OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Itaqui lidera exportações do Arco Norte, destaca imprensa nacional


Porto do Itaqui item registrado grandes resultados operacionais. Foto: Divulgação
Coma a manchete “Bom desempenho do Porto de Itaqui impulsiona exportações pelo Arco Norte”, a Succesful Farming, edição brasileira da revista americana comandada pelo Grupo Spring e que representa uma das principais marcas de conteúdo que fazem a cobertura do agronegócio americano, destacou a expectativa de desempenho do porto maranhense da safra 2016/2017.
Segundo a publicação, o maior crescimento no fluxo de exportações está previsto para o Porto de Itaqui. “Pelos dados de movimentações de anos anteriores, o melhor desempenho registrado pelo porto foi em 2015, com a saída de 7,2 milhões de toneladas de soja e milho. Neste ano, a estimativa é de que apenas a soja seja responsável por 6,6 milhões de toneladas exportadas pelo Itaqui”.
Ainda na publicação o bom desempenho do porto maranhense é apontado como um dos principais fatores para o crescimento do Arco Norte, que inclui ainda portos de Rondônia, Amazonas, Amapá e Pará. “Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Itaqui representa 37,2% do volume a ser destinado ao mercado externo pelos corredores de escoamento do Arco Norte”.
Investimentos
Além da estrutura portuária, que receberá cerca de R$ 1 bilhão de investimentos neste ano, o Governo do Estado tem investido na ampliação da logística do Porto do Itaqui para otimizar a posição estratégica do Maranhão e manter o Itaqui como referência para o Arco Norte, oferecendo condições estruturais e logísticas para assumir papel ainda mais destacado de escoamento da produção da região central do país.
Segundo o presidente da EMAP – Empresa Maranhense de Administração Portuária, Ted Lago, o Porto do Itaqui está pronto para a safra 2017. “Tivemos um ano desafiador na movimentação de grãos em 2016, principalmente por razões climáticas, mas 2017 é um ano em que esperamos retomar o crescimento, com grandes resultados operacionais e mais investimentos em infraestrutura portuária”, afirma o presidente.

Nenhum comentário: