sábado, 31 de dezembro de 2016

Apostas para a Mega-Sena da Virada podem ser feitas até as 14h de amanhã

As apostas para a Mega-Sena da Virada podem ser feitas até as 14h (horário de Brasília) de amanhã (31) em qualquer casa lotérica do país. O prêmio está acumulado em R$ 225 milhões e pode aumentar até a hora do sorteio, previsto para as 21h.
O valor do jogo varia de acordo com a quantidade de números escolhidos. A aposta mínima, para quem joga seis números, custa R$ 3,5. O valor aumenta para cada número escolhido. Para jogar 15 números, o máximo possível, o valor da aposta é R$ 17.517,50. No caso do Bolão Caixa, que é a aposta feita em grupo, o valor mínimo é de R$10 nas casas lotéricas.
O prêmio faz parte dos sonhos de milhões de brasileiros, mas a probabilidade de acerto na Mega- Sena é muito pequena. Para quem joga seis dezenas, a chance de ser sorteado é de uma em 50.063.860. Já para quem aposta 15 números, a chance sobe para 1 em 10 mil.
Desde 2009, quando ocorreu o primeiro concurso da Mega Sena da Virada, 28 brasileiros acertaram as seis dezenas. No primeiro ano, o prêmio de R$ 144,9 milhões foi dividido entre dois vencedores. Em 2015, houve o maior número de vencedores na faixa principal: seis apostadores (três deles do Espírito Santo) dividiram o valor de RS 247 milhões. Até hoje não houve vencedor solitário na primeira faixa de premiação.
Para os que tiram a sorte grande, o prêmio pode ser a garantia de uma vida financeira tranquila. Segundo a Caixa Econômica Federal, os gerentes do banco especializados em atender novos milionários garantem que, fazendo bons investimentos, é possível viver da renda do prêmio, transformando a sorte em segurança financeira. A orientação é que os clientes definam bem seus objetivos antes de gastar, para decidirem, por exemplo, se precisam de mais liquidez ou não, lembrando que quanto menos se tira do montante, maior é o rendimento.
Premiação
A premiação da Mega da Virada é distribuída por três faixas, para quem acerta seis, cinco e quatro números. Se ninguém acertar as seis dezenas, o prêmio é dividido com os que acertaram cinco números. Não havendo acertadores de cinco, o prêmio é rateado entre os que acertaram quatro números.

UPAs da capital realizaram mais de 1,5 milhão de atendimentos em 2016


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), gerencia 10 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) no Maranhão, sendo seis na capital, São Luís, e quatro no interior. Em 2016, as UPAs da capital realizaram 1.532.760  de atendimentos em urgência e emergência, cerca de 265.063 mil atendimentos a mais que o registrado no ano passado, que foi de 1.267.697 milhões de procedimentos, o que representa aumento de 20,9%no total dos atendimentos.

As UPAS fazem parte da Política Nacional de Urgência e Emergência (PNUE), lançada pelo Ministério da Saúde (MS) em 2003, que estrutura e organiza a rede de urgência e emergência no país, com o objetivo de integrar a atenção às urgências. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, enfatizou que o Estado tem investido nas unidades de pronto atendimento.

“Estamos promovendo melhorias nos serviços de urgência e emergência oferecidos à população maranhense. Nas UPAs, destacamos o atendimento ágil e humanizado, além do investimento em infraestrutura adequada para receber o paciente e seu acompanhante. Nossa proposta é qualificar cada vez mais esse atendimento e torná-lo mais acessível à população”, destacou.

Em maio deste ano, uma pesquisa realizada nas unidades, considerando nível de satisfação, tempo de espera, eficácia do atendimento, resolutividade, capacidade técnica e eficiência dos profissionais, apontou que 83% dos pacientes mostraram-se satisfeitos com o serviço prestado.

Pelo princípio de equidade do Sistema Único Saúde (SUS), apesar de todas as pessoas possuírem direito aos serviços, elas têm necessidades distintas. Seguindo o protocolo do MS, a partir de 2016, foi implantado em todas as unidades o modelo mais eficiente de acolhimento por classificação de risco, que avalia o grau de urgência para o atendimento de cada paciente.

As 10 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) no Maranhão, vinculadas à Secretaria de Estado da Saúde (SES), são administradas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh). Em São Luís, as UPAS funcionam nos bairros do Araçagy, Vinhais, Itaqui Bacanga, Cidade Operária, Vila Luizão e Parque Vitória.

A opinião de pacientes

“Essa é a segunda vez que preciso utilizar o serviço da UPA e posso dizer que fui bem atendido nos dois casos desde a recepção. Passei pela classificação de risco e estou aguardando o atendimento que está dentro do prazo previsto. Gostei da estrutura que encontramos aqui, pois vemos uma considerável melhoria no atendimento.” Ivanildo Martins, de 62 anos, corretor de imóveis.

“Quando eu preciso só venho nessa UPA. Sempre fui bem atendida aqui e não é possível que seja um caso de sorte, porque sempre tem médico bom para me atender. Eu gosto de contar com o atendimento da UPA e espero que só melhore daqui pra frente”. Maria José Pereira Mendes, de 62 anos, aposentada.

“Venho sempre acompanhar minha bisavó, que sempre tem seu direito de prioridade respeitado. Percebo que a unidade recebeu uma melhoria em sua infraestrutura. Lembro que antes íamos as UPAs e era lamentável ter que utilizar os banheiros. Às vezes, não se encontrava cadeira nem para o paciente. Hoje está mais organizado e pelo menos quando precisamos tivemos nosso problema resolvido”. Vera Lúcia Frazão Alves, de 21 anos, estudante.

“Essa é a terceira vez este ano que preciso de atendimento. Em geral, considero que os meus casos sempre foram resolvidos. Nunca observei falta de material ou de assistência médica. Mas considero que podemos sempre melhorar quando o assunto é saúde”. Alcides Leitão Neto, de 28 anos, educador físico.

“Tenho diabetes e passei mal por alguma coisa que comi esses dias. Cheguei e fui rapidamente atendido. Moro aqui perto e considero muito bom poder contar com esse pronto atendimento perto da minha casa. Após as adequações que fizeram vi que melhorou bastante a estrutura da unidade. Quem usa o serviço público de saúde precisava desse cuidado”. Francisco Xavier Soares, de 67 anos, encarregado de construção civil.

UPAs da capital funcionam normalmente e com plantão durante todo o Reveillon; veja reportagem da TV Difusora

Todas as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de São Luís seguem funcionando normalmente e em regime de plantão durante todo o período do Reveillon. Essa normalidade é mostrada em reportagem da TV Difusora. Confira.

Flávio Dino está entre os três governadores mais atuantes do Brasil; 41% das propostas já foram cumpridas


O governador Flávio Dino elevou o Maranhão ao posto de 3º estado do País que mais cumpriu o programa de gestão, apresentado durante as eleições de 2014. Os dados foram revelados pelo levantamento anual realizado pelo portal de notícias G1, que acompanha o cumprimento de promessas de campanha dos 27 governadores eleitos. Além disso, o Maranhão também o estado que figura com maior número de propostas “em andamento”, ou seja, que ainda não foram totalmente cumpridas, mas que já estão sendo executadas.

Pela avaliação do site, em 2 anos de gestão, o governador Flávio Dino já cumpriu uma média de 41% do total de suas propostas de governo. Acima do Maranhão estão os estados Goiás, com 43% e São Paulo, com 44%. Já quando a análise se baseia em total ou parcialmente, o percentual chega a 79% de acordo com levantamento do G1.

A análise do portal de notícias baseia nos temas: administração, direitos humanos e sociais, economia, educação e cultura, habitação, infraestrutura, meio ambiente e agronegócio, mobilidade urbana, saúde, segurança pública e transparência.

“É muito bom poder chegar à metade do mandato com credibilidade, com o governo sendo bem avaliado, com obras e programas sendo executados, com bons resultados para o Maranhão”, destaca o governador Flávio Dino.

Educação

Na área de educação, as propostas integralmente cumpridas antes dos dois anos de gestão foi a criação de um currículo estruturado na rede pública de educação, e a implantação de um programa de educação do campo, que hoje já atende 38 municípios da seguinte forma: duas escolas de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional contemplando 208 estudantes; 350 estudantes atendidos pelo Projovem Campo Saberes da Terra com qualificação profissional e social com foco na Agricultura Familiar; prestação de apoio Financeiro a 19 Casas Familiares Rurais CFRs e 19 Escolas Família Agrícola EFAs, contemplando 2.248 estudantes.

Entre os destaques do programa da atual gestão, está a instituição do Programa de Assistência Técnicas aos Municípios, e a implantação do Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), que já beneficiou mais de 1 milhão de crianças e adolescentes, de 4 a 17 anos de idade, cadastrados no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico). Após reajuste de 12,5% no valor do benefício, cada estudante passa a receber R$ 51, sempre no mês de janeiro, para compra de material escolar nas lojas credenciadas ao Bolsa Escola.

O portal também informou que no Programa Brasil Alfabetizado foram alfabetizados, em 2016, 20.264 pessoas. No Programa ‘Sim, eu Posso’, foram 9.338 alunos. Os dois programas são parte das ações em regime de colaboração com os municípios – foco do plano ‘Mais IDH’. O governo iniciou também a mobilização pela alfabetização de jovens, adultos e idosos no primeiro ano de governo. No Brasil Alfabetizado, há uma parceria com o governo federal; no Sim, Eu Posso, há convênio firmado entre Estado, Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Direitos e cidadania

Foi destaque a criação do ‘CHN Jovem’ em 2015. A segunda edição foi lançada em 2016, e, no segundo semestre do ano, garantiu vagas para 3 mil jovens. O ‘CNH Jovem’ beneficiou estudantes de até 21 anos, que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas, com a gratuidade para obtenção da 1ª Carteira Nacional de Habilitação, nas categorias A, B ou AB.

Também fazia parte do programa de Governo a criação da Secretaria de Agricultura Familar (SAF), instituída e criada em janeiro de 2015. Paralelamente a isso, o Governo reestruturou o sistema administrativo de apoio e assistência técnica à agricultura familiar, empossando o novo presidente do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma) e outros dirigentes. O Iterma é responsável pela política fundiária e desenvolve ações de arrecadação e titulação de terras públicas, atuando na solução de conflitos fundiários e na criação e acompanhamento de projetos de assentamento. E as ações já executadas até agora beneficiam mais de 2 milhões de agricultores do estado.

Tecnologia e Inovação

Outra promessa cumprida pela gestão foi a criação do Programa ‘Inova Maranhão’, realizado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que atualmente possui 12 projetos selecionados por meio de edital da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão (Fapema) que já estão em fase de pré-aceleração. Lançado em junho de 2016, o programa já viabilizou a realização de três eventos voltados para o fomento de startups (empresas iniciantes de pequeno porte do ramo da tecnologia), sendo duas na capital, São Luís, e uma em Imperatriz.

Em pleno andamento, o Inova Maranhão deverá lançar em 2017 um edital da Fapema que apoiará o desenvolvimento de novas startups. Cabe ainda ressaltar o convênio firmado entre a Secti e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) que viabilizará uso compartilhado do laboratório aberto do Senai – unidade localizada no Distrito Industrial de São Luís.

Gestão e transparência

Mais um avanço destacado pela gestão do governador Flávio Dino foi a criação das Secretaria de Transparência e Controle. Instituída pelo governador no primeiro dia de mandato, se tornou o órgão central do Sistema de Controle Interno, sucedendo a Controladoria-Geral do Estado.

Em quase dois anos, com as políticas de transparência e controle desenvolvidas pela STC, o Maranhão conquistou o primeiro lugar, com nota 10, na Escala Brasil Transparente (EBT) da Corregedoria Geral da União (CGU) – atual Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle –, quanto ao cumprimento da Lei de Acesso à Informação (LAI).

O Maranhão também passou a figurar entre os dez estados mais transparentes, de acordo com o Ranking Nacional dos Portais da Transparência elaborado pelo Ministério Público Federal (MPF). O novo ranking foi criado com a finalidade de avaliar todos os estados brasileiros quanto à transparência nas atividades estatais como instrumento de controle social dos gastos públicos. O Maranhão conquistou nota 8,5, apresentando excelentes índices de transparência.

Incentivos fiscais

Outra proposta da gestão foi a ampliação do benefício fiscal de dispensa parcial do pagamento do saldo devedor do ICMS. Em outubro de 2015, a Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou o projeto de lei de autoria do governador, que aumenta a alíquota do Imposto de Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) para as operações de importação, exportação e transportes no Maranhão.

Segurança

Na área de segurança, o programa de governo de Flávio Dino previa a criação do ‘Pacto pela Paz’. O programa foi implantado. A Lei do Pacto foi aprovada pela Assembleia Legislativa, sancionada e publicada.

O Gabinete de Gestão Integrada (que faz parte do Pacto), uma das exigências da lei, está em funcionamento há mais de um ano. Já em vigor, o Pacto tem como viés o trabalho conjunto para, além da segurança, contribuir na construção de políticas públicas na Educação, Saúde, Infraestrutura, Assistência Social e Saneamento – com fins a prevenção de situações de risco.

Na capital, esse trabalho foi intensificado com a descentralização da Superintendência da capital em quatro seccionais de Polícia Civil, cuja competência é dividida entre as quatro áreas da Região Metropolitana (Norte, Sul, Leste e Oeste), segundo as determinações da SSP-MA, para que tais regiões sejam idênticas às da Polícia Militar em abrangência territorial.

Confira as metas listadas por área pelo portal G1












sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Município de Pinheiro é acionado pela Justiça para sanar deficiências na rede de saúde


A pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça determinou, em 22 de dezembro, como medida liminar, que o município de Pinheiro regularize o atendimento oferecido nos hospitais Materno Infantil e Antenor Abreu.

A medida foi motivada pela comprovação do atraso no pagamento de salários de médicos e funcionários.
Formulou a Ação Civil Pública, com o pedido liminar, o promotor de justiçaFrederico Bianchini Joviano dos Santos. A decisão foi assinada pelo juiz Lúcio Paulo Fernandes Soares.
A Justiça determinou, também, que o Município garanta o fornecimento de insumos e medicamentos necessários aos atendimentos, além de estrutura física e humana para que a correta prestação dos serviços.
Pela decisão, o prefeito de Pinheiro, Filomeno Mendes Neto, e o secretário municipal de Saúde, Fábio Silva Nascimento, têm 24 horas, após notificação, para regularizar e garantir atendimento nos hospitais.
Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 2 mil.
IRREGULARIDADES
Em denúncia feita à Promotoria de Justiça, foi citado que o atendimento médico em Pinheiro havia piorado muito após a derrota do atual prefeito nas últimas eleições.
Em resposta à notificação enviada pelo Ministério Público no início de dezembro, o secretário de Saúde de Pinheiro, Fábio Silva Nascimento, informou que “os atendimentos de urgência e emergência estavam normais e que os pacientes não urgentes estavam sendo atendidos por outros setores da saúde do município.”
Entretanto, após a realização de inspeção nos hospitais e informações prestadas pelo Conselho Regional de Medicina, constatou-se a falta de pagamento dos salários de médicos e funcionários da rede municipal de saúde. Com isso, muitos faltavam ao trabalho e o atendimento à população foi prejudicado.
Diante dos problemas, o MPMA ajuizou Ação Civil Pública contra o Município de Pinheiro.

Justiça determina bloqueio dos recursos da repatriação e da Saúde em Pinheiro


Filuca Mendes não poderá mexer no dinheiro da repatriação e da saúde de Pinheiro
A Justiça determinou, nesta sexta-feira, dia 30, o bloqueio dos recursos da Saúde e da multa da repatriação do município.
A decisão da desembargadora Anildes Chaves Cruz, atende solicitação do prefeito diplomado da cidade de Pinheiro, Luciano Genésio, que relatou a dificuldade que tem tido no processo de transição no municipio e o caos administrativo que vive a cidade, principalmente no setor da saúde.
Na decisão, a desembargadora dá o prazo de 48 horas, sob pena de multa ao atual prefeito, Filuca Mendes, para que toda documentação solicitada seja repassada ao novo gestor de Pinheiro e, ainda, multa de R$ 20 mil em caso de descumprimento do bloqueio dos recursos da saúde e da multa repatriação.
Confira a decisão completa abaixo:

Mulher e amante tramaram morte de embaixador da Grécia



A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) está pedindo, no plantão judiciário, a decretação da prisão preventiva de quatro suspeitos de terem tramado a morte do embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis, de 59 anos, que estava desaparecido desde a última segunda-feira.
O corpo foi encontrado dentro de um carro carbonizado no Arco Metropolitano, em Nova Iguaçu. Entre os envolvidos estão a viúva do diplomata, Françoise Amiridis, e um policial militar que seria seu amante.
O soldado Sérgio Gomes Moreira Filho, de 29 anos, lotado na UPP do Morro do Fallet, confessou o crime depois que os investigadores mostraram que tinham em mãos uma filmagem dele entrando e saindo da casa no grego, em Nova Iguaçu, na noite do crime. Para os agentes, ele ainda não contou toda a verdade, mas admitiu participação no assassinato. Assim que a prisão for decretada, a Polícia Civil dará uma entrevista coletiva para dar mais detalhes do caso.

Fonte: Veja Online

Jogadores elegem programa de Neto como o pior da TV


Os jogadores do futebol brasileiro parecem não estar muito contentes com o programa “Os Donos da Bola”, comandado pelo Craque Neto, na TV Bandeirantes. Em uma pesquisa realizada pelo Uol esporte, a atração foi eleita como o pior programa esportivo da TV brasileira em 2016, com 24,57% dos votos.
Além de ter Neto como apresentador, o programa ainda conta com o ex-goleiro Velloso e o jornalista Dirceu Maravilha como comentaristas fixo. A atração ainda perdeu o ex-atacante Edmundo para a Fox Sports no final deste ano.
O segundo pior programa esportivo da TV, segundo os jogadores, é o Fox Sports Rádio, da Fox Sports, com 7,62%. A atração é comandada por Benjamim Back e tem como comentaristas os jornalistas Osvaldo Pascoa, Flávio Gomes, Fábio Sormani e Mauricio Borges, o Mano.
Ainda aparecem na lista ‘Bate-Bola’ (ESPN) e ‘Expediente Futebol’ (Fox) empatados com 6,77% dos votos, ‘Bem, Amigos’ (SporTV) com 5,93%, ‘Jogo Aberto’ (Band) com 5,08%, ‘Seleção SporTV’ (SporTV) com 4,23%, e ‘Mesa Redonda’ (Gazeta) com 3,98%.
O melhor programa ficou por conta do ‘Resenha’, da ESPN, que teve 22,88% dos votos. A atração é comandada por André Plihal e conta  ainda com os ex-jogadores com Sorín, Alex e Djalminha.

REPATRIAÇÃO AOS MUNICÍPIOS - MPMA obtém bloqueio das contas bancárias de 17 municípios

Logomarca MPMA
  Atendendo a pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), o Poder Judiciário determinou, nesta semana, o bloqueio dos recursos referentes à repatriação de dinheiro não declarado no exterior em 17 municípios. As ações inibitórias com pedido de tutela de urgência antecedente foram ajuizadas como parte da ação institucional “A cidade não pode parar: campanha pela transparência na transição municipal”.

O acesso dos atuais gestores ao repasse do governo federal foi bloqueado em Pindaré-Mirim, Tufilândia, Barreirinhas, Santa Inês, Olho d'Água das Cunhãs, Pio XII, São Vicente Férrer, Cajapió, São João Batista, Vitória do Mearim, Viana, Cajari, Brejo, Anapurus, Matões do Norte, Cantanhede e Matinha.
A Justiça também emitiu notificação aos gerentes do Banco do Brasil responsáveis pelas contas dos municípios para impedir a movimentação financeira dos recursos sem prévia autorização legislativa.
Além das ações ajuizadas pelos promotores de justiça, o MPMA fez representações ao Tribunal de Contas da União (TCU), Procuradoria Geral da República, Ministério Público de Contas que atua junto Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão, além de encaminhar ofício à Procuradoria da República no Maranhão.
O TCU concedeu medida liminar, na quarta-feira, 28, proibindo o governo federal de antecipar o repasse dos recursos referentes à multa de repatriação de dinheiro. Entretanto, nesta quinta-feira, 29, o ministro Raimundo Carreiro acatou recurso da Advocacia-Geral da União e liberou o repasse.
Redação: CCOM-MPMA

Flávio Dino promove 455 na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros do Maranhão; solenidade será nesta sexta-feira


A Polícia Militar do Maranhão realiza solenidade de promoção de oficiais e praças nesta sexta-feira (29). O evento acontecerá às 9h no Quartel do Comando Geral, no Calhau e contará com a presença de autoridades civis e militares.

O acesso à hierarquia militar é seletiva, gradual e sucessiva, sendo a promoção um ato administrativo que tem como finalidade básica a seleção dos militares para o exercício de funções pertinentes ao grau hierárquico superior. Desta forma, a presente formatura tem por finalidade materializar as promoções de Oficiais e Praças aos novos postos e graduações nas suas carreiras.

Nesta solenidade serão promovidos 387 (trezentos e oitenta e sete) praças, nas graduações de cabo, sargento e subtenente, além destes serão promovidos  43 (quarenta e três) oficiais da corporação, nos postos de 1º tenente, capitão, tenente coronel e coronel, este último o mais alto posto da corporação.

O anúncio das promoções na PM e no Corpo de Bombeiros foi feito pelo governador Flávio Dino na quarta-feira (28). “Esta é mais uma medida de valorização das carreiras para melhorar serviços”, reforçou Dino.

A Segurança é uma das prioridades do Governo do Maranhão e a meta é mudar a situação encontrada – de desvalorização do policial e falta de condições de trabalho. Para tanto, nestes dois primeiros anos de gestão, o Governo investiu forte no setor assegurando o aparelhamento da polícia, a modernização da estrutura policial, a aquisição de novos veículos e a promoção de medidas de valorização do efetivo.

“Esse é o reconhecimento do mérito das polícias e o cumprimento de uma palavra que empenhei quando aqui estive, um dia após a minha posse: entreguem-me resultados que eu farei o máximo para a polícia ser reconhecida”, destacou.

De acordo com Flávio Dino, mesmo em um quadro de aguda crise econômica, o Governo tem se empenhado em valorizar o funcionalismo público, dentre eles a atividade policial, com promoções e investimentos em equipamentos e espaços físicos que tornem o trabalho mais eficiente e humanizado.

Polícia Militar reestruturada

Na Polícia Militar, foram mais de três mil promoções; inauguração da Base Avançada da Companhia de Polícia de Turismo (CpTur), na Lagoa da Jansen, e do Batalhão da PM em Timon; mais de três mil policiais militares capacitados em 99 cursos; promoção de 1.445 praças e inclusão de 85 novos oficiais em um ano.

Corpo de Bombeiros contemplado

Neste governo, o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão comemorou a sanção da Lei Orgânica dos Bombeiros (LOB), que há 20 anos era esperada pela categoria. Nessa área, quase dois mil bombeiros receberam promoção.


“O projeto do governador Flávio Dino é aparelhar as polícias, garantindo as condições de operação com objetivo de melhorar a qualidade do serviço oferecido ao cidadão. E isso perpassa pela integração das polícias e a valorização do efetivo, o que vem sendo feito”, enfatizou o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela.

Honra e agradecimento da Prefeita Valéria Castro

Aos meus amigos e amigas o dia 01 de janeiro 2017 será uma data histórica pra todos nós, momento de renovo, de mudanças,esperança, comprometimento, responsabilidades ,progresso e união, gostaria de convida-los para todos juntos compartilharmos da nossa cerimônia de posse . Deus e vocês são parte integrante dessa vitória esperamos ter a honra das suas presenças,afinal toda essa motivação é por vocês,pra vocês,com vocês e pelo nosso amado município de Presidente Sarney. Louvo a Deus por esse momento e agradeço no mais sublime dos meus sentimentos de amor e fraternidade ao nosso Deus e à todos vocês .

Secretário de Saúde diz que reportagem da TV Mirante sobre paralisação de médicos é mentirosa e absurda

O Secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, reagiu com indignação e revolta à reportagem da TV Mirante, exibida no JMT 2ª edição desta quinta-feira (29), sobre uma suposta crise nas UPAs, onde médicos reclamam da falta de material e atraso no pagamento de salários, o que teria levado à paralisação de atendimento em ao menos quatro unidades.

Na reportagem, um suposto médico reclama que os problemas persistem há dois anos, sem que a classe tenha sido atendida por gestores da saúde.

“Já vi muita reportagem tendenciosa, mas essa do JMTV 2ª edição se superou. Mentirosa e absurda”, reagiu Carlos Lula.

Segundo o gestor, os salários dos médicos estão pagos e não falta gaze ou mesmo água potável nas unidades de saúde. Para ele, a reportagem é ridícula.

“A suposta crise ou greve inexistiu e o atendimento foi regular durante o dia inteiro. Tentar fabricar crise onde ela não existe é estupidez”, disparou o secretário nas redes sociais.

Na verdade, o grupo de comunicação da oligarquia Sarney tem procurado criar factoides para tentar desestabilizar a gestão do governador Flávio Dino. Talvez por conta do corte de verbas publicitárias para o sistema.

Outra revolta é com o fato de investigações policiais terem descoberto uma verdadeira máfia que atuou na SES, ao longo do governo Roseana Sarney, sendo acusada de desviar aproximadamente R$ 1 bilhão destinado à implantação de hospitais e compra de equipamentos para as unidades de saúde. 

O esquema da denominada “Máfia da Saúde” era comandado pelo ex-secretário Ricardo Murad, com aval da ex-governadora. Os dois são réus em uma das ações criminais.

Execução: Crime ocorreu na tarde desta quinta-feira 29 em sua empresa na Praça São José



O serralheiro João dos Santos Barros Silva, conhecido por Bofite,  foi executado com sete tiros na cabeça e no tórax na tarde desta quinta-feira 29, na sua empresa de fabricar portões de ferro, localizada na Praça São José, em Pinheiro.

De acordo com informações, foram encontradas cápsulas calibre.380 no local do crime.

A suspeita é de que ele tenha sido executado por causa do envolvimento com o tráfico de drogas, uma vez que ele acabara de ser solto após passar 90 dias na penitenciária por envolvimento no trafico. A policia já está investigando o caso. 



quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Maranhão terá 574 escolas estaduais reformadas até o 1º semestre de 2017

Cerca de 110 mil alunos maranhenses terão instalações escolares mais dignas em 2017. O governador Flávio Dino assinou ordem de serviço na tarde desta terça-feira (27) que prevê investimento de R$ 27 milhões para a recuperação de 211 escolas em 117 municípios do estado. Com a reforma de mais essas unidades, o Governo do Estado, por meio do programa ‘Escola Digna’ chegará ao número de 574 prédios escolares recuperados até o final do primeiro semestre de 2017.

O ‘Escola Digna’ é o maior programa de reestruturação de escolas da história do Maranhão e proporciona ambiente escolar adequado a alunos e docentes. Com a nova etapa, a iniciativa alcançará a marca de 305 mil alunos atendidos em 199 municípios maranhenses. Ao todo, o Governo do Estado terá investido R$ 126 milhões. A meta do Governo do Estado é alcançar todas as escolas da rede estadual de ensino com reformas e benfeitorias até 2018.

Em seu discurso, o governador Flávio Dino destacou que continuará empenhado para que o processo de conquistas atinentes a qualidade da educação prossiga no Maranhão. Ele destacou os avanços obtidos ao longo dos últimos dois anos referentes à valorização dos professores, democratização do espaço escolar, jornadas de alfabetização, programa ‘Escola Digna’ – que vai desde a substituição de escolas de taipa e barro por estruturas de alvenaria, até o melhoramento de todos os prédios escolares do Maranhão – além da implantação de 18 escolas de tempo integral.

De acordo com o governador, sem uma infraestrutura de qualidade, é impossível melhorar a educação. “Vamos continuar empenhados para que o processo de valorização do ensino em nosso estado siga de forma prioritária. E a realidade é que esse programa é muito importante porque nós estamos chegando praticamente a metade da nossa rede em número de prédios, mas nós estamos alcançando o número 80% dos alunos que são diretamente beneficiados por esse programa de recuperação de requalificação do espaço escolar”, realçou.

Para o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, o Programa ‘Escola Digna’ desenvolve uma série de ações com o objetivo de aprimorar e transformar o processo de ensino e aprendizagem na Educação Básica e elevar os índices educacionais do estado. “Este programa prevê vários eixos, entre eles a escola de tempo integral, a gestão democrática, a reformulação do modelo pedagógico e evidentemente uma melhor estrutura física, para que o processo de ensino e aprendizagem sejam melhor”, destacou.

Dimensão econômica

Além do viés educacional, o ‘Escola Digna’ possui uma dimensão econômica importante para o Maranhão. Treze empresas irão realizar as obras em mais esta etapa do programa e gerarão emprego e renda. O presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (SINDUSCON-MA), Fábio Nahuz, destacou a importância da manutenção dos investimentos públicos em momentos de crise. “O Governo tem sido um grande parceiro da construção no sentido de fomentá-la. Essas obras, que acontecem em todo o estado, nos dará oportunidade para mostrar no nosso trabalho e contribuir nos municípios que estamos presentes”, finalizou.

O governador Flávio Dino enfatizou que esses investimentos fazem parte de uma estratégia de Governo para a geração de emprego, por meio do investimento do dinheiro em obras públicas e programas sociais, a exemplo do programa Bolsa Escola – que vai beneficiar 1400 empresas com a disponibilização de R$ 50 milhões para compra de material escolar – e o pagamento do funcionalismo público em dia, como aconteceu na véspera do Natal para movimentar o comércio.

Mudança na educação do Maranhão

Realizado pelas secretarias estaduais de Infraestrutura e Educação, o programa Escola Digna é num grandioso projeto de requalificação, que está substituindo escolas em condições críticas com paredes de taipa e telhado de palha por construções de alvenaria. O Governo do Maranhão encerrará o ano de 2016 com a construção de 32 unidades em 17 municípios maranhenses.

Como parte das ações de recuperação, reconstrução e manutenção da rede física escolar do programa Escola Digna, o Governo do Estado investiu, em 2016, R$ 84 milhões em infraestrutura, com a reconstrução ou intervenções em 363 unidades escolares em todo o Maranhão, sem distinção entre regiões e municípios. Já foram contemplados 194 mil alunos de 118 municípios.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar uma unidade do Iema para o município de Pinheiro, com ensino médio em tempo integral e cursos profissionalizantes. “A cidade está sendo referência para estudantes na região por causa da diversidade de instituições de ensino superior que têm surgido, tanto públicas quanto privadas, além do crescimento econômico que vem apresentando, com a chegada de grandes empreendimentos, como foi o Mix Mateus e outros que estão por vir, e que demandarão pessoal qualificado”, explicou a parlamentar. A deputada progressista ressaltou o papel importante do Iema em outras regiões, agregando cursos profissionalizantes que viabilizam a inserção de jovens no mercado de trabalho após a conclusão do ensino médio, e a necessidade da abertura de novas vagas para alunos. “Vamos precisar de mão-de-obra qualificada diante do crescimento que temos percebido em Pinheiro. Além disso, precisamos abrir mais vagas para o ensino médio, porque temos identificado um crescimento de ingressantes neste nível escolar ao longo dos anos. Portanto, precisamos nos preparar, e com uma unidade plena do Iema, nossos estudantes terão, além de uma excelente estrutura, uma instituição de referência”, destacou Dra. Thaiza.

Thaiza Hortegal se mobiliza para viabilizar a instalação de uma unidade do Iema em Pinheiro A deputada Thaiza Hortegal busca viabilizar...