ANTES NÃO TINHA

ANTES NÃO TINHA

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Folha de São Paulo: Sarney e Lobão foram excluídos da campanha de Dilma

Dilma-Sarney-e-Lobao
Dilma quer distância de Sarney e Lobão
Excluída da campanha presidencial de Dilma Rousseff, a cúpula do PMDB tem feito críticas à candidata do PT e ao ex-presidente Lula pelo tratamento dispensado à legenda.
Peemedebistas se queixam nos bastidores de não ter acesso a decisões do núcleo duro do comitê petista, de descumprimento de acordos financeiros e falta de apoio nos palanques estaduais.
Como “troco”, a cúpula da sigla já traça a seguinte estratégia para 2015: adotará uma linha de “confronto” no Congresso, seja Dilma ou Marina Silva a próxima chefe do Executivo.
Na semana passada, o vice-presidente da República, Michel Temer, recebeu congressistas no Palácio do Jaburu. Estavam presentes os presidentes do Senado, Renan Calheiros (AL) e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), o deputado federal Eduardo Cunha (RJ), o senador José Sarney (AP) e o ministro Edison Lobão (Minas e Energia).
Segundo relatos à Folha, Temer se queixou de que a campanha de Dilma se fecha e que o PMDB está relegado. Um dos mais exaltados no encontro era o ex-presidente Sarney. Ele reclamou do comportamento do PT no Maranhão, que apoiará Flavio Dino (PCdoB) na disputa estadual

Nenhum comentário: