MARANHÃO EM OBRAS

MARANHÃO EM OBRAS

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Governador participa da Feirinha São Luís e destaca: só tende a crescer

Governador visitou Feirinha São Luís e dialogou com agricultores e artesãos. Foto: Honório Moreira
As manhãs de domingos no Centro Histórico de São Luís ganharam um atrativo que está movimentando a economia e o turismo na capital maranhense. A Feirinha São Luís, projeto da Prefeitura em parceria com o Governo do Estado na Praça Benedito Leite, está fazendo um grande sucesso. Neste domingo (25), o governador Flávio Dino marcou presença no local, conversou com agricultores familiares, artesãos e com a população, e ressaltou a importância dessas iniciativas para a economia do Maranhão.
O projeto Feirinha São Luís é realizado aos domingos de 7h às 15h e reúne produtos agroecológicos, exposição e comercialização de artesanato, artes plásticas e literárias, gastronomia e apresentações culturais locais. O objetivo da iniciativa é divulgar e comercializar o que é produzido pela agricultura familiar de São Luís e difundir a gastronomia da zona rural, com a exposição de produtos e subprodutos.
Para o governador Flávio Dino, a paisagem urbana é um dos principais atrativos da Feirinha. “Além dela ser muito boa, se realiza em um local especial para todos os maranhenses que é onde a nossa cidade nasceu, aqui na praça Benedito Leite, perto da Praça Pedro II. Um local muito bem escolhido, muito adequado, próximo a Praia Grande. Tenho certeza que a Feira veio para ficar muitos anos aqui e só tende a crescer”, pontuou.
O novo ponto de encontro dominical de São Luís expõe a diversidade cultural e fomenta a economia criativa dos produtores da Ilha de mais de 11 polos, que oferecem produtos de qualidade por preços justos. Ao todo, são 61 barracas, 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia. O governador Flávio Dino cumprimentou os agricultores, artesãos e artistas e garantiu que a parceria entre a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado só vai aumentar para proporcionar espaços de incentivo da economia solidária.
De acordo com Flávio Dino, a economia solidária tem um lugar que é só seu porque a lógica do mercado é de concentração de riquezas na mão de poucos. “Então nós precisamos ter políticas que fortaleçam a dimensão da desconcentração, da distribuição, e a economia solidária tem papel fundamental nisso”, ressaltou o governador.
“Fiquei feliz de conversar com artesãos e artesãs, que são cooperativas que estão aqui organizadas, assim como empresas familiares, vizinhos se reunindo para estarem aqui. Isso gera uma economia diferente que está fora dessa lógica puramente comercial do grande mercado e permite que essas pessoas tenham oportunidades”, completou Flávio Dino.
Governador visitou Feirinha São Luís e dialogou com agricultores e artesãos. Foto: Honório Moreira
0

Nenhum comentário: