OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Governo discute apoio e incentivo para o campus Pinheiro da Universidade Federal do Maranhão


Discutir estratégias de fortalecimento do curso de Medicina da Unidade Federal do Maranhão, campus Pinheiro, com o apoio do Governo do Estado foi o objetivo de uma reunião entre a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a pró-reitora de ensino do campus, Isabel Ibarra, a coordenadora do curso de Medicina, Maria Raimunda, e o diretor do curso de Medicina, Rickley Marques.
A iniciativa, que será implantada em conjunto com a Secretaria de Estado da Saúde (Ses), consiste em apoiar e fortificar as políticas voltadas para o curso de medicina por meio de um termo de cooperação técnica permitindo que os alunos do curso possam não só utilizar as instalações do Hospital Regional Dr.Jackson Lago, mas também avançar em parcerias para o desenvolvimento e melhoria do ensino da graduação.“Nesse eixo iremos trabalhar para que os médicos do Hospital Regional possam contribuir ministrando aulas para os universitários”, explicou o secretário Jhonatan Almada.
A pró-reitora de ensino do campus Pinheiro, Isabel Ibarra, afirmou que a partir das demandas existentes serão trabalhadas didáticas para a expansão de articulações para o curso. “Buscamos um desenvolvimento maior, temos muitas dificuldades para manter os professores médicos trabalhando na universidade, então esse é um ponto focal a ser resolvido, pois com certeza os estudantes da baixada se sentirão bem estimulados”, afirmou.
“Estamos buscando esse diálogo com o Governo do Estado e suas secretarias e a prefeitura do município de Pinheiro. Esse curso de medicina na baixada maranhense abre diversas portas para a região, temos um número expressivo de formandos. Esta iniciativa desperta nesses jovens um compromisso com a região, pois com certeza farão uma mudança em toda a baixada maranhense”, acrescentou.
O Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Jhonatan Almada, destacou outras medidas debatidas na oportunidade. “Se trata da implantação de um grupo internacional de trabalho interligando o Maranhão a Cuba. Relacionado à criação de um plano de aproximação econômica, cultural e acadêmica entre as instituições do Estado do Maranhão e de Cuba a partir dessa atuação e desse apoio liderado pela Universidade Federal do Maranhão, campus Pinheiro”, pontou.
“Encontramos na Secti um apoio para superar os desafios apresentados pelo Campus Pinheiro”, enfatizou o diretor do curso de medicina Rickley Marques.
Ao final da reunião, ficou acertado que a cidade de Pinheiro será palco da assinatura do termo para a criação do Grupo Internacional de Trabalho. A assinatura será realizada em conjunto com o lançamento do segundo edital do programa Cidadão do Mundo.
Campus Pinheiro
A Universidade Federal do Maranhão (Ufma) tem como missão gerar, ampliar, difundir e preservar ideias e conhecimentos nos diversos campos do saber, propor soluções, visando ao desenvolvimento científico, intelectual, humano e sociocultural, bem como, partindo do seu saber fazer acadêmico, promover a melhoria da qualidade de vida do ser humano em geral, propiciando um centro dinâmico de desenvolvimento local, regional e nacional, atuando mediante processos integrados de ensino, pesquisa e extensão, no aproveitamento das potencialidades humanas e da região, na formação cidadã e profissional, baseada em princípios humanísticos, críticos, reflexivos, investigativos, éticos e socialmente responsáveis.
O Campus Pinheiro foi formalizado pela resolução Nº 08/1981- Consun, na primeira fase de interiorização da Universidade Federal do Maranhão, que também criou os campi de Imperatriz, Chapadinha, Balsas e Codó. O campus Pinheiro está localizado na Estrada de Pacas, Enseada, Pinheiro – MA. Hoje em dia, o campus conta hoje com seis cursos de graduação.


Nenhum comentário: