OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Porto do Itaqui é destaque em evento no Tocantins


 
O Porto do Itaqui foi destaque no fórum “Visão Estratégica do Agronegócio do Tocantins”, realizado no auditório do Palácio Araguaia, sede do governo do estado, em Palmas, na quinta-feira (22). O diretor de Planejamento e Desenvolvimento da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Jailson Luz, apresentou as potencialidades do Itaqui e seu terminal de cargas, destacando a logística como um dos fatores essenciais para o desenvolvimento do setor.
 
“O Porto do Itaqui não é somente o porto do Maranhão, mas também do Tocantins e do Brasil. Nosso porto tem todas as interligações modais e hoje tem capacidade para exportar cinco milhões de toneladas de grãos ao ano, com o Terminal de Grãos (Tegram) em sua primeira fase de operações, o que deve dobrar em dois anos”, afirmou Jailson Luz.
 
Com o objetivo de organizar e aperfeiçoar recursos humanos, financeiros e infraestrutura para o agronegócio na nova fronteira agrícola do país, a Matopiba (formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), o evento, também, propôs reflexão sobre as opções logísticas mais adequadas para acompanhar a expansão do agronegócio na região.
 
O fórum foi aberto pelo governador do Tocantins, Marcelo Miranda, e contou com a participação de lideranças políticas, empresários e representantes de órgãos e empresas públicas ligadas ao agronegócio.
 
Diferencial maranhense
 
A palestra de abertura foi ministrada pelo coordenador do Centro de Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. Ele falou sobre a política do agronegócio no Brasil e chamou a atenção para a necessidade de se aumentar a produção de alimentos. “A população está vivendo cada vez mais e o mundo precisa produzir mais. O Brasil tem tudo para vencer a crise”, afirmou.
 
Diante deste cenário, têm maiores chances de crescimento e desenvolvimento os estados que possuem diferencial em localização, recursos hídricos, volume de áreas cultiváveis e boa logística. “O Maranhão, com os investimentos do Governo do Estado na produção e na infraestrutura, associados ao excelente momento do Porto do Itaqui, leva vantagem competitiva e ao lado dos demais estados do Matopiba, vem contribuindo de forma significativa para o fortalecimento do Corredor Centro Norte”, analisa Jailson Luz.

Nenhum comentário: