OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Presidente do Sindicato Municipal de Pinheiro sofre ataques nas emissoras de radio e televisão do prefeito

Após sofrer denúncias na Câmara Municipal e ser acionado pelo Ministério Público Estadual, o prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes, começou a retaliar a presidente do Sindicato dos Professores Municipais de Pinheiro (SINPROSEMP), Dinele Ribeiro. Segundo os sindicalistas, o objetivo é intimidar os servidores e reduzir o papel Sindicato, responsável por desencadear uma greve em outubro e denunciar o mau uso do dinheiro público da educação.
A professora Dinele, alvo dos ataques dos aliados políticos do prefeito Filuca, foi uma das responsáveis pela coordenação da greve que paralisou a rede municipal por semana no mês de outubro. A dirigente encabeçou a luta pela aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos, a gratificação para educadores em salas superlotadas e gratificação por deslocamento.
Acordo não honrado. Para encerrar o movimento, o prefeito chegou a se comprometer em fornecer a folha de pagamento do município ao Sindicato. O documento seria analisado pelos educadores para ter a dimensão do quadro financeiro da cidade e projetar a possibilidade de reajuste salarial e gratificações.
Porém, após o reinício das aulas, em vez honrar os compromissos assumidos com o SINPROSEMP, o gestor deflagrou várias perseguições contra os educadores que não foram às salas de aula na greve. Uma das frentes busca pedir o afastamento da professora Dinele, o que desarticularia a organização dos trabalhadores e assustaria a categoria a fazer novos protestos na cidade.
De acordo com as denúncias, o prefeito trabalha com diretores indicados para a formulação de um abaixo-assinado, no qual cobra a suspensão imediata da professora das suas funções.

Mesmo com as perseguições, a coordenadora do Núcleo do SINPROESEMA em Pinheiro, Leonizia Rodrigues, que acompanha a luta na região, reafirma que os trabalhadores não vão se intimidar diante das perseguições e prometem reforçar ainda mais a luta pela valorização salarial no município
Dinelli uma Guerreira


Nenhum comentário: