quarta-feira, 11 de novembro de 2015

RODÍZIO DE MULHER

Delegada em Teresina manda interditar 

cabaré com rodízio de mulher por R$150

Cartaz divulgado em rede social
Cartaz divulgado em rede social
A delegada da Mulher de Teresina-Centro, Vilma Alves, determinou a interdição de boate que oferecia, no Centro de Teresina, rodízio de mulheres por R$ 150,00. A propaganda da boate, feita por cartazes divulgados nas redes sociais, oferece mulheres em número suficiente por R$ 150,00 até que o homem fique saciado sexualmente.
Um cartaz circula nas redes sociais informando a data (20 de novembro) e o local da festa -, uma boate no Centro da capital. A delegada Vilma Alves tomou conhecimento do cartaz e disse que se a festa realmente estiver marcada, ela ressalta que o evento caracteriza exploração sexual.
Ela afirmou que acionou para apurar a suposta festa o delegado geral da Polícia Civil, Riedel Batista, e o promotor Francisco de Jesus, do Núcleo de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid). A boate, no Centro de Teresina, negou que tivesse promovendo festa de rodízio de mulheres.
Uma festa semelhante está marcada para acontecer na mesma data em Poços de Caldas, Minas Gerais. O cartaz usa as mesmas imagens e também traz o endereço de uma boate de Teresina.

Nenhum comentário: