OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Solicitada a prisão preventiva do ex-secretário de saúde, Ricardo Murad.

A gestão de Ricardo Murad desviou 60 % de 2 bilhões de reais apenas no período de 2010 a 2013. Foi o que informou nesta tarde em coletiva na sede da Polícia Federal o coordenador de Núcleo de Operações, Sandro Jansen. Ainda segundo delegado a contabilidade do ano de 2014 está em analise e deve superar os valores desta primeira etapa de investigações.
O delegado ainda afirmou que Ricardo Murad era o mentor intelectual do esquema favorecendo omissão da gestão e fraudes junto a empresas como Lavamatic, Tempo Engenhaia Ltda, Litucera Engenharia e Limpeza. 
A Policia Federal cumpre hoje, 56 mandatos de busca e apreensão, 38 mandatos judiciais. A investigação teve início em 2010, quando o então secretário de saúde do estado do Maranhão se utilizou do modelo de “terceirização” da gestão da rede de saúde pública estadual, ao passar a atividade para entes privados - Organização Social (OS) e Organização de Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), e, assim, fugir dos controles da lei de licitação.

Nenhum comentário: