Suspeito de assassinar o publicitário Jesiel Pontes diz que mais três pessoas estão envolvidas no crime

O suspeito de ter assassinado o publicitário e designer Jesiel Sales Pontes, de 52 anos, chegou à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), na tarde deste sábado (31).

Darlan Melo, 23 anos, foi preso na cidade de Urbano Santos depois que tentou fugir de um cerco policial montado em uma área de matagal, no povoado  Mirizal, próximo a Santo Amaro.
Segundo o Comandante do Policiamento do Interior, Zózimo Neto, desde sexta-feira (30), os batalhões de São Luís, Rosário, Morros e Humberto de Campos foram acionados para dar apoio aos policiais do município de Urbano Santos, que haviam encontrado o veículo roubado na casa do homem identificado como Cleudir da Silva Anúncio, 36 anos, o "Mazinho",  residente no povoado Mosquito, na cidade de Belágua.
Pelos indícios, Darlan pretendia vender a caminhonete roubada ao suspeito de estelionato “Mazinho”, que alegou não ter intenção de comprá-la. Ele afirma não saber que a Hilux era roubada e que só a utilizou para realizar compra de um botijão de gás.
Prisão do suspeito

Durante perseguição policial, Darlan foi alvejado com tiro na perna e empreendeu fuga em matagal. Ele portava uma faca e passou a noite no mato, sendo capturado na manhã deste sábado (31).
Darlan Melo afirma que não participou diretamente do crime e aponta envolvimento de mais três pessoas no assassinato de Jesiel Sales.

Autuado em flagrante, o suspeito vai ser submetido à cirurgia por ter sido baleado na perna. A polícia vai dar prosseguimento às investigações para tentar identificar outros envolvidos no crime.

Com informações de O Imparcial

Comentários