ANTES NÃO TINHA

ANTES NÃO TINHA

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Familia denuncia morte por suposta negligencia medica no Antenor Abreu

Os familiares do feirante José Luis Davila, que sofre um sofreu um acidente com uma faca tendo um profundo golpe no braço direito.
Segunda a familia o mesmo deu entrada no Hospital Regional Antenor Abreu no dia 17 de outubro, sendo atendido pelo médico Dr. Arteiro N. Teixeira, que procedeu determinando que sua auxiliar colocasse um dreno no ferimento, ponteasse e liberasse o paciente para casa.
Davila não suportando a dor, retornou para o hospital Antenor Abreu, desta feita  atendido pelo médico Dr. Fortunato que logo percebeu algo de errado. Mas já era tarde  pois o ferimento já estava infeccionado, infecção essa que só aumentava  causando falência dos órgãos e o paciente veio a óbito.
A senhora Crueza Davila mãe da vitima ,assim como os demais familiares e amigos estão revoltados com o fato e pedem auxilio da Justiça para responsabilizar o hospital e o médico por negligência, e erro medico.
”Queremos punição para esses "profissionais incompetentes", desumanos, sem compromisso com a vida de pacientes” disse Vanessa Marques sobrinha da vítima.


Nenhum comentário: