Governo MA

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Em diálogo com Flávio Dino, professora diz que não quer comparação com estados do Brasil


Os professores maranhenses, que a partir de maio passarão a receber o maior salário do Brasil, deveriam reconhecer o esforço que o governador Flávio Dino tem feito para reverter a situação da educação. A maioria reconhece esses avanços, mas tem uma minoria insatisfeita. 

Nunca se investiu tanto em educação e valorização dos profissionais do magistério como na atual gestão.

Mesmo com todo esse esforço, aparecem alguns descontentes. No sábado (8), o governador Flávio Dino conversou com quatro professores sobre o reajuste concedido no último mês, que foi duramente deturpado pela oposição para jogar os educadores contra o Governo.

Sem argumentos, quatro professores acabaram passando vergonha durante a conversa com o governador, que ainda foi defendido por outros educadores que não politizam o assunto e reconhecem os avanços.

Em certo ponto de diálogo, uma das professoras reconhece que recebe o maior salário do país, mas, mesmo assim, continua a insistir e solta a seguinte pérola: "meu amor, a gente não quer comparação com estados do Brasil não".

É bom lembrarmos que, mesmo em um cenário de crise, o governo do Maranhão concedeu, em dois anos e três meses, reajuste acumulado superior a 22%, com o estado passando a pagar o maior salário da categoria no país.

Assista ao vídeo da conversa do governador Flávio Dino com os professores

Nenhum comentário: