terça-feira, 25 de outubro de 2016

Aulão do Enem encerra edição 2016 com sucesso de público

proposta dos aulões é garantir aos estudantes maranhenses oportunidade de se preparar melhor para o  ENEM. Fotos: Cintia Lima
proposta dos aulões é garantir aos estudantes maranhenses oportunidade de se preparar melhor para o ENEM. Fotos: Cintia Lima
Iniciado no dia 2 de julho, o Aulão do Enem, promovido pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), percorreu na edição deste ano 60 municípios maranhenses, beneficiando milhares de jovens que sonham entrar em uma universidade. A proposta dos aulões é garantir aos estudantes maranhenses oportunidade de se preparar melhor para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), porta de entrada para o ensino superior. As aulas, no formato de megarrevisão, são ministradas por professores com vasta experiência em cursinho pré-vestibular.
Durante os aulões são disponibilizados aos alunos conteúdo de revisão para o Enem 2016, trabalhando as habilidades e competências relativas às quatro áreas que compõem o exame: Linguagens e Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemáticas e suas Tecnologias.
O Aulão da edição deste ano finalizou suas atividades nas cidades de Imperatriz e São Luís. Na segunda maior cidade do Estado, o Aulão arrastou mais de 500 pessoas por fim de semana para as aulas.
De acordo com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, o programa conseguiu alcançar seus objetivos para este ano. “Este é um programa que deu certo. Recebemos relatos de estudantes que foram aprovados em universidades do Tocantins, da Paraíba, do Piauí e justamente eles agradeceram ao Governo do Estado por essa oportunidade, relatando o apoio que tiveram para poder estudar”, ressaltou o secretário.
“O Aulão do Enem é mais uma ação do governo Flávio Dino para garantir oportunidade para todos os maranhenses. Ele integra o programa Pré-Universitário e PreUni. Com ele, estamos dando aos estudantes do interior do estado e da capital oportunidade para que se preparem melhor para o Enem. Ingressar em uma universidade é o sonho da maioria dos jovens, e nós queremos ajudá-los a conquistar uma vaga no ensino superior”, acrescentou.
A coordenadora do PreUni, Eneida Erre, explica que a cada aula a procura foi melhor e que o programa superou as expectativas. “O saldo é bastante positivo em relação ao resultado que obtivemos. Organizamos o programa com uma estimativa, mas a cada aula pudemos perceber a grandiosidade no número de participantes. O governo fez tudo com dedicação e qualidade. Nos preocupamos com cada detalhe para a realização do programa, que está sendo um sucesso. Conseguimos atender à demanda e com certeza teremos uma procura maior para 2017”, ressaltou.
A revisão deste final de semana foi dos conteúdos de física e história, geopolítica e biologia sob a coordenação do médico infectologista e professor Lucinano Morão. “As nossas aulas são participativas, onde os alunos interagem com os professores e têm um maior aproveitamento na assimilação dos conteúdos. A nossa estratégia durante os aulões foi fazer o aluno participar da aula e para isso temos umas paródias de biologia que são músicas que ensinam o conteúdo aos estudantes de forma descontraída e menos enfadonha. O Governo do Maranhão está de parabéns com essa iniciativa”, comentou o professor.
proposta dos aulões é garantir aos estudantes maranhenses oportunidade de se preparar melhor para o  ENEM. Fotos: Cintia Lima
proposta dos aulões é garantir aos estudantes maranhenses oportunidade de se preparar melhor para o ENEM. Fotos: Cintia Lima
A estudante Bianca Araújo, 18, que participou desde o primeiro Aulão falou da expectativa para o exame. “Foi o primeiro ano que participei e achei muito proveitoso, os professores são muito preparados e conseguem passar os conteúdos com uma didática bem grande. Eu realmente consegui entender. Nós recebemos as aulas e os materiais de forma gratuita, só nos bastou aproveitar. Me sinto preparada para o Enem”, disse.
A parceria firmada com o Restaurante Popular – equipamento da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – garantiu o fornecimento de refeições durante os aulões do Enem em São Luís. Com isso, os estudantes que participaram da revisão no Multicenter Sebrae puderam almoçar no próprio local, pagando um valor simbólico de R$ 2,00. A ação teve o objetivo de garantir mais comodidade aos alunos, que têm um intervalo curto entre uma aula e outra.

Nenhum comentário: