OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Convênio entre Governo e Senar investe R$ 4 milhões em assistência técnica a produtores

Representantes do Senar e da Faema, com o governador Flávio Dino e o secretário Márcio Honaiser. Foto: Divulgação
Representantes do Senar e da Faema, com o governador Flávio Dino e o secretário Márcio Honaiser. Foto: Divulgação
O convênio celebrado entre o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) e o Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) na última segunda-feira, 06, representa um investimento de R$ 4 milhões em assistência técnica e gerencial para produtores rurais de todo o estado. “Quando falamos de produção, é sempre investimento e não gasto. Estamos investindo para que o Senar forneça assistência no âmbito das cadeias produtivas, visando agregar conhecimento e para que o estado seja autossustentável no que se refere à produção de alimentos, que é o nosso objetivo principal”, ressaltou o governador Flávio Dino na assinatura simbólica do contrato.
A equipe do Senar atuará em diversas regiões, com foco em cinco das dez cadeias produtivas definidas como prioritárias no Programa ‘Mais Produção’: hortifruticultura, leite e derivados, carne e couro, arroz e aquicultura. O trabalho se inicia em julho e vai beneficiar 1550 propriedades com assistência em manejo e gestão.
De acordo com o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, o diferencial deste trabalho é o acompanhamento individualizado de produtores e propriedades. “É fundamental esse trabalho dos técnicos do Senar, indo às propriedades, fazendo diagnostico, plano estratégico e dando assistência, acompanhando a melhoria da produtividade. Esse acompanhamento de perto pelos técnicos nas propriedades maranhenses vai, com certeza, melhorar a nossa produção”.
 Mateus Ferreira, do Senar, assina convênio. Foto: Divulgação
Mateus Ferreira, do Senar, assina convênio. Foto: Divulgação
O projeto será implantado pela Sagrima e o Senar, envolvendo as demais secretarias componentes do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (SEPAB), e parceiros como o Sebrae, secretarias municipais de Agricultura, instituições financeiras, sindicatos de trabalhadores rurais e instituições de ensino.
Para Mateus Ferreira, Diretor Nacional de Assistência Técnica e Gerencial do Senar, a atuação dos técnicos dará mais autonomia e controle dos produtores sobre sua própria atividade. “O Senar está muito satisfeito e honrado de poder contribuir com o Programa ‘Mais Produção’ do Governo do Estado. Pretendemos, com esse convênio que está sendo firmado agora, poder levar aos produtores conhecimento das técnicas de produção e, sobretudo, das informações gerenciais, para que ele possa fazer conta e analisar o resultado e o impacto positivo das implementações”, ressaltou.
A Metodologia de Assistência Técnica e Gerencial que será aplicada contempla cinco etapas, iniciando com o diagnóstico produtivo individualizado, passando pelo planejamento estratégico da propriedade, adequação tecnológica (para melhorar a eficiência produtiva e a rentabilidade da atividade), capacitação para o empreendedorismo e a gestão do negócio e, por fim, a avaliação sistemática de resultados.

Nenhum comentário: