OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Flávio Dino participará de ato no Amapá para derrotar Sarney

O governador eleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), estará nesta quarta-feira (22) participando de um grande ato político a favor do atual governador do Amapá e candidato à releição, Camilo Capiberibe (PSB). O ex-governador e deputado federal eleito, José Reinaldo Tavares também foi convidado a participar do evento de campanha.
No Amapá, Camilo e Waldez Góes (PDT) – este apoiado pelo senador José Sarney – disputam o segundo turno. No primeiro turno das eleições 2014 no estado Waldez teve 42% dos votos válidos, o que corresponde a 161.550 eleitores. Camilo Capiberibe somou 27,53%, representado 105.445.
Eleito com 63% dos votos válidos numa vitória acachapante contra o senador Lobão Filho, derrotando a oligarquia Sarney depois de cinco décadas de mandonismo, Flávio Dino estará no Amapá a convite do senador João Capiberibe, adversário mortal do senador José Sarney.
Tal qual como na eleição do Maranhão, a turma de Sarney vem jogando pesado contra o candidato Camilo Capiberibe, utilizando do mesmo expediente sujo usado contra Dino aqui, com inverdades e ataques despudorados no horário eleitoral. Até o Ibope, que errou feio no MA, é acusado por aliados de Camilo de ser usado para favorecer Waldez.
Waldez Góes é um dos principais aliados do peemedebista José Sarney no Amapá. Em 2010, junto com outros dezessete políticos locais, o candidato do PDT foi preso pela Polícia Federal na Operação Mãos Limpas. Eles eram acusados de integrar uma quadrilha de desvio de dinheiro público do Amapá e da União. Quando foi preso, Góes exercia seu segundo mandato como governador do estado.
Depois de ser humilhado no Maranhão, José Sarney corre o risco de ser derrotado no Amapá.

Nenhum comentário: