 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO). Foram apreendidas, ainda, 108 papelotes de maconha, 600 cigarros de maconha, 15 pedras de crack, 96 petecas de cocaína, 75 petecas de crack e 81 frascos de loló. Com as operações realizadas pelo Batalhão, foram abordados aproximadamente dois mil veículos (incluindo ônibus e vans).
Para contribuir com as ações de policiamento ostensivo, é feito o mapeamento prévio das áreas com maior incidência de crimes para auxiliar as equipes policiais. “Por mais que o nosso foco seja no combate a assalto a ônibus, o nosso batalhão conta com mais mobilidade por não atender somente chamados do 190 e, por isso, conseguimos dar suporte a outros batalhões, realizando outros tipos de combate à criminalidade no nosso estado”, explicou o tenente-coronel Marques Neto.
No intuito de avaliar as ações do comando e debater novos direcionamentos, a polícia realiza, semanalmente, um planejamento de atuação nas áreas e um balanço interno. “Agora mesmo nós estamos pegando todas as imagens de assalto a ônibus, imagens de circuito interno, entrevistando pessoas que foram vítimas para traçamos o perfil dos assaltantes e os pontos que eles atuam, para combater e prender, antes da prática de novos assaltos”, detalhou o tenente-coronel.
Além das abordagens nas paradas, as guarnições realizam sondagens com motoristas, cobradores e passageiros. Outra ação de competência do grupo tem sido a averiguação no entorno de escolas da rede pública. “Semana passada nós apreendemos quatro estudantes, fardados, tentando vender drogas. O nosso trabalho é para identificar quem são os mentores, responsáveis por induzir estes adolescentes ao crime”, esclareceu o tenente-coronel.
Batalhão Tiradentes tem como foco das ações o patrulhamento de paradas de ônibus e coletivos. Foto: Handson Chagas
Batalhão Tiradentes tem como foco das ações o patrulhamento de paradas de ônibus e coletivos. Foto: Handson Chagas
Ao todo, o Batalhão Tiradentes é composto por 150 homens e conta com estrutura diferenciada: são 25 motocicletas e 4 viaturas. A criação do Batalhão surgiu a partir da avaliação do Comando Geral da Polícia Militar sobre os bons resultados das guarnições Albatroz, que utilizam motocicletas para o deslocamento, e dos Grupos Táticos Móveis (GTM).
O patrulhamento volante e não atrelado às demandas dos chamados de emergência pelo 190 demonstraram grande efetividade e produção, o que gerou a proposta de potencializar esse mecanismo com a criação do Batalhão.
RESULTADOS
Assaltos interceptados – 58
Tráfico de entorpecentes frustrados – 22
Presos com porte ilegal de arma – 9
Resgate de foragido da justiça – 21
Localização de veículo roubado – 6
Frustração de tentativa de roubo – 53

Maranhão tem melhor saldo de empregos do Nordeste no mês de julho

Os resultados das políticas de geração de emprego do Governo do Maranhão começam a aparecer em números do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged) do Ministério do Trabalho. O Maranhão teve um saldo positivo de 214 postos de trabalho formais no mês de julho, o que foi o melhor resultado de toda a região Nordeste e o quarto melhor do país. Os principais setores contratantes do Maranhão foram a agricultura e a construção civil, em que tem grande peso as mais de 500 obras em execução pelo governo estadual.

No Brasil todo, houve um saldo negativo de 94.724 empregos a menos no mês. Os piores desempenhos do país, em números absolutos, foram de Minas Gerais (– 15.345), Rio de Janeiro (- 12.125) e São Paulo (– 13.795). No Nordeste, os piores resultados foram da Bahia, saldo de 7.285 empregos formais a menos; seguida de Ceará (-4.677) e Pernambuco (-4.043). Além do Maranhão, apenas Rio Grande do Norte teve saldo positivo na região Nordeste em julho. E de apenas dois postos de trabalho.

“Desde o começo do governo, temos adotado vários caminhos para ativar a nossa economia, apesar da gigantesca recessão derivada de fatores internacionais e nacionais”, afirma o governador Flávio Dino. “Esses números vêm comprovar o acerto dessas medidas”, complementou.

Para o secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, Julião Amin, apesar do cenário de crise que se instalou nacionalmente, o Governo do Maranhão sempre se preocupou em criar alternativas de geração de emprego e renda aos maranhenses. “Este é um trabalho contínuo que está sendo demonstrado nos resultados do Caged, sendo que nosso objetivo é avançar cada vez mais, valorizando os trabalhadores maranhenses e fortalecendo a economia do estado”, disse.

Políticas de empregos

O Governo de Todos Nós tem adotado políticas para minorar os efeitos no estado da crise econômica nacional, que já fez mais de 10 milhões de desempregados no país. Uma delas é a realização simultânea de mais de 500 obras em todo o estado o que tem contribuído para a ampliação das contratações na área de construção civil.

“O duro combate do governo Flávio Dino aos desperdícios e desvios tem permitido que sejam feitos investimentos em infraestrutura, o que ajuda muito a gerar empregos diretos e indiretos”, avalia o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto. “As mais de 500 obras em andamento no estado visam garantir dignidade no atendimento ao serviço público de milhões de maranhenses, além de contribuir para manter a economia aquecida, viabilizando um círculo virtuoso”.

Três projetos de lei criando novas políticas de geração de postos de trabalho pelo governador Flávio Dino foram aprovados pela Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) nesta terça-feira (30). Um deles é o ‘Mais Empregos’, que visa incentivar empresas estabelecidas no Maranhão a ampliarem seu quadro de trabalhadores, contribuindo para a geração de emprego e renda no Estado, a partir do desconto mensal de R$ 500 no imposto de empresas, por cada novo posto de trabalho com carteira assinada. A previsão do investimento em 2016 é de cerca de R$ 12,3 milhões e para 2017 é de R$ 26,9 milhões.

Outra medida é o ‘Cheque Minha Casa’ que tem como objetivo a geração ou manutenção de empregos em lojas de material de construção e postos de trabalho nas pequenas obras. Além da redução da inadequação habitacional, mediante aplicação de recursos para a reforma, ampliação ou melhoria de unidades residenciais, com prioridade para adequação das instalações sanitárias. A previsão de início é a partir de 2017, com investimentos de R$ 21,7 milhões.


Já o ‘Mutirão Rua Digna’ prevê a geração de postos de trabalho mediante a execução de serviços de pavimentação com blocos de concreto em vias públicas, bem como a realização de pequenas obras e serviços complementares de infraestrutura necessários à pavimentação das ruas.

Revolta em Pedro do Rosário

Pelo segundo dia consecutivo os Servidores Públicos Municipais de Pedro do Rosário com salários atrasados  fazem manifestação naquela cidade cidade chegando ontem a invadir a prefeitura e hoje fecham a MA 006 saída da cidade para Pinheiro
Um exemplo a ser seguido temos que perder o medo e enfrentar esses administradores que  estão ali de passagem e por culpa de nós mesmos que ainda não aprendemos a votar, Em Presidente Sarney os salários também estão atrasados por tanto vamos abrir os olhos e fazer com que o bem prevaleça e que seja feita a faxina nesses maus administradores.







O candidato Luciano Genésio realiza caminhada nesta sexta feira

O candidato a prefeito de Pinheiro que vem liderando todas as pesquisas, mostrará mais uma vez a força que tem o povo de Pinheiro,  por isso mais uma vez vai a rua mostrar o apoio que esta recebendo daqueles que que ainda tem esperança de uma Pinheiro melhor, " A Esperança vai vencer o Medo"  é com esse sentimento que uma multidão de pessoas usando o verde eo branco tomaram as ruas de Pinheiro simbolizando esperança e paz levando esse recado ao "poderosos" que a força é e sempre deve vim do povo

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Dignidade aos pequeninos

ROBSON PAZ
                                                       Radialista, jornalista. Subsecretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos

A forma como tratamos nossas crianças diz muito sobre nossa condição de ser humano. Na gestão pública isto é ainda mais emblemático. Das cenas mais humilhantes que por vezes vi e vivenciei uma das mais constrangedoras e humilhantes são crianças submetidas a arrastarem-se pelo chão de ônibus para terem acesso ao transporte público.
Antes popularmente denominadas "borboletas", as roletas dos ônibus coletivos eram cada vez mais próximas do piso dos veículos para evitar a passagem das crianças gratuitamente. Isto ocorria também em outros ambientes como estádios de futebol, por exemplo.

Recentemente, acompanhei com muita alegria o anúncio do cartão da criança pela prefeitura de São Luís para garantir acesso dos pequeninos ao transporte coletivo. Com ele, crianças de 4 a 7 anos de idade usarão gratuitamente o transporte público girando a catraca. Trata-se de iniciativa de imensurável simbolismo.
Deixa-se para trás um tempo em que nossas crianças, sobretudo, as mais pobres, tinham seus direitos desrespeitados, submetidas à humilhação. Aqueles que arrastaram as costas no chão olhando a catraca e o mundo, de baixo pra cima, sabem a sensação que passa na cabeça de uma criança nesta degradante circunstância.
Este cartão por sua importância deveria se chamar cartão dignidade tal é a grandeza desta medida. Digna de aplausos ao prefeito Edivaldo por esse gesto que parece simples, mas de imenso e histórico significado.
Outra feliz iniciativa voltada para nossos pequenos ludovicenses e maranhenses é a construção do novo hospital da criança. Uma obra grandiosa em dimensão estrutural, mas principalmente por oferecer atendimento humanizado em ambiente adequado para as crianças.
O novo hospital da criança, que está sendo construído pela prefeitura de São Luís em parceria com o governo do Estado, vai assegurar que tenhamos 178 leitos de enfermaria e 11 leitos de UTIs. Com mais de 1 milhão de habitantes, dos quais quase mais de 140 mil são crianças, nossa cidade não possui leitos de UTI Infantil no município. Em pleno século 21.
O resgate do projeto circo-escola do município, suspenso por cinco anos, que atende crianças e adolescentes  em situação de vulnerabilidade social para incluí-las, por meio da arte, teatro, dança, educação esportiva, leitura é outra ação socialmente relevante.
Como é também o Bolsa-escola (Mais Bolsa Família), criado pelo governador Flávio Dino, que proporciona a meninos e meninas pobres a oportunidade de ter material escolar estimulando assim o processo de  ensino e aprendizagem. São mais de 1 milhão de crianças e adolescentes beneficiados em todo estado.

Projetos, obras e ações como as supracitadas nos fazem acreditar no poder público como protetor daqueles que alegram nosso presente e construirão nosso futuro. Mais ainda num contexto em que programas sociais estão ameaçados sob a égide do ajuste econômico defendido pela política neoliberal. Mas, há esperança e esta, por certo, vem da atenção dada às crianças.

Presidente Sarney no caminho da reconstrução


Na cidade de presidente Sarney, tudo indica para a vitória de Valeria Castro, e tudo isso motivada pela péssima e desastrosa administração de Edson chagas, fazendo com que o gerasse uma enorme desconfiança em relação ao candidato do prefeito.
Os salários de alguns setores estão atrasados com ameças de paralisação, e a cidade está praticamente parada no tempo. Presidente Sarney está clamando por mudanças imediatas, o povo desta cidade sonha com dias melhores. e Valeria ao que parece chegou sua hora. 

Eles chamam de golpe!!! o Povo de Justiça: Flávio Dino diz que golpe “sempre foi óbvio, hoje mais do que nunca”

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), volta a usar o Twitter para criticar o processo de impeachment da presidente eleita, Dilma Rousseff, que foi ao Senado fazer a sua defesa.

"Sempre foi óbvio, e hoje (29) mais do que nunca: não há qualquer fundamento constitucional para essa eleição indireta disfarçada de impeachment", afirmou o chefe do executivo.

Flávio Dino sempre foi um dos maiores críticos do golpe e chegou a participar de diversos eventos em defesa do mandato da presidente Dilma, da Constituição e da democracia. Em São Luís, ao lado de Ciro Gomes e Carlos, ambos do PDT, chegou a lançar o movimento "Golpe Nunca Mais".

Neste momento, a presidente Dilma Rousseff está no Senado fazendo a sua defesa. Nomes como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o cantor e compositor Chico Buarque, e o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, acompanham a defesa de Dilma.

Dilma convidou praticamente todos os ex-ministros; a atriz Letícia Sabatella; a presidente do PCdoB, Luciana Santos; o presidente nacional do PT, Rui Falcão; do PDT, Carlos Lupi; da CUT, Vagner Freitas; e o chefe do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), João Paulo.

A previsão é de que os trabalhos sejam encerrados à meia-noite.


Com informações do Brasil 247

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Servidores entram em greve por tempo indeterminado em Bacuri

IMG-20160829-WA0043
Nesse momento, os servidores públicos do município de Bacuri, que já não aguentam mais tanto descaso por parte do Poder Público, realizam uma manifestação em frente ao Hospital Bibi Montelo, localizado no bairro do Campinho.
Mais de 50 manifestantes fecharam uma das entradas que dão acesso ao município com paus, pneus e pedras.
Na última sexta-feira (26), os funcionários da Educação e Saúde entraram em greve por tempo indeterminado e também realizaram um ato público (reveja).
Segundo o Sindicato dos Professores e Servidores Públicos Municipais (Sinprosemb), as negociações com o prefeito da cidade, Baldoíno Nery, não avançaram, além disso houve descumprimento do TAC, que foi selado entre o Ministério Público, o Sindicato e a Prefeitura.
“Estamos em negociação há 3 anos e nenhuma atitude concreta é adotada pela Prefeitura. Tentamos de todas as formas manter o diálogo com o gestor municipal, mas não obtivemos sucesso. A categoria passa por problemas gravíssimos que estão longe de serem sanados”, desabafou uma funcionária pública.
Entre as reivindicações da categoria estão: a regularidade do calendário do pagamentos dos Servidores Públicos Municipais -efetivos e contratados-, cumprimento do acordo judicial de pagamento do adicional de 1/3 (um terço) de férias de 2012, repasses das receitas do Sinprosemb.
Os profissionais reclamam também que há muitos servidores licenciados, contratados e em desvio de função. A Prefeitura também é omissa quanto aos repasses das contribuições previdenciárias. Ele pedem, ainda, o Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Servidores (60% e 40%) e a concessão de redução de jornada de natureza previdenciárias e de licença prêmio.
A manifestação dos servidores públicos alcança também as condições de trabalho. De acordo com os funcionários, é precária. No hospital, não há remédios, equipamentos, e médicos. A ambulância está velha e sucateada, impossibilitada de transportar pacientes.
Diante de tantos problemas que vem se arrastando há três anos, o atual prefeito e candidato à reeleição, Baldoíno Nery, que já foi condenado por desvio de mais de R$ 1 milhão do transporte escolar, parece que abandonou completamente a população e funcionalismo público. Afinal, não é somente a educação e a saúde que estão “mergulhadas” no descaso. Os moradores sofrem, ainda, com a falta de segurança e de infraestruturas.
Um absurdo!
IMG-20160829-WA0041
thumbnail_IMG-20160829-WA0042
IMG-20160829-WA0036
IMG-20160829-WA0039
IMG-20160829-WA0040

Em Açailândia, Governo inicia serviço de hemodiálise com capacidade para atender 200 pacientes

O Governo do Estado expandiu a linha de cuidados para pessoas com doença renal crônica. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) abriu, neste sábado (27), um novo serviço de hemodiálise na cidade de Açailândia. A unidade, construída por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP), 100% SUS, de acesso universal e gratuito, dispõe de 12 máquinas de hemodiálise com capacidade para atender 200 pacientes.

De imediato, a Clínica de Nefrologia vai atender 88 pacientes dos municípios de Açailândia, Bom Jesus das Selvas, Buriticupu, Cinelândia, Itinga do Maranhão, São João do Brejão, São Pedro da Água Branca e Vila Nova dos Martírios. Com o novo serviço na região, o Governo do Estado fortalece o cuidado com pacientes nas redes de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Santa Inês e Bacabal
Além da nova unidade em Açailândia, alguns dos novos hospitais macrorregionais já dispõem das máquinas de hemodiálise. É o caso do hospital macrorregional Tomás Martins, entregue na última quinta-feira pelo governador Flávio Dino. No ato da entrega, ele anunciou a prestação do serviço na unidade. "Estamos estendendo o serviço de hemodiálise. Esse esclarecimento é importante: já temos os equipamentos de hemodiálise aqui para atendimentos de emergência na UTI e os demais atendimentos também serão feitos progressivamente. Também temos em Bacabal máquinas de hemodiálise, que irão funcionar no mesmo regime, preliminarmente, assim que inaugurarmos a unidade", disse Flávio Dino.

Seis centros de hemodiálise estão sendo construídos e têm previsão de entrega para 2017. Os municípios contemplados com os novos centros de hemodiálise são Imperatriz, Chapadinha, Coroatá, Santa Inês, São José de Ribamar e Pinheiro.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a ideia é garantir a possibilidade de acolhimento para o tratamento em nível regional. "Nós queremos proporcionar, no primeiro momento, uma cobertura regional para os pacientes que carecem de hemodiálise. A partir dos centros e com a ajuda da regulação, poderemos melhor direcioná-los para que recebam o tratamento devido. No caso de Açailândia, haverá a abertura de tratamento para mais de cem pessoas, além das 88 já atendidas que serão transferidas para esta unidade", explicou Carlos Lula.

Outras localidades
A SES dispõe ainda de outros serviços de hemodiálise nos municípios de Bacabal, Caxias, Imperatriz, Pedreiras, São Luís, Timon, Açailândia e Codó, distribuídos em 12 centros de atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O serviço de Codó aguarda publicação da portaria do Ministério da Saúde habilitando o serviço.

Mais de 24 mil pacientes são atendidos anualmente nos serviços implantados nos municípios de Bacabal, Caxias, Imperatriz, Pedreiras, São Luís e Timon, totalizando custo anual de mais de R$ 55,9 milhões por ano. Mensalmente são atendidos 2.074 pacientes.

Em São Luís, os serviços de hemodiálise estão disponíveis no Hospital Carlos Macieira, Centro de Nefrologia do Maranhão, Clínica de Rim e Hipertensão Arterial, além do Hospital Universitário Presidente Dutra (HUUFMA). Nas demais cidades, o atendimento é feito na Biorim (Bacabal); ASA Nefron (Pedreiras); Casa de Saúde e Maternidade (Caxias); Centro de Terapia Renal (Timon); CNI Clínica de Nefrologia e CDR (Imperatriz).

Dupla é presa após sequestrar policial militar

Preso apos sequestrar policial militar em bairro de São Luís. Foto: Divulgação
Preso apos sequestrar policial militar em bairro de São Luís. Foto: Divulgação
José Rafael Vidal,20 anos e um comparsa, de 16 anos foram presos na tarde de ontem (28) após sequestrarem um policial militar no bairro São Raimundo, em São Luís.
Populares informaram a  policiais do 6° Batalhão da Polícia Militar que o condutor de um veículo celta prata, sem placa havia sido sequestrado em seu próprio automóvel. Após avistarem o veículo referido, os policiais perseguiram os sequestradores e declararam voz de parada, porém a ordem não foi obedecida.
Vidal e seus comparsas continuaram a fuga durante toda extensão da Avenida principal do bairro São Raimundo. Os suspeitos foram interceptados na Avenida Thaiane,  Comunidade  Lagoa azul, localizada no São Raimundo, depois de colidirem com um poste.
Segundo informações do tenente-coronel Aritanã Lisboa, comandante do 6° Batalhão da Polícia Militar, após a colisão quatro elementos saíram do carro e fugiram efetuando disparos contra a guarnição presente no local. Os policiais responderam,  Rafael Vidal e o menor foram atingidos durante a troca de tiros.
A vítima, identificou-se como  policial militar e afirmou que arma utilizada por José Rafael Vida era a arma de uso de serviço, uma PT 100, de numeração: STW  26294 PMMA. O menor possuía um simalcro de pistola.
A dupla recebeu voz de prisão e foi  encaminhada ao Socorrão II. O menor ficou internado sob custódia da PM no Socorrão II e José Rafael,  foi liberado após medicação para apresentação no plantão central da Delegacia Especial da Cidade Operária.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Candidato a prefeito em Presidente Sarney declara retroescavadeira de quase R$ 9 milhões

Mais um candidato a prefeito no Maranhão declara bens milionários, antes mesmo de ser eleito gestor municipal. Desta vez, o médico e candidato Dr.Neto (PSD) estranhamente diz ter como parte dos seus bens uma máquina pesada que custa quase R$ 9 milhões de reais.
Domingos Raimundo Soares Neto é natural de Pinheiro e é proprietário também da Clínica Medicina Diagnóstico LDTA, que diz custar apenas R$ 129.000.00
Os rendimentos declarados também foram adquiridos através da empresa Vega engenharia e consultoria, especializada em construção civil.
Basta uma rápida pesquisa para se constatar que não existe retroescavadeira no valor declarado de R$ 8.738.177,00.
Não só Dr. Neto, mas candidatos em todo o estado tem omitido bens para a Justiça Eleitoral de forma criminosa.

2016-08-24-PHOTO-00001076
2016-08-24-PHOTO-00001077
2016-08-24-PHOTO-00001078

2016-08-24-PHOTO-00001080
2016-08-24-PHOTO-00001082

Governador entrega melhorias na Área de Vivência da Ponta da Espera e anuncia novos investimentos nos portos de passageiros


Além da nova área de vivência, o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Foto: Gilson Teixeira/Secap
Além da nova área de vivência, o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Foto: Gilson Teixeira/Secap
O governador Flávio Dino entregou, nesta quinta-feira (25), a área de vivência do Terminal da Ponta da Espera, que deverá oferecer mais conforto aos usuários dos serviços de ferryboats. Durante a solenidade de entrega do novo equipamento, que contou com a participação do presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, o governador anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Na oportunidade, a equipe de Governo também realizou visita ao berço 108, do Porto do Itaqui.
“Nós estamos investindo no bem-estar de todos os usuários dos serviços de ferryboat. Nós temos a licitação para o transporte, estamos fazendo obras na Ponta da Espera, investimento que já ultrapassou R$ 1 mi, em equipamentos de apoio a passageiros, acesso, acessibilidade para pessoas com deficiência e informações para os clientes e consumidores. E agora vamos fazer a licitação, que será concluída em outubro, para reconstrução do porto do Cujupe, será um investimento de quase R$ 13 mi para que haja uma estação de passageiros adequada, a altura do que os moradores da baixada maranhense e de outras regiões do estado que usam o ferry possam usufruir”, explicou governador Flávio Dino.
Orçado em R$ 979 mil, o novo espaço instalado no terminal de passageiros de transporte marítimo conta com salão de espera equipado com lanchonete, banheiros e fraldário, TVs e telas de informação sobre embarque e desembarque, wi-fi e acesso seguro para pessoas com mobilidade reduzida. Também foram construídos vestiários para funcionários, além de melhorias nas instalações de segurança, com câmeras e sistema de combate a incêndio. O novo espaço oferece melhorias para servidores do Porto e para quem aguarda nos carros a hora do embarque.
Além da nova área de vivência, o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Foto: Gilson Teixeira/Secap
Além da nova área de vivência, o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Foto: Gilson Teixeira/Secap
“Agora os passageiros que embarcam com veículos nos ferryboats também passam a contar com uma área segura e confortável, já que é na parte superior do terminal que os veículos são organizados para esperar o horário da viagem”, afirmou o presidente da Emap, Ted Lago. Antes esses usuários precisavam caminhar cerca de 250 metros para ter acesso a banheiros e lanchonete.
O Governo do Maranhão também atuou na melhoria do acesso ao terminal. Em parceria com a Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), toda a pista que liga a Avenida dos Portugueses (BR-135) até a entrada da Ponta da Espera foi recuperada.
Enquanto isso, no Terminal do Cujupe a obra de construção de novas passarelas está sendo concluída e começou o processo de licitação de uma obra maior, que vai transformá-lo em terminal multimodal, contemplando também o transporte rodoviário. No total, a Emap está investindo R$ 12,3 milhões nos dois terminais e não poderia ser diferente, já que eles são o maior elo da comunidade com a empresa, que responde pela infraestrutura e pela segurança dos terminais.
Aproveitando a entrega da área de Vivência do Terminal da Ponta da Espera, o governador realizou visitar ao berço 108 do Porto do Itaqui. “Acabamos de visitar o berço 108 no porto do Itaqui e vamos em breve lançar um novo berço. Nos orgulhamos muito em ter um porto muito movimentado e cada vez mais eficiente. E um dos indicadores de eficiência do porto é diminuir o tempo de espera dos navios e com novos berços teremos ainda mais velocidade nas cargas, o que vai atrair ainda mais investidores e aumentar nossa competitividade”, relatou o governador.
Porto comunidade
A importância dos terminais externos para o transporte público no Maranhão pode ser medida pelo fluxo de passageiros. Pela Ponta da Espera e Cujupe circularam mais de 1,7 milhão de pessoas e 300 mil veículos em 2015. Até julho deste ano passaram pelos terminais 1 milhão e 19 mil pessoas e 195,4 mil veículos. O mês de férias teve recorde de embarque de veículos, com 32,6 mil, a maior marca em um único mês desde 2013.
As grandes transformações começaram em 2015, quando a Emap abriu o processo licitatório para obra de requalificação do Terminal da Ponta da Espera e concluiu o projeto para a construção do novo Terminal do Cujupe. Ao longo do ano a Ponta da Espera ganhou uma unidade do Juizado de Menores, sistema de informação em circuito fechado de televisão (nos dois terminais), embarque preferencial (van para transporte de pessoas com mobilidade reduzida).
Desde o início da gestão foi colocada em prática uma estratégia de ordenamento de fluxo de veículos e passageiros em feriados. A ação reduziu a espera e melhorou o atendimento. Além disso, foi instalado serviço de internet gratuita aberta a todos os usuários nos dois terminais.
Também no ano passado o estado do Maranhão recebeu de volta o Porto Grande, que vinha sendo utilizado irregularmente por uma empresa privada, e estuda a melhor forma de utilização do equipamento. E em São José de Ribamar a EMAP também está atuando, com as obras de requalificação do Cais do município.
Tudo novo do outro lado
Além da nova área de vivência, o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Foto: Gilson Teixeira/Secap
Além da nova área de vivência, o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Foto: Gilson Teixeira/Secap
A obra de construção do novo Terminal do Cujupe é baseada em projeto elaborado pela equipe de engenharia da Emap, assim como o da Ponta da Espera. Toda a área será recuperada e pavimentada e estão definidos um terminal de passageiros, um rodoviário, alojamento, passarela coberta com estrutura metálica, estacionamento, pátio de manobras e box para a Polícia Militar.
O sistema de abastecimento de água contará com um equipamento para captação e reuso de água da chuva. Na parte de segurança, toda a área do terminal contará com sistema de iluminação segura, sistema de combate a incêndio (hidrante, extintor e sinalização de emergência). O projeto prevê ainda o plantio de árvores de grande porte – espécies adaptadas ao clima e ao solo da região e um sistema de irrigação para manutenção dessa vegetação.
O prédio administrativo terá alojamento com refeitório, dormitório, auditório com capacidade para 35 pessoas, ambulatório, hall e banheiros. A estrutura do terminal de passageiros contará com salas para a administração, posto do Juizado de Menores, boxes de comércio, lanchonete, salão de embarque com TVs e telas de informação sobre embarque e desembarque.
A equipe de Responsabilidade Social da EMAP vem realizando, desde o ano passado, um trabalho voltado para atender as necessidades dos micros empreendedores que atuam no Cujupe. Em parceria com o Sebrae – MA, será realizado o projeto de orientação e capacitação dos vendedores, com apresentação da pessoa jurídica do microempreendedor individual como alternativa de formalização de suas atividades.
A ação está baseada em duas frentes: por um lado o consumidor, que terá um espaço revitalizado e seguro; e por outro, os empreendedores, que passarão a enxergar a sua atividade como um negócio que gera renda e pode melhorar, continuamente, a qualidade de vida da população que reside no entorno do terminal e a economia, com o estímulo à produção local.
Além da nova área de vivência, o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Foto: Gilson Teixeira/Secap
Além da nova área de vivência, o governador Flávio Dino anunciou novos investimentos no setor, como a abertura da licitação para reconstrução do Cujupe. Foto: Gilson Teixeira/Secap

Governo entrega Hospital Macrorregional e melhoria no abastecimento de água em Santa Inês


Governador Flávio Dino, vice-governador Carlos Brandão, secretários Carlos Lula (SES), Clayton Noleto (Sinfra) e presidente da Caema, Davi Telles, durante a entrega do Hospital Macrorregional de Santa Inês. Foto: Jardel Scott/Secap
Governador Flávio Dino, vice-governador Carlos Brandão, secretários Carlos Lula (SES), Clayton Noleto (Sinfra) e presidente da Caema, Davi Telles, durante a entrega do Hospital Macrorregional de Santa Inês. Foto: Jardel Scott/Secap
A população da Região do Vale do Pindaré agora conta com um Hospital Macrorregional de alta complexidade como referência de saúde. O governador Flávio Dino esteve em Santa Inês nesta quinta-feira (25), onde foi recebido com festa, para entregar o quarto hospital de grande porte da sua gestão. Na ocasião, ele também inaugurou um poço que vai beneficiar cerca de oito mil pessoas de 10 bairros da cidade.
Com 116 leitos e um investimento de mais de R$ 22 milhões, o Hospital Tomás Martins atenderá mais de 160 mil habitantes de 16 municípios, disponibilizando serviços de Análises Clínicas, Exames de Radiologia, Ultrassonografia, Tomografia, Eletrocardiografia, Endoscopia, Agência Transfusional e Hemodiálise.
Entre os serviços especializados oferecidos na parte ambulatorial estão atendimento com leitos regulados em dois tipos de clínica médica e pediátrica, Cirurgia Geral e Ortopédica, Unidade de Terapia Intensiva Adulto, Cardiologia, Gastroenterologia, Neurologia, Enfermagem, Nefrologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Serviço Social e Psicologia.
O governador Flávio Dino afirmou que, apesar dos entraves burocráticos da obra devido a inconsistências contratuais herdadas da gestão anterior, o hospital está pronto e com equipamentos de qualidade para garantir a saúde da população da região. “A maioria dos estados brasileiros está em crise, inaugurar hospitais e mantê-los é um desafio. O dia de hoje é especial porque marca mudança na prestação dos serviços de saúde. O povo de Santa Inês e toda região agora conta com a assistência de um hospital de qualidade”, disse o governador.
Hospital suprirá as demandas das regiões de Santa Inês, Zé Doca e Pindaré, com atendimentos hospitalares nas áreas clínica, ambulatorial, UTI’s adulto e infantil e cirúrgica. Foto: Jardel Scott/Secap
Hospital suprirá as demandas das regiões de Santa Inês, Zé Doca e Pindaré, com atendimentos hospitalares nas áreas clínica, ambulatorial, UTI’s adulto e infantil e cirúrgica. Foto: Jardel Scott/Secap
O Hospital conta com 26 consultórios clínicos, 26 pediátricos, 26 ortopédicos, 26 cirurgia geral, 12 leitos UTI adulto e infantil. Mais de 400 funcionários e oito equipes médicas compõem o quadro da unidade de saúde com previsão de mais de 800 atendimentos por dia, entre consultas e exames.
O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, ressaltou a parceria com a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) na construção do caminho da melhoria na qualidade de vida da população maranhense com a entrega do quarto hospital macrorregional. “Apesar dos diversos problemas que enfrentamos para inaugurar este hospital, hoje é uma dia de alegria, em que uma nova fase se inicia, a fase de uma boa assistência a quem necessita de cuidados. Agradeço ao governador por investir em hospitais de grande porte, que garantem atendimentos dignos”, afirmou o secretário.
Para Antônio Manoel Lima, 59 anos, a chegada do hospital representa o fim de um sofrimento. O aposentado está com catarata e há um ano busca uma consulta oftalmológica na região. Desde às 6h da manhã, ele estava na porta do hospital aguardando o governador. “Soube da inauguração e vim participar. Nunca pensei que minha terra teria um hospital tão grande e completo. Agora sim, acredito que terei de volta a saúde dos meus olhos”, comemora.

Melhoria no abastecimento de água
A visita a Santa Inês marcou também a inauguração de um poço tubular com vazão de 100 mil litros por hora e profundidade de 250m que vai beneficiar cerca de 8.000 pessoas de dez bairros do município. Parte do Programa ‘Água Para Todos’, a ampliação do sistema é mais uma obra que tem como objetivo garantir abastecimento pleno de água em todos os municípios do Maranhão.
Governador Flávio Dino, vice-governador Carlos Brandão, secretários Carlos Lula (SES), Clayton Noleto (Sinfra) e presidente da Caema, Davi Telles, durante a entrega de um poço para beneficiar 8 mil pessoas de 10 bairros da cidade. Foto: Jardel Scott/Secap
Governador Flávio Dino, vice-governador Carlos Brandão, secretários Carlos Lula (SES), Clayton Noleto (Sinfra) e presidente da Caema, Davi Telles, durante a entrega de um poço para beneficiar 8 mil pessoas de 10 bairros da cidade. Foto: Jardel Scott/Secap
De acordo com o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), o ‘Água Para Todos’ tem se espraiado por todas as regiões do Maranhão e, neste momento, está presente – entre obras concluídas, em andamento e prestes a ser iniciadas – em 55 cidades do estado e chegará a mais de 70 até o final do ano. “O que significa dizer que conseguiremos cumprir a determinação de chegar nos quatro anos de Governo em quase todas as 217 cidades do Maranhão”, frisou.
Morador do bairro Santo Antônio há 30 anos, José Ribamar de Jesus foi conferir de perto as instalações do novo poço e relatou que nunca havia visto obras para a melhoria de abastecimento de água da região. “Ficou muito bom e vai melhorar demais pra gente. Nunca tinha visto obra de água aqui. Somente promessas”, enfatizou.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...