OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Lobista do PMDB diz que Silas Rondeau recebeu propina de R$ 11,5 milhões com os senadores Renan e Jader

O lobista Jorge Antônio da Silva Luz, apontado como operador de propinas do PMDB, afirmou ontem ao juiz Sergio Moro, que fez depósitos milionários em uma ‘conta do PMDB’ na Suíça destinados ao ex-ministro Silas Rondeau – aliado de José Sarney -, aos senadores Renan Calheiros (AL) e Jader Barbalho (PA), e também para o deputado federal Anibal Gomes (CE). Luz foi enfático e detalhou que os repasses eram realizados por meio da conta Headliner.
Luz confessou ter intermediado pagamento de R$ 11,5 milhões em propina para o ex-ministro Silas Rondeau, os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Jader Barbalho (PMDB-PA), e ao deputado Anibal Gomes (PMDB-CE). O lobista do PMDB Jorge Luz afirmou que para políticos ‘não importa’ de onde vem o dinheiro.
Jorge Luz foi questionado na audiência. “Dos agentes políticos que você foi o responsável pela intermediação sabe quem foram os contemplados? ”.
Em seguida, o lobista citou os nomes. “Silas Rondeau, Jader Fontenelle Barbalho, Renan Calheiros e Anibal Gomes são os agentes políticos”.

Segundo o lobista, ele chegou a entrar primeiro em contato com Aníbal Gomes, que seria ‘muito ligado ao Renan’. O deputado teria tido uma primeira conversa com o ex-ministro Silas Rondeau, Jader e Renan.

O INFORMANTE

Nenhum comentário: