sábado, 28 de novembro de 2015

Polícia Federal atesta legalidade das licitações na gestão Marcos Pacheco

marcos pachecoDo blog do Jorge Vieira
Na tentativa de deturpar a verdade dos fatos, o grupo Sarney quer passar para a população que a operação Sermão dos Peixes, da Polícia Federal, também investigou o atual secretário de Saúde do Estado, Marcos Pacheco, o que não é verdade.
No relatório da Polícia Federal, em poder de alguns profissionais da imprensa, verifica-se que a operação “Sermão dos Peixes”, que apurou e constatou o desvio de R$ 1,2 bilhão na SES, na gestão Ricardo Murad, em nenhum momento investigou o Governo Flávio Dino.
Ao contrário do que tenta passar os representantes do que restou do grupo Sarney, ao monitorar Ricardo Murad, a PF descobriu que as licitações na gestão Marcos Pacheco ocorreram sem direcionamento e dentro da legalidade.
Mas na ânsia de confundir a opinião pública e jogar nuvem de fumaça na investigação, setores da mídia sarneysista se encarregaram de divulgar apenas um trecho do relatório onde nas escutas alguém garante que o ICN ficaria com as administrações dos hospitais Carlos Macieira e Tarquinho Lopes.
No Relatório que o blog teve acesso, é a própria PF que ratifica que os dois hospitais de referência não ficaram com o ICN, conforme foi dito pelos investigados em seus diálogos. A Polícia Federal investigou e constatou que aquilo que foi dito nas gravações de que o Instituto ficaria com estes hospitais de referência, não se concretizou.

Nenhum comentário: