ANTES NÃO TINHA

ANTES NÃO TINHA

sábado, 22 de julho de 2017

Tenente é preso depois de agredir procurador geral do Estado na porta do TJMA

O tenente coronel Ciro Nunes Alves da Silva, foi preso e está sendo autuado em flagrante na Secretaria da Segurança Pública depois de agredir a empurrões e moralmente o procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia.
O incidente aconteceu no final da tarde, na porta do Tribunal de Justiça do Estado. Rodrigo Maia tinha ido ao TJMA para despachar um processo. Na chegada, cumprimentou o juiz Sebastiao Bonfim e o tenente, que briga com o Estado por uma promoção a Coronel que conseguiu e a PGE recorreu por entender que ele não tem direito.
Depois de cumprimentar os dois, Rodrigo Maia se dirigiu ao gabinete do presidente Cleones Cunha, com quem despachou um processo. Na volta, o tenente coronel Ciro estava aguardando-o. Ao perceber a chegada de Rodrigo Maia de volta, na porta do TJ, Ciro partiu para agredi-lo, dando-lhe empurrões e o agredindo com palavras ofensivas, querendo saber o que o procurador tinha contra a promoção dele.
Em contato com O INFORMANTE, agora há pouco, Rodrigo Maia confirmou os fatos e disse que se japi houvesse uma intervenção dos seguranças do TJ a agressão iria além dos empurrões e da ofensa moral.

O Peocurador-Geral registrou ocorrência no próprio tribunal e numa delegacia de policia. Por sua vez, o tenente coronel Ciro recebeu voz de prisão, está sendo autuado em flagrante e vai ficar preso.

Por: O Informante

Nenhum comentário: