Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

Dando aula novamente

Eleições 2012: Todos contra Sarney em São Luis
Igor Mello
Jornal do Brasil A eleição para a prefeitura de São Luis, capital do Maranhão e principal curral eleitoral de José Sarney e seus aliados, promete pegar fogo. Um influente político maranhense afirmou que a disputa é um ensaio para a sucessão de Roseana Sarney no governo do estado, em 2014. Hoje, o principal pré-candidato ao cargo é Washington Oliveira (PT), vice-governador do estado, que conta com apoio de Roseana e José Sarney na disputa pela prefeitura. Todas as tendências unidas
Uma reunião selou a intenção de uma frente contra o sarneismo. Flávio Dino (PCdoB), Tadeu Palácio (PP), Bira do Pindaré (PT), Roberto Rocha (PSB) e Eliziane Gama (PPS) – todos com pretensões de concorrer à prefeitura – assinaram um documento intitulado “Carta a São Luis”, onde mostram uma visão conjunta para a cidade. Nos bastidores, comenta-se que o candidato mais bem colocado no primeiro turno irá receber o apoio dos demais no segundo turno, quando provave…

E agora quem comprou a CGU? E o Pedro Fernandes botou a pá de cal!

Imagem
E agora? Auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) revela que metade dos recursos gastos para reparação de danos das enchentes ocorridas no Maranhão em 2009 foi aplicada irregularmente pelo governo do Estado. De quem é a culpa desta vez Filuca? Na CGU não tem o amigo Pavão para cobrir com seus penachos as irregularidades engavetadas no TCE depois de Auditoria do CGE.   A governadora deve esta uma "arara" depois do ataque desesperado feito ao atual secretario da Secid Pedro Fernandes e da resposta fria e reveladora dele ao seu antecessor Filuca Mendes.  Vejam aqui:

E agora Fíluca? CGU também aponta irregularidades nos recursos das Enchentes de 2009

Imagem
METADE DO RECURSO PARA ENCHENTE FOI USADO IRREGULARMENTE NO MA, DIZ CGUAuditoria afirma que dinheiro destinado à recuperação de escolas e postos de saúde foi usado em asfalto e em vias sem necessidadeWilson Lima, iG Maranhão | 29/01/2012 08:00
Auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) revela que metade dos recursos gastos para reparação de danos das enchentes ocorridas no Maranhão em 2009 foi aplicada irregularmente pelo governo do Estado.
Entre os problemas encontrados pelos técnicos do CGU, estão desvio de finalidade, execução de projetos não emergenciais, indícios de fraudes em processos licitatórios e baixa qualidade de serviços executados.

Mais sobre as enchentes no Maranhão:
Vítimas das chuvas ficam em estábulos no interior do Maranhão
Chuva tira 30% dos moradores das suas casas em cidade do Maranhão
Chuva deixa rastro de estragos em São Luís

O governo do Estado negou as irregularidades. Em nota oficial informou que todas as ações da Secretaria de Cidades e Desenvolvimento Urbano…

Bomba! Pedro Fernandes responde ao ex-secretario das Cidades Filuca Mendes

Imagem
Filuca, Admitindo, ainda, a possibilidade de manter relação e pela minha admiração pessoal, venho afirmar que não partiu , nem de mim,  nem desta Secretaria, a divulgação do Relatório, que é público, com acusações à sua administração, comprovável, pelos inúmeros funcionários remanescentes do período de sua gestão, e, que ficaram na SECID, e, que são provas de como trato a coisa pública. Não tenho nenhuma motivação, nem interesse de prejudicá-lo, até porque, em assim fazendo, estaria atingindo o Governo do qual faço parte. Compreendo a sua indignação, sentindo-se prejudicado por atitudes que eu também considero  mesquinhas de pessoa(s) sem caráter que atuam no anonimato. Repito, não partiu de mim, nem desta Secretaria. Assisti à sua entrevista na Televisão de Pinheiro, quando acusou a pessoa do Secretário de forma leviana e sem fundamentação e provas de qualquer ordem, inclusive, acusando de interesses financeiros e apoio político. Dinheiro não me corrompe nem desvirtua o meu caráter em busc…

Bomba! Victor Mendes mantém mulher do dirigente do PV na pasta

Imagem
Secretário Victor Mendes mantém mulher de dirigente como funcionária fantasma Imoral. O deputado licenciado e atual secretário de estado, Victor Mendes (Meio Ambiente), mantém na sua pasta como funcionária fantasma, a mulher do presidente do Diretório Municipal do PV, William Júnior. Segundo o blog apurou, a mulher do dirigente recebe cerca de R$ 6 mil. E o mais grave: nunca colocou os pés na secretaria. Técnicos da área, que trabalham todos os dias e que, ganham R$ 2 mil mensal, reclamam do privilégio que o secretário oferece para mulher do presidente municipal do partido. Victor Mendes, que vem fazendo uma administração desastrosa, poderá voltar para o Poder Legislativo nessa minirreforma que a governadora Roseana Sarney pretende fazer nesse semestre.
veja mais no: http://www.luispablo.com.br

Coisas que só acontecem no Maranhão

Imagem
Coisas do Maranhão É mais uma dessas histórias que só acontecem no Maranhão da família Sarney. Passada a eleição para o governo maranhense, em dezembro de 2010, o ex-governador José Reinaldo foi ao TSE pedir a cassação de Roseana por abuso de poder político e econômico. O caso foi parar nas mãos do ministro Arnaldo Versiani que, seguindo a liturgia da Justiça Eleitoral, expediu carta de ordem para que o TRE maranhense intimasse a governadora.
Por uma dessas coisas que só acontecem no Maranhão, o tribunal levou quatro meses para conseguir localizar e citar Roseana que, obviamente, estava no Palácio dos Leões. Quando conseguiu, coube novamente a Versiani solicitar ao TRE que ouvisse dez testemunhas de defesa da governadora. Em agosto de 2011, a tarefa foi delegada ao juiz Sérgio Muniz, que deveria ter se declarado impedido de realizar a tarefa, uma vez que é filho do secretário adjunto da Casa Civil de Roseana, Antonio Muniz.
Pois Sérgio não só aceitou o caso como permaneceu…

POSITIVANDO O IDH - MPMA requer da Cemar melhoria do fornecimento de energia no interior

Imagem
A procuradora-geral de Justiça, Maria de Fátima Rodrigues Travassos Cordeiro, recebeu nesta segunda-feira, 23, o diretor de Relacionamentos Institucionais da Cemar, José Jorge Leite Soares, para discutir o problema de fornecimento de energia elétrica ao município de Centro do Guilherme. A reunião é consequência da audiência pública do projeto “Positivando o Desenvolvimento Humano”, realizada no referido município em 26 de outubro de 2011, quando a população se queixou da baixa qualidade no fornecimento de energia. Participaram, também, da reunião os prefeitos de Centro do Guilherme e de Maranhãozinho. A procuradora-geral entre o diretor da Cemar, os prefeitos e a coordenadora do projeto Positivando o IDH O diretor da Cemar, José Jorge, atendendo à solicitação do Ministério Público apresentou as medidas que a concessionária vem realizando para solucionar o problema. “Estamos apresentando à procuradora-geral de Justiça o plano de investimento em curso, o qual culminará com a implantação d…

Desesperada! Roseana tenta outra vez adiar audiência de cassação do mandato

Imagem
Após o juiz federal Nelson Loureiro negar ontem (23) o adiamento da audiência das testemunhas de defesa e o retorno do processo ao juiz Sérgio Muniz, filho do subsecretário da Casa Civil, Antonio Muniz, o vice-governador Washington Oliveira (PT), entrou hoje, às 15h58min, no Tribunal Regional Eleitoral, com novo recurso, para impedir a realização das oitivas, marcada para a próxima sexta-feira (27), no processo de cassação da governadora Roseana Sarney (PMDB) e do vice, por abuso de poder político e econômico, na eleição de 2010.
Washington deu entrada no processo nº 2281/2012 (exceção de incompetência), segundo os advogados de acusação, para tentar adiar indefinidamente a realização da audiência,  afastar o juiz federal Nelson Loureiro e fazer o processo voltar para Sérgio Muniz.
O temor da governadora é que com a realização da audiência por um juiz independente, o processo seja concluído e entre em pauta no TSE, que deverá se pronunciar sobre o processo movido pelo ex-governador José…

Filuca aplicou golpe milionário no padre Risso

Imagem
Filuca enganou o padre risso com mais de 1 milhões de reais.  O então prefeito de Pinheiro Filuca Mendes aplicou um golpe milionário no Padre e missionário Luiz Risso. Veja como foi o golpe. Sem condições para tocar o colégio, a secretaria de educação do município cadastrou todos os alunos do padre no  Fundec, hoje Fundeb. A prefeitura receberia o dinheiro do governo federal e repassaria ao padre para pagar as despesas da escola, como professores, auxiliares, material de expediente, energia e outros. Só que Filuca nunca passou um centavo. Um golpe e tanto.
Por: Herasmo Leite

O ex-governador José Reinaldo com sua sapiência escreveu...

COMO FABRICAR UMA ‘EMERGÊNCIA’ O governo de Roseana Sarney parece que se especializa em fazer quase tudo ao arrepio da lei. Mais de um bilhão de reais de obras contratadas por dispensa de licitação sem base legal, com decretação de urgências e emergências fictícias, que não resistiriam a exame mais sério se os órgãos que tem essa incumbência legal resolvessem examinar os processos. Como as pessoas e entidades evitam esse exame, certamente com receios de represálias por parte da família, o governo se esmera no mal feito. Tudo tomou forma e dinâmica na contratação dos hospitais, que de tão abusiva a prática, até se transformou em matéria de grande repercussão da revista IstoÉ. Referida publicação se baseou em relatório de técnicos do Tribunal de Contas do Estado, mas o escândalo não resultou, ao que se saiba, em nenhum processo. Tudo feito ao arrepio da lei...
Agora outra trama desse tipo vai se desenrolando, cumprindo o mesmo modelo. Como todos sabem, o Sistema Italuís está com a vida ú…

No "melhor governo" Servidores estaduais protestam para ter de volta Hospital do Ipem

Imagem
NÚBIA LIMA
Especial para o JP

Servidores públicos estaduais se reuniram, durante todo o dia de ontem (19), diante da Biblioteca Pública Benedito Leite (centro de São Luís), para protestar contra a decisão do governo do Maranhão de transferir o atendimento à categoria do Hospital Carlos Macieira (Ipem), no Calhau, para o Hospital São Luís, na Estrada da Mata (Cidade Operária). Atualmente, o Hospital do Ipem, como há anos é conhecido, passa por uma reforma na estrutura física – que ultimamente funcionava em estado precário. Futuramente, atenderá a comunidade como mais uma unidade do Sistema Único de Saúde. A transferência dos serviços aconteceu em novembro de 2011, após a inauguração do Hospital São Luís, do grupo Multiclínicas. A decisão foi tomada pelo Conselho Superior do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria (Consup), órgão do governo do estado, presidido pelo chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva. O conselho tem como membro o secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad, e conta …

O Rio Pericumã sumiu do mapa!

Imagem
O Rio Pericumã tem uma importância para Pinheiro como também é importante para a população que a Bacia abrange, seja por seus recursos naturais, ou pelo complemento às atividades domésticas e transporte, considerado como pai e mãe de muitos pinheireses é a principal industria de Pinheiro, e emprega direta ou indiretamente cerca de 50% da população.

 A Bacia do Rio Pericumã que desemboca na Baia de Cumã, ocupa uma área de 4.500km² (SEMA. 1997) situada no interior da Baixada Maranhense. No intuito de minimizar a penetração da água salina e facilitar a navegação foi criada a Barragem do Pericumã pelo DNOS. Mas, sumiu do mapa.
Por algum motivo que desconhecemos o Rio Pericumã não foi cadastrado em 2011 pelo IBAMA no Ministério da Pesca e no Ministério do Meio Ambiente o que pode trazer  um prejuízo muito grande para a classe humilde dos pescadores que poderão ficar sem receber o Seguro Defeso, espécie de seguro desemprego pago aos pescadores no período da Piracema. Esperamos que isso não …

Repercute no Jornal Pequeno

Abutres
Uma reportagem na última edição da revista Veja trata de abutres, porque vivem da desgraça alheia, os que se apropriaram de dinheiro das vítimas das chuvas no ano passado em Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Na edição do último domingo do Jornal Pequeno, reportagem assinada pelo jornalista Oswaldo Viviani divulga resultados de uma auditoria realizada pela Controladoria Geral do Estado na Secretaria de Cidades, durante a gestão de Filuca Mendes, ex-prefeito de Pinheiro. No caso de Nova Friburgo, a Controladoria Geral da União determinou a devolução de R$ 4,3 milhões dos R$ 12 milhões enviados ao município pelo governo federal. No caso do Maranhão, as irregularidades de Filuca Mendes envolvem mais de R$ 92 milhões. Até o dia 28 de abril de 2009, 18 cidades maranhenses já haviam decretado estado de emergência. E ficou a cargo da Secretaria de Cidades gerenciar os recursos federais enviados para remoção de escombros, desobstrução de bueiros e de acessos às ruas, recuperação de ruas, est…

Graças ao prefeito José Arlindo, SAMU já esta funcionando em Pinheiro

Imagem
Tudo pronto para que o Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU 192 possa começar a atender a região do Pinheiro, Santa Helena e Bequimão. Hoje quinta-feira, 19, em Pinheiro, foi inaugurada a sede regional do SAMU, que ficará na Maria Paiva ao lado do Hospital Regional.
Com uma carreata gigantesca saindo do Bairro de Pacas, o prefeito José Arlindo Mobilizou milhares de pessoas entre autoridades e população de Pinheiro. Segundo o médico, Dr. Leonardo Sá, a inauguração da sede foi de extrema importância, a luta travada pelo prefeito José Arlindo em refazer todo o projeto para que o Ministério da Saúde, através de uma visita técnica, desse o seu aval para que as ambulâncias e toda a equipe iniciem seus trabalhos.







Além do anfitrião do evento, o prefeito José Arlindo, estiveram presentes na cerimônia o prefeito de Bequimão, Diniz, de Matinha Dr. Ermano, Neto Torres vereador de Santa Helena, o vereador Dr. Leonaro, Enesio, Antonio Ribeiro, Stélio Cordeiro vereadores de …

Reportagem do Jp caiu como uma "Bomba" em Pinheiro

Imagem
O locutor da televisão do ex-prefeito Filuca Mendes ficou transtornado ao comentar a reportagem em primeira pagina do Jornal Pequeno, onde seu chefe estaria envolvido em  Irregularidades na Secid . Querendo defender o indefensável como ele mesmo citou, acusou o atual prefeito de pagar milhões para o JP publicar a matéria, por esse motivo já esta sendo movido um processo contra o locutor. Porque não fazem o mesmo? Ora, companheiro se não é verdade a matéria publicada pelo competente jornalista Oswaldo Viviani , porque eles não acionam à Justiça ? Será que tem medo? – Sim porque em “M” quanto mais se meche mais fede! Eles sabem também que quem encomendou a Auditoria foi a própria governadora Roseana Sarney, e o  relatório da auditoria da CGE – documento com  39 páginas, assinado por Henrique Silva Campos (auditor do Estado), Maria Helena de Oliveira Costa (auditora geral do Estado) e Amância Conceição Pereira (supervisora de Auditoria da área de Infraestrutura do Estado), não deixa duvid…
Imagem
Depois de uma luta incansável do prefeito José Arlindo, está quase tudo pronto para que o Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU 192 possa começar a atender a região da baixada. (Pinheiro, Bequimão e Santa Helena). Será inaugurada a sede do SAMU em Pinheiro, nesta quinta feira (19) que ficará na Maria Paiva, ao lado do Hospital Regional Antenor Abreu.

Irregularidades de Filuca na Secid envolvem mais de R$ 92 milhões

Imagem
SUSPEITA DE DESVIO MILIONÁRIO DE DINHEIRO PÚBLICO Auditoria da gestão de Filuca Mendes na Secretaria de Cidades foi feita pela Controladoria Geral do Estado em 2010; pode ter havido desvios dos recursos federais destinados a serviços de reparação de danos causados pelas enchentes de 2009 POR OSWALDO VIVIANI O relatório final de uma auditoria feita pela Controladoria Geral do Estado (CGE) na Secretaria Estadual de Cidades (Secid) em 2010, ao qual o Jornal Pequeno teve acesso, aponta irregularidades na pasta, então sob o comando do ex-prefeito de Pinheiro, Filadelfo Mendes Neto, o 'Filuca' (PMDB), envolvendo R$ 92,2 milhões em recursos estaduais e federais. O valor total dos recursos abarcados nas impropriedades descobertas pela CGE na 'gestão Filuca' pode ser bem maior, uma vez que a auditoria do órgão só analisou procedimentos do período de janeiro a julho de 2010 (sete meses), e Filuca esteve à frente da Secid de 20 de abril de 2009 a 31 de dezembro de 2010 (20 meses e d…