IPVA + MOTO LEGAL

IPVA + MOTO LEGAL

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Juros Zero e Mais Empregos são fundamentais para pequenos empresários, diz empreendedor de Imperatriz

Fonte: Secap

A Caravana para o Desenvolvimento Empresarial, promovida pelo Governo do Maranhão, está nesta semana na Região Tocantina. Entre esta terça-feira (20) e quinta-feira (22), ela percorre as cidades de Imperatriz e Açailândia para contribuir e dialogar com associações de classe e pequenos empresários.

Com serviços voltados para os empreendedores locais, a Caravana também detalhará as ações do governo para impulsionar o setor produtivo estadual, além de abrir diálogo com os empresários sobre os principais entraves para o desempenho de seus negócios.

“O governo nos dá oportunidade para discutir a realidade do setor empresarial e oferecer auxílios importantes. Considero que, além do Programa Juros Zero, o Programa Mais Empregos é muito importante sobretudo para os pequenos empresários que têm sérias dificuldades em conseguir créditos e incrementar mão de obra”, diz Hélio Rodrigues Araújo, presidente da Associação Comercial e Industrial da região.

O Juros Zero oferece financiamentos de até R$ 20 mil para pequenos empresários, que recebem de volta os juros pagos mensalmente caso as parcelas sejam quitadas em dia. E o Mais Empregos incentiva a criação de vagas com subsídios do Governo do Estado.

Para o secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro, a Caravana Empresarial ajuda a melhorar a aplicação das políticas públicas. “Esse é um projeto inédito criado pelo governador Flávio Dino que dá a oportunidade de diálogo entre a classe empresarial e o governo para que juntos possamos construir alternativas à situação econômica e que nos permitam transitar melhor por esse momento”.

Para Marconi Marques, presidente da Associação dos Lojistas do Calçadão de Imperatriz, o maior centro comercial da cidade, a possibilidade de diálogo com o governo abre portas para a resolução dos entraves vividos por microempresários da região.

“O calçadão de Imperatriz é um Centro Comercial que atua há 40 anos na cidade. Temos mais de 250 empresários que precisam desse diálogo com o governo para que encontremos soluções, principalmente tributárias e de infraestrutura”, disse.“Vamos usar esse diálogo que o governo está nos oferecendo para mostrar a nossa realidade e encontrar alternativas para os problemas que vivenciamos no nosso dia a dia.”

Troca de informações e soluções conjuntas

A Caravana para o Desenvolvimento Empresarial já percorreu as cidades de São João dos Patos, Caxias e Timon, ouvindo centenas de empresários maranhenses.

“Em Timon, por exemplo, ouvimos mais de 200 empresários que nos traçaram as implicações dos conflitos tributários ocorridos na cidade em função da proximidade com o Piauí”, explica o secretário de Governo, Antônio Nunes.

O titular da Sefaz, Marcellus Ribeiro, diz que “as informações que temos colhido durante as caravanas são importantíssimas, acima de tudo nos dão a possibilidade de entender todas as dificuldades da classe empresarial”.“Hoje vivemos uma das melhores situações fiscais do país, mas entendemos que esse diálogo é a melhor maneira de encontrar outras formas de garantir o desenvolvimento do estado”, conclui.

Agenda

Em Açailândia, a Caravana será realizada nesta terça-feira (dia 20), com abertura às 18h, na Faculdade Vale do Aço (Favale); e no dia 21, a prestação de serviços acontece das 8h às 18h, com oficina de Gestão Empresarial, das 18h30 às 22h. Ainda no dia 21, será a vez do empresariado de Imperatriz receber as ações, abrindo às 18h, na Associação Comercial e Industrial. Os serviços iniciam no dia 22, a partir das 8h, no Centro de Convenções, centro da cidade.

Como funciona o Juros Zero

Com o programa, os empreendedores poderão ter acesso a empréstimos bancários de até R$ 20 mil sem o peso dos juros. O dinheiro pode ser usado para ampliar os negócios, comprar equipamentos ou formar capital de giro.

O interessado vai até uma agência do Banco do Brasil, que verifica se ele atende aos critérios para o financiamento.

Caso atenda, o empréstimo é liberado e as parcelas passam a ser cobradas mensalmente. Se o empresário pagar em dia e sem atrasos, o Governo do Maranhão devolve a ele o valor dos juros cobrado pelo banco. Ou seja, ao final do empréstimo, o empresário terá recebido de volta todos os juros cobrados.

Microempresários ou proprietários de empresas de pequeno porte, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões, podem se cadastrar até 30 de novembro.

Nenhum comentário: