OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Secretário Jefferson Portela avalia modelo de Gestão Integrada na Segurança Pública

img_31811

O Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela considera está alcançando uma das prioridades da sua Gestão em apenas 1 ano e 10 meses, que é o fortalecimento das relações entre os Órgãos do Sistema de Segurança e consequentemente a atuação integrada entre a Polícia Civil, Polícia Militar e Corpos de Bombeiros.
Jefferson Portela ressaltou que a integração é fundamental entre as Instituições que compõe a Pasta de Segurança e também o fortalecimento das relações com os Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, demais Instituições da Defesa Nacional, membros da sociedade civil organizada e outras Organizações Públicas e Privadas. Ele ainda complementou, afirmando que atualmente as ações criminosas agem de forma conjunta em locais diversificados nas esferas estadual, nacional e internacional, sendo necessário a união das instituições e das comunidades para manter o controle social sobre o crime e a violência, haja vista que nenhuma entidade sozinha é capaz de exercer o referido controle, por isso a concepção de gestão compartilhada deve ser adotada por todo gestor público.
Ainda de acordo com o Secretário o foco dessas ações é garantir uma sociedade mais justa, pacífica e harmoniosa, podendo até mesmo em casos excepcionais conseguir êxito em ações isoladas, porém experiências anteriores demonstraram que as ações integradas de segurança no âmbito geral avançam mais e os seus resultados são alcançados em um curto espaço de tempo, “essa é uma tendência mundial e considero uma prática de excelência da minha gestão”, ressaltou Jefferson Portela.
Em sua avaliação Jefferson Portela, reconhece que os resultados desse modelo de segurança foram alcançados antes que ele imaginava, fato que o surpreendeu, e pode ser percebido tanto nas operações realizadas na capital quanto no interior. Um exemplo bem claro são os procedimentos adotados em casos de combate a crimes contra Instituições financeiras, equipes da Polícia Civil e Militar trabalham de forma conjunta no interior do Estado no período de pagamento bancários, o deslocamento é realizado em comboio para o local determinado da missão, ao chegar os policias ficam instalados no mesmo hotel, não havendo distinção nos demais . Ele contou que muitas das vezes os policiais nem mesmo se conheciam e após as missões passam a estreitar os laços de amizade, através da troca do número de contato, e-mail e difusão de conhecimentos adquiridos ao longo da vida profissional, fator fundamental para possibilitar os resultados concretos através do amplo debate rotineiro compartilhando as intervenções, marca da gestão e o resultado interno é o melhor possível sendo reconhecido pela sociedade maranhense.
Os comandos tem reuniões periódicas demonstrando uma gestão transparente das ações das instituições, gerando uma sensação de confiança mútua, ou seja uma relação de via de mão dupla, seguindo a máxima de um tem que confiar no outro,  um sentimento de integração  sincero, concreto e real,  Prova disso é a participação da cúpula do Sistema de Segurança, Secretário Jefferson Portela, Delegado Geral, Lawrence Melo, Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel José Frederico Pereira e o Comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Célio Roberto, na cidade de Goiânia do Encontro Nacional com a Presidente do Supremo Tribunal Federal e Presidente do Conselho Nacional de Justiça, Ministra Carmen Lúcia, o Ministro da Justiça e o Secretário Nacional de Segurança Pública com os 27 Secretários de Segurança da República Brasileira, cujo objetivo é discutir a legislação brasileira, as formas legais de controle de crime e violência, ações realizadas pela União para fortalecer o trabalho da segurança dos estados e as responsabilidades do município, novidade em discussão que o Presidente do Conselho Nacional de Secretários, Jefferson Portela trouxe à tona, mais especificamente problemas sócias que se tornam problemas de segurança como a pavimentação de ruas que permite o deslocamento de viaturas, iluminação pública para melhorar a identificação de pessoas que cometem práticas ilícitas.
Outros exemplos de Operações Integradas realizadas recentemente foram no Coroadinho no dia 09 de novembro que culminou na prisão de oito indivíduos suspeitos de integrarem facções criminosas, autores de diversas práticas ilícitas e procurados a bastante tempo, na oportunidade foram apreendidas armas, drogas e coletes balísticos. Também na data anteriormente citada foram apreendidos 22kg de maconha na cidade de Santa Luzia do Paruá por policias civis e militares, prova que as ações de intervenção integrada são rotina.
Inovação
Na gestão do Secretário Jefferson Portela foi criado o Curso de Gestão Pública direcionado a área de segurança, no qual dirigentes e chefes fazem o curso com o objetivo de adquirir conhecimentos específicos para possibilitar a avaliação da atual Direção. Antes mesmo da posse de 56 chefes da área civil e militar, os mesmos participaram do curso de uma semana na Academia de Polícia Civil sobre Gestão Pública, na oportunidade os novos gestores tiveram a oportunidade de realizar qualificação profissional. Chefes da Polícia Militar e da Polícia Civil e Gestores Administrativos de Segurança apresentam periodicamente os resultados da sua gestão através de relatórios e da auto-avaliação, os mesmos são avaliados por uma equipe especializada com a finalidade de proporcionar a harmonização do sistema.
Por PM Cabo Paulo – Ascom SSP

Nenhum comentário: