sábado, 20 de janeiro de 2018

João Alberto irá para o sacrifício caso Roseana desista de disputar o governo

A família Sarney já tem um nome para substituir a possível desistência de Roseana na disputa ao governo nas próximas eleições: o senador João Alberto. Sem empolgar nas pesquisas e completamente desestimulada por saber que uma derrota é iminente, a princesa da oligarquia já começa a causar indignação dos aliados do pai, que estão em abstinência do dinheiro público e sonham em voltar a se locupletar da máquina estatal.

A atual conjuntura não é nada fácil para Roseana. Enfrentar um governador popular como Flávio Dino que está, constantemente, sendo destaque nacional em meio a maior crise do Brasil nos últimos 100 anos, joga por terra todas as possíveis chances que ela teria, ainda mais carregando uma gigantesca rejeição do eleitorado maranhense.

O piti dado por João Alberto durante evento de inauguração da duplicação da BR-135 reforçou sua posição dentro do grupo Sarney. Puxa-saco histórico da oligarquia e considerado uma espécie de ‘cão de guarda’ dos sarneyzistas, o senador é a garantia de que o clã terá um fiel escudeiro, disposto a todo tipo de baixaria e armação, fato costumeiro nas eleições que envolvem a família.

A desistência de Roseana mexe ainda mais o tabuleiro sarneyzista, já que, dificilmente, ela vai querer ficar mais quatro anos sem cargo algum e, principalmente, sem imunidade parlamentar. A ‘princesa da Odebrecht’ precisa de proteção caso a Operação Lava Jato volte a atormentar.

A previsão é de que muita coisa ainda mude no campo sarneyzista. Inclusive com disputas internas.

Nenhum comentário: