ANTES NÃO TINHA

ANTES NÃO TINHA

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Governador Flávio Dino vistoria obras da Casa da Mulher Brasileira

Durante a vistoria, o governador Flávio Dino conversou com os trabalhadores e inspecionou o andamento das obras. Foto: Karlos Geromy/Secap
Durante a vistoria, o governador Flávio Dino conversou com os trabalhadores e inspecionou o andamento das obras. Foto: Karlos Geromy/Secap
O governador Flávio Dino vistoriou as obras da Casa da Mulher Brasileira de São Luís, na manhã desta terça-feira (7), para avaliar a condução dos trabalhos, que seguem em ritmo acelerado. O prédio está sendo construído no bairro Jaracati e facilitará à mulher o acesso aos serviços especializados de enfrentamento à violência. A Casa da Mulher Brasileira é um dos eixos do programa ‘Mulher, Viver sem Violência’, do Governo Federal.
Acompanhado por diversas autoridades, o governador Flávio Dino vistoriou as instalações, conversou com trabalhadores e falou sobre os serviços que serão prestados na instituição e os benefícios para a mulher vítima de violência. A previsão é que a Casa da Mulher Brasileira de São Luís entre em atividade no segundo semestre deste ano. A gestão do espaço será compartilhada entre os governos municipal, estadual e federal.
“É um espaço de grande relevância por permitir a integração de vários serviços para atender à mulher. Essa ação conjunta institucional vai possibilitar a melhor resolutividade das ações de enfrentamento à violência contra a mulher”, frisou o governador Flávio Dino. Ele explicou que o diferencial deste espaço é o diálogo entre as diversas instituições permitindo a eficácia das ações realizadas e que esse modelo de articulação de vários serviços destinados a um público será levado, progressivamente, a outras regiões do estado.
O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, acompanhou a vistoria. Ele ressaltou que a Prefeitura integrará o Comitê Gestor da Casa da Mulher Brasileira e que a gestão municipal disponibilizará uma equipe multidisciplinar, composta por assistente social, advogada, pedagoga e psicólogas, que vai integrar os serviços de atendimento humanizado às mulheres.
“Esse é um espaço essencial para atender à mulher vítima de violência. Nós traremos para cá todos os serviços de referência que já desenvolvemos no município. Esses serviços funcionarão de maneira integrada, no sentido de oferecer atendimento humanizado às mulheres e também para facilitar o acesso aos serviços”, explicou o prefeito Edivaldo.
A secretária de Estado da Mulher (Semu), Laurinda Pinto, destacou a importância do trabalho conjunto do Governo do Estado, Governo Federal e Prefeitura de São Luís. Ela também ressaltou o pioneirismo da gestão estadual nas ações para atendimento às mulheres. “Esse modelo da capital possui todas as adaptações de segurança necessárias e as condições para atender a mulher em sua diversidade. Essa integração da estrutura é fruto das interlocuções das várias entidades que vão atuar na instituição”, frisou.
Além da articulação de todas as esferas do Poder Executivo, a Casa da Mulher Brasileira reúne um conjunto amplo de instituições ligadas ao enfrentamento da violência contra a mulher, incluindo o Poder Judiciário. “A Casa é importante para que a mulher tenha um atendimento integrado e rápido dos casos de violência”, explicou o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Cleones Cunha. Ele ressaltou que por meio da Casa os juízes prestarão um atendimento mais ágil destes casos.
Serviços especializados
Com atendimento humanizado, confortável e especializado, a Casa da Mulher Brasileira vai oferecer uma série de serviços, incluindo acolhimento e triagem; apoio psicossocial; e promoção de ações para a autonomia econômica da mulher vítima de violência. O espaço possui estrutura para acolher os filhos das vítimas, sendo dotado de brinquedoteca, alojamento de passagem e central de transportes. O espaço conta ainda com o apoio de órgãos da Justiça como delegacia, juizado, Ministério Público e Defensoria Pública.
Várias autoridades participaram da inspeção às obras da Casa da Mulher Brasileira que integrará os serviços oferecidos por diversos órgãos públicos. Foto: Karlos Geromy/Secap
Várias autoridades participaram da inspeção às obras da Casa da Mulher Brasileira que integrará os serviços oferecidos por diversos órgãos públicos. Foto: Karlos Geromy/Secap

Nenhum comentário: