OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

sábado, 29 de agosto de 2015

Brasil vence por 4 a 1 no TSE, mas ministra de Dilma chuta a bola pro mato

Boa notícia:
Por 4 votos a 1, ficou garantida no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a reabertura da ação do PSDB pela impugnação do mandato de Dilma Rousseff e do vice Michel Temer por abuso de poder político e econômico durante a campanha presidencial de 2014.
LóssioMá notícia:
Assessora da campanha de Dilma de 2010 e indicada à corte pela própria mulher sapiens, a ministra Luciana Lóssio pediu vista do julgamento, só para atrasar a investigação por mais uma semana, assim como Dilma quer atrasar por mais 15 dias suas explicações ao Tribunal de Contas da União (TCU), recorrendo até ao STF.
A oposição já havia adiado a reunião sobre o pedido de impeachment para o ‘momento adequado’, que seria após as decisões de pelo menos um dos dois tribunais e também a do PMDB de sair da base aliada, adiada para o congresso do partido em 15 de novembro.
Dilma, portanto, investe na bola de neve do atraso nacional para tentar ser salva pelo gongo.
No TSE, votaram pela continuidade da ação os ministros Gilmar Mendes, João Otávio de Noronha, Luiz Fux e Henrique Neves.
Contra, só a governista Maria Thereza de Assis, que havia pedido o arquivamento do caso e insiste na tese vencida de que o tribunal não seria o local para discutir as fraudes descobertas nas contas da campanha de Dilma, uma vez que os crimes já são apurados pela Lava Jato em Curitiba.
Agora, faltam apenas os votos de Lóssio e de outro “ex”-advogado do PT: o presidente do TSE, ministro Dias Tóffoli.
Para o bem do Brasil, eles só podem reduzir o placar para 4 a 3.
A propósito:
– Repórteres não vão emparedar Dias Tóffoli por presidir um TSE que aprovou contas sujas da campanha de Dilma, cheia de gráficas fantasmas?
– Imprensa tem de perguntar: Dias Tóffoli, o senhor preside o TSE para legitimar campanha suja, ou a legitima por incompetência no exame das contas? (As duas coisas?)
– Gilmar Mendes, que pediu nova investigação da campanha de Dilma, havia admitido no vídeo abaixo o despreparo do TSE. E Tóffoli?

Nenhum comentário: