sábado, 29 de janeiro de 2011

où est l'argent? (Onde está o dinheiro?)

Na ultima quarta-feira o locutor da televisão do ex-Prefeito de Pinheiro Filuca Mendes mandou um recado aos moradores da Vila Zé Arlindo.
O porta voz do ex alcaide  foi o apresentador do tribuna popular Paulinho Castro, o pseudo-jornalista disse que "daqui a dois anos quando Filuca  voltar  vai tirar todo mundo de lá"  se referindo a uma invasão que aconteceu no final do ano passado em um terreno que tinha sido adquirido  no governo de Filuca, para a construção der quase 400 casas populares, depois de sacado quase um milhão apenas um placa foi posta no terreno.
Sabendo do desvio do montante de quase um milhão, dezenas de famílias carentes invadiram o local onde deram  inicio a Vila Zé Arlindo, enfurecendo o ex-prefeito que já mando avisar que se voltar a ser prefeito manda derrubar tudo do mesmo jeito que fez na com moradores da rua do Bate Papo, que viram seus lares sendo destruídos sem dó nem piedade,  num ato sádico do ex-prefeito que ainda mandou filmar para o seu deleite.
O que esta causando também a revolta dessas pessoas carentes é que o dinheiro supostamente desviado das casas populares pode está sendo gasto na França exatamente em Paris como sugere a foto a baixo.


Nenhum comentário:

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...