IPVA + MOTO LEGAL

IPVA + MOTO LEGAL

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Iema inova e oferece cursos técnicos de Agricultura Orgânica, Cooperativismo e Informática Biomédica em 2017


Iemas oferecem formação técnica que amplia oportunidades para jovens maranhenses. Foto: Karlos Geromy/Secap
Além de expandir de três para sete o número de unidades plenas do Instituto de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Informação (Secti), também vai inovar na formação técnica em tempo integral oferecida aos estudantes. Dentre as novidades, estão os cursos de Agricultura Orgânica, Cooperativismo e Informática Biomédica.
“A meta do governo é entregar até 2018 um total de 23 unidades plenas, garantido, assim, aos estudantes de todas as regiões do estado a oportunidade de cursar essa modalidade de ensino, e, ao mesmo tempo, adquirir uma formação técnico-profissionalizante em uma escola de tempo integral, que é o modelo de educação implantado no Iema”, destacou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada.
As novas unidades funcionarão nos municípios de São José de Ribamar, Axixá, Coroatá e Timon, a partir do dia 6 março, data agendada para o início do período letivo de 2017. “Com as novas unidades nós iremos dar continuidade aos processos de expansão e consolidação do Iema enquanto instituição inovadora criada na gestão realizada pelo governador Flávio Dino, como a primeira rede de educação profissionalizante em tempo integral do Governo do Estado na história do Maranhão. Este é o caráter singular do Iema e a relevância e a importância que ele tem ao ofertar e democratizar a educação profissionalizante para a população do nosso estado”, ressaltou o secretário.
Os novos institutos, somado às 3 unidades (de São Luís, Bacabeira e Pindaré-Mirim), já em pleno funcionamento, elevaram para 1.050 o número de vagas este ano, o triplo do que foi oferecido em 2016, quando o estado dispunha de três escolas de educação integral.  O total de alunos em 2017 é de 1.476 alunos divididos na primeira e segunda séries do ensino médio.
Ensino
Com base nos métodos adotados pelo Instituto Federal, pioneiro na oferta de educação em tempo integral, os Iemas ofertam aulas, de segunda a sexta-feira, no horário das 7h às 17h. Além do ensino regular, o instituto oferece cursos técnicos voltados para a formação profissional.
No município de Axixá, localizado no Norte do Maranhão, a 100 quilômetros de São Luís, os alunos poderão, além de cursar o ensino médio, desempenhar conhecimentos profissionais na área de Informática e Eletrotécnica. Em Coroatá, os estudantes terão acesso a Informática; Agricultura Orgânica, Cooperativismo e Zootecnia. Em São José de Ribamar, além das disciplinas tradicionais, serão ofertadas no molde voltado ao profissionalismo do aluno aulas de Informática, Agricultura Orgânica, Guia de Turismo e Eletromecânica. Já em Timon, as novidades dos cursos profissionalizantes são em Equipamentos Biomédicos, Serviços Jurídicos, Logística e Informática Biomédica.

Iemas oferecem formação técnica que amplia oportunidades para jovens maranhenses. Foto: Felipe Neiva
Todos os cursos foram escolhidos de acordo com demandas coletadas nas comunidades em que serão instaladas e visam ao desenvolvimento dos estudantes, que além de garantirem colocação nos mercados locais, contribuirão para o desenvolvimento regional de todo o Maranhão.
“Na unidade de Timon, por exemplo, os cursos técnicos de equipamentos biomédicos e informática biomédica também são pioneiros no estado. É a primeira vez que esses cursos serão ofertados no Maranhão, seremos um dos poucos do Brasil e esses estudantes estarão capacitados para atuar na área médica de toda aquela Região Metropolitana de Teresina onde há uma grande demanda e também em qualquer outro estado do país”, frisou Almada.
Investimentos
Para as quatro unidades abertas este ano foram investidos mais de R$ 9 milhões pelo Governo do Maranhão, em obras desempenhadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra).
No último sábado (4), acompanhado de sua equipe de engenheiros, o secretário estadual da Infraestrutura, Clayton Noleto, visitou duas unidades para acompanhar o andamento das obras. “Estamos aqui para acompanhar o andamento dessa parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secti), dando celeridade às obras e garantindo a qualidade e a entrega, dentro dos prazos, dessas unidades tão importantes para o desenvolvimento econômico e social dos nossos jovens maranhenses”, explicou o secretário.
Cada uma das unidades contará com laboratórios, salas de aula, auditório, refeitório, vestiários, quadra poliesportiva e banheiros, que atenderão os alunos de tempo integral de uma gestão que prioriza a educação de qualidade para os estudantes em todo o Maranhão.
Com a abertura das unidades, o Governo está realizando a convocação de novos professores para somar aos 120 professores, 21 gestores, 102 professores da base Nacional Comum, 18 professores da base técnica, já lotados nas unidades existentes.
Cursos
Axixá- Informática e Eletrotécnica
Bacabeira – Administração, Logística e Mineração.
Coroatá – Informática, Agricultura Orgânica, Cooperativismo e Zootecnia.
Pindaré-Mirim – Agropecuária, Recursos Pesqueiros e Serviços Jurídicos.
São José de Ribamar – Informática, Agricultura Orgânica, Guia de Turismo e Eletromecânica.
São Luís – Eventos, Serviços Jurídicos, Informática e Meio Ambiente.
Timon – Equipamentos Biomédicos, Serviços Jurídicos, Logística e Informática Biomédica.

Nenhum comentário: