ANTES NÃO TINHA

ANTES NÃO TINHA

sábado, 17 de junho de 2017

JANOT PODE DAR XEQUE-MATE EM TEMER COM QUATRO ACUSAÇÕES PENAIS

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pretende não dar fôlego a Michel Temer depois da apresentação da primeira denúncia contra ele, provavelmente na próxima semana; antes mesmo de a Câmara votar o pedido, que será enviado pelo ministro Edson Fachin, do STF, a equipe da PGR pretende enviar um segundo pedido de ação penal; na avaliação dos procuradores, com o que se tem hoje, já é possível atribuir ao menos três crimes a Temer; é possível que o peemedebista seja ainda alvo de uma quarta acusação: lavagem de dinheiro

FUNARO DETALHA CAIXA 2 DO PMDB E DIZ QUE TEMER SABIA DE TUDO


Na negociação com os procuradores da Lava Jato para virar delator, o operador Lúcio Funaro afirmou em depoimento prestado à Polícia Federal nesta semana ter administrado caixa 2 do PMDB e revelou que Michel Temer, que presidiu o partido entre 2001 e 2016, tinha conhecimento de detalhes do financiamento da legenda; ele revelou ainda como funcionavam nomeações do partido a cargos públicos, associadas a desvios de recursos; de acordo com o Palácio do Planalto, Temer “somente tinha conhecimento de doações legais ao partido”

Nenhum comentário: