OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

sábado, 15 de julho de 2017

Mutirão do Glaucoma realiza atendimentos nas regionais de Pinheiro, Zé Doca e Santa Inês

Fonte: SES


Os municípios das regionais de saúde de Pinheiro, Zé Doca e Santa Inês recebem, de sexta-feira (14) a domingo (16), ações do Mutirão do Glaucoma. O programa, executado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), tem como objetivo prevenir a população da doença, assim como realizar o diagnóstico precoce.

Somente este ano, em todo o Maranhão, o Programa do Glaucoma, que realiza os mutirões em cada regional de saúde, já realizou 41.216 atendimentos. De acordo com a secretária adjunta de Assistência à Saúde da SES, Teófila Monteiro, a importância dos mutirões é que garantem o acompanhamento dos pacientes diagnosticados com glaucoma, contribuindo para que eles não abandonem o tratamento. 

“A grande importância do Programa do Glaucoma é que ele leva esses serviços a regiões onde eles não estão disponíveis e é um programa que tem continuidade. Os pacientes que são diagnosticados e que precisam de tratamento ou cirurgia passam a ser acompanhados pela SES, pois o programa sempre retorna às cidades”, explicou. 

A secretária adjunta ressalta a importância dos pacientes cadastrados participarem do mutirão. “A gente pede que os pacientes que se cadastraram não deixem de ir. Procurem as unidades onde as equipes estarão trabalhando e participem do mutirão, pois os exames são importantes não só para cuidar de quem já tem glaucoma e outras doenças da visão, mas também para prevenir que estas venham a aparecer futuramente em pacientes que aparentemente estão bem”, ressaltou Teófila Monteiro.

Glaucoma

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o glaucoma é responsável por 10% dos casos de cegueira. A doença é ocasionada pelo dano no nervo óptico devido ao aumento da pressão nos olhos. Estima-se que entre 2% e 3% da população brasileira acima de 40 anos possam ter a doença, segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Doenças como diabetes, hereditariedade, miopia e lesões oculares são as principais causas do glaucoma.

Na maioria dos casos, o glaucoma atinge os dois olhos e é a herança genética que influencia no aparecimento da enfermidade. As pessoas com mais de 50 anos, com histórico familiar da doença, afrodescendentes e pacientes com pressão do olho elevada devem se submeter a um exame oftalmológico para verificar a existência do glaucoma. Porém, a doença não é exclusiva de pessoas acima desta idade.

O Mutirão de Combate ao Glaucoma favorece o diagnóstico precoce dessa doença, que pode não apresentar sintomas aparentes e, inclusive, causar cegueira irreversível. A ação é voltada para atender pacientes do grupo de risco, que inclui pessoas acima de 40 anos, com a pressão intraocular elevada, histórico familiar de glaucoma e portadoras de doenças como diabetes, hipertensão e hipertireoidismo.

Mutirão do Glaucoma na regional de Pinheiro
Sexta-feira (14)
8h – Apicum-açu (Unidade Mista Nossa Senhora de Fátima - Av. Tancredo Neves,84, Centro)
14h – Bacuri (Centro de Saúde Irmã Clara – Rua Presidente Kennedy, Piquizeiro).

Sábado (15)
8h – Serrano do Maranhão (Hospital Municipal Neredes Rodrigues – Av. das Palmeiras, s/n, Pracinha)

14h – Cururupu (Secretaria Municipal de Saúde - Centro)

Domingo (16)
8h – Porto Rico do Maranhão (Unidade Mista de Porto Rico - Centro)
14h – Guimarães (UBS Olavo Cardoso – Bairro Nova Vila)

Mutirão do Glaucoma na regional de Zé Doca
Sexta-feira (14)
8h – Zé Doca (Hospital Municipal de Isaías - Centro)
14h – Araguanã (Posto de Saúde de Araguanã (SESP - Centro).

Sábado (15)
8h – Nova Olinda do Maranhão (SESP - Centro)
14h – Santa Luzia do Paruá (Unidade Básica de Saúde – Monte Dourado)

Domingo (16)
8h – Maranhãozinho (Hospital Municipal Raimundo Sousa Lima - Centro)

Mutirão do Glaucoma na regional de Santa Inês
Sexta-feira (14)
8h – Santa Luzia (Centro de Especialidades Médiocas Jonas Neres - Centro)
14h – Bom Jardim (UBS do Altos dos Praxedes – Próximo à Escola Dinari Feitosa).

Sábado (15)
8h – Santa Inês (Centro Municipal de Saúde Dr. Djalma Marques - Centro)
14h – Pindaré-Mirim (Hospital e Maternidade José Sarney - Centro)

Domingo (16)
8h – Monção (Posto de Saúde, Rua do Fio -  Bairro de Fátima)
14h – Igarapé do Meio (Posto de Saúde São Marcos – Vila São Marcos)

Nenhum comentário: