sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Investimento estadual em segurança faz São Luís ganhar 11 posições em ranking internacional

Em apenas um ano, a capital do Maranhão melhorou nada menos que 11 posições no ranking mundial de violência urbana elaborado pela ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal, passando do 10º para o 21º lugar.
Em 2013, a capital ocupava a 15ª posição nesse trágico campeonato. No ano seguinte, afundou dramaticamente e tornou-se a 10ª pior cidade do planeta nesse indicador.
Investimento em policiamento, armamentos e viaturas fazem Maranhão subir no ranking
Investimento em policiamento, armamentos e viaturas fazem Maranhão subir no ranking
O estudo traça anualmente o mapa da violência em cidades com mais de 300 mil habitantes e serve de termômetro. No caso de São Luís, a pesquisa indica que a febre finalmente começa a ceder e o paciente se recupera.
Pesados investimentos e a reestruturação de todo o sistema de segurança pública do Maranhão já rendem resultados efetivos. Redução do déficit de policiais militares, queda de posições em rankings de violência e diminuição de homicídios na Região Metropolitana configuram áreas em que as iniciativas do poder público demonstram concreta resposta.
Essa evolução se confirma também em estatísticas nacionais, como a que revela melhoria da relação entre habitantes e número de policiais militares. A convocação e a integração de novos profissionais da segurança ao quadro estadual foram decisivas para que o Maranhão deixasse de segurar a lanterna nessa corrida. Antes dos 1.334 novos PMs, o índice maranhense mostrava 816 pessoas para cada policial militar. Em 12 meses de governo, a progressão atingiu 704 habitantes por policial militar, ganho de quase 14%.
Em números absolutos de policiais, o estado tinha a 16ª posição entre os estados da União. Em 2016, subiu dois degraus e já é o 14º.
“Vamos continuar o combate duro e firme para reduzir ainda mais as estatísticas, tendo a lei como referência e os cidadãos como nossos tesouros. Fizemos uma grande compra de 300 novas viaturas para toda a polícia do Maranhão. Estamos melhorando a estrutura – veículos e armamentos – e tivemos a contratação dos novos policiais. São mais de 1.300 novos soldados da Polícia Militar e 200 da Polícia Civil. Tenho certeza que em 2016 esse efetivo vai trazer ainda melhores resultados para toda a população”, comentou o governador Flávio Dino.
Menos homicídios
A queda de 12% na taxa de homicídios na região metropolitana de São Luís – pela primeira vez em uma série histórica de dez anos – comprova a eficácia das novas práticas, superando a meta do pacto nacional pela redução de homicídios, estipulada em 5%.
Integram ainda os avanços conquistados a redução do índice de estupros, prisões relacionadas às ações de combate à corrupção e aumento da apreensão de drogas, com operações direcionadas ao enfrentamento do narcotráfico.

Nenhum comentário: