ANTES NÃO TINHA

ANTES NÃO TINHA

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Governo realiza assinatura de convênios que beneficia agricultores familiares

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), assinou esta semana oito convênios com prefeituras municipais e entidades comunitárias. São R$ 2 milhões destinados à aquisição de tratores, caminhões, insumos agrícolas, kits de pesca artesanal, além de quintais produtivos e a implantação de uma agroindústria de polpas de frutas no cerrado maranhense. 
A solenidade de assinatura teve a presença do secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, e os responsáveis pelos projetos do município de Matões, da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Panaquatira, da União Rural São Braz e Macacos, do Instituto Rio Claro, das colônias de pescadores Z-83 e Z-53, e da Cooperativa Agroecológica pela Vida de São Raimundo das Mangabeiras. 
"Para o Governo Flávio Dino é gratificante começar o ano dando prosseguimento em projetos que beneficiarão famílias de agricultores familiares em todo o Maranhão”, anunciou Adelmo Soares. 
O secretário disse que esses primeiros convênios é uma mostra do trabalho extenso e frutífero que será desenvolvido em 2016. “O governo, por meio da SAF, fez muito em 2015 e vai fazer muito mais pelos produtores familiares do Maranhão este no ano”.
A presidente da Colônia de Pescadores Z-53, Andreia Zayre, disse que o recurso será usado para construção de pequenas embarcações “São 20 barcos beneficiando diretamente 40 famílias. Esse é o nosso segundo convênio com a Secretaria da Agricultura Familiar, no anterior construímos 30 barcos”.

Em todos os contratos, além da disponibilização de recursos financeiros, a SAF será responsável pelo acompanhamento, orientação e fiscalização das ações que serão realizadas nas localidades. A secretaria vai, também, analisar as prestações de conta. “Queremos que todas as comunidades cresçam e, para isso, vamos acompanhar de perto a execução dos projetos com equipes da SAF, ajudando no que for necessário”, completou Adelmo Soares. 
Por meio dos convênios, serão destinados R$ 206.000 para o município de Matões e R$ 129.000 para a Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Panaquatira. 
O Instituto Rio Claro recebe recursos por meio de dois projetos, sendo um no valor de R$315.000 e o segundo de R$109.000. A Colônia de Pescadores Z-83 terá R$ 174.307 e a Z-53, R$ 237.980. A Cooperativa Agroecológica pela Vida de São Raimundo das Mangabeiras terá R$ 515.930 e a Associação União Rural São Braz e Macacos, R$ 129.000.

Nenhum comentário: