OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Bandidos explodem viatura da PM com granada

É tensa a situação neste momento em Bacabal, onde homens fortemente armados e com granadas explodiram uma viatura da Polícia Militar do Estado e estão sendo procurados por cerca de 30 homens do policiamento não só de Bacabal como da região.
Em contato com o JP Online, agora há pouco, o Comandante da PMMA, Coronel Pereira, informou que enviou a Bacabal integrantes do CTA (Comando Tático Aéreo) e da COI (Companhia de Operações Especiais) para reforçar a busca aos bandidos.
O incidente em Bacabal teve início com uma abordagem da PM a uma caminhonete Hilux suspeita. Na abordagem houve troca de tiros e, em instantes, chegaram mais três Hilux com homens armados, o que obrigou os policiais, em desvantagem e praticamente sitiados, a abandonarem a viatura e a se protegerem no matagal. Disso se aproveitaram os bandidos para atirar ‘bananas’ de dinamite contra o carro da Polícia, danificando-o bastante com a explosão.
Com a chegada de reforço, os policiais que abandonaram a viatura foram resgatados e retirados do local em que se homiziaram, próximo ao Motel Confidence, na BR-316.
A polícia suspeita que a quadrilha ia fazer um assalto grande em Bacabal, provavelmente à Prosegur, uma empresa internacional, de nacionalidade espanhola, que se instalou há pouco tempo naquela cidade. Como já houve assaltos à Prosegur em Marabá e Redenção, no Pará, o comandante da PM disse que instalou em Bacabal uma base do COSAR (Comando de Operações e Sobrevivência em Área Rural), justamente imaginando uma ação grande naquele município em virtude da chegada da Prosegur à região. “Já que eles tinham feito assaltos grandes nessas duas cidades, tivemos essa preocupação de instalar uma base do COSAR em Bacabal”, afirmou o Coronel Pereira.
Segundo o comandante da PM, mais de 30 homens da polícia estão nesse momento na área, tentando capturar o bando, que abandonou a área nas quatro Hilux depois de explodir a viatura da polícia.

Nenhum comentário: