terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Pai que espancou filha com cinturão continua preso e acusa a mãe da menor

image
Ao contrário do que foi espalhado pelo Brasil, o desalmado David Vargas, que espancou sua filha menor de cinturão, e foi filmado pelo ex-esposa Odinéa, não foi assassinado na cela, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo.
Ele permanece numa cela especial que tem excelentes características e fica o tempo todo sozinho. E ainda tem a vantagem de sair a qualquer momento por ser sua prisão provisória.
Na maior cara de pau, ele culpou a mãe pelos requintes de crueldade quando espancava a filha menor de três anos e um outro de apenas um ano. Mas como o repórter que o entrevistou estava antenado, o bandido acabou escorregando nas respostas.
Assista a recente entrevista dele na cadeia:

Nenhum comentário: