sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Governo lança campanha Outubro Rosa

 

 
Com o objetivo de alertar as mulheres para a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, todos os anos, no Brasil, é realizada a campanha ‘Outubro Rosa’. No Maranhão, o lançamento será, neste sábado (3), no Centro de Ensino Médio (CEM), São Cristóvão, Anexo Coquilho. A organização acontece por meio de parceria com a Prefeitura de São Luís, durante o projeto “Todos por São Luís”.
 
Este mês, serão realizadas no estado ações conjuntas das Secretarias de Estado da Saúde (SES) e da Mulher (Semu). Na ocasião do lançamento, a população terá acesso aos serviços de duas carretas da mulher maranhense, entre os quais, exames preventivos de câncer do colo do útero, vacinações e palestras sobre a prevenção do câncer de mama, enfrentamento a violência contra mulher. Já a outra carreta conta com exame de mamografia.
 
Para marcar as atividades, prédios públicos estaduais, a exemplo do Hospital de Câncer do Maranhão Dr. Tarquínio Lopes Filho e a sede administrativa da SES, receberam uma iluminação especial na cor rosa, alusiva ao mês de outubro.
Câncer de mama
O câncer de mama é o segundo mais frequente no mundo. No Maranhão, em 2014, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a estimativa era de que surgissem cerca 570 casos. Na capital, o número aproximado é de 250 casos.
Mamografia
 
O autoexame e a mamografia são os meios mais eficazes de se diagnosticar a doença. Atualmente, o Estado conta com 49 mamógrafos em hospitais públicos, distribuídos em 25 cidades. No primeiro semestre deste ano, já foram realizados 14.039 exames de mamografia. Um dos aspectos relacionados ao aumento do número de exames neste ano é devido à implantação do programa de governo ‘Mais IDH’. A SES disponibiliza vários serviços de saúde nos 30 municípios com piores IDH. Dentre as 19 regiões de saúde, a carreta da SES com mamógrafo faz uma programação de atendimentos por região, em parceria com os municípios para o transporte das mulheres que precisem realizar os exames, mais próximas de casa.  Só na carreta, cerca de 6 mil mamografias já foram realizadas, por meio do programa ‘Mais IDH’.

Nenhum comentário: