terça-feira, 5 de janeiro de 2016

PADRE RISSO E SUA MISSÃO EM PINHEIRO - MARANHÃO - BRASIL



No início chegou um grupo, composto de 9 integrantes, o ano era 1946, a comunidade eufórica, dirigiu-se a beira do rio em festa, eram os Missionários do Sagrado Coração vindos da Itália. Sua missão: trabalhar em prol da comunidade, na Prelazia de Pinheiro, município do Maranhão, Brasil.
Após mais de 50 anos alguns membros já nos deixaram, recentemente Frei José Precioza, partiu para o convívio do Pai, homem simples, religioso, de profundo conhecimento técnico, científico e das artes, deixou seu legado, que transformou esta cidade, este povo. O Frei José antecedeu o Pe Risso, nos deixou inúmeras obras dentre as mais conhecida, o Colégio Pinheirense. Nosso amigo e professor Frei José faleceu no dia 23 de outubro de 2010, tendo como seu fiel companheiro, até o ultimo minuto o Pe Luigi Risso.
O Pe Risso, natural de Roma, Italia, filho de dona de casa e seu pai, militar da força aérea, tendo como irmãos o Sr. Gian Carlos (falecido em dezembro de 2010), a Sra. Beatriz (também falecida) e sr. Paolo. Aos 9 anos Luigi Risso, já deveria decidir entre ser militar ou padre, segundo ele os desígnios de Deus o quiseram para esta missão e mais desafiadora ainda por ser longe de sua terra natal, não sabia o que iria encontrar, porém este era o seu destino.
Em 1960, finalmente chegou o Pe Risso, que está conosco a mais de 50 anos. Ao chegar aqui em Pinheiro, encontrou uma cidade pequena, muito trabalho deveria ser feito, e assim deu inicio a suas atividades de Evangelização, na época estava com 30 anos, forte e decidido, foi à luta.
Seu espírito “construtor” foi realmente despertado após um acidente que vitimou uma criança no bairro do Fomento, o telhado da igreja desabou, decidiu então: “vou destruir a velha igreja e reconstruí-la” e assim foi feito.
Amparado pela Providência Divina, daí em diante não parou mais, atividades de evangelização e de cunho educacional, além de obras da construção civil, foram surgindo, sempre buscando o apoio de benfeitores, amigos, comerciantes e governos locais. Por ser um homem visionário, de fé e acima de tudo honesto, sempre foi atendido em suas solicitações. Hoje, o Pe mantém várias escolas pois acredita que uma criança que receba educação e alimentação, tem por tendência a ser uma criança saudável e posteriormente um adulto comprometido para com sua família e sua comunidade.
Muitos, hoje políticos, empresários e outros de formação diversa, já passaram pelas escolas mantidas pelos Missionários. Muito foi feito pelo Pe Risso, e hoje apesar de já apresentar sinais de cansaço, não deixa de preocupar-se por suas crianças, e continua, mesmo com dificuldades financeiras, esta missão que para nós Pinheirenses é motivo de orgulho. Obrigado por existir entre nós Pe Risso e esperamos que esta Grandiosa Obra, não seja esquecida pelos Poderes Constituídos e por todos os Benfeitores e Amigos, que tem nos acompanhado durante todo este tempo.


O FIM DESTE TRABALHO, DEIXARÁ CENTENAS DE CRIANÇAS SEM ESCOLA E 
DEZENAS DE FUNCIONÁRIOS DESEMPREGADOS.

COLABORAÇÃO: Cidade de Pinheiro

Nenhum comentário: