ANTES NÃO TINHA

ANTES NÃO TINHA

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Usuários do ferry-boat aprovam nova Linha Expressa da Ponta da Espera

Nova linha do Expresso Metropolitano foi elogiada pela população
Nova linha do Expresso Metropolitano foi elogiada pela população. Foto: Carlinhos Pereira
Em um mês e meio de funcionamento, a Linha Expressa da Ponta da Espera, que interliga o serviço de ferry-boat ao Terminal Rodoviário de São Luís, já beneficiou mais de 24 mil passageiros. Com um itinerário que passa por avenidas importantes como Africanos, Franceses e Portugueses, a nova linha do Expresso Metropolitano beneficia, ainda, a população da área Itaqui Bacanga, uma das mais populosas regiões da Grande Ilha.
Implantada pelo governo estadual no início de agosto, por meio da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), a Linha Expressa Ponta da Espera/Terminal Rodoviário interliga os sistemas de transporte aquaviário e rodoviário de São Luís. Para maior comodidade dos passageiros, os horários de viagem dos coletivos são sincronizados aos do ferry-boat.
Para a estudante Josinete Viegas, 25 anos, a nova linha expressa representa uma alternativa de transporte mais confortável e barata para quem precisa utilizar o ferry-boat regularmente. “Achei a nova linha muito boa. Antes, a gente tinha que esperar a van, que é um pouco mais cara, e aqui só pagamos R$ 3,10”, falou a usuária, que mora no município de Alcântara, a 30 km da capital, e trouxe a mãe para fazer exames médicos em São Luís.
Nova linha do Expresso Metropolitano foi elogiada pela população. Foto: Carlinhos Pereira
Nova linha do Expresso Metropolitano foi elogiada pela população. Foto: Carlinhos Pereira
O lavrador Leandro Costa, 30 anos, que também veio de Alcântara para a capital via ferry-boat, aprovou o novo serviço. “Bom demais para mim, que moro perto do Terminal do Cujupe [em Alcântara]. Se eu fosse pegar uma van para vir para São Luís pelo ferry, pagaria R$ 36 reais no total. Agora, venho com minha moto, pago apenas os R$ 11 reais do ferry, mais os R$ 3,10 do ônibus. Já estou economizando o lanche”, falou.
O mecânico José de Ribamar, 64 anos, também elogiou a comodidade do novo transporte. “Achei muito boa essa nova linha, porque facilita mais o transporte para quem vem da Baixada Maranhense”, disse o usuário, de volta à São Luís, após viagem para a cidade de Alcântara. “Antes era mais difícil, porque o transporte de van, quando vem lotado, é muito ruim, principalmente para o idoso. Agora a gente vai mais confortável”, concluiu José.
Alternativa de transporte para a área Itaqui-Bacanga
c
Nova linha do Expresso Metropolitano foi elogiada pela população. Foto: Carlinhos Pereira
A cobradora da linha Ponta da Espera, Renata Campos, disse que os novos coletivos têm beneficiado, também, aos moradores da área Itaqui-Bacanga, que reúne mais de 30 bairros de São Luís e é uma das mais populosas da Região Metropolitana.
Segundo ela, a nova linha expressa é uma opção de transporte mais segura em uma região repleta de carros lotação piratas. “No dia a dia, a linha está favorecendo o pessoal do Anjo da Guarda, Vila Embratel e outros bairros do Bacanga. Teve gente que até já beijou o ônibus, porque tem ar-condicionado”, disse a cobradora.
Itinerário
A nova linha expressa parte da Ponta da Espera e segue pela Avenida dos Portugueses, Avenida Senador Vitorino Freire e Avenida dos Franceses, até chegar ao Terminal Rodoviário. Na volta, o ônibus sai da rodoviária e atravessa a Avenida dos Franceses, Avenida dos Africanos, Senador Vitorino Freire – com paradas no Anel Viário e no Terminal da Praia Grande –, Avenida dos Portugueses e, por fim, desembarca na Ponta da Espera.
Expresso Metropolitano
Na Grande Ilha, as linhas expressas metropolitanas atendem aos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Na Região Tocantina, existem linhas para atender as cidades de Imperatriz, João Lisboa e Senador La Rocque. O serviço de transporte público dispõe de uma frota de, aproximadamente, 50 ônibus a serviço da população em todo o estado.

Nenhum comentário: