sexta-feira, 17 de junho de 2016

Governo mantém diálogo sobre melhorias e Polícia Civil suspende movimento grevista

Representantes do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), estiveram reunidos nesta quinta-feira (16) com membros do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (Sinpol-MA) para firmar acordo pelo prosseguimento das atividades da categoria. Durante a reunião o governo manteve o diálogo e apresentou propostas para melhorias à categoria, principalmente em relação a gratificações. O sindicato chegou a anunciar paralisação, mas diante da pronta disposição do Governo em dialogar, decidiu suspender o movimento.

“Na assembleia geral pela manhã os policiais decidiram pela suspensão do início da greve e aguardar uma informação maior em relação ao processo de conversas com a comissão técnica de governo. Isso é importante, porque é uma categoria de fundamental relevância para o país. Essa negociação está aberta e o nosso prazo é exatamente o mês de junho, para finalizarmos algo sobre isso”, destacou o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, em entrevista à Rádio Timbira.
O secretário lembrou que o governador Flávio Dino e toda a gestão da Segurança estão comprometidos com a melhoria de condições de trabalho e de mais qualidade de vida para o policial, seja Civil ou Militar. “A prova deste compromisso são as medidas de efeito direto que o governador vem implantando nesta área. A gestão trabalha para alcançar condições melhores e mudar uma realidade que se arrasta por anos”, pontuou Jefferson Portela.
Na reunião foi colocada a proposta do Governo que contempla uma recomposição remuneratória a ser implementada a partir de acordo judicial. A proposta oferece ainda a incorporação de Gratificação de Dedicação Exclusiva.
“Nós estamos fora das condições ideiais e isso não é uma coisa isolada. A sociedade tem conhecimento do conjunto de problemas políticos e econômicos do país. Hoje você tem 11 estados pagando salários parcelados, o que é muito ruim para a economia, para a sobrevivência do cidadão. Aqui no Maranhão há um controle, o governo faz uma economia com o gasto controlado e justo do dinheiro público para afastar as consequências dessa crise. Os policiais deram uma demonstração importante de que compreendem isso e suspenderam o início do movimento grevista para continuarem à mesa de negociações”, pontuou Portela.
As medidas da gestão Flávio Dino pela valorização da polícia maranhense são um foco do programa de reestruturação da Segurança, que é desenvolvido desde o primeiro ano de governo. No início deste mês a Polícia Civil foi contemplada com a distribuição de novas viaturas e motocicletas e uma Delegacia Móvel para as investigações dos casos de homicídio.
A corporação recebeu ainda novos e modernos armamentos; coletes; e aparelhos de radiocomunicação digitais. Somado a este, o Governo do Estado concedeu promoção para mais de 2,3 mil policiais, além de capacitação em cursos na área de segurança. A instituição do Pacto pela Paz, programa que reúne vários órgãos com fins a formular ações pela segurança, são outras medidas da gestão que valorizam as polícias.

Nenhum comentário: