IPVA + MOTO LEGAL

IPVA + MOTO LEGAL

sábado, 1 de abril de 2017

BARRAGEM DO PERICUMÃ "COMPORTA" UMA HISTÓRIA DE ABANDONO.

 Obra federal construída no final da década de setenta e início dos anos oitenta, pelo então presidente João Figueiredo, tendo como objetivo conter a entrada da água salgada em nossos campos e ao mesmo tempo represar e controlar a água doce, o que trouxe infinitos benefícios a pesca, a agricultura, a pecuária, ao lazer, ao turismo, como também ao abastecimento de água potável na cidade de Pinheiro.
A barragem está em total abandono, muitos já a utilizaram como trampolim político ou lavagem de dinheiro, a população já está cansada de ouvir políticos anunciarem emendas parlamentares ou verbas federais que nunca chegam a seu fim.
O caso mais grave aconteceu quando o gestor municipal anterior, retirou do local as rodanas de guia das portas e o gerador de energia que abastece as máquinas, após muita pressão do comunicador e vereador João Morais o gerador foi devolvido faltando dois dias para o término de seu mandato, no entanto com problemas e sem esquema de ligação, após pesquisas e a colaboração de muitos técnicos de Pinheiro e São Luis contando com o apoio incondicional do prefeito João Luciano, após vários dias de revisão na parte elétrica que está muito danificada foi possível fazer um concerto precário.
As fortes chuvas que tem caído na região, encheram os campos do pericumã, com uma brevidade e volume de água que não era visto nos últimos quinze anos.
Com muita dificuldade causada pela precariedade em que se encontra o sistema elétrico e mecânico, o vereador João Morais o técnico conhecido por irmão e a ajuda de seis amigos da comunidade de vila Matias foi possível levantar duas das quatro portas da barragem.
Queremos ressaltar que mesmo não sendo responsabilidade da prefeitura a operação da comporta, mais sim do governo federal, o prefeito João Luciano, consciente de sua responsabilidade pelo social e pelo bem estar de nossa população, tem feito o possível por essa barragem.

Por João Morais




Nenhum comentário: