INDEFERIDO: Pedido de registro de candidatura de Leonardo Sá

O médico e ex-candidato a prefeito de Pinheiro Leonardo Sá (PRTB) teve seu pedido de registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral por não cumprir entregar certidões exigidas e não corrigir o vício do registro dentro do prazo.
Leonardo que foi "vendido" como bom de voto para o governador Flávio Dino e foi candidato a prefeito de Pinheiro com apoio do governo do estado pela articulação de seu principal cabo eleitoral: o deputado estadual Othelino Neto, sendo a esposa do mesmo vice na chapa do Dr. Léo

Com uma votação pífia o casamento com o deputado comunista acabou, restando a Sá, buscar outros caminhos, ele que iniciou na politica pinheirense trazido pelo decadente ex prefeito Filuca Mendes.
Leonardo Sá  vinha buscando folego com alguns seguidores aqui na cidade de Pinheiro como o vereadores Capadinho, Riba e Edinildo e apostando todas suas fichas na cidade de Alto Alegre onde esperava ser o mais votado, o que pode ruir por terra esse investimento pesado na sobre vida na politica.Cabe recurso ao TSE, o prazo final é nesta segunda feira (17), o que dificulta a corrida ao Palácio Manuel Beckman, do medico impugnado.
VEJA A SENTENÇA:




Comentários